Resultados 1 a 9 de 9

Tópico: Programa de faturação certificado open-source em PHP

  1. #1

    Programa de faturação certificado open-source em PHP

    Olá!

    Gostava de desenvolver um software de faturação em PHP e utilizar como base um programa já existente em open-source, para depois certificar a disponibilizar às empresas com vertente online.

    Alguém tem conhecimento se existe alguma coisa para que sirva de base?

    Obrigado desde já

    Vietnam

  2. #2
    Já tens concorrência... Procura pelo Invoice express, que é de uma companhia Portuguesa.

  3. #3
    Se é para pegar num OpenSource e "certificá-lo", sugiro o OpenERP.
    É muito bom e já há quem faça isso no mercado. (Por sinal até com um preço que me parece ofensivo de tão caro)

  4. #4
    Power Member Avatar de massacre
    Data do Registo
    28-02-2004
    Local
    2670
    femo, tenho exactamente essa ideia. Pegar numa aplicação OpenSource e certifica-la mas para próprio uso. Alguem já passou por este processo? O que é preciso fazer para termos o 'nosso' programar certificado? Pelo que li nos PDF's disponibilizados no portal das finanças basta que o programa cumpra as especificações técnicas e depois é só envia-lo para as finanças para correrem os seus testes. Esta fase em que as finanças executa os seus testes é muito demorada? Poderei eu criar o meu próprio programa e usa-lo na minha propria empresa? Não haverá nenhum problema com isso?

    Abraço
    Intel E2180 - Abit F-I90HD - TeamElite 2Gb -2*80Gb SataII @ Raid0

  5. #5
    Pelo que já conversei com algumas empresas, o problema no caso do OpenSource é que quer a Autoridade Tributária quer a empresa fornecedora têm que manter na sua posse uma cópia integral e inalterável da aplicação o que é extremamente difícil conseguir com software OpenSource.
    A empresa que comercializa o OpenERP garante esta situação porque toda a aplicação onde se inclui o módulo de certificação de facturas e exportação SAFT-PT corre nos servidores deles. Ou seja, só é fornecido em regime SaaS em servidores próprios.

  6. #6
    Power Member
    Data do Registo
    12-01-2008
    Local
    Lisboa
    Uma pergunta parva

    Não é apenas necessário ter um software certificado para empresas que faturem acima de 100k € por ano?

  7. #7
    Não. Praticamente TODAS as empresas têm que ter software certificado (há algumas excepções mas são poucas)

  8. #8
    Membro
    Data do Registo
    07-12-2013
    Local
    Porto - Portugal

    Download da última versão OpenERP

    Citação Resposta Original de femo Ver Resposta
    Não. Praticamente TODAS as empresas têm que ter software certificado (há algumas excepções mas são poucas)
    Boa tarde femo. Minha pergunta é simples: é possível baixar o OpenERP de openerp.com, e então simplesmente utilizá-lo (uma vez que já foi certificado em Portugal), ou necessito de 1. certificar minha Empresa na autoridade tributária, ou então 2. comprar a licença de alguma das empresas que distribuem o OpenERP no mercado Português?

    Os módulos SAFT-PT e certificação da faturação estão previamente definidos na instalação que abaixamos do site https://www.openerp.com/start?download ? Realmente os fornecedores locais do OpenERP estão a salgar um pouco no preço.

  9. #9
    Citação Resposta Original de Joao_Gonzalez_R Ver Resposta
    Boa tarde femo. Minha pergunta é simples: é possível baixar o OpenERP de openerp.com, e então simplesmente utilizá-lo (uma vez que já foi certificado em Portugal), ou necessito de 1. certificar minha Empresa na autoridade tributária, ou então 2. comprar a licença de alguma das empresas que distribuem o OpenERP no mercado Português?

    Os módulos SAFT-PT e certificação da faturação estão previamente definidos na instalação que abaixamos do site https://www.openerp.com/start?download ? Realmente os fornecedores locais do OpenERP estão a salgar um pouco no preço.
    De acordo com as informações obtidas através de um dos distribuidores do OpenERP, o software para ser certificado tem que estar no servidor deles porque se assim não fosse qualquer pessoa teria acesso ao código fonte e ninguém se poderia responsabilizar pela certificação do software. Acontece ainda que para a autoridade tributária certificar uma aplicação, tem que ficar com uma cópia funcional nos seus arquivos, algo que seria impossível se cada pessoa/empresa tivesse a sua versão e lhe fizesse as alterações que quisesse. Claro que em última instância a empresa pode sempre pegar numa versão OpenERP, criar o módulo de certificação da facturação e certificá-lo junto da AT.

Registe-se no fórum e active o seu registo para deixar de ver este anúncio.