1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

100x Faster Charging for Lithium Ion Batteries!

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por reiszink, 21 de Agosto de 2012. (Respostas: 27; Visualizações: 2749)

  1. reiszink

    reiszink Power Member



    Fonte
     
  2. Shidoshi

    Shidoshi Power Member

    por favor quanto mais rapido melhor :D optimas noticias para todos nos venham elas.
     
  3. iPodes

    iPodes Power Member

    Resta saber o aquecimento gerado, porque se for proporcional a degradação acaba por ser maior.

    A meu ver o problema das baterias não é tanto o tempo de carga mas a capacidade e decaimento ao longo dos ciclos.
     
  4. brruno

    brruno Power Member

    :x2: , o unico caso onde vejo uma grande vantagem é mesmo no carregamento dos carros eléctricos...

    outros aparelhos tb dá jeito , mas gostava mais de um aumento de capacidade ai de umas 5 a 10x ;) , isso é que era...
     
  5. Tiago.Pereira

    Tiago.Pereira Power Member

    Isto pode significar que um carro elétrico que demore 8h a carregar passe a demorar 16minutos na pior das hipóteses. Ou telemoveis carregados em 5 ou menos minutos, por exemplo. Grande grande avanço. :D
     
  6. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    O problema vai ser os carregadores poderosos que vai ser necessário
     
  7. nunomtfv

    nunomtfv Power Member

    Sim mas mesmo assim é preferível carregadores a 200w durante 5min do que 0.5w a demorar horas
     
  8. anjo2

    anjo2 Power Member

    Já imaginaste o que é dar 200 Watts de calor a uma bateria?
     
  9. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    E passas a carregar o telemóvel com carregadores gigantes de transportáveis e portáteis com carregadores de baterias de carro!

    E nao me vai parecer saudável injectar tal corrente...
     
  10. reiszink

    reiszink Power Member

    O carregamento dos telemóveis, no meu ponto de vista era mesmo o que causaria mais impacto às pessoas em geral, pelo menos a curto prazo.

    Já perdi a conta às vezes que tive de deixar o carregamento a meio, porque precisei de sair com o telemóvel. Carregamentos de poucos minutos resolvia logo o problema.

    E quantas baterias de telemóveis por esse mundo fora que já foram para o lixo devido a isso.
     
  11. Riera

    Riera Banido

    Não me parece.

    Aqui o que muda é a forma como as células são carregadas. O que acontece agora é que só uma a uma é que é carregada, independentemente da potência do carregador...é uma limitação da tecnologia e não da potência do carregador.
    O que eles conseguiram agora foi arranjar arranjar uma substancia que se "alimenta" dessa energia e espalha essa mesma energia por todas as celulas ao mesmo tempo.

    O único contra será mesmo o tamanho das baterias que vão ter de aumentar, pois estão a adicionar "conteúdo" extra.

    Para os automóveis isto poderá ser excelente!
     
  12. MyDaRkSIDe

    MyDaRkSIDe Power Member

    tambem acho uqe não. O carregador deverá ter exactamente a mesma pontencia. Um bebe destes para os telemoveis é que era.
     
  13. MEIA

    MEIA Power Member

    O carregador tem que ser obrigatoriamente mais potente para carregar mais depressa independentemente de carregar 1 ou todas as células ao mesmo tempo. E está errada a afirmação de haver uma limitação de só se conseguir carregar 1 célula de cada vez, podes carregar quantas quiseres, se não me engano é complicado é de carregar conjuntos de células em série e isso já foi ultrapassado à bastante tempo no caso das de lítio, nas de NiMH não havia outra hipótese na altura se não carregar tudo ao mesmo tempo.
     
  14. MoDu

    MoDu Power Member

    Em postos adequados, os carros elétricos comerciais suportam carregamentos rápidos de 30 min -> 80% da bateria. Com este tecnologia, podiam-se transformar os 30 min em 1 min. Acabava-se os refilões do tempo de carregamento, desde que as baterias não se degradem mais com esta tecnologia.

    Meia, realmente dá para carregar várias células em simultâneo, precisas é de ter 1 controlador por célula. Isto já é aplicado nalgumas super baterias comerciais de lítio.
     
  15. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Esta tecnologia promete, mas só em alguns casos específicos ou a nivel "micro" que pode-se aplicar. É impossível carregar um carro tão rápido como se abastece sem precisar ter uma potencia contratada de umas boas centenas de amperes.... E para agravar tem que converter em DC, ora isso deve ser um "carregador" que deve ser mais caro que o próprio carro.

    Da mesma forma que se quiser carregar um portátil em 5 minutos, não é com um carregador de 90w que vão fazer.

    dAí que carregar o carro em 1 minuto? terão que fazer uma puxada do cabo de uma linha de comboio...

    O maior problema é a relação energia/peso, onde 50 kg de combustivel, mesmo com uma eficiencia desastrosa dá muito mais energia que aquela que uma bateria de 50kg consegue armazenar :(
     
    Última edição: 23 de Agosto de 2012
  16. SideWalker

    SideWalker Colaborador
    Staff Member

    Parece, parece. A potência é energia por unidade de tempo. Se transferes a mesma energia numa fracção do tempo...
     
  17. timber

    timber Zwame Advisor

    Nos carros eléctricos depois surgia a questão da potência que teria que ser bastante elevada

    Um Leaf por exemplo que carrega em 8 horas numa tomada de casa de 16A (3,45 kVA) para carregar em 10 minutos ia precisar duns 150 kVA ou seja provavelmente dum carregador em BTE ou MT. Se fosse uma estação para alguns carros provavelmente em Alta Tensão.

    De qualquer maneira permitiria estações de carregamento comerciais ao nível duma bomba de gasolina com as consequências que isso teria ao nível dum potencial modelo de negócio. A energia continua a ser relativamente pouca (uns euros) e a potência não seria grande problema se se considerar por exemplo que este serviço era oferecido num parque de estacionamento dum centro comercial. Em casa podia continuar a ser a passo de caracol, também seria de noite, não era grande problema.
     
    Última edição: 23 de Agosto de 2012
  18. mas alguem leu a noticia ?
    aquilo que foi descoberto nao sao baterias de litio
    é uma nova bateria produzida de outra forma que permite carregar (tb de uma nova forma) entre 30 a 120 vezes mais rapido que as de litio
    em parte alguma diz que vao carregar baterias de litio mais rapido

    é claro que isto é a afirmação daqueles investigadores. resta verificar se o que afirmam é verdade ou não

    leiam lá a noticia novamente com olhos de ler e nao na diagonal

    PS:O dá jeito compreender ingles ;)
     
  19. MoDu

    MoDu Power Member

    Obviamente que quando se fala em carregar uma bateria de um veículo elétrico num minuto não é com certeza numa tomada lá de casa... Mas temos os postos Mobi-e bem espalhados pelo país, que já têm ligação à rede privilegiada, não vejo porque não seriam capazes de subir um pouco a parada. Qual seria a diferença para os atuais modos de carregamento rápido?
     
  20. timber

    timber Zwame Advisor

    Isso é irrelevante, podia ser uma bateria de cascas de amendoim ou um saco de berlindes. Os constrangimentos são os mesmos. No entanto para electrónica é óptimo porque serão sempre potências reduzidas.

    Saber inglês não chega.

    A larga maioria dos "postos Mobi-e" são tomadas lá de casa, metidas na rua.

    Os postos de carregamento rápido iam demorar o mesmo tempo que demoram agora (uns 30 minutos) porque não tem potência para mais.
     
    Última edição pelo moderador: 23 de Agosto de 2012

Partilhar esta Página