1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Usem máscara.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

14/09/2020 Nvidia compra ARM por 40 mil milhões

Discussão em 'Hardware - Novidades e Notícias' iniciada por Dark Kaeser, 18 de Julho de 2016. (Respostas: 133; Visualizações: 8632)

  1. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    A Samsung disse que sim senão não produziam as RTX? :berlusca:


    Mas eu não faria um negócio de 40€, sem me inteirar de todos os detalhes quanto mais um de 40$B.

    Entretanto mesma publicação, mas publicado depois do anterior e por outro autor

    Nvidia Begins Campaign to Close Arm Acquisition
    A -
    B -
    C -
    https://www.eetimes.com/nvidia-begins-campaign-to-close-arm-acquisition/

    A - ok, talvez o negócio proposto pelo Huang à China seja "adorável", mas...
    Face aos recentes acontecimentos EUA-CHina da qual a HiSilicon (Huawei) foi vítima e que afectou a sua linha de produtos desde smartphones a servidores baseados em... ARM, qual é real garantia que o "querido Líder" tem de que não vá acontecer o mesmo a qualquer outra empresa?

    B - eu também acredito que me vá sair o €uromilhõe$, mas enquanto isso não acontece o plano é continuar a trabalhar :coolshad:

    C - "No $#.. Sherlock", uma oportunidade em novos clientes e mercados? :n1qshok:
    E a Qualcomm, NXP e STmicro que estão também a competir por contratos no mercado ADAS e veículos autónomos?
    E a Marvell que compete nos servidores?

    A Intel também usa cores ARM mas é nos produtos FPGA da antiga Altera, a Intel também está no mercado automóvel via aquisição da MobilEye, mas aí usam cores... MIPS
     
  2. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    Arm China investor sues company, escalating CEO spat amid sale
    https://www.reuters.com/article/us-...y-escalating-ceo-spat-amid-sale-idUSKBN26725D

    a história fica mais interessante quando se lê o artigo

     
  3. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Algo interessante, que acho que está a passar ao lado e que talvez seja um incentivo para a nVidia tentar comprar a ARM.

    Há algumas empresas que estão a apostar em algo que chamam de "DPU - Data Processing Unit". Uma dessas empresas é a nVidia. O foco destes produtos é facilitar a movimentação de dados a nível de datacenter, mas também inclui processamento.

    Um diagrama do "Bluefield-2" da nVidia:
    [​IMG]

    A parte Ethernet e Infiniband veio da compra que a nVidia fez recentemente, de uma empresa nesta área chamada Mellanox.
    Ali pelo meio temos 8 Cores ARM A72 + aceleradores.

    E este é o "Bluefield-2X" da nVidia, que além do DPU, integra um GPU na mesma placa:
    [​IMG]

    Agora o Roadmap da nVidia para os DPUs:
    [​IMG]

    Reparem no subtítulo, "Programmable Data Center Infrastructure-on-a-Chip". O ponto chave é mesmo "Chip". O objectivo é mesmo a integração num chip.
    O segundo ponto é o "Bluefield-4" em 2023, por é exactamente isso. Só aparece como 1 chip.

    Aquele SpecInt de "1000", se for da versão 2017 do SpecInt também é interessante. Resultados de SpecInt com actuais Processadores do mercado Servidor:
    [​IMG]

    Sources:
    https://www.servethehome.com/what-is-a-dpu-a-data-processing-unit-quick-primer/
    https://www.servethehome.com/vmware-project-monterey-esxi-on-arm-on-dpu/
    https://www.servethehome.com/nvidia-shows-dpu-roadmap-combining-arm-cores-gpu-and-networking/
     
  4. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    Sim, esses hips foram falados durante a Hot Chips, entre outras coisas exóticas.

    MAS, a Nvidia já tinha uma licença ARM?

    Que diferença fazia no roadmap, ser a "dona" da ARM ou não? (Um dos chips falados o Fungible F1 até usa cores MIPS)
    Eu entendo a necessidade da Nvidia diversificar e procurar outros negócios alternativos à venda de GPU.

    Vejo é outro problema, aliás 2, que mesmo assim não justificam o negócio em si.

    - entrada da Intel nos dGPU - basicamente vai cortar o acesso, ainda mais na entrada de gama e nos portáteis, além de trazer mais um player para o HPC;

    - decorrente do primeiro - CUDA, a Nvidia ainda deve fazer uns cobres no mercado profissional à custa do SW e suporte, e a recente onda de notícias não é boa. A AMD já tinha o ROCm/HIP e agora a Intel veio com a OneAPI, tudo baseado em Open Source e OpenCL/SYCL.

    [​IMG]

    Alguém reparou que dos 3 sistemas exascale, nenhum tem Nvidia, e o Argonne (Aurora - Intel) e o Oak Ridge (Frontier - AMD) já começaram a portar aplicações de CUDA para OpenCL/SYCL?
     
  5. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    Não estou ao corrente disto, mas sinceramente, é o que me faz sentido. Eventualmente, quando soluções abertas surgem, se forem suficientemente boas, passam a ser o padrão (no mundo do software claro). O problema de software fechado é que se a empresa dona vai abaixo, leva muito com ela. Um sistema aberto tem sempre um ecosistema inteiro para o suportar.

    Se a AMD e Intel já começaram a fazer ports, só deve acelerar este processo. Se lançam um compilador, que consegue compilar código CUDA em sistemas Open/SY CL... É a derreter.
     
  6. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    Já lançaram ;)

    HIP da AMD
    https://rocmdocs.amd.com/en/latest/Installation_Guide/HIP.html

    Há aí um tópico dedicado à OneAPI, onde há um vídeo da malta do Argonne (os que vão instalar o Aurora - Intel CPU + GPU) a exemplificar o processo de portar código via HipSYCL e a comparar a performance nas Nvidia V100.

    A malta do Oak Ridge (o sistema Frontier da AMD, embora tenham o Summit - IBM Power/Nvidia V100) há pouco também anunciou um acordo com a Mentor, para o compilador GCC usado em Linux
    https://www.olcf.ornl.gov/2020/09/0...cc-compiler-development-with-mentor-contract/

    A menção no tópico do OneAPI, da parte da proposta do Dave Airlie (Red Hat), tem um vídeo da apresentação na linux.conf.au com um nome sugestivo.
     
  7. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    Bem, com essa infraestrutura, a coisa vai correr bem. Se a diferença for baixa em performance, já é uma porta aberta para mudarem, ou pelo menos terem planos de backup para tudo.
     
  8. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    A questão é que esses National Labs, pelos recursos que têm, podiam fazer ou escolher qualquer coisa.

    Incluindo continuar com Nvidia.
    Mas perceberam que estavam reféns do CUDA.
    A escolha actual é a que permite criar um código comum, que pode ser corrido em qualquer hardware de qualquer vendedor, inclusive da NVidia, e sem perda de performance assinalável.

    Daí fazer-me comichão a NVidia ir adquirir a ARM.
     
  9. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    O que faz perfeito sentido evitar. Ser refém tem riscos grandes, especialmente se não sentes confiança que, se algo correr mal, a empresa vai arranjar forma de não estares completamente lixado.

    Eu diria que é uma forma de a Nvidia ainda ter impacto no mercado, se perder o CUDA, pelo menos faz sentido. Ou tens outra teoria?
     
  10. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    Não será certamente pelo revenue da ARM.
    Antes da compra pela Softbank, estava abaixo do 1B$.

    E se fosse só o CUDA.
    NvLink, G-Sync...
     
  11. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Atenção que eu no meu post não digo que aquela tenha sido a única razão para comprar a ARM. Possivelmente, nem é a principal razão. Eu apenas digo que é capaz de ter ajudado. :)

    Naquele caso de "DPUs", repara na curiosidade de a nVidia, em pouco tempo, ter comprado a Mellanox e a ARM (Se passar pelos reguladores). Aquela placa "Bluefield-2X" tem um chip composto por Cores ARM + Ethernet/Infiniband 200 Gbits da Mellanox e um chip GPU Ampere da nVidia.
    Quando se olha para o Roadmap, verificas que em 2023 a nVidia tem o objectivo de integrar tudo num Chip, com 400 Gbits de Rede (Mellanox), 1000 SpecInt no CPU (Provavelmente ARM) e 400 TOPS no GPU (nVidia). O que eles chamam de "Programmable Data Center Infrastructure-on-a-Chip". :)

    Repara também que eles ao comprarem a ARM, são eles que decidem para onde irá o ISA ARM.
     
  12. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    Em relação ao último parágrafo, não foi o JHH que garantiu na nota de imprensa e posteriormente numa conferência que iria garantir a independência da ARM?

    De resto volto à questão original, continuo sem ver o que possam fazer com ou sem a propriedade da ARM.
    As outras empresas parecem ser capazes.

    Deve estar a faltar um "big picture" qualquer.
     
  13. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    Só não acerto no €uromilhõe$

    https://www.hpcwire.com/2020/10/06/nvidias-huang-vows-to-protect-arms-ip-model/
     
  14. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Vai ver o que a Softbank prometeu aos Ingleses para conseguirem que o negócio passasse. Aliás, não é negócio único em que se promete algo, o negócio passa, nos primeiros tempos cumpre-se e mais tarde as coisas mudam.

    Não há uma ligação directa. A nVidia não vai dar 40 mil milhões de $ por causa deste produto. No primeiro post falo em "incentivo". Tens ali um produto com CPU, GPU e Networking, onde a nVidia controla todo o IP.
     
  15. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    Parece que há. É a forma deles de manterem CUDA vivo, e não perderem esse investimento. Acaba a fazer parte da plataforma final, que inclui CPU e GPU.
     
  16. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    [​IMG]
    Nvidia CEO Jensen Huang (right) chats with Arm CEO Simon Segars (center) and moderator Rene Haas (left) (Image: Arm)


    https://www.eetimes.com/huang-confident-nvidia-arm-deal-will-get-past-regulators/

    ARM cores my a**

    Já repararam na linguagem usada?

    Não é vamos buscar à ARM, é vamos levar à ARM.
     
  17. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    Yup, eles querem passar a ideia que eles vão-lhes dar algo, quando na realidade, a ARM vai abrir-lhes uma data de portas no mundo de servidor para eles poderem manter as suas arquitecturas e R&D que estão sob ataque por arquitecturas open source. Manipulação de linguagem é uma arte, e eles estão a tentar ser artistas.
     
  18. erdnagama

    erdnagama Power Member

    É verdade, totalmente indiscutível essa análise.

    Só acrescento que de qualquer forma a Nvidia tem algo a oferecer à arquitectura GPU da ARM. Os ARM são considerávelmente inferiores aos SOC da apple em termos de GPU. A conversa de que os planos para o Mali não serão afectados não me convence. Quanto muito serão os planos que estão no pipeline, a médio prazo não acredito que seja para durar.
     
  19. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Colaborador
    Staff Member

    Oferta em que sentido? A maioria é usada em mobile que tem constrangimentos TDP/consumos, no mercado desktop ok a conversa é outra, e no HPC então é risível concordo.

    Mas no mobile ainda tens ofertas: Imagination, Vivante, a Samsung até se lembrou da AMD.

    A Nvidia continua a ter os Tegra. Estavam disponíveis para licenciamento?

    Mas nem um mês depois do anúncio do negócio e de ter dado garantias que iria manter a independência da ARM já meteu os pés pelas mãos. :wvsore:
     
  20. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Se estou a interpretar bem e tendo em conta que a segunda frase é dita num contexto de computação, os planos da nVidia passam por a ARM venha a ter 2 famílias muito diferentes de GPUs. Interessante e um pouco estranho.