1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. A secção Microsoft/Windows encontra-se actualmente em processo de reestruturação.
    Remover anúncio

14 movies in 1 CD

Discussão em 'Windows Desktop e Surface' iniciada por blastarr, 10 de Abril de 2006. (Respostas: 6; Visualizações: 970)

  1. blastarr

    blastarr Power Member

  2. |[-BooT-]|

    |[-BooT-]| Folding Member

    tal como eles dizem, tanto pode vir beneficiar como prejudicar as empresas cinematograficas... mas que é uma excelente compressão é ;)
     
  3. a ser vdd sao uns resultados excelentes!!

    a ser vdd tmb acredito q meio mundo caía em cima pois assim os "piratas" no tempo q sacavam 1 filme passarão a sacar 14

    :)
     
    Última edição: 10 de Abril de 2006
  4. Bluestrattos

    Bluestrattos Power Member

    essa notícia recorda-me o ratDVD embora o poder de compressão não fosse assim tão grande. Espero que desta vez as coisas corram bem :)
     
  5. odr4cir

    odr4cir Power Member

    Bastante interessante o conceito (object based). Parece me é que o algoritmo de compressão deve ser um bicho do caraças (estar a identificar todos os objectos duma cena, cataloga-los, observar diferenças... etc, corrigir erros, etc...), isso a fazer o encoding deve demoraaaaar... la vou eu mandar o meu leitor de divx po lixo. :p
     
  6. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    lol... Devem ter boa qualidade devem!

    Já "esmagar" um DVD num CD @ divx implica uma perda de qualidade consideravel... Normalmente ficam com qualidade igual ou pior de VHS

    um divx com qualidade de DVD são 2 CD's pelo menos!! Isso se não for 3 com resolução de DVD e som 5.1 xpto :o
     
  7. ShadeX

    ShadeX Power Member

    Hmmm, a ideia é interressante. E para quem se deu ao trabalho de ler o artigo, lia que eles estão a aplicar a coisa a videoconferência. Uma coisa em que a imagem passa a vida a mudar, e os objectos quando muito são as cadeiras e tal :D Ora, nesse cenário, usar um algoritmo de reconhecimento de objectos talvez faça sentido, pq a maior parte da info é estática ou semi-estática. Se for um action movie á la Terminator/Matrix quero ver o algoritmo a catalogar as balazinhas :P

    Basicamente, é uma boa ideia para o mercado target do momento, e dizer estas "pérolas" de insight sempre ajuda a subir o valor de mercado da empresa...

    Maaas... no futuro, com giga processadores dedicados, nem me admirava que fosse utilizável em outros cenários... Lembrem-se que á uns bons anos JPEG's demoravam bastantes segundo a abrir e MPEG, bom isso era para ir dormir...
     

Partilhar esta Página