Análise 1life HD:Dock

JPgod

Moderador
Staff
Autores: João Godinho (JPgod)
Produto: 1life HD : Dock
Data : 27-06-2010



ZWAME Análise

logo.png


Introdução

A 1life é um fabricante pouco conhecido, sendo que esta a nossa 1ª análise de um produto deste fabricante. Trata-se de uma Dock para disco SATA, suportando disco de 2,5" e disco de 3,5". (apenas aceita um disco em simultâneo). Este produto difere das tradicionais caixas para disco externas, visto que os discos são encaixados directamente no espaço correspondente, como se fosse um cartucho de consolas antigas (como a MegaDrive). É particularmente útil para quem já usa discos rígidos como se fosse "disquetes gigantes", seja para backups ou armazenamento ou então para assistência técnica, podendo assim fazer recuperação de dados e diagnósticos rapidamente.

Oferece ainda um leitor de cartões incorporado com suporte a vários tipos de cartões das famílias SD e Memory Stick, inclusive as variantes micro sem necessidade de adaptador! Ainda oferece um HUB com 2 portas, bastante útil para quem utiliza portáteis, que possuem poucas portas. Oferece como interface eSATA II e USB, infelizmente apenas suporta a norma 2.0. Apresenta alimentação externa via adaptador AC para alimentar os discos rígidos (mesmo que seja de 2,5"), embora para o uso do card reader não é preciso ligar o transformador.

Será um bom produto? É o que vamos ver nesta review.

Especificações
  • Fabricante: : 1life
  • Modelo: 1life HD : Dock
  • Discos suportados: SATA 2,5" e 3,5"
  • Material de construção: Plástico
  • Cores disponíveis: Preto
  • Interface de dados: eSATA e USB 2.0
  • Refrigeração auxiliar: Não
  • Alimentação auxiliar: Sim, Transformador externo. Card Reader alimentado por USB.
  • Acessórios incluídos: Cabo USB, Cabo eSATA-eSATA, adaptador de energia.
  • Leitor de cartões incorporado: SD/SDHC/MMC + Memory Stick/Memory Stick DUO + microSD + Memory Stick Micro 2.
  • Hub USB: sim, 2 portas.
  • Dimensões: 133,8 mm comprimento, 94 mm largura, 71 mm altura
  • Peso (sem disco): não informado
  • Preço estimado: cerca de 27 €
  • Site Oficial: http://1ife.eu/access/access_hddock.php

Fotografias

1 - Começando pela embalagem, que é de pequenas dimensões. Em cores azul celeste e castanho, com uma imagem do produto. É indicado as principais funcionalidades na frente.
2 - Do outro lado tem uma imagem com legendas e características e em Português!
3 - O conteúdo da embalagem: A dock embalada em plástico anti estático, o transformador AC, um cabo USB, um cabo eSATA e um pequeno guia rápido. O suficiente.
4 - Vista frontal da Dock. No topo temo o slot para encaixar o disco rígido, sendo que existe uma tampa móvel com um corte para os discos de 2,5", sendo que esta retrai quando se utiliza um disco 3,5". Temos também o botão de ejecção do disco e um led de status, que acende a azul quando está ligado por USB. Na parte da frente temos ainda o leitor de cartões.
5 - Detalhe do leitor de cartões. Há 4 slots: um para SD/SDHC/MMC, outro para micro-SD, outro para Memory Stick/DUO e outro para Memory Stick Micro. É interessante o suporte para estas variantes "micro", sem necessidade de um adaptador. No meio tem um led de actividade. Apenas é possível utilizar um cartão de cada vez.
6 - Vista do topo
7 - Painel traseiro. Existe hum Hub com 2 portas USB em cima e embaixo temos o botão ON/OFF, a entrada de alimentação, a ficha USB de ligação ao computador e uma porta eSATA. Dá para notar que a construção não é a melhor, com as portas desalinhadas e o acabamento metálico das portas ser algo visualmente mau. A base apresenta 4 pés de borracha, que ajuda a evitar vibrações.
8 - Aqui com um SSD 2,5" instalado, embora será testado com outros discos.


 
Última edição:

JPgod

Moderador
Staff
Testes
Vamos agora fazer alguns testes, utilizando 2 discos diferentes via eSATA e USB e um cartão SDHC de 4 GB via USB (o leitor de cartões apenas funciona por USB).

O disco 2,5" é um Samsung 320GB 5400 RPM HM321HI

O disco 3,5" é um Samsung 1TB 7200 RPM "F1" HD103UJ

Samsung 320GB 2,5 5400 RPM via eSATA

hdtach-samsung320-sata.png


hdtune-samsung320-sata.png


Em modo eSATA o disco parece mostrar todo o seu potencial. Bate no 90 MB/s, o que parece normal para um disco 2,5" 5400 RPM deste tamanho. bem como a curva de crescimento do gráfico. Já a velocidade de pico ficou pelos 130 MB/s, muito aquém do que estes discos fazem em modo SATA II (para cima de 200 MB/s).

Samsung 320GB 2,5 5400 RPM via USB

hdtach-samsung320-usb.png


hdtune-samsung320-usb.png


Em modo USB 2.0, não foi alem dos 31 MB/s e a latência foi um pouco pior. Um valor normal para USB 2.0.

Samsung 1TB 3,5 7200 RPM via eSATA

hdtach-samsung1tb-sata.png


hdtune-samsung1tb-sata.png


Agora vamos testar um disco de 3,5" de 7200 RPM, que é mais rápido que o disco 2,5". O disco ficou claramente limitado, ficando pelos 100 MB/s de leitura máxima, apesar do burst ter ido perto dos 120 MB/s no HDtach.
A limitação pode ter vários motivos, seja a controladora da Dock ou a controladora eSATA da motherboard testada (Gigabyte P55-UD5) ou combinação das duas. Irei Depois adicionar uns testes adicionais desta Dock numa motherboard Gigabyte H55M-USB3, onde a ligação eSATA é fornecida nativamente pelo chipset H55 e oferece portas USB 3.0, a qual se vai averiguar se existe melhorias ou não, apesar de não suportar USB 3.0.

Este disco não será testado em USB 3.0, visto que os resultados seriam semelhantes ao disco 2,5".

Cartão SDHC 4 GB via USB

hdtach-sd.png


hdtune-sd.png


Agora a leitura de um cartão SD de 4 GB TeamGroup de 150x, fazendo entre 20 a 21 MB/s, um valor satisfatório para o cartão que é.

Consumos

consumo.png


Para terminar, dica aqui o consumo desta Dock, onde a vermelho é o disco 3,5" e a castanho o disco 2,5". Os valores parecem um pouco exagerados, mas temos que considerar as perdas energéticas do transformador (que aquece um bocado) e ainda a pouca precisão do nosso medidor de consumo. A Boa noticia que quando fica desligado no botão, mas ligado à tomada, o consumo parece ser nulo ou residual (isso porque o medidor de consumo não consegue ler valores muito baixos).

Por outro lado, o uso de um disco 2,5" é sinonimo de boa poupança. Seria interessante ver a performance e o consumo de um dos novos discos de 1 TB de 2,5" e 12,5 mm.


 
Última edição:

JPgod

Moderador
Staff
Conclusões



Destaco pela Positiva:

  • - Performance aceitável para utilização externa, apesar das limitações do USB 2.0 e eSATA limitado a pouco mais de 100 MB/s.
  • - Compatibilidade com discos 2,5" e 3,5"
  • - Bastante prático e de fácil utilização, sem necessidade de ferramentas.
  • - Caixa e guia rápido em Português.
  • - Um prático leitor de cartões, incluído os formato micro-SD e MS micro.
  • - Inclusão de 2 portas USB adicionais.
  • - Como o disco fica quase todo exposto, não há necessidade de ventoinhas para arrefecimento, por isso sem ruídos adicionais. O disco na vertical transmite menos vibrações e a tampa, por ter uma mola, faz uma ligeira pressão no disco, mantendo este totalmente fixo e evitando vibrações adicionais.
  • - Preço muito bom para o que oferece.
Destaco pela Negativa:

  • - A qualidade de construção podia ser melhor, nomeadamente nas portas e ligações, que podiam ter melhor acabamento e melhor integradas no design da carcaça, sem as bordas metálicas a aparecer. Neste campo a Apple é um exemplo, com as portas USB bem integradas na carcaça dos seus produtos, sem as bordas metálicas a aparecer ou mal alinhadas.
  • - Não suporta USB 3.0, o que nos dias de hoje já começa a fazer falta. Notar que este fabricante já oferece caixas externas com USB 3.0, por isso já devia vir incluído nesta dock também.

Conclusão

Uma interessante solução para utilização de discos externos, que oferece versatilidade e facilidade de utilização, sendo bastante útil para quem utiliza vários discos rígidos para backups ou armazenamento de dados e não precisa de os utilizar todos em simultâneo ou então para suporte técnico, podendo facilmente diagnosticar problemas nos discos ou fazer backup/recuperação de dados, sendo igualmente útil para empresas, sendo útil por exemplo para preparar os discos rígidos de um parque informático (imaginando uma situação que existe muitos computadores com o mesmo hardware e assim a partir de uma só imagem do sistema operativo, drivers e programas, pode-se reinstalar tudo de uma maneira eficaz e rápida).

E ainda oferece um prático leitor de cartões com vários tipos de cartões SD e MS e um hub USB com 2 portas adicionais. E tudo isso por cerca de 27 €!

O que ficava a faltar seria ligação USB 3.0, que iria oferecer a performance do eSATA com as vantagens do USB (hotswap fácil e retro-compatibilidade). A qualidade de construção podia ser um pouco melhor, mas para um produto deste preço é difícil pedir melhor, mas fica o ponto de vista.

Seria interessante existir um modelo que tivesse Firewire 800 (podendo eventualmente substituir o eSATA), para os utilizadores de computadores Apple e um modelo em alumínio preto/natural escovado, embora isso implicava um preço superior.

E claro, este produto leva a nossa recomendação ;)

Classificação

zwame200.png


Agradecimentos

A ZWAME agradece à ***** pela disponibilidade do material para teste.

Copyright © Zwame, Lda 2010. Reprodução proibida sem autorização prévia.
 

JPgod

Moderador
Staff
Hoje mais logo faço um update, testei esta dock via USB 3.0 numa Gigabyte H55N-USB3 (em análise para breve) e obtive uma média de quase 38 MB/s! É cerca de 7 MB/s de melhoria em relação a este gráfico

Pode parecer pouco, mas ainda são ~23% de melhoria.

Confirma-se que discos USB 2.0 em portas 3.0 tem uma melhoria.
 
Última edição:

lofos

Power Member
Viva,

Também adquiri uma dock idêntica à testada e constato que estva demasiado ambicioso em relação às velocidades de transferência... outro aspecto que ainda não consegui perceber respeita à dificuldade que o W7 64bits tem em reconhecer a presença da dita... quando coloco uj disco, este não aparece disponível no explorador... alguma ideia?
 

FredFlores

To fold or to FOLD?
Vivas!
Hoje comprei também uma dock destas. Tal como o lofos também tive alguma dificuldade em conseguir aceder aos discos. Eis o que constatei:

Liguei ao mac por USB e à electricidade, coloquei um disco de 1TB e liguei o botão. O disco não era reconhecido.
Coloquei um SD Card no leitor, funcionou tudo bem.
Voltei a tentar o disco de 1TB, novamente, nada.
Experimentei num portátil com Win7 32 bits, tudo se manteve inalterado.
Experimentei um disco de 500GB. Foi imediatamente reconhecido tanto em windows como em mac.
Voltei a tentar o disco de 1TB e já funcionou.
Coloquei um disco de 2TB e voltou a não funcionar.
Coloquei o de 500GB liguei, desliguei, voltei a colocar o de 2TB e então já funcionou.

Isto é assim um bocadinho aborrecido.
Ainda vou experimentar trocar directamente entre o de 2TB e o de 1TB a ver se já em ordem. Mas assim à primeira vista parece que há qualquer problema com discos de 1TB e maiores. Não tenho nenhum de 750GB que possa experimentar.

Fora esses 'detalhes' (que impedem o uso a quem não tenha um disco de 500GB à mão) parece estar OK e dá-me imenso jeito.


Retiro tudo o que disse. Parece-me afinal que os discos grandes não são reconhecidos por uma questão de mau contacto entre o disco e a dock. O disco de 500GB é mais fino (só tem 1 prato) e como tal em vez de encaixar sem folga, ficava ligeiramente inclinado o que exerce pressão nos conectores e assim resolvia o problema. Entretanto os outros dois discos, reparei agora mesmo que dando um jeito são logo reconhecidos. Enfim. Calhou-me um exemplar com defeito para variar.
 
Última edição:
Obrigado pela review!

comprei uma destas dock da 1life e surgiu-me uma dúvida, qual o procedimento correcto para ejectar um disco se estiver ligado por usb? depois de fazer remover dispositivo no windows posso ejecta-lo logo ou devo colocar o botão em Off na face posterior da dock?

e se estiver a usar a ligação e-sata?

obrigado!
 
Última edição:
Topo