1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

A diversão nos videojogos

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por vjoe, 11 de Agosto de 2008. (Respostas: 12; Visualizações: 1136)

  1. vjoe

    vjoe Power Member

    Neste tópico, questionei a importância da discussão, mas como lá o assunto é offtopic, pretendo desenvolvê-lo aqui.

    Fala-se muito em diversão, que é muito importante e blah blah, mas afinal o que é diversão? Será o prazer de jogar? Se sim, eu tenho prazer em jogar um jogo que seja muito difícil e que me obrigue a superar as minhas capacidades. No entanto, será que um jogador mais casual achará divertido perder sempre no mesmo boss e morrer dezenas de vezes no jogo antes de chegar ao final? Será que esse jogador casual tem prazer ao jogar um jogo que o obrigue a atingir certos objectivos para poder tirar total partido do mesmo?

    Assim, a diversão adquire um carácter subjectivo e torna-se demasiado redutor estar a qualificar os jogos de divertidos ou não.


    Por outro lado, se a diversão é o prazer de jogar um jogo, se eu jogar um jogo com o objectivo de competir e ser o melhor, e tiver prazer nisso, estarei a divertir-me. Ou seja, não é incompatível que um jogo possa, simultâneamente, ser divertido e competitivo, ou divertido e desafiante.

    E os restantes membros, que têm a dizer sobre isto?
     
  2. Anoni Mus

    Anoni Mus I'm cool cuz I Fold

    Se isto não levar a flames é um excelente tópico.


    Actualmente divirto-me mais com jogos online, porquê? Porque faço os meus próprios objectivos, no Cod às vezes tentava fazer score de 2:1, tentar ter melhor score que um colega etc, no MK adoro os TT, já perdi horas no Luigi Circuit...
    Por outro lado adoro jogos Singleplayer difíceis, puxar pela cabeça é fundamental para a diversão penso eu, porém acho que é bom perceber, existe o difícil de haver um puzzle ou quest complicado de passar e difícil de frustrante, como no caso God of war no nivel de dificuldade mais elevado, onde é frustrante haver vários monstros e andarmos sempre a morrer. Neste último caso a diversão é menor do que no primeiro, pelo menos na minha opinião.

    Outra coisa que muitas vezes dá diversão é a competição, das cenas mais divertidas nos jogos, é juntar em casa com uns amigos, e quando têm todos o mesmo skill é excelente jogar o mesmo jogo, Mario Kart ou SSBB com pessoas em casa é simplesmente genial.

    Não sei, se calhar para outros diversão é olhar para gráficos lindos, como Crysis, quando olho para ele fico maravilhado, mas não é propriamente diversão.

    Conlusão: Para mim diversão nos jogos é competição (apesar dos excessos serem prejudiciais para a saúde) e jogar com companhia e gritaria um jogo frenético espectacular.
     
  3. KillBoy

    KillBoy Power Member

    Por mim diversao e aqueles jogos com boss batles estupendas ( God of War), mas tambem com elevada dificuldade.

    Um gajo quando passa, ate começa a rir de tao contente =)

    Mas depois ha aqueles jogos do tipo PATAPON, que so de olhar para os bixinhos a cantar Pata Pata Pata Pon....... Um gajo morre a rir ai.

    xD
     
  4. UnknownName

    UnknownName 1st Folding then Sex

    Eu adoro jogos com uma grande e boa história, dificuldade moderada( sim porque perder sempre no mesmo sítio irrita) e que não seja como certos jogos em que um gajo chega a certa parte e não sabe o que fazer ao ponto de desistir de jogar (ex: tomb raider legend). GTA san andreas é dos tais que sem cheats é quase impossível completar o jogo, e os outros todos à excepção do GTA IV. Fácil demais também não, um bom exemplo é o crysis ou então o splinter cell double agent e por agora têm sido lançados excelentes jogos como COD 4 que escolhem o modo de dificuldade conforme a nossa capacidade de gamer.
     
  5. Anoni Mus

    Anoni Mus I'm cool cuz I Fold

    Esqueci-me de um factor importante, o som, ajuda muito quando estamos numa parte de um jogo difícil e ter uma banda sonora do mesmo estilo, ou quando estamos numa batalha importante e ter daquelas músicas apropriadas. Isso é importante para a diversão.

    UnknownName GTA SA sem cheats também não é difícil, pelo menos a história principal, passasse como outro jogo qualquer.
     
  6. UnknownName

    UnknownName 1st Folding then Sex

    true, no assassins creed por exemplo, o som era um factor importantíssimo.

    PS: ainda mais importante no FEAR, sem som o jogo não asustava ninguém.
     
  7. Dazkarieh

    Dazkarieh To fold or to FOLD?

    Para mim, um jogo divertido é um bom jogo.
     
  8. XaXaPT

    XaXaPT Power Member

    Um bom jogo para mim em termos de Single Player tem de ter uma História que nos obrigue a pensar por exemplo Metal Gear Solid ou Max Payne.
    Em termos de Multiplayer um jogo que nos deia pica para continuar a jogar que nos agarre ao ecrã para mim pode ser FPS ( BF2 por exemplo ter muita gente num server termos que ganhar pensar por onde atacar 1º etc) para outros players pode ser por exemplo GRiD ( ter de fazer melhor a curva etc) cada um de nós tem o seu ponto de vista.
     
  9. Ulpianus

    Ulpianus Power Member

    Sou um jogador casual, que sempre gostou de videojogos (desde os tempos do spectrum), mas não faz disso um modo de vida.

    Quanto ao tópico, para mim os jogos de computador têm uma tripla função, passo a explicar:

    ­ Servem para descarregar as energias negativas acumuladas - Não sendo grande fã de jogos de violência gratuita, confesso que tem dias que chego a casa tão stressado do trabalho, que me apetece pôr um shooter, jogar um hóquei em gelo, ou espatifar uns quantos carros nos jogos de corrida.

    ­ Servem para me ajudar na concentração - Quando andava na faculdade (e já são decorridos uns 15 anos), lembro-me que nos dias dos exames e das orais nunca saía de casa sem jogar um Tetris. Ainda hoje sinto essa necessidade.

    ­ Servem para me divertir, e cada vez mais tento seleccionar melhor os jogos que compro.

    Como geralmente jogo uma hora à noite, quando tudo dorme no resto da casa em casa, e já estou bem cansado e sinto que já não tenho muita concentração, razão pela qual costumo jogar, salvo muito raras excepções, nos níveis de dificuldade mais baixos.

    Para mim o divertimento, não passa por estar a repetir um nível à exaustão para passar um Boss. No meu caso passa por desfrutar uma excelente história, uma boa banda sonora, o detalhe do cenário em que se desenrola a acção.

    Apesar de parecer contraditório, nos últimos tempos, o maior prazer que tive com um jogo, foi terminar as 24h de Le Mans no GRID, sem ter batido em nada (por certo quase todos vós já fizeram isto montes de vezes e em níveis de dificuldade superiores). Foi a única corrida que repeti à exaustão e senti que tinha alcançado um feito pessoal.

    Por isso, também compreendo que muitos utilizem os videojogos como forma de se auto superarem. É bom não esquecer que o nosso maior adversário, somos nós próprios.
     
  10. KillBoy

    KillBoy Power Member

    Podias e mudar a letra, porque quem tem fundo branco ( como eu ) nao ve nada.
     
  11. 6r4ff3r

    6r4ff3r [email protected] Member

    Eu vejo a diversão num jogo como um todo ou apenas numa ou outra parte mais importante para mim, desde que transmita desafio mas sem frustação derivada do excesso de dificuldade que por vezes adoram implementar.

    Claro que como em tudo, é preciso saber como se joga e depois disso a diversão é maior.

    Pessoalmente, tenho cada vez menos paciência para conseguir passar partes onde antes "encravei" várias vezes, e aí já não chamo diversão, mas sim estar à beira de um ataque de nervos.
     
  12. MeTa

    MeTa Power Member

    Diversão nos jogos para mim implica identificar-me com os personagens do jogo, como se estivesse de facto naquele mundo virtual. De facto os meus jogos preferidos (shenmue, deus ex, half-life1) sao os meus predilectos por isso mesmo, conseguiram absorver-me completamente, pelas suas caracteristicas (jogabilidade divertida, nao linearidade na progressão de jogo, liberdade total, sonoridade, historia, etc)
    Jogos repetitivos, matar andar para a frente, boss, matar, nivel,etc nao me divertem tanto como os jogos que referi acima.
     
    Última edição: 11 de Agosto de 2008
  13. DuarteTZ

    DuarteTZ Power Member

    Só me divirto totalmente num jogo quando estou a jogá-lo com alguém ao meu lado ou na 'Net. Também acabo por usufruir um jogo Singleplayer, mas não é a mesma coisa que " jogar acompanhado".
     

Partilhar esta Página