A Indústria dos Videojogos - Tópico Geral (notícias, artigos, opiniões, análises)

RuiBK

Power Member

Mas eles não despacharam os estúdios da antiga Eidos para o Embracer Group? Assim de cabeça os IPs não japoneses que ficaram são desenvolvidos por empresas externas.


Eu até digo que eles até devem estar a almejar a mais do que isso,e fechando o negócio da Activision vamos ver uma aceleração de crescimento. Mas mesmo assim ainda deve demorar uns anos para chegarem a esse ponto.
 
Última edição:

_GM_

Power Member
Ou seja, a Square Enix quer vender aquilo que considera lixo, mas vão ficar com os seus principais trunfos, que são os jogos japoneses, onde certamente se inclui um Final Fantasy.
O que me dá a entender é que a Square Enix não está à procura de ser comprada como um todo, mas sim está à procura de fazer negócios onde ou vende algum dos seus estúdios, ou "empresta" algum dos seus estúdios para ser usado por outra empresa. Um exemplo seria a Sony pagar à Square Enix para usarem um dos seus estúdios na produção de algum jogo exclusivo para a Playstation.

Honestamente, prefiro que seja assim do que alguém comprar a Square Enix.

O que dizia o twitter, estou curioso 👀
Huh. O tweet desapareceu. Era do Wario64, a partilhar algo que foi encontrado. Curiosamente, também tinha visto um outro tweet semelhante por parte do Nibel, que também desapareceu...

Alguém participou de um questionário da Playstation, e descobriu algo interessante..

FZazIVYXoAIrxja


Há quem diga que pode ter sido um erro interno terem colocado lá a expressão NFT, uma vez que a expressão Digital Collectibles é usada pela Sony como recompensas para quem participar do Playstation Stars, e a Sony já veio dizer que esses Digital Collectibles não são NFT's.

Mas.... :Whatever:
 

Rubenzito

Power Member
Há quem diga que pode ter sido um erro interno terem colocado lá a expressão NFT, uma vez que a expressão Digital Collectibles é usada pela Sony como recompensas para quem participar do Playstation Stars, e a Sony já veio dizer que esses Digital Collectibles não são NFT's.

Mas.... :Whatever:

https://www.playstation.com/pt-pt/playstation-stars/

Pela descrição que diz neste site, parece de facto serem NFT's.
Portanto ou não está bem explicado e induz em erro, ou de facto são NFT's.
Por outro lado, os "colecionáveis digitais" podem ser por exemplo, avatares ou temas.
 

_GM_

Power Member
https://www.playstation.com/pt-pt/playstation-stars/

Pela descrição que diz neste site, parece de facto serem NFT's.
Portanto ou não está bem explicado e induz em erro, ou de facto são NFT's.
Por outro lado, os "colecionáveis digitais" podem ser por exemplo, avatares ou temas.
Sim, quem lê a descrição desses colecionáveis digitais, dá a entender que trata-se de NFT. E isso foi o que muitos começaram a pensar assim que a Sony revelou esse programa de recompensas.

Mas a Sony ao aperceber-se disso, disse logo que esses colecionáveis digitais não são NFTs. Mas depois usam a expressão NFT no questionário...

Achei interessante é que os tweets do Wario64 e Nibel foram eliminados...
 

RuiBK

Power Member
O maior medo da Sony é que a MS pode estourar mais dinheiro a tornar o Gamepass apeticivel do que eles com o Plus. Eles ainda estão agarrados ao modelo clássico de venda dos first party. A MS já opera noutro paradigma desde de 2018,e com o tempo começou a ser mais agressiva a trazer multiplataformas para o serviçol.
Fora disso parte, as cláusulas anti Gamepass não é nada de novo. Sabemos do Avengers e do RE8. Há de haver mais. E depois há as exclusividades temporárias que a Sony foi comprando ao longo dos anos e que comprou ainda recentemente. A Sony joga com as armas dela,a MS com as dela. Infelizmente para a Sony a MS abriu a carteira para a divisão da Xbox.
 

dodi280

Power Member
LOL,

Não sei por onde a Microsoft vai pegar por esse ponto... Pois a Microsoft compra esclussividade de jogos a torto e a direito (Assim como a Sony), retirando a possibilidade de ser lançado nas consolas Playstation. No final vai dar no mesmo! A Sony compra exclussividade para ser lançado apenas no seu serviço de subscrição... O que não faltam são jogos que foram lançados no gamepass e não podem ser lançados no Plus.

Fala a empresa que nos ultimos anos gastou cerca de 80 Mil milhões para ter exclussividade de várias coisas.
 

Master_Mind

Power Member
LOL,

Não sei por onde a Microsoft vai pegar por esse ponto... Pois a Microsoft compra esclussividade de jogos a torto e a direito (Assim como a Sony), retirando a possibilidade de ser lançado nas consolas Playstation. No final vai dar no mesmo! A Sony compra exclussividade para ser lançado apenas no seu serviço de subscrição... O que não faltam são jogos que foram lançados no gamepass e não podem ser lançados no Plus.

Fala a empresa que nos ultimos anos gastou cerca de 80 Mil milhões para ter exclussividade de várias coisas.

Pelo que entendo, a prática é anterior à criação do "gamepass" da sony. Ou seja, não é pagar para colocar no seu serviço e evitar que vá para o serviço da concorrência, é pagar para o jogo não ir para o serviço da concorrência apenas.
 

dodi280

Power Member
Pelo que entendo, a prática é anterior à criação do "gamepass" da sony. Ou seja, não é pagar para colocar no seu serviço e evitar que vá para o serviço da concorrência, é pagar para o jogo não ir para o serviço da concorrência apenas.

A Microsoft apresentou algum documento a mostrar a veracidade ou são insinuações?
Mas é normal que a Sony antes de criar o Plus Extra, estivesse a preparar terreno e conseguisse a exclussividade de alguns jogos para seu serviço. Tanto que o Plus já oferece jogos mensais a vários anos, ainda nem o gamepass tinha sido projetado. Pode estar ligado a isso, exclussividade de serviços Plus x Gamepass
 
Última edição:
Topo