• Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

  • ZWAME Jogos: I've been waiting for this! Analisamos o Persona 3 Reload, o remake do título lançado originalmente em 2006 para a PlayStation 2.

A Indústria dos Videojogos - Tópico Geral (notícias, artigos, opiniões, análises)

Lançaram o comunicado oficial. Depois de quase 30 anos na marca, vai-se retirar.

Sony Group Corporation and Sony Interactive Entertainment (SIE) today announced that SIE President and CEO Jim Ryan has made the decision to retire in March 2024 after almost thirty years with the PlayStation business. To support Mr. Ryan in his transition, Sony Group Corporation President, COO and CFO Hiroki Totoki will assume the role of Chairman of SIE effective October 2023. Effective April 1, 2024, Mr. Totoki will be appointed Interim CEO of SIE while he continues his current role at Sony Group Corporation. Mr. Totoki will work closely with Sony Group Corporation Chairman and CEO Kenichiro Yoshida and the management team of SIE to help define the next chapter of PlayStation’s future, including the succession of the SIE CEO role.

Jim Ryan joined Sony Interactive Entertainment’s Europe-based legal entity, Sony Interactive Entertainment Europe (SIEE) — which was then Sony Computer Entertainment Europe — in 1994. Since then, he has held a number of senior positions at the company including President of SIEE, Head of Global Sales and Marketing at SIE and Deputy President of SIE since January 2018, before being appointed SIE President and CEO.

https://sonyinteractive.com/en/pres...tructure-of-sony-interactive-entertainment-2/

Não era presidente nenhum, era boneco.
A marca trabalha sozinha, ainda.

Ás vezes leio com cada coisa.
 
Era super CEO?
Só se era internamente, para fora não passava nada disso.
Nas apresentações da PS parecia que estava sempre bêbado.

É opinião.

Portanto, um CEO é avaliado por ser fotogénico e não pelas decisões que toma? Será que se vestisse uma t-shirt de algum jogo por debaixo do casaco já era bom CEO? Porque é esse tipo de coisa que estás a insinuar. Simpatizo tanto com ele como qualquer outra pessoa aqui (se bem que digo isto em relação à maioria dos CEO's), mas convém ter um pingo de sentido crítico. Quanto muito poderias dizer que seria melhor ter deixado esse tipo de apresentação publica a cargo de alguém que estivesse mais à vontade, como a Nintendo faz (quantas vezes viste o Bowser num Direct?), mas isso pouco peso tem na capacidade de tomar decisões da empresa.

A "marca trabalha sozinha" é um tipo de comentário subvalorizador de uma equipa que se esforça para continuar que a empresa para qual trabalha continue a ter sucesso. Na geração PS2 também trabalhava sozinha e não impediu de meterem os pés pelas mãos com a PS3.
 
Última edição:
Acho o timing interessante, anunciarem que o Jim Ryan deixará de ser CEO na mesma semana que a Sony foi alvo de um ataque de hackers...

Mas não acho que as duas situações estejam relacionadas.

Aqui ficam as minhas teorias (e durante os próximos meses é o que não vai faltar 😅)

Provavelmente a saída do Jim Ryan deveu-se à aposta nos GaaS ainda não estar a dar frutos. Sabemos que a Bungie deu um feedback negativo sobre o TLOU2 Factions, e isso acabou afetando o projeto. Quem sabe se outros jogos GaaS também levaram com feedback negativo por parte da Bungie, implicando que esses jogos necessitem de mais tempo e dinheiro gasto...

Outra teoria é de que a previsão de venderem 25 milhões de consolas PS5 durante o atual ano fiscal não está sendo bem aceite internamente, devido às promoções que têm feito para a venda de consolas PS5, e agora estando a incentivar o consumidor nos EUA a comprar uma PS5 por oferecer um jogo à escolha.

De qualquer forma, são só teorias. O facto é que o Jim Ryan não era bem visto pelos fãs da Playstation, e já vi reações de pessoal a ficar satisfeito com a saída dele. Agora é esperar para ver quem é que vai ficar lá, e qual a direcção que a marca Playstation vai seguir. Se para melhor ou para pior...
 
De qualquer forma, são só teorias. O facto é que o Jim Ryan não era bem visto pelos fãs da Playstation, e já vi reações de pessoal a ficar satisfeito com a saída dele. Agora é esperar para ver quem é que vai ficar lá, e qual a direcção que a marca Playstation vai seguir. Se para melhor ou para pior...
Pensei que era só eu.
Agora a partir de 18 de Outubro é que se ia ver o que ele valia, pois começava a ter concorrência mais forte.

Vamos ver quem vem a seguir e qual a abordagem.
História de 60% das novas produções passarem a ser GaaS também não foi muito bem recebida pelos fãs.
 
Jim Ryan está de saída da PlayStation
Será já em março de 2024

Finalmente. Vai, vai pela sombra e leva contigo o PS Plus. O gajo que destruiu a Sony em apenas 4 anos.
https://www.eurogamer.pt/jim-ryan-e...U9sWZleCxzmRNjgsrVp1YaucM692sm6AWYNNQ9XCnia4E

As desculpas que ele deu parece-me esfarrapadas, acho que a direção o chamou à realidade porque a Sony não está bem e depois dos aumentos do Plus deve ter sido a gota de água porque os jogadores por todo mundo criticaram duramente as mudanças.
 
Ele não faz as coisas sem o aval da casa mãe, duvido que os aumentos do Plus não fossem conhecimento da Sony.

Eles não passam de paus mandados, seja em que empresas forem. Têm uma certa autonomia como é óbvio, para poderem gerir a divisão, mas as grandes decisões passam pela casa mãe.
 
A malta está toda contente por ele sair, mas algo me diz que daqui a uns 5 anos vão pedir para ele voltar 😅

Acho que quem forem meter como CEO da Playstation será alguém que vai querer investir fortemente nos jogos GaaS e em jogos mobile...
 
Back
Topo