1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

AJUDA a CONSTRUIR UM Site

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por PovoaNet, 22 de Novembro de 2007. (Respostas: 5; Visualizações: 1462)

  1. NAO tenho a certeza se devia postar isto aqui ,mas ca vai..

    eu tenho um clan de cs e precisava de criar um site[preferencialmente gratis] no qual eu pudesse adiucinar os tem'plates que eu queira.....a maioria fala em ftp mas disso eu n precebo.... logo, gostava que alguem postasse aki um tutorialn que m e pudesse ajudar ou que me deem umas luzes sobre este assuntoo...


    obrigado:o
     
  2. jmra

    jmra Power Member


  3. Podes sempre criar um site de borla, desde que ele tenha ate 50 Mb, isso é facil de arranjar.
    Acerca dos FTP, aki vai um tutorial pequeno so pa te dar umas breves noções. Boa sorte.


    FTP - File Transfer Protocol



    O que é FTP?

    FTP (abreviação para File Transfer Protocol - Protocolo de Transferência de Arquivos) é uma das mais antigas formas de interação na Internet. Com ele, você pode enviar e receber arquivos para, ou de, computadores que se caracterizam como servidores remotos.

    Voltaremos aqui ao conceito de arquivo texto (ASCII - código 7 bits) e arquivos não texto (Binários - código 8 bits). Há uma diferença interessante entre enviar uma mensagem de correio eletrônico e realizar transferência de um arquivo. A mensagem é sempre transferida como uma informação textual, enquanto a transferência de um arquivo pode ser caracterizada como textual (ASCII) ou não-textual (binário).


    O que é um servidor remoto ?

    Servidores remotos são computadores que dedicam parcial ou integralmente a sua memória aos programas que chamamos de servidores. Pelo fato destes computadores não serem o seu computador local - aquele que está em seu trabalho, seu quarto ou em um laboratório de sua universidade, é que os chamamos de remoto, indicando que estão em algum outro ponto remoto da Rede.

    Quem até hoje em sua vida só viu micros PCs Windows ou Macs, não deve esqueçer que a Rede Mãe é uma grande coleção de computadores de todos os tipos. Cada qual com suas particularidades e, portanto, com características diferentes. Logo, um servidor remoto pode ser qualquer tipo de computador, basta que nele exista um programa que o caracterize como servidor de alguma coisa, por exemplo, FTP.

    O que é um servidor de FTP?

    É um computador que roda um programa que chamamos de servidor de FTP e, portanto, é capaz de se comunicar com outro computador na Rede que o esteja acessando através de um cliente FTP.

    Mas afinal de contas: o que é um servidor? E um cliente?

    Como tudo na Internet gira em torna do que chamamos de arquitetura cliente-servidor, quando você instala um programa que seja alguma aplicação para Internet, você obrigatoriamente estará instalando uma aplicação cliente ou uma aplicação servidor.

    Chamamos de cliente porque a aplicação se comunica através de solicitações de serviço. Por outro lado, podemos entender uma aplicação servidora como quem atenderá a estas solicitações e prestará o serviço adequado. Por exemplo: quando você instala o browser Netscape Navigator em seu computador, você está instalando o lado cliente da arquitetura. Completando esta arquitetura, existe, em algum outro ponto da Rede, um computador que tem instalada e executando a parte servidora.

    Deste modo, ao se conectar a Internet, você pode esperar que a parte servidora esteja sempre disponível e se encontre em um endereço bem conhecido. Caso contrário, a parte cliente não saberá encontrar o servidor. Mais claramente: como alguém acessaria por exemplo, o site do Guia internet.br se não soubesse que seu endereço é http://www.ediouro.com.br/internet.br? Portanto, não basta ter o paginador instalado em sua máquina, nem o servidor ativo em algum outro ponto da Rede, é indispensável que ele esteja em um ponto bem definido, de modo que seja possível ao cliente estabelecer a comunicação com o servidor.

    Curiosidade

    De um modo geral, o servidor tem sempre a possibilidade de realizar um log, arquivo texto com informações como: que computador está acessando, a duração deste acesso, os erros ocorridos durante o acesso, o que está sendo acessado e muitas outras informações. Para entender melhor este tal de log, você pode imaginá-lo como uma grande caixa preta, como nos aviões, que armazena todo o plano de vôo.

    Mirrors, por que eles existem?

    A cada dia a Internet ganha uma dimensão tão grande, que muitas vezes é interessante replicar as informações em diversos computadores ao redor do mundo de modo que a performance do acesso a estas informações seja melhorada pela proximidade de um mirror (espelho), que é um computador que espelha o conteúdo de um outro.

    Um bom exemplo é o site http://www.tucows.com, parada obrigatória para quem está atrás de qualquer tipo software. A quantidade de acessos à esse site é tão grande que eles espalharam "espelhos" por todo mundo. Só no Brasil, já existem três - http://www.tucows.uol.com.br, http://www.tucows.dglnet.com.br e http://tucows.unisys.com.br. Mas o que se ganha com isto? Velocidade ao realizar uma transferência de arquivos, pois você tem a oportunidade de sempre optar por um site mais próximo de você.

    Intranet, um mirror em potencial

    Uma palavra muito comum hoje em dia é Intranet. Você inclusive já teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre isso em nossa edição número 2. Resumidamente, podemos entendê-la como a migração da tecnologia Internet para dentro de uma empresa. Neste caso, podemos imaginar que os funcionários desta empresa serão, certamente, usuários freqüentes de FTP.

    Nesta nova filosofia de trabalho, o conceito de mirror pode ser muito bem aplicado. Imagine que cada computador da empresa precise dos clientes instalados, por exemplo, browsers, e-mail, etc. Seria interessante que ao invés de cada funcionário acessar a Internet para buscá-los, fosse criado um local no servidor da rede local, no qual todos os softwares mais utilizados fossem espelhados. Com certeza a economia de tempo seria significativa.

    FTP anônimo versus FTP com autenticação

    Existem dois tipos de conexão FTP. A primeira, e mais utilizada, é a conexão anônima, na qual não é preciso possuir um user name ou password (senha) no servidor de FTP, bastando apenas identificar-se como anonymous (anônimo).

    Neste caso, o que acontece é que, em geral, a árvore de diretório que se enxerga é uma sub-árvore da árvore do sistema. Isto é muito importante, porque garante um nível de segurança adequado, evitando que estranhos tenham acesso a todas as informações da empresa. Quando se estabelece uma conexão de "FTP anônimo", o que acontece em geral é que a conexão é posicionada no diretório raiz da árvore de diretórios. Dentre os mais comuns estão: pub, etc, outgoing e incoming.

    O segundo tipo de conexão envolve uma autenticação, e portanto, é indispensável que o usuário possua um user name e uma password que sejam reconhecidas pelo sistema, quer dizer, ter uma conta nesse servidor. Neste caso, ao estabelecer uma conexão, o posicionamento é no diretório criado para a conta do usuário - diretório home, e dali ele poderá percorrer toda a árvore do sistema, mas só escrever e ler arquivos nos quais ele possua permissão.

    Alguns sites interessantes para FTP anônimo
    ftp.sausage.com: arquivos sobre o editor HTML HotDog
    ftp.microsoft.com: arquivos sobre software, documentação e outros
    ftp.qualcomm.com: arquivos sobre Eudora, e outros software produzidos pela Qualcomm
    ftp.cica.indiana.edu: arquivos diversos sobre sistemas operacionais e software em geral
    ftp.unicamp.br: mais softwares…
    As raízes do FTP

    Assim como muitas aplicações largamente utilizadas hoje em dia, o FTP também teve a sua origem no sistema operacional UNIX, que foi o grande percursor e responsável pelo sucesso e desenvolvimento da Internet. Portanto, lá no início de tudo, a maioria dos comandos atualmente consagrados, disponíveis para realizar transferência de arquivos, eram comandos que tinham que ser utilizados em terminais com interface texto.

    Mas, felizmente, com a evolução dos terminais gráficos, já há um bom tempo não precisamos nos preocupar em decorar todos os comandos, que antes eram indispensáveis, para fazer um FTP. As interfaces gráficas criam uma camada de abstração que colocam a transferência de arquivos na ponta do dedo. Bastam alguns poucos cliques de mouse para verificar que o FTP de hoje é muito mais agradável que o de antigamente. E o melhor é que tudo acontece sem você perceber que nos bastidores o que realmente acontece se equivale a muitos destes cliques.

    Mas não pense você que aqueles comandos foram esquecidos. Para muitos usuários, principalmente aqueles de universidades espalhadas ao redor do mundo, o principal sistema operacional utilizado continua sendo o UNIX, e, neste caso, os comandos para FTP devem ser explicitamente digitados em linhas de comando.

    Se você quiser ter uma idéia do que está sendo falado, o Windows 95 trás um "belo" programa de FTP (diretório windows), que ao ser executado abre uma tela totalmente preta com um prompt "ftp>" esperando por um comando, coisas do tipo: open, pwd, ls -l, get, put, binary, ascii, hash e assim vai…

    Algumas dicas

    1. Muitos sites que aceitam FTP anônimo limitam o número de conexões simultâneas para evitar uma sobrecarga na máquina. Uma outra limitação possível é a faixa de horário de acesso, que muitas vezes é considerada nobre em horário comercial, e portanto, o FTP anônimo é temporariamente desativado.
    2. Uma saída para a situação acima é procurar "sites espelhos" que tenham o mesmo conteúdo do site sendo acessado.
    3. Antes de realizar a transferência de qualquer arquivo verifique se você está usando o modo correto, isto é, no caso de arquivos-texto, o modo é ASCII, e no caso de arquivos binários (.exe, .com, .zip, .wav, etc.), o modo é binário. Esta prevenção pode evitar perda de tempo.
    4. Uma coisa interessante pode ser o uso de um servidor de FTP em seu computador. Isto pode permitir que um amigo seu consiga acessar o seu computador como um servidor remoto de FTP, bastando que ele tenha acesso ao número IP, que lhe é atribuído dinamicamente. Existem na Internet vários programas que permitem que você execute um servidor FTP em sua máquina, podem ser utéis e divertidos - aguarde nas próximas edições!

    Regras de etiqueta

    Salvo casos especiais, não é uma boa política o uso de correio eletrônico para se transferir arquivos muito grandes. O ideal é que se use um diretório público em um servidor de FTP para tornar disponíveis os arquivos necessários. Neste caso, os arquivos poderão ser acessados por qualquer cybernauta que realize um FTP anônimo para o site.

    Ao se utilizar de FTP anônimo, tenha em mente que é sempre muito educado preencher o campo de password com o seu endereço eletrônico. Isto é importante apenas para fins de controle de quem administra o site.

    Procurando arquivos na rede

    Agora que já sabemos que ferramenta usar para transferir arquivos, precisamos saber como encontrá-los. Para tanto, investigaremos uma outra ferramenta a qual chamamos de Archie. Archie é um método de procurar arquivos que estejam localizados em servidores remotos que aceitem FTP anônimo. Usar um cliente Archie pode ser bastante interessante quando se sabe o nome parcial ou integral do arquivo que você está procurando.

    Existem mais de 14 servidores Archie, e cada um deles realiza a procura em conjuntos de sites que aceitem FTP anônimo ligeiramente diferentes. Deste modo, o resultado da procura pode ser diferente, dependendo do servidor Archie que você defina. Obtendo o resultado da busca, o que se pretende em geral é realizar a transferência do arquivo encontrado. E é neste momento que entra a ferramenta de FTP.

    De um modo geral, todo cliente Archie possibilita a visualização do site e do diretório onde foi encontrado o arquivo procurado. Além disso, também é possível realizar uma busca exata da palavra ou um subconjunto da mesma.

    Onde encontrá-los?

    Vamos explorar neste tutorial as versões de 32bits para Windows do cliente FTP e do cliente Archie, respectivamente, WS_FTP e WS_Archie, que poderão ser encontrados em: http://tucows.unisys.com.br.

    Algumas opções estarão disponíveis. Em "Software Listing for:" , selecione o sistema operacional que seja compatível com o seu computador: Windows 3.x, Windows95 ou Macintosh. Uma nova página será carregada e nas opções listadas a esquerda selecione "File Transfer Protocol", para encontrar o WS_FTP, e "Archie" para o WS_Archie.

    Na página de "File Transfer Protocol", clique duas vezes sobre WS_FTP LE. Salve este arquivo em algum diretório temporário. Repita estes passos para fazer o download do WS_Archie.

    Ao final da transferência, utilize um programa semelhante ao Winzip ou Pkzip para extrair os arquivos. Você ainda não tem o Winzip? Não se desespere, você pode consegui-lo neste mesmo site acessando "Software", escolhendo sua arquitetura, e em seguida optando por "Non-Internet". Selecionando "Compression Utilities", você terá vários utilitários, dentre eles o Winzip. Bom, continuando, para melhor organizar a situação crie um diretório temporário "wsftp" e extraia os arquivos do WS_FTP para ele. Então procure neste diretório o arquivo install.exe. Dê um duplo clique sobre este arquivo e instale o WS_FTP.

    Crie um outro diretório temporário "archie" e extraia os arquivos do WS_Archie para lá. Estamos prontos, podemos avançar para o próximo passo!

    Configurando o WS_FTP

    WS_FTP é um cliente FTP, que permite que você se conecte a servidores remotos para realizar downloads e uploads de arquivos de, e para, estes computadores.

    Este software possui uma janela principal que representa o seu ambiente de trabalho para transferência de arquivos. Uma janela semelhante a da Figura 2 pode ser esperada logo após se estabeleça uma conexão de FTP. Esta janela possui dois lados: o lado que representa o seu computador na subjanela da esquerda, e o lado do servidor remoto para o qual você está fazendo o FTP na subjanela da direita.

    Existe também uma subjanela inferior para onde são enviadas as mensagens de erro e informações necessárias para saber o que está acontecendo.

    Vamos então configurar o WS_FTP. Ao rodar o software são mostradas duas janelas. Uma das janelas permite que você selecione o site para o qual será feito o FTP, e como será feita a conexão.

    Também é nesta janela que podem ser incluídos os sites mais utilizados por você. Deste modo, cada site terá uma configuração própria, agilizando seu trabalho, e mantendo a casa em ordem. Para criar um novo site e definir a configuração que será usada basta clicar em "New". Uma janela será mostrada, de modo que você possa definir um novo site simplesmente definindo os seguintes campos:

    - Profile: deve conter o nome do site. Esta informação é apenas para o seu controle. Assim, você pode escolher um nome qualquer para representar o novo site que esta incluindo. Por exemplo, você poderia utilizar Microsoft, no caso de estar configurando uma conexão para o site FTP da Microsoft .
    - Host Name: este campo deve conter um endereço Internet válido que represente o endereço do servidor FTP. Como exemplo, poderia ser ftp.microsoft.com
    - Host Type: se você souber o tipo de servidor que está definindo, você pode alterar este campo tranqüilamente. Uma boa opção é deixar a opção pré-definida "Automatic detect", pois esta funciona muita bem para a grande maioria de servidores.
    - User ID: se você está fazendo FTP anônimo selecione a opção ao lado "Anonymous login". Assim, este campo será preenchido automaticamente com "anonymous". Mas se o seu FTP não for anônimo, este campo deve conter seu login name que deve ser reconhecido pelo servidor.
    - Password: altere este campo somente se você não está usando FTP anônimo, fornecendo a sua senha no servidor de FTP.

    Caso você queira evitar solicitação de senha a cada nova conexão, selecione a opção "Save Password". Apenas tenha cuidado se outras pessoas utilizam seu computador, pois elas também terão possibilidade de acessar o site FTP através da sua senha.

    Você pode ainda definir qual o diretório remoto que será usado ao estabelecer a conexão preenchendo o campo "Remote host" em "Initial directories".

    Agora basta clicar em "Save" para concluir a inclusão.

    Caso algum site que você utilize com freqüência costume estar ocupado, não permitindo que você estabeleça a conexão, clique nesta mesma janela em "Advanced". Uma nova janela será mostrada. Defina os seguintes campos:

    - Connection Retry - preencha com 20.
    - Network Timeout - preencha com 30 ou mais. Representa o número de segundos.
    - Remote Port - 99% dos sites usam a porta 21, por isso, essa é uma boa opção.

    Clique em "OK" e, em seguida, "Save".

    Lembre-se que os sites da lista são diferenciados por seu "Profile Name", o nome que você apelida o site e não por "Host Name", o endereço do site FTP. Sendo assim, você pode definir configurações diferentes para um mesmo site, apenas modificando o "Profile Name". Guarde essa informação, de alguma maneira isto pode ser útil algum dia.

    Agora que já configuramos os principais itens, você pode fazer um FTP apenas iniciando o programa WS_FTP, selecionando o site desejado e clicando "OK" para estabelecer a conexão.

    Como fazer download e upload?

    Estabelecida a conexão, para fazer downloads e uploads bastam alguns cliques de mouse.

    Uploads:

    PASSO 1 - selecione o diretório no servidor remoto - janela da direita
    PASSO 2 - posicione o diretório local - janela da esquerda
    PASSO 3 - selecione o tipo de transferência (ASCII, Binary) dependendo do tipo de arquivo, ou simplesmente selecione "Auto".
    PASSO 4 - selecione o arquivo que deseja transferir do seu computador para o computador remoto e clique no ícone da seta para a direita. Uma outra forma de efetuar a transferência é clicando duas vezes sobre esse mesmo arquivo. Lembre-se que nesse caso, você esta selecionando arquivos da subjanela à esquerda.

    Downloads:

    Repita os passos de 1 a 3.
    PASSO 4 - selecione o arquivo que deseja transferir do computador remoto para o seu computador e clique no ícone da seta para a esquerda. Uma outra forma de efetuar a transferência é clicando duas vezes sobre esse mesmo arquivo. Agora, você esta selecionando arquivos da subjanela à direita.


    Configurando o WS_Archie

    WS_Archie é um cliente Archie para Windows. Ele permite que você localize arquivos em índices de busca disponíveis em servidores públicos. Uma vez feita a busca e obtida uma resposta que informa o local onde o arquivo foi encontrado, a data e tamanho do arquivo, etc, você pode usar o seu cliente FTP para fazer o download do arquivo.

    Existem duas subjanelas, a intermediária informa o local (o site) que o arquivo se encontra, enquanto que a inferior fornece os dados do arquivo selecionado.

    Um ponto bastante interessante do WS_Archie é que ele tem disponível na própria janela de busca as principais opções de configuração. Portanto, você pode sempre ajustá-lo, rapidamente, para cada nova busca.

    Para configurar as opções do WS_Archie você precisa acessar o menu "Options", opção "User Preferences". Nesta janela, podemos destacar os seguintes itens de configuração:

    - Default Archie Server: selecione nesta lista o servidor que deve ser usado como o servidor archie de procura.
    - Default Search Type: é a maneira pré-definida como a busca será efetuada.
    - Substring: procura por arquivos que contenham a palavra procurada.
    - Substring (case sensitive): semelhante ao anterior, mas diferencia minúsculas e maiúsculas.
    - Exact: procura por arquivos que sejam exatamente iguais à palavra procurada.
    - Regex: usa expressões regulares para realizar casamento de padrões entre a palavra procurada e os arquivos. Esta opção deve ser usada somente por aqueles usuários mais experientes. Se você selecionar este item, poderá utilizar expressões regulares no campo de "Search for:" na janela onde é fornecida a palavra para busca.
    - Exact first: este item se diferencia dos itens acima na medida em que dentre aqueles somente um estará selecionado. Estando este item selecionado, você estará indicando que sempre a localização exata será tentada em primeiro lugar, mesmo que você tenha selecionado acima outro item que não o Exact.
    - Expand result Tree: selecione este item sempre que desejar que a árvore de diretório seja toda mostrada para cada arquivo encontrado.
    - User ID: o valor pré-definido é "nobody". Deixe este campo com este valor. Algumas destas opções podem ser reconfiguradas facilmente da janela de busca clicando nas pastinhas que aparecem, uma ao lado da outra, mais ao topo da janela, sobre os nomes de "Search for", "Advanced", "Archie Server" e "Matches".

    Não se engane! A reconfiguração é útil apenas para a busca da vez, não alterando os valores pré-definidos. Isto é, se você fechar o WS_Archie, em uma próxima utilização os valores que serão utilizados serão os valores pré-definidos. Assim, se você quiser que a reconfiguração seja definitiva você deve entrar no menu "Options", opção "User Preferences", e lá escolher a sua configuração.

    Agora só está nos faltando configurar a janela de FTP do WS_Archie. Para isso devemos preencher os seguintes campos:

    - Command: define o cliente FTP que será usado para a transferência dos arquivos. Você pode clicar em "Browse" para indicar em que diretório está o arquivo executável do seu cliente FTP. Neste caso, como estamos usando o WS_FTP, você deve procurar por ele.
    - Parameters: não se preocupe com este item. Deixe-o como está.
    - User name: é aqui que você estará indicando para o WS_Achie qual o tipo de conexão de FTP que você deseja para transferir o seu arquivo, isto é, uma conexão anônima, ou uma conexão com autenticação. Para a conexão anônima preencha este campo com "anonymous". Para a conexão com autenticação preencha com o seu login name. Lembre-se que neste segundo caso você deve ser um usuário cadastrado no servidor!
    - Password: Para a conexão anônima preencha este campo com o seu e-mail.
    - Directory: preencha este item com o nome do diretório para o qual deve ser feito o download.

    Após todas essas configurações você está pronto para utilizar o WS_Archie. Na janela principal, forneça uma palavra que identifique o arquivo que você procura. Caso ele seja encontrado, uma lista de sites estará disponível. Escolha o de sua preferência, clique sobre o nome do arquivo, vá até a opção de menu "File" e selecione "Retrieve". O WS_FTP será acionado automaticamente e após alguns minutos (ou muitos), o arquivo estará em seu computador. E então, que tal tentar buscar algo que estava procurando a muito tempo, agora você possui todo conhecimento para isso!

    Os bits e bytes estão tão presentes em nossas vidas que a cada dia que passa nos tornamos meio terrestre, meio cybernauta. Por isso não fique aborrecido se algum dia alguém, ao invés de dizer para você que vai ao banheiro, disser que está indo fazer um upload! : )

    Espero vocês no próximo tutorial, e não esqueçam que agora, as suas mais novas ferramentas para procurar e transferir aquele arquivo que você tanto precisa, atendem pelo nome de Archie e FTP.

    Glossário
    anonymous: identificação necessária para caracterizar que usuário que está acessando um dado site de FTP é um usuário estranho.
    download: ato de realizar uma transferência de um arquivo de um computador remoto para um computador local.
    incoming: diretório da árvore de diretórios de FTP anônimo que contém arquivos transferidos por usuários anônimos.
    mirror: site que espelha o conteúdo de um outro site da rede
    outgoing: diretório da árvore de diretórios de FTP anônimo que contém arquivos a serem transferidos por usuários anônimos.
    retrieve: equivalente ao download.
    upload: ato de realizar uma transferência de um arquivo de um computador local para um computador remoto.
     
  4. nunot

    nunot [email protected] Member

    grande manual :)

    pede a um amigo que saiba fazer paginas, poupas tempo e dinheiro.
     
  5. ola, sou novo aqui e ja andei a ver; mas não consigo criar um post..
    gostaria que me ajudassem..
    obrigado..
     
  6. nunot

    nunot [email protected] Member

    tens um botão do lado esquerdo que diz "new topic", carrega nele e já esta.
     

Partilhar esta Página