1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

alias

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico - Apple' iniciada por margarida46, 23 de Maio de 2007. (Respostas: 19; Visualizações: 1187)

  1. margarida46

    margarida46 Power Member

    Boa noite a todos.
    Gostava de saber ao certo o que é um " alias". Pelo que percebi até agora, é um atalho, para um ficheiro ou para um programa, é isso?
    Porque se chama "alias", e não " atalho", existe alguma diferença? Ou é apenas para mudar de nome em relação ao Windows?

    Obrigada.
    Uma boa quarta-feira.
    Cumprimentos,
    :)Margarida
     
  2. Mitch

    Mitch Banido

    alias - an alternative name for an object, such as a variable, file, or device. On Macintoshes, you can assign aliases for files, which allows you to have icons for the same file in different folders. Windows provides the same functionality but does not use the term alias. UNIX also supports aliases, but calls them links or symbolic links.
     
  3. bruno_eg

    bruno_eg Banido

    Como costumo dizer: "Chama-lhe nomes!"
    Cada um dos SOs escolhes os nomes quem bem entendem (e as vezes são infelizes ao fazê-lo), mas a explicação do mitch é bastante suscinta.
     
  4. lidador

    lidador Power Member

    Quando comecei a usar Mac os manuais em português e as traduções do próprio Mac System traduziam alias para a palavra portuguesa "alegoria", que me parece um pouco mais apropriada que "atalho".
     
  5. rasputine

    rasputine ChiefCaster

    Nunca viram a série "Alias"? Acho que em português era "A Vingadora"... Só isso faz com que o nome "alias" seja muito mais cool que atalho ou link :):)

    ... Se nas preferências escolhermos o Português como língua do Mac OS X, o nome que aparece para "alias" é exactamente atalho...
     
  6. Demiurgo

    Demiurgo Xerife de Nottingham

    lidador e rasputine,

    A tradução portuguesa do Tiger é uma miséria. A do Leopard irá estar melhor, mas não perfeita :D.

    Alias também tem o sentido de proxy/nickname.
     
  7. rasputine

    rasputine ChiefCaster

    Hmmmm... Alguém nosso conhecido está a colaborar na localização do Leopard? Hmmmm...:):):):):):):)
     
  8. Demiurgo

    Demiurgo Xerife de Nottingham

    Eu não estou envolvido nas traduções :D
     
  9. Peidina

    Peidina Banido

    Ainda bem que (atradução) vai ter mais qualidade, porque a actual é miserável e obriga-me a ter o computador em Espanhol. Alem do mais nem todos os programas estão traduzidos para português, e o que está é em brasileiro.
     
  10. Demiurgo

    Demiurgo Xerife de Nottingham

    Como diria o Manoel do Fawlty Towers: "I know nothing. I'm from Barcelona" :-D
     
  11. lidador

    lidador Power Member

    ¿No comprendes inglés?
     
  12. Peidina

    Peidina Banido

    Não, não entendo inglês. Nunca me dei bem com ele...
     
  13. margarida46

    margarida46 Power Member

    Obrigada pela resposta, obrigada a todos os que me responderam. Mas para ser sincera prefiro respostas em português. Compreendo bastante bem inglês, mas não tenho a mania que sou inglesa, nem americana, e como estamos em Portugal, acho uma patetice falar inglês.. o português é uma língua bem bonita, e tem e terá sempre, o meu total e incondicional apoio.
    Viva Portugal, e viva o Benfica e o Futebol Clube do Porto.
    Uma boa quinta-feira para todos.
    Margarida46.
     
  14. lidador

    lidador Power Member

    Claro!
    "A Pátria Honrai que a Pátria vos Contempla"
    Se alguém desonrar este lema chamem O Lidador!
    Depois... bem, as coisas são um pouco mais complicadas.
    O inglês é, ou ainda é, a língua oficial da informática, do mesmo modo que o latim é (ou já foi...) a língua oficial da Igreja Católica. Quando eu nasci, a missa ainda era em latim, e não consta que os padres tivessem a mania que eram Romanos.
     
  15. margarida46

    margarida46 Power Member

    *****O inglês é, ou ainda é, a língua oficial da informática, do mesmo modo que o latim é (ou já foi...) a língua oficial da Igreja Católica. Quando eu nasci, a missa ainda era em latim, e não consta que os padres tivessem a mania que eram Romanos.***

    Boa noite lidador.
    Acho que está aqui a fazer uma grande confusão, aliás duas :
    A primeira :
    Os padres não davam a missa em latim por causa de terem a mania que eram romanos, mas sim para impedirem as pessoas de perceberem o conteúdo de mesma, e assim poderem manter o seu poderio. Na ignorância, não se fazem perguntas, nem se podem pôr as coisas em causa..
    Já nesse tempo , algumas pessoas melhor informadas se apercebiam do poder de deter a Informação, coisa que aliás ainda hoje acontece.

    E a segunda :
    Com a Informática passa-se algo semelhante. A linguagem da Informática não é o inglês,os termos utilizados é que são em inglês, tal como a sintaxe de algumas linguagens de programação..
    No entanto o suporte da aprendizagem é sempre na língua nativa..
    Que eu saiba, as escolas do Ensino Superior , que formam os seus alunos em Informática, não dão as aulas em Inglês.. ( por enquanto..)

    Estamos em Portugal e a língua oficial é o português, em Espanha é o Espanhol, e por aí fora.
    Os franceses por exemplo traduzem os termos da informática, para o francês. Não há por lá "software, há é "logiciel"..
    As matérias aprendem-se na língua nativa, justamente para se poder perceber o que querem dizer os termos em Inglês, para que servem , como e onde se aplicam.

    O povo português é que infelizmente vai nessa cantiga, esquece-se, lá está, do poder da Informação..

    Francamente lhe digo que não acredito que mesmo as pessoas que andam em Informática, dominem as matérias em Inglês, tão bem como em Português.

    A aprendizagem duma língua só é completa para quem nasce no país em que ela se fala, ou para quem a aprende (desde que aprende a falar) , em simultâneo com a língua do mesmo.
    Mesmo vivendo lá , não se consegue nunca aprender e apreender a língua tão bem e tão completamente como os naturais. A não ser as crianças que aprendam em simultâneo, desde que nascem, e isso está estudado e provado cientificamente. Desde que nascem, porque antes de saberem falar, já "sabem" ouvir..

    Mas como este nosso povo é um pouco "atrasado", passa ao lado desse pormenor. E mais uma vez, passa também ao lado da posse total da Informação e do Conhecimento...

    Parece que de facto ainda não saímos das missas em Latim, e nem queira saber o jeitão que depois isso não dá, aos que de facto sabem o Latim da Informática..
    Mas pronto.. é para armar ao pingarelho, e para impingir à populaça..
    And so help us God..

    PS - Não sou patriótica, nem tenho um orgulho especial em ser portuguesa, ou neste país.. mas temos que viver o melhor possível com aquilo que temos...
    Margarida46
     
  16. strikereg

    strikereg Power Member

    Não é bem assim, o inglês é a lingua oficial da informática mas apenas porque a informática, como muitos outros fenómenos, é global.

    A informação de que falas tem muito mais valor se a sua escala for internacional.

    Tenho o privilégio de perceber o inglês tão bem como o português apenas com a educação que todos recebemos no secundário, mas, mais importante, com muita prática em termos de utilização de programas, jogos e internet em inglês desde novo.

    Os horizontes que tal abre são extraordinários! Antes de conhecer a techzone pouco tempo passava em sites em Português.
    A minha faculdade (Nova - Economia) dá grande parte das aulas em inglês, isso permite 2 coisas: professores de todo o mundo e estudantes de todo o mundo.

    Basicamente sigo uma filosofia que é: para quê ter o melhor de Portugal (seja livros, filmes, música, etc) se posso ter o melhor do mundo?

    Se as tecnologias de informação nos ligaram ao mundo, vamos agora contrariá-las por provincionalismos de linguagens? Acho que só teriamos a perder.
     
  17. margarida46

    margarida46 Power Member


    ***************Boa noite Strikereg,

    Não se trata de contrariar, mas sim de pôr as coisas nos seus lugares, e ter bom senso..
    De não se perder o respeito por nós como cultura , e pelos outros, como pessoas..

    Diz uma coisa muito interessante: "para quê ter o melhor de Portugal, se se pode ter o melhor do Mundo..? "
    Convém lembrar que Portugal lhe pertence.. ( ao Mundo )

    Pelo contrário, provincianismo é andarmos para aí a falar em inglês, e a escrever também. E novo-riquismo.. para além de ser uma falta de respeito pelas pessoas que não falam...

    Anda-se aqui a escrever em blogs e a fazer páginas na Net em inglês?
    Querem-se os Manuais, e os Sistemas Operativos, em inglês?
    Mas porque cargas d'água?

    Estamos a criar uma nova província , a Província Inglesa em Portugal ( será a PIP ).. que a bem dizer não é bem inglesa, é mais americana ( a PAP - a mais povoada..)

    Eles, até se riem de nós..


    Obrigada pela sua resposta, e um bom fim-de-semana para si.
    Não leve a mal este meu comentário, que não lhe é dirigido em particula, nem por sombras. É que às vezes, irrito-me com isto das inglezisses. E até sei inglês...
    Margarida.
     
    Última edição pelo moderador: 26 de Maio de 2007
  18. margarida46

    margarida46 Power Member

    Boa noite Strikereg, de novo.

    Permita-me corrigir dois erros :
    Não leve a mal este meu comentário, que não lhe é dirigido em "particular"; irrito-me com isto das "inglesices".
    As minhas desculpas.
    Obrigada,
    Cumprimentos
    Margarida.
     
    Última edição pelo moderador: 26 de Maio de 2007
  19. kidloco

    kidloco Power Member

    Pá... não virem isto numa aula de português/história/whatever.

    E já agora, não usem cores (roxo !!!) em texto corrido.
     
  20. margarida46

    margarida46 Power Member

    Ena pá... e logo o roxo... uma cor tão linda...
    uma boa semana.
    Margarida
     
    Última edição pelo moderador: 28 de Maio de 2007

Partilhar esta Página