1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Processador AMD Ryzen / Threadripper

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por Hellgardia, 30 de Janeiro de 2015. (Respostas: 7005; Visualizações: 626033)

  1. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    http://www.twitch.tv/thetechreport/b/657091841

    Este é o link para para um podcast especial do techreport com o David Kanter do realworld tech, por isso aviso já que a linguagem é bastante técnica.
    O podcast é sobre a conferencia de ontem da AMD e mais propriamente o Zen.

    São 2 horas e é um bocado hardcore, mas fica aqui o link para quem quiser ver e ouvir.
     
  2. Roberto1973

    Roberto1973 Power Member

  3. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Parece-me que a AMD lança, como ideia, este APU para ver se há interessados. A mim parece-me que a AMD dos dias de hoje não se pode dar ao luxo de lançar para o mercado um APU como este sem ter interessados. Como tal manda cá para fora esta "paper APU" e vai verificar as reacções.
    A nível de hardware este APU seria um pequeno monstro e não me parece execuível a 16/14 nm. O Knights Landing da Intel a 14 nm é uma bolacha e anda à volta dos 3 Tflops em Double precision. Este a AMD projecta como tendo por volta de 10 TF DP. Não me parece fazível nesta geração. 32 cores x86 + Gpu enorme na mesma die é algo de loucos. É bonito de se ver, mas não é para um futuro próximo.
     
  4. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Power Member

    Vocês estão a olhar para o lado errado.

    Executive Order -- Creating a National Strategic Computing Initiative


    July 29, 2015
    BARACK OBAMA
    https://www.whitehouse.gov/the-pres...ating-national-strategic-computing-initiative

    Não é coincidência isto ter sido divulgado agora.

    A maioria dos "National Labs" americanos estão envolvidos na pesquisa e desenvolvimento de software para vários projectos, e tratando-se de um APU, HSA é parte integrante da solução a apresentar
    http://www.hsafoundation.com/

    Só para terem uma ideia dos requerimentos para 2017 de uma das entidades mencionadas

    https://www.nersc.gov/science/hpc-requirements-reviews/nersc-hpc-requirements-reviews-target-2017/

    Exascale Computing -Update Nov 2014
    http://science.energy.gov/~/media/a...1121/2014_ASCAC_Harrod_Exascale_Update_v2.pdf



    Claro que o facto de os chineses, da China's National University of Defense Tecnology, contiuarem a ocupar o 1º lugar de Supercomputadores também ajudou a este iniciativa presidencial, que pelo meio ainda incluiu uma proibição de venda de produtos da Intel a determinadas entidades na China.
    http://www.pcworld.com/article/2908...-chips-to-chinese-supercomputer-projects.html
     
  5. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Não estamos a olhar para o lado errado.
    Existem 3 supercomputadores no roadmap (fora mais uns pequenos para teste) e nenhum deles tem a participação da AMD.
     
  6. dblaster7

    dblaster7 Power Member

    Apesar de nunca ter comprado um CPU AMD para mim. Gostava de ver a concorrência da AMD para o mercado particular. Se começar por aqui oxalá que sim. Assim os preços dos processadores e afins têm de ficar mais competitivos para não falar da performance bruta. E sim era capaz de comprar um CPU AMD :)
     
  7. uwannacookie

    uwannacookie Power Member

    Esse Exascale é tudo menos para o utilizador comum, suponho.
     
  8. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    O que está naquele papel é pensado somente para o mercado HPC. Mesmo no mercado servidor "comum" não faz muito sentido, porque pouco ou nada usa um Gpu neste mercado. Dito isto, lembro-me de ler que queriam implementar o HSA no próximo Java e Java é muito usado no mercado servidor "comum". Mas mesmo aí, penso que só em algum workload o gpu pode dar alguma ajuda.
    Para workstations uma versão do que está naquele papel pode ser interessante, mas estariamos a falar no high end em workstations, porque um APU daqueles não sai barato. Nem sei se não seria preciso esperar pelos 7 nm para se tornar realidade.
    Para o utilizador comum, uma versão cortada do que está ali pode fazer sentido. Menos cores x86, menos memória HBM, etc. O problema dos APUs até hoje foi a bandwidth e um APU destes com HBM poderia começar a comer mercado mais acima e não só na entrada de gama. Falando do HSA, hoje em dia já acelera o LibreOffice em pequenos pontos. Mas onde acelera a velocidade é surpreendente. De minutos para poucos segundos.
    Falta um maior suporte dos developers, ao mesmo tempo a AMD não tem quota de mercado para os developers se interessarem. Complicado.
     
  9. uwannacookie

    uwannacookie Power Member

    Um APU com 4 cores + HT, 8GB HBM unificados (sistema + gráfica) e uma quantidade de GPU cores para equiparar à R9 370 e ficar por ~350€, vendiam feito pães quentes! Isto, a acumular uma board, fonte, caixa e disco (~200€).
    Mas mais certamente punham apenas 2GB HBM para a GPU e venderiam por 300.
     
  10. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Não sei se teria assim tanto sucesso, nem sei se seria possivel ter um preço a esse nivel. Ver os Intel com 128 MB de EDRAM e o custo e o não sucesso deles
     
  11. Dark Kaeser

    Dark Kaeser Power Member

    O Sandia é uma das entidades que tem sempre vários sistemas em avaliação, para várias finalidades, eles receberam em 2011 um sistema baseado nos Llano, que entretanto foi substituído pelos Trinity, e provavelmente já não irão receber mais nenhum, pois já identificaram as suas limitações.

    Agora por curiosidade vejam para que áreas a AMD garantiu os tais fundos

    [​IMG]
    http://science.energy.gov/~/media/a...1121/2014_ASCAC_Harrod_Exascale_Update_v2.pdf
     
  12. uwannacookie

    uwannacookie Power Member

    Não compares os 128MB EDRAM com 2GB HBM. Estou mesmo a referir um APU com 200w TDP, que é realmente capaz de substituir uma GPU dedicada e poder-se jogar 4K low ou 1080p high.
     
  13. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Comparo pois. Queres um APU desses a 350€? Venha ele....
     
  14. PWP

    PWP Power Member

    Na casa dos 200/250€ já seria algo imbatível. Matava dois (intel e nvidia) com um tiro só!

    Não há novidades sem ser os APUs? Estou muito curioso para saber como vão ser estes novos 8 cores.
     
  15. dead_mouse

    dead_mouse Power Member

    Isto dos apus com gpus capazes e memória embutida soa muito bem, reconheço que já fantasiei com uma máquina assim depois da saida da HSA.
    Na realidade ter uma config com cpu, gpu e memória tudo fixo é meio mau, creio que sabemos porquê.
    É certo que poderia sempre escalar-se a memória com ram na motherboard, ou paralelizar o trabalho do gpu com uma expansão de gráfica...
    Mas meio que derrota o ideal inicial e acaba por criar interação com buses mais lentos, adicionar latência e complexificar o sistema.

    Pode ser uma excelente opção no seu momento, então para soluções compactas... :D
     
  16. Torak

    Torak Power Member

    Ter um SOC com controladores, GPU e CPU todos juntos faz o oposto do que dizes. Não obriga a interagir com busses mais lentos, bem pelo contrário, reduz latências e aumenta a largura de banda pois está tudo tão perto um dos outros.
    Esta é a principal vantagem de ter um chip com muita coisa integrada.
    Com a HBM teremos mais um ponto que vai melhorar bastante os APUs, ao remover uma das suas maiores limitações actuais, que é a memória. Com a HBM teremos muito maior largura de banda do que a DDR3/4 pode disponibilizar e latências muito mais baixas.
    A Intel tem atirado quantidades imensas de cache para compensar a falta de largura de banda da DDR3/4. mas é a solução da AMD, com a HBM, que a coisa vai realmente ter uma solução.

    A limitação de um SOC é o limite do tamanho do chip, consumos, concentração de calor e a impossibilidade de usar processos de fabrico especificos para cada componente. Mas um SOC pode ter muito valor para a gama baixa e média, oferecendo bom desempenho por um um bom preço.
     
  17. dead_mouse

    dead_mouse Power Member

    Tenho que tomar mais cuidado como escrevo para não criar situações como esta em que sou mal interpretado.

    Em relação ao que dizes, concordo. A HBM parece mesmo a companheira ideal para um ambiente HSA de alta performance.
     
  18. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    A limitação do APU, agora passa a ser mais a upgradeability. Assim que o comprares, estás preso ao CPU e GPU de escolha, e em vez de poderes trocar um, passas a ter de trocar 2. Não que seja mau, mas ainda representa uma perca de flexibilidade. Ainda assim, há gostos para tudo, e um bom APU deve ter algum mercado certamente.
     
  19. PWP

    PWP Power Member

    Sim no presente há essa limitação. Brevemente vais ter um APU com um CPU (ZEN) mais capaz e no futuro com uma GPU (HBM) capaz de competir com as dedicadas.

    Se AMD consegue a "curto prazo" lançar um APU com um bom CPU e uma GPU (HBM) vai ser um caso complicado para a concorrência... Mas com AMD andar devagar quase parada não há nada a temer.
     
  20. dead_mouse

    dead_mouse Power Member

    Quando se pensa numa apu de alta performance não se pode ignorar o grande factor que pode empurrar a coisa ao next level.
    A possibilidade de ter uma arquitectura cpu + gpu que interage de outra forma e partilha a mesma piscina de memória (como acontece nas consolas).

    Se o software der um edge por optimização, poderá ser uma excelente opção.
    Se as principais capacidades arquitecturais não forem aproveitadas e a abordagem for exactamente a mesma que para um setup convencional, fica meio que reduzido a uma solução compacta.
     

Partilhar esta Página