Amp’s/DAC’s - Qual Comprar?

O tamanho não é relevante. Tenho receio do yamaha pela "idade". Que devo procurar ao comprar um usado com esta idade?

Edit:
Não corro risco ao comprar algo sem comando? Se a app pára de ter atualização?
Acabei por comprar as elac 6.2 + denon, mas não tolero o som. Sinto q cabeça pesada ao ouvir. Testei várias fontes, incluindo lossless, cd e vinil e não consigo. Vou reiniciar o processo. Tinha esperança nas elac por serem descritas como neutras. Desilusão total.
 
Acabei por comprar as elac 6.2 + denon, mas não tolero o som. Sinto q cabeça pesada ao ouvir. Testei várias fontes, incluindo lossless, cd e vinil e não consigo. Vou reiniciar o processo. Tinha esperança nas elac por serem descritas como neutras. Desilusão total.

Boas

As Elac 6.2 são umas boas colunas, e como você disse tem uma tonalidade neutra.
Já viu como está a tonalidade do denon m41dab ? Pode ajustar os graves e agudos ao seu gosto ou simplesmente por
em modo de "Source Direct" e da-lhe a sonoridade mais fiel à gravação :

Manual :

https://manuals.denon.com/rcdm41/eu/en/WBSPSYkbnfqlsc.php

Em relação os CDs, experimento algo lançado durante a década de 80, tem menos compressão e não são
tão barulhentos, como quase tudo que foi lançado a partir da decada de 90, principalmente dentro do pop e rock.
 
Acabei por comprar as elac 6.2 + denon, mas não tolero o som. Sinto q cabeça pesada ao ouvir. Testei várias fontes, incluindo lossless, cd e vinil e não consigo. Vou reiniciar o processo. Tinha esperança nas elac por serem descritas como neutras. Desilusão total.
O "problema" pode estar no amplificador (recetor com leitor de CD, neste caso). Esse Denon tem muitas features para o preço, a começar pelo tamanho compacto. É natural que isso "roube" qualidades à secção de amplificação.

Outra questão é onde estão instaladas as colunas.
 
O "problema" pode estar no amplificador (recetor com leitor de CD, neste caso). Esse Denon tem muitas features para o preço, a começar pelo tamanho compacto. É natural que isso "roube" qualidades à secção de amplificação.

Outra questão é onde estão instaladas as colunas.
Tenho em vista um Sony str de595. Valerá a pena experimentar em vez do denon?

Instaladas à altura de uk sofá a ladear uma tv de 65 polegadas numa sala de 40 m2.

Também posso ponderar comprar av novo. Até 200 euros haverá algo de jeito? Gostaria de entrada ótica.
 
Última edição:
Humm....tenho as Elac 6.2 e no inicio não fiquei impressionado, mas com o tempo e rodagem, adoro as colunas.

São umas colunas que adoram ser conduzidas por bons amplificadores.
Outra opção, que pesquisis quando as comprei, são as salvo erro Dali Spector 2....

Os cabos, o local, o amplificador, fazem bastante diferença....

Estou com um Fosi V3 e mto satisfeito!
 
Estou a pensar comprar um amplificador stereo integrado.

Requisito ter entrada USB e conexão bluetooth visto ser para usar ligado a um pc / telemovel

Algo como isto :

https://www.audiolab.co.uk/products/9000a
ou
https://www.advanceparis.com/pt/produit/myconnect-150/

Nesta gama de preço ( até 2500 € ) algo que se destaque ?
Nessa gama de preços

Nad M10 V2​

Marantz MODEL 40n​


Nunca ouvi nenhum modelo, nesses valores recomendo sempre ouvir primeiro para poder comparar modelos, e em casa claro com o equipamento que se vai usar.
 
Isso seria o ideal. As lojas que vendem deixam fazer esse teste em casa?

Senão estava a pensar levar as colunas à loja.

Ps idealmente ter bypass de hometheater pois iria ser usado no mesmo local/ colunas
 
Acho que não terás problemas nisso, é ligar ou passar em algumas lojas ver se tem stock e explicar que antes de comprar gostarias de ouvir em casa no teu espaço/equipamentos.
Que colunas tens?
 
Sim bem interessante esse Cambridge e com potência mais que suficiente para mexer essas colunas, falam muito bem delas infelizmente nunca tive oportunidade de ouvir.

Se ouves música digital no TIDAL por exemplo é o caminho a seguir esse tipo de ampliação. Eu uso TIDAL/Roon e deixei a uns anos atrás o CD.
Também estava comprador de um amp novo mas nesta altura não é a melhor vai ter que esperar um pouco, mas vai ser nessas gamas que procuras.
 
É mesmo impressionante a variedade de oferta nesta gama, pensei que houvesse um ou dois mais consensuais e recomendados mas como aconselhas e bem o melhor é ouvir .
 
1) Modelos que lhe chamaram a atenção antes de colocar a questão:

Não vi, porque sinceramente não sei o que procurar

2) Qual o orçamento disponível? Aceita comprar em loja on-line?

Cerca de 100€, posso ir aos 200€ se valer mesmo a pena.

3) Deseja um pré-amplificador, Amplificador, DAC, Placa de som para PC ou uma solução com tudo integrado?

Pedi uma sugestão para umas colunas para escritório, música e videos/streaming, e sugeriram os Edifier R1850DB + DAC, daí estar a perguntar aqui. Tambem costumo usar uns WH-1000 XM5 para ouvir música enquanto trabalho

4) Em que condições/situações vai utilizar o AMP/DAC?

Prefere um equipamento para: Computador

5) Qual a utilização que vai dar ao AMP/DAC?

[Música] [Filmes]

6) Quais as entradas/saidas que vai utilizar?

Entradas:
[USB] [Line-In: Mini-Jack ou RCA?]
Saídas: [Line-Out: Mini-Jack ou RCA?]


7) Quais os géneros musicais ou assinatura sonora que prefere?

Metal, Punk, Grunge, Rock, Jazz, Blues, Clássica, Trance, muito mais os 3 primeiros.

8) Vai ouvir ficheiros áudio em HD (taxa de amostragem superior a 48kHz)?

Normalmente a música é do spotify, portanto cerca de 44kHz (16bit)

9) Quais os auscultadores e fonte que serão utilizados com o AMP/DAC?

Ainda que em menor grau do que com os auscultadores, existe também a sinergia a ter em conta entre a fonte e o amplificador ou a DAC. Em caso de a fonte ser o PC, especifique se deseja ou não ligação USB integrada no AMP/DAC.

10) Já teve algum AMP/DAC? Se sim, quais os modelos que teve? O que gostaria de ver melhorado em relação aos modelos que teve?

Não

11) Em que ordem coloca os seguintes critérios?

[1] - Som
[1] - Funcionalidade
[2] - Qualidade de construção
[2] - Garantia
[3] - Acessórios


12) Outros apontamentos relevantes que considere importantes:
 
Quanto à questão do AMP/DAC, não percebi se procuras um DAC portátil, ou de mesa. Com o teu orçamento o ideal é optar por um DAC portátil, apostando na qualidade de som. Este pode ser usado no PC e na rua com o smartphone.

Os actuais "dongles" são DAC/AMPs com uma qualidade de som surpreendente para o tamanho e o preço. Ligam-se a colunas pela saida 3.5mm e a headphones pelo output 3.5mm ou 4.4mm balanceado. São ligados ao PC através de um cabo USB-C para USB-C (com adaptador para USB-A) e ao smartphone da mesma forma, se o DAC não for Bluetooth, ou se preferires ouvir música sem a perda de qualidade do BT, ligas ao smartphone com cabo.

Testei práticamente todos os dongles, desde FiiO a iBasso e recentemente ouvi falar do Kuang Pai Plus4, cuja qualidade de som é absolutamente extraordinária e supera os modelos da FiiO (BTR15, BTR7, entre outros) e o iBasso DC04 Pro/DC06 Pro, que estão entre os melhores. É o DAC com a melhor resolução/soundstage/imaging/separação instrumental, que ouvi abaixo dos 200€. A qualidade de som não perde muito para um Topping DX5 que custa 3x mais.

O Plus4 (140€) só se consegue comprar no (famoso site xinês), enquanto que o FiiO BTR15 (120€), se compra cá em Portugal e já é muito bom (apesar de inferior ao Plus4). O Plus4 já é um dongle para um purista, um "audiófilo", que procura uma qualidade de som soberba a baixo custo. Uma vantagem do Plus4 é que tem um amplificador muito potente, que consegue guiar headphones como Sennheiser HD800. Todo ele foi desenhado para a maior eliminação de ruido possível, com dual motherboard, power supply independente, etc. Tem 6 filtros para 6 diferentes assinaturas sonoras. Utiliza os chips da Cirrus Logic, que são algo mais analíticos e transparentes que os chips ESS. Mesmo comparativamente com o iBasso DC04 Pro, que também usa os chips da cirrus, o Plus4 consegue ter mais resolução. Surpreendente no Plus 4 é a forma como ele renderiza os baixos. O baixo eletrico tem uma definição, textura e sensação de grandeza e vigor impressionantes. O baixo tem mais expressão e expressão dinâmica do que por exemplo o FiiO BTR15. Neste aspeto é o melhor dongle, já entra num nível de DACs desktop. Não estou a falar na sua totalidade, mas em alguns aspetos, entenda-se.

Qualquer dongle acima dos 100€ já tem atualmente uma qualidade de som superior a qualquer placa de som PCI. Usam duplo DAC e tecnologias muito recentes e de 1ª linha para DACs desta dimensão/preço. Tive uma experiência incrível com o FiiO BTR15, que tem um soundstage enorme, com um imaging excelente, quase "holográfico", mas claro, há combinações de chips e arquiteturas/implementação, que fazem a diferença e nisso o Plus4 consegue-se destacar, com um som mais limpo, mais potente, mais "high-end" (mesmo que não o seja). Trabalho em produção musical e uso uma interface de Audio da Antelope Audio, que assim como a RME, Universal Audio, etc, é das marcas nº 1 em qualidade de som. Por curiosidade fiz um teste comparativo A-B com o Plus4 e nem sempre foi fácil perceber as diferenças. Não pretendo com isto sequer insinuar que o Plus 4 é tão bom como equipamentos de 1000€, pois não o é, mas tem algumas características que estão mais próximas desse tipo de equipamentos, do que qualquer outro dongle que testei. Uma delas, claramente, é a extensão de agudos, o que não acontece, por exemplo, no BTR15. Assim como uma maior subtileza e refinamento na apresentação dos agudos, o que também é característica de equipamentos high-end.

É uma valente recomendação que deixo aqui, mas se já não existir no mercado à data em que estás a ler isto, a opção logo a seguir é o FiiO KA17 (superior ao BTR15).
 
Última edição:
Não encontrei um sítio melhor, vou colocar aqui.

Sou utilizador do TIDAL já há um par de anos. Ouvia no MacBook ou iPad ou telemóvel. Também ouvia no sistema de som da sala mas com um sistema algo tortuoso. Tinha a aplicação no box Apple TV, o som ia para a TV por hdmi, depois saia da TV em cabo óptico para um Minidisc da Sony , um 920 QS que funcionava como DAC e depois para o amplificador e colunas.

Sem querer gastar muito dinheiro que o tempo dos upgrades já passou, decidi comprar um Audiolab 6000N que encontrei no o em Espanha por 250 euros. A experiência em termos de som é muito boa. Fiz comparações entre CD com um Rotel e o Audiolab com o mesmo disco/TIDAL e a qualidade do som no Audiolab não me pareceu inferior.

As coisas menos positivas. A aplicação DTS Play é algo manhosa. Em funcionamento normal a aplicação no iPad é que recebe o stream e envia pela rede Wi-Fi para o Audiolab. É possível por um disco a tocar e depois fazer a passagem direta do TIDAL para o Audiolab ficando a função da aplicação reduzida a um comando básico para por em pausa e passar a faixa anterior/seguinte.

Contudo o principal motivo de insatisfação é este Audiolab não permitir reproduzir os ficheiros de alta resolucao do TIDAL. Fico sem poder apreciar a diferença e desfrutar dessa possibilidade caso a qualidade seja muito melhor.
 
Quanto à questão do AMP/DAC, não percebi se procuras um DAC portátil, ou de mesa. Com o teu orçamento o ideal é optar por um DAC portátil, apostando na qualidade de som. Este pode ser usado no PC e na rua com o smartphone.

Os actuais "dongles" são DAC/AMPs com uma qualidade de som surpreendente para o tamanho e o preço. Ligam-se a colunas pela saida 3.5mm e a headphones pelo output 3.5mm ou 4.4mm balanceado. São ligados ao PC através de um cabo USB-C para USB-C (com adaptador para USB-A) e ao smartphone da mesma forma, se o DAC não for Bluetooth, ou se preferires ouvir música sem a perda de qualidade do BT, ligas ao smartphone com cabo.

Testei práticamente todos os dongles, desde FiiO a iBasso e recentemente ouvi falar do Kuang Pai Plus4, cuja qualidade de som é absolutamente extraordinária e supera os modelos da FiiO (BTR15, BTR7, entre outros) e o iBasso DC04 Pro/DC06 Pro, que estão entre os melhores. É o DAC com a melhor resolução/soundstage/imaging/separação instrumental, que ouvi abaixo dos 200€. A qualidade de som não perde muito para um Topping DX5 que custa 3x mais.

O Plus4 (140€) só se consegue comprar no (famoso site xinês), enquanto que o FiiO BTR15 (120€), se compra cá em Portugal e já é muito bom (apesar de inferior ao Plus4). O Plus4 já é um dongle para um purista, um "audiófilo", que procura uma qualidade de som soberba a baixo custo. Uma vantagem do Plus4 é que tem um amplificador muito potente, que consegue guiar headphones como Sennheiser HD800. Todo ele foi desenhado para a maior eliminação de ruido possível, com dual motherboard, power supply independente, etc. Tem 6 filtros para 6 diferentes assinaturas sonoras. Utiliza os chips da Cirrus Logic, que são algo mais analíticos e transparentes que os chips ESS. Mesmo comparativamente com o iBasso DC04 Pro, que também usa os chips da cirrus, o Plus4 consegue ter mais resolução. Surpreendente no Plus 4 é a forma como ele renderiza os baixos. O baixo eletrico tem uma definição, textura e sensação de grandeza e vigor impressionantes. O baixo tem mais expressão e expressão dinâmica do que por exemplo o FiiO BTR15. Neste aspeto é o melhor dongle, já entra num nível de DACs desktop. Não estou a falar na sua totalidade, mas em alguns aspetos, entenda-se.

Qualquer dongle acima dos 100€ já tem atualmente uma qualidade de som superior a qualquer placa de som PCI. Usam duplo DAC e tecnologias muito recentes e de 1ª linha para DACs desta dimensão/preço. Tive uma experiência incrível com o FiiO BTR15, que tem um soundstage enorme, com um imaging excelente, quase "holográfico", mas claro, há combinações de chips e arquiteturas/implementação, que fazem a diferença e nisso o Plus4 consegue-se destacar, com um som mais limpo, mais potente, mais "high-end" (mesmo que não o seja). Trabalho em produção musical e uso uma interface de Audio da Antelope Audio, que assim como a RME, Universal Audio, etc, é das marcas nº 1 em qualidade de som. Por curiosidade fiz um teste comparativo A-B com o Plus4 e nem sempre foi fácil perceber as diferenças. Não pretendo com isto sequer insinuar que o Plus 4 é tão bom como equipamentos de 1000€, pois não o é, mas tem algumas características que estão mais próximas desse tipo de equipamentos, do que qualquer outro dongle que testei. Uma delas, claramente, é a extensão de agudos, o que não acontece, por exemplo, no BTR15. Assim como uma maior subtileza e refinamento na apresentação dos agudos, o que também é característica de equipamentos high-end.

É uma valente recomendação que deixo aqui, mas se já não existir no mercado à data em que estás a ler isto, a opção logo a seguir é o FiiO KA17 (superior ao BTR15).
Gostei da tua resposta.
Que AMP/DAC de mesa aconselhas para ligara um par de colunas Q Acoustics 2020i para ouvir música/filmes?
E que dê para ligar a um portátil ou pc. Com a qualidade desse Kuang Plus4.
Ia para este dongle, não fosse querer dar mais uso a esse par de colunas (também uso headphones)
Obrigado
 
Apesar dessas boas dicas, podes também ver o mercado de usados ou artigos de exposição
que podes conseguir equipamentos de gama superior a preços mais baixos.
Os Headphones são uma peça fundamental, o que devem ser de boa qualidade sonora,
para assim estarem em sintonia com os equipamentos.
 
Back
Topo