1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Aplicação de registo de encomendas

Discussão em 'Web Development' iniciada por GreenSpider, 6 de Setembro de 2018. (Respostas: 5; Visualizações: 398)

  1. GreenSpider

    GreenSpider Power Member

    Boas!
    Para criar uma aplicação que registe encomendas de clientes, eu depois preciso da certificação da AT? Estou com duvidas, porque vi algures que notas de encomendas tem de ser certificadas... tou a fazer confusão?
     
  2. jncevcosta

    jncevcosta Power Member

    As notas de encomenda têm que ser comunicadas a AT.
     
  3. filipedaniel

    filipedaniel Power Member

    Boas,

    na minha opinião precisas dum consultor, que avalie as soluções que existem no mercado, para ver se alguma se adapta às tuas necessidades ou se tem de desenvolver uma específica para o teu caso.
     
  4. GreenSpider

    GreenSpider Power Member

    Ainda nao consegui esclarecer a minha duvida... eu preciso de criar uma aplicação que registe encomendas e depois usamos essa informação para comunicar com alguma API de software de faturação certificada para criar uma fatura real... a duvida é... será que preciso de certificar as minhas encomendas??
     
  5. filipedaniel

    filipedaniel Power Member

    Certificar as encomendas?

    A única coisa que é preciso certificar é o programa de faturação, se está certificado, não precisas de fazer mais nada.
     
  6. moinhos

    moinhos Power Member

    desde 2017, que as notas de encomenda passam a ser certificadas e comunicadas à AT.
    agora, não confundir, com a sua obrigatoriedade!

    é obrigatório comunicar à AT as faturas, as notas de encomenda não. O que acontece é que se as mesma forem emitidas no mesmo programa certificado, as mesmas vãos constar do SAFT. Apenas isso.

    se eu tiver um sistema interno de notas de encomenda não tenho a obrigatoriedade de comunicar à AT.


    Quais os novos documentos a ser incluídos no novo SAF-T?

    As novas regras ditam que, além dos documentos actuais, o novo SAF-T inclua também novos Documentos de Conferência de Mercadorias ou Prestação de Serviços. Do campo 4.3.4.8.

    -Consultas de mesa;
    -Credito de consignação;
    -Fatura de consignação nos termos do art.º 38º do código do IVA;
    -Folhas de obra;
    -Nota de Encomenda;
    -Outros;
    -Orçamentos;
    -Pró-forma;
     

Partilhar esta Página