1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Are You Proud of Your Code?

Discussão em 'Programação' iniciada por HecKel, 12 de Dezembro de 2007. (Respostas: 11; Visualizações: 850)

  1. HecKel

    HecKel The WORM

    Acabei de ler este artigo no Slashdot, e de facto deu-me que pensar...

    Actualmente só programo para trabalhos da faculdade, deixei de me meter em projectos pessoais porque acabo sempre por os deixar de parte meses a fio e quando volto a pegar neles já não tenho o interesse e motivação que tinha, mas mesmo os trabalhos da faculdade..., será que fico orgulhoso do que faço?

    À bom tuga, deixo quase sempre tudo para a última hora, e trabalhos que poderia tirar um 18, 19 ou mesmo 20 acabo por não tirar acima de 15..., não me preocupo minimamente com a qualidade e organização do código, ando mais preocupado em passar do que na qualidade, e curiosamente..., isso não é nada a minha forma de ser, pois gosto de ser perfeccionista...

    Quanto à resposta à pergunta colocada no titulo da thread e no artigo..., a minha resposta é evidente, não estou mesmo nada orgulhoso do meu código. Fico orgulhoso de trabalhos que faço, pelo que alcanço com os mesmos, mas não fico minimamente orgulhoso no que respeita ao código em si.

    E vocês?
     
  2. Armadillo

    Armadillo Folding Member

    Por acaso, ou nao, ate que estou orgulhoso do meu codigo.

    Todos os meus scripts/apps têm que ser bugfree, pq serao usados em ambiente de produçao. Se tiver bug, depois, tadinho de mim, vêm 30 gaijos bater no programador, por isso mais vale testar exaustivamente o sistema do que me baldar num ou outro pormenor que depois poderao ser empolados(é assim q se escreve?) pelas acçoes tomadas pelos utilizadores e pelo tempo em que o codigo esteve a correr com erros.

    Outra questao que se poderia colocar seria,
    Codifico as minhas aplicaçoes da melhor forma?
    Isso nao, ha prazos a cumprir, objectivos a atingir e para isso o codigo fica mto feio, mesmo muito feio.
    Nao sigo nenhuma convençao de codificaçao, por exemplo.


    of topic
    Nao acham que estamos a precisar de um forum chamado "Psicologia para programadores"?
     
    Última edição: 12 de Dezembro de 2007
  3. HecKel

    HecKel The WORM

    Os meus trabalhos também têm de ser bugfree, pelo menos faço por isso :P Mas garantidamente que não são a melhor forma de fazer as coisas..., não estão minimamente optimizados..., e nem me tenho esforçado muito para isso :|
     
  4. spastikman

    spastikman Banido

    Não existem programas "bugfree". Apenas existem bugs que ainda não foram descobertos. :>
     
  5. sapropel

    sapropel Power Member

    nem de preposito, sou exactamente assim. dos milhares de projectos pessoais que fiz, muito poucos foram aqueles que realmente acabei, e como não podia deixar de ser tb sou um bom tuga no que respeita a fazer os trabalhos para a faculdade, podia ter grandes notas e acabo sempre por tirar apena pouco acima do aceitavel devido a falta de tempo ("da proxima começo mais cedo!" é sempre o que penso quando acabo de submeter os trabalhos quase na hora limite).

    quanto ao código que escrevo, as vezes fico envergonhado porque podia ficar muito melhor (mais uma vez devido a ter começado tao tarde), mas muitas vezes fico orgulhoso. por exemplo quando um certo algoritmo complicado nao esta a funcionar como deve ser e de repente vejo a soluçao do nada e resolvo mudar metade do algoritmo e ele fica a funcionar como deve ser.

    a sensaçao é brutal, ja me aconteceu ficar tipo 5min a olhar para um certo pedaço de codigo de tao bonito (e/ou funcional) que ficou.

    =p
     
  6. souto

    souto To fold or to FOLD?

    Orgulho-me sim. É meu. Por vezes perco horas a pensar no código que faço.
    Mas sei que, no fim, está algo bem feito.

    Sabe-me bem.
     
  7. fonte

    fonte Power Member

    bem visto.
     
  8. mOrSa

    mOrSa Power Member

    Já tinha lido esse artigo no Slashdot! Comigo tem dias... é como tudo! Há partes melhores e piores. Como já foi dito, o bugfree não existe até porque nós mm não o somos... :) nós bem tentamos :)

    Gosto do código que produzo mas acima de tudo dos meus comentários de 2 a 3 linhas... quando tens que rever entre 3700-5000 linhas de código à procura de um pedaço de código os comments são uma mais valia!

    Optimização deixo para quando "puder" a menos que (como foi caso recente) isso implicasse o mau funcionamento da app!

    Mas acho que todos devemos sentir-nos orgulhosos por aquilo que fazemos. Afinal, é nosso! :)

    Também gosto de ficar a admirar o código! "Ficou nice, esta parte! Devia ser sempre assim!"!
    Eu não tive nenhuma cadeira onde me ensinassem como escrever códigos fonte. Acho que passa um pouco pela "arte" de cada um, qual Picasso à frente da tela!

    Muitas vezes o esforço de reler um pedaço de código custa mais do que o refazer... É a vida! :)
     
  9. Tyran

    Tyran Power Member

    epah, isso tem dias que fica porreiro, outros é só com o intuito de ficar a funcionar em condições, por isso nem estou muito mal, os meus relatórios este ano é que não devem ter ficado muito em condições como de costume :(
     
  10. paperless

    paperless Power Member

    Programo ha pouco tempo, desde o inicio de outubro para a faculdade e consigo identificar-me com algumas coisas que aqui são ditas.

    A minha prioridade é por o programa a fazer o que é pedido, seja de forma simples ou complicada (à padeiro/pedreiro), depois quando o programa já fizer o que é necessário é que me preocupo em o optimizar reduzindo o tamanho de ciclos ou pondo uma coisita aqui e ali que pode ficar engraçada.

    Ora bem...digo sempre isso mas no fim...desleixo-me.

    Não gosto nada de ter de entregar um trabalho em pouco tempo (é sempre pouco :P), fico um pouco desmotivado e para além disso mais ansioso para acabar as coisas o que pode não ajudar. :/

    No fim sinto sempre que podia ter feito melhor, sinto algum orgulho do meu código mas está la sempre aquele sabor amargo.
     
    Última edição: 14 de Dezembro de 2007
  11. xtr3me

    xtr3me Power Member

    Sinceramente, já me deu mais pica programar.

    Não deixei de gostar de o fazer, mas já gostei mais.

    De qualquer maneira, normalmente gosto do meu código. Tento sempre fazer as coisas o mais modulares, limpas e independentes possível e deixo as optimizações para o fim.

    Procuro partir de uma base já eficiente em termos de desempenho (seja memória, tempo de execução, etc) e depois construír código que seja fácil de extender, alterar e optimizar.

    De qualquer maneira se por alguma razão depois não tiver tempo para deixar o código todo "bonito", às vezes opto mais pelo desempenho do que pela modularidade. Depende um pouco de para quem e para que é o projecto.
     
  12. SkylineGTR

    SkylineGTR Power Member

    Praticamente nunca :007:
    Tenho um problema (ou não..), sou muito perfecionista, logo nunca estou satisfeito ou contente com o que faço. Fico sempre com a sensação que podia estar melhor.

    No entanto, esforço-me por produzir código cada vez melhor, bem como estar a par de boas práticas.
     

Partilhar esta Página