1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Análise ASRock M3A790GXH/128M

Discussão em 'Análises, Artigos e Guias' iniciada por JPgod, 20 de Abril de 2009. (Respostas: 8; Visualizações: 9483)

  1. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Autores: João Godinho (JPgod)
    Produto: ASRock M3A790GXH/128M
    Data : 22-04-2009



    ZWAME Análise

    ASRock M3A790GXH/128M


    [​IMG]

    Descrição

    Passamos então ao primeiro componente, neste caso, uma placa-mãe. Esta placa é baseada no chipset AMD 790GX, que é o chipset com gráficos integrados high-end da AMD. O chipset é feito no processo 55 nm da TSMC, revelando assim muito pequeno (como nas fotos abaixo se pode comprovar) e com baixo consumo, sendo necessário apenas um dissipador simples para o arrefecimento. Este chipset possui GPU integrado, uma ATI HD 3300, com 40 shaders (os mesmos das 3400 dedicadas), com clock de 700 mhz (A HD 3200 do 780g possui apenas 500 mhz), sendo assim o IGP mais poderoso para plataformas AMD. Tem capacidades hydrid crossfire, que consistem em combinar uma ATI HD 3000 ou 4000 séries e ambas trabalharem em simultâneo. apenas funciona com modelos low-mid end. Outra característica desta board é possuir 128 MB DDR3 1333 de memória onboard, chamado de "SidePort Memory". Esta memória oferece assim ao IGP não só uma melhor performance, como diminui o uso de memória do sistema e até diminui um pouco o consumo de energia, visto que em casos de uso baixo de memória gráfica, o IGP apenas acede a memória do SidePort e não a memória de sistema. Por fim, destaca-se o suporte a crossfireX, 8x/8x neste chipset. Apenas o 790FX tem suporte 16x/16x, mas não possui IGP.

    Como southbridge temos o mais recente SB750, com o advanced clock calibration, essencial para melhor overclock.

    Especificações

    Links

    pagina oficial asrock
    specks AMd 790GX

    Fotografias

    Nota: As fotos estão em thumb para diminuir o peso da página. Clique na imagem para fotografia maior (1280 pixels de largura)

    1 e 2 - Aqui temos a caixa desta motherboard. A Asrock esforçou-se no design da caixa, com um grafismo muito bom, com logótipo da AMD "dragão fusion" demonstrado esta board ser plataforma AMD dragon certificada.

    [​IMG][​IMG]

    3 - Parte de tráz da caixa, com as specs e características da board e do chipset.
    4 - O blundle: 1 CD com drivers para windows XP, 1 CD com drivers para windows Vista, manual com capa com o mesmo grafismo da caixa, backIO shield com indicações coloridas das portas, 1 cabo molex to SATA, 4 cabos SATA laranjas, 1 cabo IDE e 1 disquete azul escuro. Um blunde minimalista, mas suficientemente completo

    [​IMG][​IMG]

    5 - Eis a motherboard, embalada num saco anti estático e com espuma de protecção da parte traseira.
    6 - Removendo-a do saco, eis a board numa fotografia inteira. O que chama logo a atenção foi que a asrock não poupou nas cores. Este design multicolorido pode não agradar a muitos, mas pelo menos ajuda a distinguir os componentes e facilitar a montagem do computador.
    Os dissipadores utilizados são bastantes simples, demonstrando que estamos perante um chipset fresco. Alem disso esta board pertence ao segmento mid-low end.

    [​IMG][​IMG]

    7 - Um primeiro close-up onde se destaca-se os 3 slots PCI-e e um "sodimm" para alternar o modo de funcionamento dos slots: 16x no verde e o azul desactivado (por defeito vem nesta posição) ou então 8x/8x em ambos (o slot laranja está sempre a 4x, ligado ao SB750). DE notar a presença de 6 portas SATA, com uma boa disposição, não interferindo com placas gráficas grandes
    8 - Um close-up do SB-750 e da placa de mudança de modo do crossfire. Consegue-se ver ao pé do dissipador do northbridge o pequeno circuito integrado do sideport memory, fabricado pela NANYA. em destaque também a porta IDE a azul, numa posição algo má, mas com o IDE caindo em desuso, dificilmente será um problema.

    [​IMG][​IMG]

    9 - Um close-up do dissipador do northbridge
    10 - Close-up do socket AM3 e a sua retenção, bem como os 4 slots de memória DDR3
    [​IMG][​IMG]

    11 - Mudando de ângulo, podemos destacar os slots de expansão, alem dos 3 pci-e x16 já mencionados, temos ainda 2 slots PCI brancos e 1 PCI-e 1x. Na base da board, temos 1 ficha de audio frontal (verde claro), 1 ficha para Serial RS-232, 1 porta para floppy, 1 ficha para ventoinha, 3 headers para 6 portas USB adicionais (a azul), 1 ficha para firewire (vermelho, junto dos USB's), o jumper de clear CMOS, as ligações do painel frontal (laranja, preto e violeta, próximo dos SATA) e 6 portas SATA, bem como a BIOS (pequeno integrado com 1 adesivo branco)
    12 - Parte superior, onde podemos destacar o circuito de alimentação com 6 fases, sendo 4 fases para os cores, uma fase para o controlador de memória e uma fase para o northbridge

    [​IMG][​IMG]

    13 - Nesta foto podemos notar a ausência de dissipadores nos mosfets, pelo o que tem que ter em atenção este pormenor ao montar, sendo recomendado o uso de dissipadores em situações de pouca ventilação e sendo praticamente obrigatório caso instalem cpus potentes e façam overclock. Iremos averiguar se o aquecimento deles pode ser elevado ou não. Devido a presença de condensadores, apenas poderá utilizar dissipadores pequenos, sendo o melhor ransinks para gráficas. Destacar a ficha 8 pinos de alimentação e 24 pinos ATX e 1 molex auxiliar para os PCI-e (recomenda-se usar caso utilizem 2 ou 3 gráficas)
    14 - Back-IO, que apresenta 6 portas USB, 1 porta PS2 para teclado, 1 D-SUB, 1 DVI-D, 1 HDMI, 1 SPDIF-out, 1 firewire 400, 1 RJ-45, e 6 ligações de audio. Podemos notar ainda a presença de uma porta SATA que é utilizada para activar a porta e-SATA. Devem então ligar um cabo a entrada SATA-6 para utilizarem a porta e-SATA. Uma solução estranha, visto que ter um cabo a atravessar a board não é agradável de ser ver. Com um cabo grande e uma boa caixa podem passar por trás da board para o esconder. Não sabemos se isso é para redução de custos ou então melhorar o sinal e evitar interferências de ter as pistas a atravessarem a board de uma ponta até outra. Também podem utilizar um bracket PCI (não incluído) caso não seja possível passar o cabo.

    [​IMG][​IMG]

    15 - Removendo o dissipador dos northbridge, mostrando o 790GX. Podemos destacar as suas dimensões reduzidas. Um chipset normalmente ocupa a mesma área indicada pelo quadrado branco.
    16 - Um close up, mostrando que não só o chip é pequeno, bem como o core muito pequeno, fruto do processo de 55 nm. Ao lado está o sideport memory de 128 mb.

    [​IMG][​IMG]

    BIOS

    Passemos então à BIOS.

    [​IMG]

    Página de entrada da BIOS, com a configuração de data-hora e informação do sistema

    [​IMG]

    Aqui apenas temos as opções para carregar as configurações defaut, embora coloque alguns presets do modo de funcionamento dos SATA (AHCI/IDE/RAID)

    [​IMG]

    Aqui temos o menu avançado, com as opções que realmente interessam.

    [​IMG]

    Entrando no "CPU configuration", onde estão as opções principais para overclock. Esta parte é enorme, com opções que nunca mais acaba. Parece a BIOS de uma DFI! Nesta 1ª foto, temos as opções principais de overclock do CPU, como a frequencia do HTT e PCI-e, a configuração das features do CPU (virtualização por hardware, modos de poupança de energia) e por fim, a configuração do multiplicador do CPU e controlador de memória, bem como as respectivas voltagens.

    [​IMG]

    Mais abaixo, temos confugração das memórias, como a frequência, a opção de flexibilidade (recomendo desactivarem, senão a frequencia das memórias fica mais baixo), o modo de funcionamento do controlador de memória (ganged/unganged), bem como outras opções. Logo abaixo começa a lista "interminável" de timmings, sendo os primeiros os principais.

    [​IMG]

    Aqui mais opções de timmings. De notar que alguns ficaram para trás, tal quantidade que é! Aqui é preciso muito cuidado para configurar, deixando em "auto" se não souberem, mas para quem gosta de afinar tudo até ao limite tem aqui muita coisa!

    [​IMG]

    Menu de configuração do chipset, a destacar a configuração do funcionamento da memória do IGP (pode tanto funcionar apenas com sideport, como sidepor + memoria do sistema ou apenas memória do sistema), frequência do IGP e do SidePort, o surround view (ligar um monitor extra caso utilizem uma placa dedicada) e o Advanced Clock Calibration, essencial para activar o 4º core nos Phenon II X3. Por fim, configuração dos Bus HTT e voltagens da memória, IGP, sideport e HT.

    [​IMG]

    HW monitor, com temperaturas, voltagens e rotação das ventoinhas, bem como o modo de configuração da ventoinha.

    [​IMG]

    O clássico menu de configuração dos dispositivos de boot, nada de especial a assinalar

    [​IMG]

    Por fim, o menu onde permite guardar os settings.

    Conclusão

    Uma BIOS completa, com opções de overclock com fartura, mas ao mesmo tempo simples e intuitiva. Não se compara em nada com as Asrock de outrora, que eram super básicas.

    Entretanto, as voltagens estão em locais separados, que pode confundir um pouco quem está habituados a outras BIOS, bem como as opções de timmings de memória podiam estar num menu à parte para simplificar.

     
    Última edição: 22 de Abril de 2009
  2. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Defaut - Comparação X3 vs X4

    Para iniciar, vamos começar por testes com o CPU em defaut (2800 mhz), com HT e controlador de memória a 2000 mhz e as memórias a 1333, ganged mode. Também será comparado com 3 cores e 4 cores, visto a board permitir o desbloqueio do 4º core via ACC.

    Quando se testar overclock, serão publicado apenas resultados com os 4 cores e ver se activar o 4º core tem influencia na capacidade de overclock e consumos e temperaturas.

    Test Bed

    CPU-Z

    [​IMG]

    Aqui temos a confirmação do desbloqueio do 4º core :D De notar que o CPU perde a "identidade", passando a ficar identificado como Phenon II X4 20.

    GPU-Z

    [​IMG]

    Aqui fica o GPU-z do IGP e da ASUS 4870X2 TOP. Dado que a review incide sobre a board, não será feito qualquer overclock (de notar que a 4870 X2 já vem com frequências mais elevadas que de oriem, 790 mhz vs 750 mhz, visto se tratar do modelo TOP), nem mesmo ao IGP, apesar de ser bastante simples overclockar quer o IGP, quer o sideport memory a partir da BIOS.

    HDtach & HDtune

    nota: Estes testes de discos não entram no comparativo X3 vs X4 e não serão repetidos em overclock

    USB

    [​IMG]
    [​IMG]

    AHCI mode

    [​IMG]
    [​IMG]

    [​IMG]
    [​IMG]

    IDE mode

    [​IMG]
    [​IMG]

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]

    Em termos de performance dos discos, em modo AHCI estão bastante limitados, mas já em IDE libertam o máximo do seu potencial. Isso limita especialmente os SSD's!

    A performance das portas USB está dentro do normal, visto esta pen drive ter o mesmo comportamento numa board Intel com ICH9R.

    cinebench 2003

    [​IMG]

    cinebench R10

    [​IMG]

    super pi

    [​IMG]

    wprime

    [​IMG]

    winrar

    [​IMG]

    x264 SD

    [​IMG]

    x264 HD

    [​IMG]

    3dmark 2006 CPU

    [​IMG]

    conclusão

    activando o 4º core, tem-se um ganho considerável, valendo assim a pena caso o CPU consiga trabalhar com os 4 cores activos. Em aplicações single thread não faz nenhuma diferença.

    Defaut - 3D Tests

    Passamos então aos testes em 3D. O CPU continua em defaut, mas apenas com 4 cores activos. Apenas em alguns testes a gráfica integrada HD3300 será incluída, nomeadamente Lightmark 2008, 3dmark 2008, specview10.

    3dmark 2006

    [​IMG]

    Lightmark 2008

    [​IMG]

    specview 10

    [​IMG]

    Crysis

    [​IMG]

    Crysis Warhead

    [​IMG]

    conclusão

    Uma boa performance em aplicações gráficas. O IGP até surpreendeu pela positiva, ajudando em aplicações gráficas e aceleração de videos HD.
     
    Última edição: 22 de Abril de 2009
  3. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Testes em Overclock

    Passemos então aos testes com overclock. Com isso o CPU está a 3800 mhz (19 x 200), 1,525v, northbridge a 2400 mhz (12 x 200), 1,35v, memórias a 1600 mhz 8-8-8-20 1.65, unganged mode.

    Test Bed

    CPU-Z

    [​IMG]

    Aqui temos o CPU em overclock. Apenas será testado apenas com 3 cores, porque a esta frequência e 4 cores está totalmente instável! Provavelmente não tivemos sorte com o CPU utilizado.
    embora conseguiu-se testar 3200 mhz com 4 cores a 1.35v.

    cinebench 2003

    [​IMG]

    cinebench R10

    [​IMG]

    super pi

    [​IMG]

    wprime

    [​IMG]

    winrar

    [​IMG]

    x264 SD

    [​IMG]

    x264 HD

    [​IMG]

    3dmark 2006 CPU

    [​IMG]

    conclusão

    Aqui temos vários resultados. Em quase todos casos, mesmo com apenas 3 cores activos, o overclock fou suficiente para bater o cpu em defaut com os 4 cores activos, embora alguns, como o winrar e o x264 HD, o CPU em defaut e com 4 cores foi um pouco mais rápido. Mas em performance single-thread os ganhos são visivelmente notórios em tudo.

    3D Tests

    3dmark 2006

    [​IMG]

    [​IMG]

    Lightmark 2008

    [​IMG]

    specview 10

    [​IMG]

    [​IMG]

    Crysis

    [​IMG]

    Crysis Warhead

    [​IMG]

    conclusão

    Com o overclock, libertou-se a "fera" que estava adormecida dentro da 4870x2. Estas gráficas precisam mesmo de um CPU poderoso com muito mhz para mostrar a sua força. Em todos os testes acima os resultados melhoraram consideravelmente (a excepção dos 3Dmark 06 da HD 3300).

     
    Última edição: 22 de Abril de 2009
  4. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Conclusões


    Pontos Fortes

    Pontos Fracos
    Conclusão

    A Asrock está mesmo a entrar em força no mercado high-end, tentando limpar assim a má fama de fabricante de produtos de baixa qualidade, apresentando aqui uma board excelente para a novíssima plataforma AM3, a lutar com o melhor que fabricantes como ASUS/DFI,GIGABYTE fazem. E não é só com AMD, também já tem boards a algum tempo para o Intel Core I7, baseado no x58, demonstrando assim a presença no mercado de topo.
    Temos aqui então uma board com grande capacidade de overclock, uma boa alternativa as ASUS, DFI, Gigabyte e afins e que provavelmente virá com um preço muito competitivo. A presença do IGP faz dela também uma optima opção para montar um media center!

    Entretanto há ainda umas arestas a limar, especialmente no que toca ao design/esquema de cores das boards e o arrefecimento. Infelizmente o design desta board ainda transmite o ar de material baixa gama, apesar de não ser.

    Classificação

    [​IMG]

    Agradecimento

    A ZWAME agradece à AsRock pela disponibilidade do material para o teste.

    Copyright © Zwame, Lda 2009. Reprodução proibida sem autorização prévia.​
     
    Última edição: 20 de Maio de 2009
  5. LynX-

    LynX- Power Member

    Disseste tudo, apesar de no momento estar bastante insatisfeito com o meu sistema 775-Asrock estou a ponderar voltar a asrock mas numa gama mais alta com uma plataforma dragon, que os resultados são bastante satisfatórios, excelente review como sempre, parabéns ;)
     
  6. Peddro

    Peddro [email protected] Member

    Mais teste são quase impossíveis... portanto só tenho 2 palavras: EXCELENTE REVIEW!
     
  7. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Mesmo assim, não pude fazer mais testes por problemas (bugs com o catalyst 9.4 e a avaria da ASUS 4870 e o demo do "Prey" não passar dos 60 fps) e falta de tempo.

    Entretanto vou ver faço mais uns testes adicionais, como por exemplo consumos (não tenho aqui medidor por agora), por exemplo até onde consigo abaixar o consumo para quem interessar montar um media center/servidor, e testar o impacto de se mecher na frequencia da memória e do controlador de memória e os 2 modos (ganged/unganged)
     
  8. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Novidades pessoal.

    recebi um mail da asrock a informar a possibilidade de desbloquear os Athlon II X3 (ou seja, os cpus sem cache L3) para X4 board.

     
  9. compositor20

    compositor20 Power Member

    alguem sabe se esta board que diz ter o chipset realtek 890A tem DTS connect support? ou seja estou a ver um mkv e ele tem o som em dts e ele faz logo o downmix para poder ouvir em colunas stereo? obrigado

    ligaçoes por dvi ao monitor funcionam?
     

Partilhar esta Página