Análise Asus M4A785TD-V Evo

JPgod

Moderador
Staff
Autores: João Godinho (JPgod)
Produto: ASUS M4A785TD-V EVO
Data : 01-09-2009



ZWAME Análise

asuslogo.png


Descrição

Com o recente lançamento do chipset AMD 785G, os fabricantes apressaram para lançar boards com este chipset. Basicamente é um AMD 780G com suporte DX 10.1 e UVD 2.0. Depois do teste da Gigabyte, onde já tiveram um teaser desta ASUS, eis a thread dedicada a esta board.

Especificações

CPU: Socket AM3: AMD Phenom II processor/ AMD Athlon™ II processor, suporte para CPUS 140W TDP.
Hyper Transport Bus: 5200 MT/s
North Bridge: AMD 785G
South Bridge: AMD SB710
4 x 1.5V DDR3 DIMM sockets suportando até 16 GB de ram, com suporte dual channel.
DDR3 1800 (O.C.)/1600(O.C.)/1333/1066 MHz
Gráfica integrada no northbridge: ATI HD4200, 500 MHZ core, 40 shaders, suporte DX 10.1
Sideport 128 MB DDR3 1333 mhz
Saídas de vídeo: 1 HDMI, 1 VGA e 1 DVI-D
Audio: VT1708S 8-Channel High Definition Audio CODEC
LAN: RTL8112L Gigabit LAN controller featuring AI NET 2
2 x PCI Express 2.0 x16 slot (16x link azul escuro, 4x link branco)
1 x PCI Express x1 slot
3 x PCI slots
1 x porta IDE ATA-133/100/66/33 para 2 dispositivos IDE (via SB710)
5 x portas SATA 3Gb/s (via SB710)
1 x porta eSATA 3Gb/s (via SB710)
Suporte para RAID 0, RAID 1, RAID 10 e JBOD
12 USB 2.0/1.1 ports, sendo 6 no back IO e 3 headers para mais 6 portas adicionais na board
Firewire: VT6308P suportando 2 ligações 1394, sendo 1 porta no backIO e 1 ficha na board.
BIOS: 8 Mb Flash ROM AMI BIOS, PnP, DMI2.0, WfM2.0, SM BIOS 2.3, ACPI 2.0a, ASUS EZ Flash 2, ASUS CrashFree BIOS 3
ATX Form Factor; 12 inch x 9.6 inch ( 30.5 cm x 24.4 cm )
Tecnologia Stack Cool 3, com PCB com 2 OZ (densidade de cobre) das pistas condutoras e condensadores japoneses sólidos de 5000hrs @105°C, 500,000hrs @65°C
8 + 2 circuito de alimentação do CPU com dissipação passiva.
Links

Página Oficial
Site Oficial AMD 785

Fotografias

as fotografias estão em thumbnail, cliquem para tamanho grande (1280).

1 - Começando pela embalagem do produto. Uma caixa simples, de dimensões reduzidas, face ao tamanho da motherboard. Tal como outras boards ASUS, a caixa vem com um fundo espelhado, nesta de cor verde escuro. Vem descrito todas as principais características, GPU nos, xtreme design, etc.

2 - Parte de trás, onde tem uma foto da motherboard e descrição de mais características e festures extras.


3 - Os acessórios - 1 IO shield (é pena que não seja o q-shield de outras), 4 cabos SATAs pretos (finalmente acabaram com o tradicional vermelho), sendo dois com ficha em curva, 1 cabo IDE preto, fichas auxiliares de USB e ligações frontais (ASUS Q-Connector), o manual e disco com drivers e software. Um bundle simples, mas suficiente, de modo a manter o preço baixo.
4 - Eis a board, embalada em plástico anti estático.


5 - Eis a board em vista completa. Destaca-se logo a combinação de cores, em preto e azul, embora tenha um slot PCI-e x16 branco.

6 - Vista de outro ângulo. De notar que as portas SATA estão bem posicionadas, não interferindo com gráficas de grande comprimento. Já a porta IDE podia estar posicionada como a ficha de energia, mas o IDE hoje em dia quase nem é usado. Destacar a ausência de disquetes, o que é um ponto positivo, por ser menos uma coisa desnecessária a ocupar espaço.


7 - Vista a partir da base

8 - BackIO, onde temos 6 portas USB, DVI-D, HDMI (com som), VGA, 1 e-SATA, 1 firewire, RJ-45, bem como saídas de áudio óptica e analógicas.


9 - Slots de expansão, onde temos 3 PCI (azul claro), 2 PCI-e x16, sendo o azul x16 link pelo northbridge e o branco x4 link pelo southbridge e um PCI-e 1x (a azul, próximo do dissipador do northbridge)

10 -


11 - Circuito de alimentação do CPU, bem como o belo dissipador passivo.

12 - Sem o dissipador. São 8 fases para o CPU core e 2 fases para o CPU NB (cache L3 e controlador de memória). Detalhe que utiliza ligação de energia de 4 pinos em vez de 8.

13 - Zona envolvente do socket, que tem bastante espaço para dissipadores grandes.

14 - Dissipador do northbridge, com um belo design e com bastante área de dissipação.

15 - Sideport memory, no caso fabricado pela Nayna


BIOS

Fotos da BIOS desta board:

1 - Menu principal, com configuração de hora e data, ligações SATA e IDE, bem como configuração das mesmas.

2 - Menu avançado, com as configurações principais.


3 - configuração do CPU, incluindo o ACC (há uma opção chamada "unleashed" que penso que permite desbloquear os cores nos Phenom X3 e X2, mas não temos como confirmar isto)

4 - Menu de overclock, algo diferente de outras ASUS.


5 - Continuação do menu de overclock, com timmings nas memórias para dar e vender. Era preferível estar num menu a parte, para facilitar leitura. No fundo está a voltagem de memória e northbridge.

6 - Configuração do chipset, mas propriamente da gráfica integrada. O outro menu do chipset é do ECC, que tem pouca importância com memórias normais.


7 - Configuração da memória.

8 - Configuração de componentes onboard, na qual convém desligar o que não vão utilizar (no caso porta serial e paralela, que tem headers, mas sem as fichas e firewire)


9 - Configuração do USB.

10 - Configuração de energia.


11 - Configuração de Boot

12 - Por fim, ferramentas exclusivas ASUS, como o menu de flash da BIOS, o express gate (desactivem caso não o utilizem) e AI NET 2, sobre ligação de rede. Infelizmente não tem a opção de gravar settings de overclock.

 

JPgod

Moderador
Staff
1ª Parte - Testes em defaut

Nesta primeira parte, vamos testar a board com o processador e GPU em defaut e comparar com a Gigabyte MA785GMT-UD2H que utiliza o mesmo chipset.

Não será utilizada uma gráfica externa na review, visto que acaba por ser desnecessário. Incidiu-se os testes sobre a performance do GPU integrado. O único caso que valeria a pena testar seria com uma gráfica de entrada de gama que suportasse o hybrid crossfire, mas não foi possível.

a 2ª parte será com algum overclock, pelo o que a comparação será entre defaut e OC e sem a gigabyte.

Test Bed

  • CPU: AMD Phenom II X4 965 Black Edition @ 3400 mhz, NB a 2000 mhz, HTT a 2000 mhz.
  • Motherboards: ASUS M4A785T-V EVO e Gigabyte MA785GMT-UD2H.
  • Memória: 2x 2048 GSKILL Trident DDR3 2000 @ 1333 7-7-7-20 1T
  • Gráfica: Onboard HD 4200 com core a 500 mhz, com 128 MB alocados de sistema em ambas as boards e sideport desligado.
  • Discos: Samsung spinpoint F1 320 GB 7200 rpm single plate && Samsung spinpoint F1 1000 GB 7200 RPM
  • Fonte: Corsair TX850w
  • Cooler: Noctua NH-U12P + NF-P12 + NF-S12
  • Sistema Operativo: Windows 7 Profissional RTM 64 bits sem tweaks (via MSDN-AA)
  • Drivers chipset: Catalyst 9.8 (apenas os 9.8 suportam este IGP)
  • versão da BIOS: 0403
SATA & USB tests
hdtach-asus-hdd.png

hdtach-asus-pen.png

hdtach-asus-sd.png


hdtune-asus-hdd.png

hdtune-asus-pen.png

hdtune-asus-sd.png


Bons resultados do disco, não estando aparentemente em nada limitado. Está em modo IDE.
As portas USB também ofereceram boa performance com uma pen drive e um cartão de memória SD de 150x.

cinebench2003-1.png

cinebench2003-2.png


Utilizando este software de rendering baseado no cinema 4D, no que toca ao teste de CPU, os resultados foram parecidos, mas no teste de openGL a ASUS portou-se melhor.

cinebenchr10.png


Edição mais recente do benchmark do Cinema 4D, desta vez em 64 bits, na qual a Asus se portou melhor.

wprime.png


No wprime, que calcula a raiz quadrada dos primeiros 32 milhões de inteiros, a Gigabyte ganha em 4 threads, embora por pouco e perde em 1 thread.

winrar.png


No benchmark interno deste software de compressão, A Gigabyte volta a perder neste benchmark, mas a diferença é desprezável

7zip-1.png


Tal com o winrar, o 7-zip também é um software de compressão, com um benchmark mais completo. Resultado com o mesmo veredicto do Winrar.

7zip-2.png


No que toca a descompressão, a Gigabyte parece levar a melhor com 4 threads e com 1 thread a vantagem é da ASUS, mas novamente praticamente desprezável

crystalmark-1.png


O crystalmark corre uma série de benchmarks de CPU, memória, disco e openGL (no caso a testar a performance da gráfica) No teste de discos, a ASUS perde para a Gigabyte, bem como no benchmark de memória onde a diferença é considerável! Repeti este teste na ASUS e sempre obtendo a volta do mesmo. Embora os settings principais sejam os mesmos (1333 mhz 7-7-7-20-1T), algum dos timmings secundários pode dar vantagem à gigabyte, visto que é mais simples configurar tal do que na ASUS.

crystalmark-2.png


Estes testes incidem sobre a gráfica. No OGL e D2D as boards tem resultados semelhantes, mas no GDI, a ASUS obteve cerca de 50% a mais de performance, sendo assim uma surpresa. Este teste também foi repetido.

euler3d.png


Em single thread, a ASUS obteve uma pequena vantagem, quer em multi thread é desprezável.

x264-1.png


No teste de encoding de vídeo 720p na primeira passagem (que faz análise ao vídeo), a ASUS mostrou-se um pouco melhor, embora a diferença pode ser desprezada.

x264-2.png


Na 2ª passagem, onde é feito o encoding propriamente dito, daí a diferença em frames/s, as duas boards obtiveram resultados semelhantes.

lightmark.png


No Lightmark 2008, benchmark em openGL, as diferenças são pequenas, embora com vantagem para a ASUS.

specview-1.png


specview-2.png


Nesta suite de benchmarks de conceituados programas de design gráfico e 3D, em modo 64 bits e a 1280x1024, a gigabyte foi melhor no global, tenho batido a ASUS em todos os testes.

Everest Cache e Memory Benchmark

Tabela - Gigabyte
everest-giga-def.png


Tabela - ASUS
everest-asus-def.png


Resumo dos dados acima em gráficos:
everest-read.png

everest-write.png

everest-copy.png

everest-latencia.png


Podemos ver que os resultados foram muito parecidos, portanto no global ambas as boards tiveram o mesmo comportamento

Testes de vídeos de alta definição
Dado o segmento na qual esta board se enquadra e as capacidades do Northbridge no que toca a aceleração de filmes em HD, fez-se testes neste campo.

No que toca aos métodos de teste, foi utilizado o software Média Player Classic - Home Cinema x64 v1.2.908.0 e foi utilizado 2 modos de vídeo output: EVR e VRM9. O modo EVR tira partido das capacidades de aceleração de VC-1,MPEG2 e H/X.264/AVC presente nas modernas placas gráficas. Esse modo só funciona em Windows Vista e Windows 7.

No que toca a medição de performance, registou-se quanto tempo de CPU foi usado para reproduzir totalmente os vídeos, pelo Task Manager. O processador foi mantido sempre a 3400 mhz.

mkv-1080.png

Este teste foi feito com um demo sobre o HD-DVD em formato MKV 1920X1080P com 121 segundos, utilizando o codec VC-1 e áudio AC3 2.0 640 kbps.

mkv-720.png

Este teste foi feito com um demo do RedAlert 3 em formato MKV 1280x720p com 149 segundos, utilizando o codec H.264 e áudio aac 2.0.

Veredicto MKV

No que toca a aceleração por parte do chipset, pelo modo EVR, podemos verificar que funciona impecavelmente e a diferença é brutal perante o modo VMR9. Já no que toca as boards, a ASUS teve um maior utilização de processador no modo VMR9, o que é curioso. Em modo EVR é desprezável a diferença.

mov-1080.png

Este teste foi feito com um trailer do filme "timecrimes" em formato HDMOV 1920X1056P com 98s segundos, utilizando o codec H.264 e áudio AAC 2.0 96kbps.

mov-720.png

Este teste foi feito com um trailer do filme "timecrimes" em formato HDMOV 1280x668p com 98s segundos, utilizando o codec H.264 e áudio AAC 2.0 96kbps.

Veredicto MOV

A conclusão é a mesma a tirar dos testes em MKV, devido ao facto de utilizar o codec H.264.

wmv-1080.png

Este teste foi feito com um um trailer do filme "Alexander" em formato WMV-HD 1920X1080P com 113 segundos a 9600 kbps e áudio WMA 5.1 440 kbps.

wmv-720.png

Este teste foi feito com um um trailer do filme "Alexander" em formato WMV-HD 1280x720p com 113 segundos a 7551 kbps e áudio WMA 5.1 440 kbps.

Veredicto WMV-HD

Com o WMV-HD os resultados são bastante diferentes. Dado que o coded do WMV não é inteiramente suportado quer pelo MPC, quer pelo chipset, não existe decode completo. Mas podemos verificar que mesmo assim existe alguma aceleração parcial e curiosamente há menor uso do CPU em modo VMR9 do que EVR. A ASUS aqui obteve melhor resultado que a gigabyte, que também é curioso.

Consumos

Por fim, foi feito testes de consumo do sistema. Foi utilizado o programa "K10stat" para controlar o core clock e voltagens. excepto os testes em idle e MKV 1080P (GPU), todos os outros foram corridos a 3400 mhz e vcore de 1.3 na BIOS, portanto abaixo do defaut, visto o CPU aguentar-se perfeitamente, embora em ambas as boards este descia um pouco no CPU-Z (entre 1.26 a 1.29)

Abaixo os métodos de teste:

  • idle: Sistema em repouso sem nada a correr. Clocks do CPU a 800 mhz e vcore de 0,9v segundo o CPU-Z
  • MKV 1080P (GPU): Reprodução do video "HD-DVD DEMO" em modo EVR com o MPC-HC. Clocks do CPU a 800 mhz e vcore de 0,9v segundo o CPU-Z
  • MKV 1080P (CPU): Reprodução do video "HD-DVD DEMO" em modo VRM9 com o MPC-HC.
  • Wprime 1T: Execução deste benchmark com 1 core activo
  • Wprime 4T: Execução deste benchmark com todos os cores activos
  • OCCT: Executando o modo "linpack" para máximo stress no CPU.
consumo.png


No que toca ao consumo, ambas as boards obtiveram um excelente resultado! cerca de 60 watts em idle e 65-75 a reproduzir videos em fullHD é sem dúvida IMPRESSIONANTE dado o processador utilizado e a presença de 2 drivers ópticas, 2 discos rígidos e 5 ventoinhas e com uma fonte que não é a recomendada para sistemas de baixa potência. A excelente gestão de consumo dos processadores Phenom II mais o baixo consumo deste chipset revelou-se vencedora para quem quer montar um computador potente, mas que não provoque um aumento na factura da EDP, bem como menor impacto ambiental!

Curiosamente a Gigabyte mostrou-se mais económica que a ASUS, tirando o teste do OCCT. É provável que o vcore tenha voltado para próximo do defaut (1.4) neste teste, que é única explicação que encontro.

Sideport Performance

Por fim, fez-se pequenos testes relativo ao sideport e aos vários modos de alocação de memória para o IGP. Foi utilizado o Lightmark 2008 na resolução de 1920x1080.

sideport1.png


Testes com tudo em defaut. A performance foi pior com sideport apenas e melhor com sideport + memória do sistema. A explicação é simples. O sideport tem 32 bits de largura do bus e memória do sistema tem 128. Aumentar para 256 MB de memória do sistema partilhada revelou-se inútil neste teste. Não se testou menos, porque com 4 GB de ram não vale a pena alocar apenas 64 ou 32 MB. Portanto o melhor é mesmo sideport + 128 MB.

sideport2.png


Aqui testes com overclock. Os settings de overclock são os mesmos da 2ª parte, embora com NB a 2000 mhz. Mas o sideport também foi overclockado a 1610 mhz, contra os 1333 de origem, a 1.6v (Defaut é 1.5v). Ainda se tentou 1700 mhz, mas já aparecia artefactos.
De notar os ganhos da performance com sideport activado, bastantes expressivos. Podemos dizer que o IGP desta board tem um potencial enorme mesmo. A performance com um overclock simultaneo cpu + ram + gpu + sideport e a performance grafica quase que duplica!
 
Última edição:

JPgod

Moderador
Staff
2ª Parte - Testes em overclock

Testes com o sistema em overclock, Mas não só o CPU e memória, mas como também o IGP! O Overclock utilizado foi de 3800 a 1.45v, o que é inferior ao conseguido com a ASUS M4A79T Deluxe! Tentou-se 4000 mhz, mas dado o aquecimento e elevada temperatura ambiente, revelou-se impossível correr a review nestes settings. Este overclock é superior o que a Gigabyte anteriormente testada, muito graças a circuito de alimentação de 8 + 2 fases. Entretanto a opção de 4 pinos em vez de 8 poderá ser um pouco limitante em overclocks mais intensivos.

O Northbridge integrado foi overclockado a 2800 mhz depois da nova BIOS. Entretanto nem todos os testes foram repetidos. Onde estiver os gráficos azuis, são os benchs com o NB a 2800 mhz.

O overclock do IGP revelou-se também bastante bom, fazendo a primeira 750 mhz totalmente estáveis a apenas 1.175 de voltagem no NB! E com pouco aquecimento, graças ao enorme dissipador.

Settings de OC utilizados

  • CPU core clock: 3800 mhz a 1.45
  • CPU NB clock: 2000 mhz a 1.10 e 2800 a 1.35v
  • CPU HTT link: 2000 mhz (defaut, por ser um cpu black edition)
  • Memoria: 1600 mhz 8-8-8-21 1T a 1.63v
  • GPU: 750 mhz (vs os 500 defaut), 128 MB alocados do sistema e sideport activado (total de 256 MB) e vNB a 1.175
cinebench2003-1-asus.png

cinebench2003-2-asus.png


Ganhos bastantes bons, mas a destacar o openGL HW, que teve um crescimento bem superior aos outros, graças aos 750 mhz do IGP e maior largura de banda da memória central, bem como o sideport.
maior frequência no NB teve uma pequena melhoria, dado que há maior largura de banda na cache L3 e memória central, embora o teste de rendering em nada afectou.

cinebenchr10-asus.png


Em single thread os ganhos foram baixos, já em multi thread foram melhores. O NB a 2800 mhz pouco ajudou.

wprime-asus.png


Resultados em tudo equivalente ao cinebench R10. Não se correu o teste a 2800 mhz, visto que este benchmark depende exclusivamente dos clocks do CPU.

winrar-asus.png


O overclock a 2800 mhz do NB demonstrou uma grande influência na performance deste benchmark.

winrar2-asus.png


Já no Winrar 3.9 64 bits a melhoria já foi mais notória, especialmente em SMT. Nota-se que está bem mais optimizado para SMT do que o winrar 3.8 com quase 1 MB/s adicionais em SMT, visto que em single thread o resultado é equivalente. Com o NB a 2800 os resultados foram ainda melhores.

7zip-1-asus.png

7zip-2-asus.png


O 7-zip depende menos das memórias que o winrar.

crystalmark-1-asus.png


Igualmente temos um bom incremento na performance, especialmente das memórias com o NB a 2800 mhz.

crystalmark-2-asus.png


Em destaque, os ganhos em OGL, bem expressivo, mais uma vez em virtude do overclock do IGP e sideport memory. Destacar o GDI que também foi beneficado com o NB overclockado.

euler3d-asus.png


Mais outro benchmark a tirar partido dos 2800 mhz do NB.

x264-1-asus.png

x264-2-asus.png


Outro benchmark que ficou um pouco prejudicado pela frequência do NB.

lightmark-asus.png


A combinação de overclock sistema + GPU + Sideport resultou numa melhoria explosiva da performance gráfica!

specview-1-asus.png

specview-2-asus.png


Dado a dependência que o SpecView tem do sistema gráfico, em alguns testes a melhoria da performance foi bem expressiva!

Everest Cache e Memory Benchmark

Tabela - NB a 2000 mhz
everest-asus-3800.png


Tabela - NB a 2800 mhz
everest-asus2-3800.png


Resumo dos dados acima em gráficos:
everest-1-asus.png


A passagem de 1333 para 1600 teve pouca melhoria, mas o overclock do NB teve um impacto significativo, especialmente no write.

everest-2-asus.png


A cache L1 depende apenas da frequencia do CPU.

everest-3-asus.png


O mesmo da cache L1 se aplica para a L2.

everest-4-asus.png


Os resultados foram ainda mais expressivos que nas memórias.

everest-5-asus.png


É interessante ver que os timmings melhoram bastante simplesmente com o overclock do NB.

everest-6-asus.png


L1 e L2 apenas dependem da frequencia do CPU, já a L3 teve uma descida considerável.

Claramente estes AMD se fossem capazes de fazerem 3800 a 4 ghz de NB como os Core i7 e seriam bem mais performantes.

Testes de vídeos de alta definição
Dado o segmento na qual esta board se enquadra e as capacidades do Northbridge no que toca a aceleração de filmes em HD, fez-se testes neste campo.

No que toca aos métodos de teste, foi utilizado o software Média Player Classic - Home Cinema x64 v1.2.908.0 e foi utilizado 2 modos de vídeo output: EVR e VRM9. O modo EVR tira partido das capacidades de aceleração de VC-1,MPEG2 e H/X.264/AVC presente nas modernas placas gráficas. Esse modo só funciona em Windows Vista e Windows 7.

No que toca a medição de performance, registou-se quanto tempo de CPU foi usado para reproduzir totalmente os vídeos, pelo Task Manager. O processador foi mantido sempre a 3800 mhz.

mkv-1080-asus.png

Este teste foi feito com um demo sobre o HD-DVD em formato MKV 1920X1080P com 121 segundos, utilizando o codec VC-1 e áudio AC3 2.0 640 kbps.

mkv-720-asus.png

Este teste foi feito com um demo do RedAlert 3 em formato MKV 1280x720p com 149 segundos, utilizando o codec H.264 e áudio aac 2.0.

Veredicto MKV

No que toca aos testes em EVR, melhoraram um pouco, apesar destes tempos serem quase desprezáveis. Já em VMR9 tivemos uma boa diminuição, mas pouco expressivo. Talvez a frequência do NB ditou aqui alguma influencia.

mov-1080-asus.png

Este teste foi feito com um trailer do filme "timecrimes" em formato HDMOV 1920X1056P com 98s segundos, utilizando o codec H.264 e áudio AAC 2.0 96kbps.

mov-720-asus.png

Este teste foi feito com um trailer do filme "timecrimes" em formato HDMOV 1280x668p com 98s segundos, utilizando o codec H.264 e áudio AAC 2.0 96kbps.

Veredicto MOV

Mesmo resultado com MKV, embora em EVR não se verificou melhora, embora também não há muito para melhorar.

wmv-1080-asus.png

Este teste foi feito com um um trailer do filme "Alexander" em formato WMV-HD 1920X1080P com 113 segundos a 9600 kbps e áudio WMA 5.1 440 kbps.

wmv-720-asus.png

Este teste foi feito com um um trailer do filme "Alexander" em formato WMV-HD 1280x720p com 113 segundos a 7551 kbps e áudio WMA 5.1 440 kbps.

Veredicto WMV-HD

Ao contrário da gigabyte, a melhoria com o WMV-HD foi pouco expressiva.

Consumos

Por fim, foi feito testes de consumo do sistema. Fou utilizado o programa "K10stat" para controlar o core clock e voltagens. excepto os testes em idle e MKV 1080P (GPU), todos os outros testes foram corridos na frequência máxima indicada acima.

Abaixo os métodos de teste:

  • idle: Sistema em repouso sem nada a correr. Clocks do CPU a 800 mhz e vcore de 1.0v segundo o CPU-Z
  • MKV 1080P (GPU): Reprodução do video "HD-DVD DEMO" em modo EVR com o MPC-HC. Clocks do CPU a 800 mhz e vcore de 1.0v segundo o CPU-Z
  • MKV 1080P (CPU): Reprodução do video "HD-DVD DEMO" em modo VRM9 com o MPC-HC.
  • Wprime 1T: Execução deste benchmark com 1 core activo
  • Wprime 4T: Execução deste benchmark com todos os cores activos
  • OCCT: Executando o modo "linpack" para máximo stress no CPU.
consumo-asus.png


Dado o facto do NB estar em defaut, o incremento de consumo em relação a anterior gigabyte foi menos. Mesmo assim são consumos bastante bons dado o overclock em causa.
 
Última edição:

JPgod

Moderador
Staff
Conclusões

Destaco pela Positiva:

  • - Excelente performance no global, não ficando nada atrás de grandes boards do mercado
  • - Grande performance do IGP no que toca a reprodução de filmes HD em formato VC-1 e MPEG4 e ainda é capaz de rodar jogos com bons detalhes em resoluções mais baixas.
  • - Sideport memory, que não só diminou o consumo de memória do sistema, como melhora a performance do IGP quando combinado com a memória do sistema.
  • - Grande capacidade de overclock do IGP, fazendo 750 mhz facilmente e com capacidade para muito mais. O Sideport também porta-se bem indo de 1333 para 1610 estáveis!
  • - Excelente capacidade de overclock do CPU, encarando boards topo de gama! Graças aos seu circuito de alimentação de 8 + 2 fases.
  • - Suporte a CPUS's de 140w TDP, como o Phenom II 965 testado.
  • - Boa performance do SB710 no que toca a armazenamento.
  • - Capacidade de overclock das memórias, indo aos 1600 estáveis!
  • - Saída HDMI com passagem de som totalmente funcional
  • - Suporta e-SATA.
  • - Finalmente cabos SATA de cor preta!
  • - Baixo consumo de energia!
  • - Bom layout do PCB
  • - Excelentes dissipadores, garantido operação a menores temperaturas, alem de um belo design.
  • - Excelente qualidade de construção, com PCB de 2 OZ (stack cool 3) e condensadores sólidos.
  • - Embalagem compacta e simples, não só evitando excesso de resíduos bem como menor custo de produção e com isso ajudando a manter o preço baixo.
  • - Custa apenas 90 euros, que para uma board desta qualidade é excelente!

Destaco pela Negativa:

  • - Posicionamento da porta IDE não é a melhor e as fichas SATA embora não interfiram caso instalem uma gráfica dedicada, seria interessante se fosse como a ASUS MA479T Deluxe que tem 2 em ângulo.
  • - A compatibilidade com o windows 7 ainda não é a melhor, especialmente nos drivers para o chipset, que apresenta muitos bugs, como por exemplo incompatibilidade com o 3dmark 2006 e vantage, bem como alguns blue screens. Recomenda-se manter os drivers o mais actualizados possíveis!

Conclusão

A ASUS reforça a sua gama de boards AM3 com a nova gama baseada no AMD 785g. Alem destas, há modelos micro-ATX, para quem pretende montar um sistema de pequena dimensões. Por apenas 90 € temos uma board que tem uma capacidade de overclock muito boa, especialmente do IGP que é possível praticamente duplicar a sua performance graças a capacidade de overclock e o sideport.
Uma excelente solução para quem quer montar um sistema barato, mas poderoso!
Com isso, a par da gigabyte anteriormente testada, recebe a recomendação máxima!

Classificação

zwame200.png


Best Performance/Price

Agradecimentos

A ZWAME agradece à ASUS pela disponibilidade do material para teste.

Copyright © Zwame, Lda 2009. Reprodução proibida sem autorização prévia.

 
Última edição:

Jv.Batista

I fold therefore I AM
hi hi... eu tenho uma....

é linda...

quanto a oc posso dizer muito, sei que consegui meter as rams a 1640mhz na boa...

por falar nisso, acho que vou apertar os timmings(tenho 8-8-8-24)
 
Última edição:

Roberto1973

Power Member
Qual é a versaõ da bios que usa-te nos teste?

M4A785TD-V EVO BIOS 0211
Initial release.
M4A785TD-V EVO BIOS 0218
Improve ACC unleashing mode function
M4A785TD-V EVO BIOS 0219
Improve the system stability for sideport memory.
M4A785TD-V EVO BIOS 0403
Improve the system stability and performance for certain memory.
 
Última edição:

Jv.Batista

I fold therefore I AM
eu tenho a 3ª...

tive a tentar actualizar para a ultima mas dá erro ao apagar os blocos... pelo que vi na net tem a ver com o nome do ficheiro da rom... ainda n voltei a experimentar...
 

JPgod

Moderador
Staff
Memoria: 1600 mhz 8-8-8-21 1T a 1.63v - gskill trident 2000.

a review não é voltada para atingir grandes overclocks. Se de tempo posso tentar dar um cheiro no HTT.
 

Jv.Batista

I fold therefore I AM
qual o problema de mandar vir da global?

sempre podes ver nas lojas ai se n a arranjam...

já consegui meter 1600 @ 7-7-7-21 1T voltagem n sei, tá em auto...
 

nitruz

Power Member
qual o problema de mandar vir da global?

sempre podes ver nas lojas ai se n a arranjam...


Aqui é quase impossível arranjar imagina tu que as lojas de informática não sabem o que são fontes da Corsair mas tipo se algo corre mal ou avaria alguma coisa tenho de suportar os custo de a mandar para a ***** e depois eles mandarem outra vez para mim...
 

Jv.Batista

I fold therefore I AM
só tens de suportar o custo de envio para eles... tal e qual como quando vais levar o material à loja...

quando enviam o material de rma por exemplo tens 2 situações

a peça n tem defeito/n é coberta pela garantia, pagas os portes de envio para ti
a peça tem defeito quem paga os portes de envio são eles...

eu tive um problema com as memorias e n tava certo se era mem ou board, enviei mem board e cpu e quando recebi n paguei mais por isso... agora se me perguntares se custou dar os 10€ e tal em portes, sim... compensou? absolutamente....
 

Roberto1973

Power Member
só tens de suportar o custo de envio para eles... tal e qual como quando vais levar o material à loja...

quando enviam o material de rma por exemplo tens 2 situações

a peça n tem defeito/n é coberta pela garantia, pagas os portes de envio para ti
a peça tem defeito quem paga os portes de envio são eles...

eu tive um problema com as memorias e n tava certo se era mem ou board, enviei mem board e cpu e quando recebi n paguei mais por isso... agora se me perguntares se custou dar os 10€ e tal em portes, sim... compensou? absolutamente....
Já testate o máximo de HT/FSB na tua mb da Asus? Vi uma reviews onde testaram o placa mãe da Asus e só chegou a FSB235.
 

Jv.Batista

I fold therefore I AM
eu n pk ainda n tenho cooler de jeito... mas reparei que no overdrive a partir dos 210 a cor do spot dos numeros vai mudando... algo tipo niveis de perigo, n sei se está ligado com o cpu ou mobo/*****...
 

Jv.Batista

I fold therefore I AM
saiu nova revisão da bios que resolve o problema do NB clock.

alguns dos benchs serão refeitos;)

cumps

terá algo a ver com o report que fizes.t?

isto de tarem sempre a sair revisões é bom mas tb é chato...

edit: só vejo a 403 no site...
 
Última edição:
Topo