1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Análise ASUS Maximus V GENE

Discussão em 'Análises, Artigos e Guias' iniciada por [email protected], 28 de Agosto de 2012. (Respostas: 27; Visualizações: 4680)

  1. M@ster

    [email protected] Power Member

    [​IMG]
    Fica aberto um tópico sobre esta motherboard.
    Podem ler a análise no Portal.
    Boas leituras ;)
     
  2. Dyk

    Dyk I quit My Job for Folding

    Aquelas temperaturas são do CPU?
    Os resultados do HDtach são com o Samsung F1? Não terá antes um SSD por ali?
    As temperaturas do Z77 e dos VRM's como estavam?
     
    Última edição: 28 de Agosto de 2012
  3. M@ster

    [email protected] Power Member

    Sim, são as temps do CPU.
    Os resultados do HDTach não são do Samsung foi esquecimento meu, já vou alterar.
    Não medi essa temperaturas porque não acho que sejam importantes para a análise, mas posso medir se tiveres curiosidade.
     
  4. St0ned

    St0ned Banido

    Os VRM's, isto com um 3770k, usando sempre todas as fases activas ficam mornos depois de diversas horas de full-load portanto nada que seja preocupante (isto usando 1.4v e WC no CPU).

    @Master

    Quanto à review, podias ter focado os diversos perfis de timings que a MB têm para diversos chips de memórias, sendo que esta é uma das maiores diferenças desta geração de ROG's para as do Z68/P67 e para a demais concorrência.

    Acho que nos diversos testes em termos de gaming e benchmarks faz falta ver incluídas outras MB que tenhas testado com o mesmo hardware, porque uma das partes mais críticas na escolha de uma MB como esta é como se porta em termos de eficiência, aos mesmos clocks, com a outra concorrência.

    Outro ponto que gostava de ter visto analisado é a capacidade de overclock das memórias, ainda por cima sendo que tens 16GB (partindo do suposto que são 4x4GB) porque é, a meu ver, um ponto fortíssimo desta board face à concorrência, onde as diversas boards que testei dificilmente conseguias acima de 2000Mhz com 4dimms quando esta ROG consegue esgotar o IMC do CPU ou a velocidade das memórias. Mesmo com 2dimms parece-me estar à frente.

    Quanto aos pontos negativos eu referiria dois, pouca área livre à volta do CPU (essencial para algum do público alvo da mesma) e a falta de expansões tais como SATA, PCI, LAN, USB. Claro que estes dois pontos são inerentes ao seu tamanho mas não deixam de ser verdade, a mim fez-me falta passar de 10 portas sata para 6.

    Força com isso e boa sorte com as análises.
     
    Última edição: 28 de Agosto de 2012
  5. Dyk

    Dyk I quit My Job for Folding

    É bom sinal apenas ficarem mornos!

    Eu tenho curiosidade em saber o Z77 a que temperaturas chegou mas não sei se é possível saber essa temperatura! :)
     
  6. St0ned

    St0ned Banido

    O chipset em si ? Pouco acima da temp ambiente. Estes novos chipsets pouco aquecem.
     
  7. M@ster

    [email protected] Power Member

    Sim, apesar de ser uma diferença para as demais marcas, não me pareceu que fosse importante.
    Porquê? Porque na maioria dos casos as pessoas não compram umas memórias pelos chips, como tu ou eu, compram pelo que a loja lhes vende e estas são análises para o público em geral.

    Não faço comparativos entre motherboards, gráficas etc, não tenho condições para tal, é escusado de bater nessa tecla.

    Quanto à capacidade de OC desta board nas memórias, sei que isso é uma verdade até porque acompanho o OCX onde ela saiu primeiro num post do OPB. Apesar de ter tentado muitas coisas nunca consegui nada de especial relativamente às outras que tenho testado, e a uma que tenho em testes (Posso dizer que testei com memórias diferentes). É algo esquisito que vou ter que indagar mais aprofundadamente até porque esta motherboard é minha. (Tenho que procurar uma UEFI xpto ;) )

    Quanto aos pontos negativos que referes, como dizes e bem, são consequência do seu tamanho.
     
  8. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    É uma boa board, pena que a minha foi ontem para RMA... mas adiante.

    Os perfis de memória tem que ser usados com cuidado. Tentei usar isso e fiquei quase 30 minutos para voltar a conseguir ter post! por causa de UM TIMMING não conseguia arrancar o sistema! Não me lembro de qual era, já que como disse, a board pifou :P

    Não considero pontos negativos. Quem precisa de imenso espaço, vai para boards full-ATX. O espaço é mais que suficiente para por um monstro de cooler.

    A minha crítica vai pelo facto de não ser possível o segundo PCI-E operar a 16x, o que dava imenso espaço entre a gráfica e o cooler.

    Espansões também não concordo com o que dizes:

    SATA: Tens 6 SATA's internos, mais um miniSATA mais um e-SATA. Tens noção que para 99% dos users é mais que suficiente? A minha única crítica foi por não terem posto o eSATA e o mSATA ligados à controladora externa (neste caso são 2 das portas vermelhas que tá na controladora, logo quando não tenho lá discos, desligo-a).

    Ter mais 2 ou 4 SATA's era encarecer a board, encher de mais chips e afins. Eu ca continuo a dizer-te que ficavas mais bem servido com um NAS ;)

    USB? Esta board tem 8 portas USB, o que é muito raro em boards LGA 1155 que usam IGP! A maioria tem 6. E tens carradas de headers internos.

    PCI ainda bem que não tem, é menos uma lane PCI-e gasta, não esquecer que o chipset não tem PCI nativo, alem disso, só tens 4 slots.

    LAN, para que queres 2 portas de rede? :P

    Para min é das melhores boards em termos de I/O, não há ca legacy. (mesmo a nivel de vídeo, ainda bem que nao ocuparam o back/IO com calhamaços de DVI e VGA.
     
    Última edição: 28 de Agosto de 2012
  9. St0ned

    St0ned Banido

    @ Master

    Acho que se confundem um bocado as coisas, esta MB é mesmo para pessoal que procura algo mais que o utilizador normal não procura. O average joe vai para uma asrock de 120€ ou uma ASUS de entrada de gama, ou MSI ou giga. Acho que quem procura uma board da série ROG procura capacidade de aumentar a performance. Normalmente são utilizadores também mais conhecedores do mundo informático e sabem alguma coisa daquilo que compram, aliás com dois clicks na net facilmente se encontra que chips é que as memórias que temos usam, por exemplo.

    Quanto às reviews comparativas e sabendo que é um ponto em que bato bastantes vezes e sendo vcs um site com alguns meios acho que era de valor terem um sistema base, para testar gráficas e um sistema base para testar MB (não é assim tão difícil... com 400€ fazem isso aliás vocês já têm a maior parte do que seria necessário) assim mesmo não tendo acesso às várias gráficas, boards, etc ao mesmo tempo, usando o mesmo sistema os resultados seriam facilmente comparáveis acho que apesar de poder vir a dar mais algum trabalho traria às vossas reviews um bom valor acrescentado.

    @JPOD

    Bem sei que não sou o utilizador normal, mas esta board também não foi pensada para utilizadores normais, se não a ASUS não tinha contado com o shamino na sua concepção. Para subzero a área livre em volta do socket é mais do que necessário, mas com o tamanho disponível reconheço que a ASUS fez o possíveis.
    Quanto aos SATA sim cá em PT poucas pessoas se veem com grandes capacidades em PC's domésticos no entanto lá fora o caso muda um pouco. No meu caso todo o espaço é pouco e mais não tenho por questões financeiras
     
  10. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    A questão que pelo menos para min não me sinto seguro ter tantos discos na mesma maquina que andamos sempre com overclocks e afins. Se pudesse tinha um NAS com 8 discos :P

    O meu desktop só tem SSD mais um disco para storage adicional (que não de filmes e musica :P)

    Ainda mais com tantos reboots, ciclos ON/OFF...
     
  11. St0ned

    St0ned Banido

    Antes de aparecerem a M5F e M5E a M5G era a board de topo para OC's :) O tamanho pouco influencia.

    Quanto à dimensão na minha caixa em particular, apesar de até poder levar E-ATX ter uma board m-ATX facilita-me muito as coisas, no entanto tenho espaço para uma quantidade colossal de discos.
     
  12. Billy-The-Kid

    Billy-The-Kid Banido

    Quem quizer explorar um pouco mais a fundo em termos de oc use um jumper a unir estes dois pontos e aparece os profiles do shamino para extreme oc (LN2 mode) :P

    http://www.*****.com/images/Reviews/Asus Maximus V Gene/genev (18).JPG

    http://www.*****.com/images/Reviews/Asus%20Maximus%20V%20Gene/p2.jpg
     
    Última edição: 28 de Agosto de 2012
  13. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    E qual a vantagem deste LN2 mode?

    4500 mhz fiz com o 2600k a ar a primeira sem testar nada, lol.
     
  14. Billy-The-Kid

    Billy-The-Kid Banido

    Se tivesses lido o que escrevi antes das fotos, tinhas evitado a tua pergunta!
     
  15. St0ned

    St0ned Banido

    LN2 mode não é obviamente para um 2600k a 4500Mhz.. eheh! Tens perfis do shamino para OC's a sério.
     
  16. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    Ainda não li a review, mas aqui vão algumas notas da minha experiência pessoal com esta board:

    Esta é a minha board desde o início de Agosto. Equipei-a com um i5 3570K e memórias Gskill Ripjaws X 1600 MHz (2x 4GB). Optei por ela não para bater recordes com LN2, mas para ter uma máquina estável e silenciosa, com algum OC e UV à mistura. Optei por esta em detrimento de outras mais baratas (nomeadamente a ASRock Extreme4 Z77) porque a qualidade de construção pareceu-me mais sólida, as opções de expansão eram suficientes para as minhas necessidades e o pacote de software/firmware da ASUS pareceu-me melhor que o da concorrência. Em particular, algo que me chamou muito a atenção foi a possibilidade de controlar finamente as ventoinhas usando o Fan Xpert II e da board ter 5 fan-headers de 4-pinos e com PWM.

    O primeiro problema que tive foi ter-me calhado uma board DOA. Foi a primeira vez que me aconteceu e por isso fiquei particularmente incomodado com isto. Pelas "estatísticas" que tinha visto, a taxa de DOA desta ASUS é menor que a da ASRock, mas não sendo uma taxa nula lá me tive de conformar com a realidade de que "são coisas que acontecem". Na assistência técnica da loja prontamente confirmaram que o problema era da board e trocaram por outra, mas tive de esperar dois dias por falta de stock.

    Como o StOned já disse, um dos problemas desta board (que suponho ser comum a todas micro ATX) é o pouco espaço à volta do CPU. A maior parte dos sistemas que vi usavam WC, e por isso não tinham problemas de espaço para um water block. Mas como planeava usar arrefecimento a ar, tive algum receio a placa gráfica no 1ro slot PCI-E colidisse com o meu cooler (Thermalright True Spirit 120). Até porque o site da Thermalright é omisso quanto à compatibilidade desta board com este cooler. Depois de algumas contas e de recorrer à tabela de compatibilidade da Noctua (!), tinha deduzido que não houvesse problemas. Mas mesmo assim, só confirmei quando montei o sistema. Entre as molas que seguram a ventoinha do cooler e o PCB da minha placa gráfica (uma ASUS 560 Ti) ficaram apenas uns milímetros. Se a placa gráfica tivesse um backplate, provavelmente já colidiria com as molas. Nesse caso, não sei até que ponto se conseguiria corrigir deslocando o dissipador (este Thermalright permite um ajuste de cerca de +/- 5mm entre o dissipador em si e o CPU). No pior dos casos, seria necessário instalar a placa gráfica para o segundo slot PCI-E (o 1ro é 16x e o segundo é 8x) e sacrificar a possibilidade de fazer SLI/CrossfireX. No meu caso felizmente tal não foi necessário, mas quem quiser usar coolers a ar mais volumosos deve estar alerta para este pormenor.

    A BIOS UEFI é extremamente completa e complexa. 95% das opções ainda não sei o que fazem. Sendo um leigo em OC de 1155 O meu OC limitou-se a mexer em quatro coisas: perfil XMP (estranhamente, usando em "Auto" as memórias ficavam com timings muito abaixo do seu "standard"), multiplicador do CPU (42x), Vcore (atualmente está em 1.135V) e LLC ("ultra"). Items como o "CPU PLL Voltage" ainda são um mistério para mim, e por isso deixei tudo em Auto. São bem vindas sugestões sobre como melhorar este sistema tendo em conta que quero estabilidade, silêncio e temperaturas dos cores abaixo de 65ºC em load.

    Como disse acima, o Fan Xpert II foi um "selling point" do software da ASUS. Nomeadamente, este software permite analisar as caracteristicas das ventoinhas (rpm/voltagem e rpm mínimo para arranque) e criar um perfil personalizado para as ventoinhas. Mas aqui surgem dois problemas. Primeiro, a versão deste software disponibilizada para a V Gene tem um bug que faz com que o perfil personalizado não seja carregado automaticamente no arranque. Para corrigir este bug, tive de instalar uma versão mais recente do Fan Xpert II disponibilizada para outra board da ASUS. Aparentemente, esqueceram-se de colocar a versão mais atual no pacote de software da V Gene. É uma situção que se arrasta há alguns meses e é no mínimo caricato que a ASUS ainda não tenha resolvido este problema. O segundo problema, para o qual ainda não encontrei solução, é o facto do controlo das ventoinhas ficar dependente de um termistor na board e não do sensor no core do CPU. Os perfis por omissão parecem assumir que a temperatura deste termistor (etiquetado "CPU") é a equivalente à temperatura dos cores, mas na realidade a diferença chega a ser de ~15ºC. Por isso fui forçado a fazer um perfil personalizado mais agressivo (para conseguir cores a ~60ºC, tenho de apontar para 45ºC no "CPU") e que estão longe do ideal.
     
  17. St0ned

    St0ned Banido

    Bem vou deixar aqui algumas sugestões para aquilo que referes

    Começando pelo overclock, na minha opinião, vale bem a pena perder o amor à garantia sacar o IHS para fora e substituir a massa térmica, a temperatura vai melhorar exponencialmente digamos que entre 15 e 20ºC serão espectáveis isto claro se a massa de substituição for a correta.
    Outra coisa muito interessante que podes e deves explorar é a capacidade de overclock das memórias, se me indicares o modelo ao certo sou capaz de te conseguir ajudar melhor mas eu recomendaria a teres as memórias à volta dos 2200Mhz, deves consegui-lo facilmente com qq coisa como 10-12-12-30 @ 1.65v , ou melhor se os chips das tuas memórias forem melhores. Podes também usar as tabelas de timings que tens no separador das memórias, que é uma das melhores coisas que esta board tem, que te dá uma predefinição de todos os timings consoante o perfil que escolhes ( os perfis estão feitos em função dos chips de memoria). O PLL overvoltage, já que perguntas, era mais utilizado nos SB ( os IB não estão limitados pelo multiplicador ) para teres mais multiplicadores acima do antigo máximo, a regra geral era que ao ligar o o PLL OV ganhavas 5 multis acima do anterior máximo. Ter o PLL overvoltage ligado tem algumas desvantagens que advém de como este foi aplicado pelos fabricantes, nomeadamente pode te causar alguns problemas a retornar do S3 Sleep. Como tens um IB e não vais usar LN2 mantém-no sempre desligado9.

    Se quiseres aprofundar conhecimentos tens este guia que apesar de ter sido feito para a formula/maximus, como a UEFI das boards é igual, tem imensa informação útil. Alguma dela até já está na resposta que te dei acima.


    Quanto ao teu problema com a gestão do PWM podes sempre usar o SpeedFan para esse efeito que, apesar de ser um software confuso, tem um potencial enorme se bem explorado. Se tiveres interessado diz qq coisa que posso entrar em mais detalhes.
     
    Última edição: 30 de Agosto de 2012
  18. Frenchboy

    Frenchboy Power Member

    2 DOA em pouco tempo? :(
     
  19. Dyk

    Dyk I quit My Job for Folding

    Já tive a reparar isso, se calhar a MB não é assim tão fiável! :\
     
  20. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    A minha board afinal não tava morta... Lá ressucitou e ta aqui a bombar.

    vai se lá perceber.
     

Partilhar esta Página