1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Informação: Pela 0:30 desta Sexta-feira (9 de Dezembro, 23:30 de Quinta-feira nos Açores) o Fórum e restantes sites da ZWAME vão estar offline para manutenção durante cerca de 1h30.
    Se necessário faremos actualizações via Twitter e Facebook.
    Remover anúncio

Autoscopia - Tema: Introdução ao Linux

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por khaluh, 13 de Dezembro de 2007. (Respostas: 15; Visualizações: 3021)

  1. khaluh

    khaluh Power Member

    Boas

    Estou a tirar um curso de formação de formadores e pretendo fazer na autoscopia final, Uma Introdução ao Linux.

    O que pretendo saber ( e tendo em conta que terei cerca de 15 a 20min), quais os assuntos que devo tratar ( dado que vou falar para 8 M$'s) e que pontos devo realçar do Linux, de modo a não parecer seca e deixá-los com curiosidade para experimentar o Linux (independentemente da distribuição)

    Obrigado
     
  2. c3l5o

    c3l5o I'm cool cuz I Fold

    Para abordar o tema nada melhor que aprenderes tu mesmo um pouco de Linux... Assim para além de poderes ensinar melhor, também podes mais facilmente realçar as coisas boas deste sistema operativo para captar o interesse dos outros :)
     
  3. souto

    souto To fold or to FOLD?

    Se fosse para developers, poderias falar imediatamente da vantagem do opensource.

    Outras vantagens do SO Linux residem na segurança, estabilidade e filosofia do sistema, por exemplo. Falar um pouco das motivações históricas.

    No Youtube encontras um ou dois documentários sobre o assunto. Lembro-me de ver uma da Sic Noticias, se alguém souber o nome ou link que diga.

    Cumprimentos.
     
  4. hellaxe

    hellaxe Power Member

    Vou ajudar-te um pouquito:
    - Aborda a Segurança como ponto forte:
    - Os diversos desktop managers ou windows managers:
    - As necessidades que a maioria dos utilizadores têm podem ser satisfeitas com distros Linux:
    - O que é uma distribuição:
    - Definição de Gnu/Linux:
    - Equivalência de programas Windows/Linux;

    Sugestão:
    Faz a apresentação num portátil com uma distro (recente) instalada, em Openoffice.
    Depois guarda algum tempo, se possível metade dele para utilizares o método demonstrativo, ou seja, mostras como isso funciona. Abres programas: filmes, mp3, se tiveres net podes instalar pacotes, etc.
    Usa a imaginação.

    Agora a arte mais dificil: meter isto tudo em 20 minutos.
    Na minha autoscopia final bem tentei meter tudo em 15 minutos..... foram 25:x2:
    Não foi soburdinada ao Linux mas tinha a ver com conselhos de segurança para "tótós".


    EDIT: Lembrei-me o compiz-fusion pode dar pontos importantes:x2:
     
  5. slack_guy

    slack_guy Power Member

    ...ou ser motivo de troça :-P
    Depende da instalação e da máquina.
     
  6. timber

    timber Zwame Advisor

    Isso é uma autoscopia duma formação de formadores.

    Essa conversa toda não tem interesse e só serve para ele ter trabalho.
     
  7. khaluh

    khaluh Power Member

    Boas

    Eu não domino Linux, mas uso com alguma frequencia. Daí ter resolvido perguntar o que seria melhor para fazer uma "introdução". Quero que seja uma coisa que desperte a curiosidade aos outros para testar o Linux, sem se tornar maçudo.

    Além dessa apresentação, vou dar aos outros formandos a distro 7.10 do Ubuntu, para que eles, tendo o CD, sintam a curiosidade de experimentar.

    Vou levar a minha maquina: Core 2 Duo T5600 com 1Gb de Ram
     
  8. hellaxe

    hellaxe Power Member

    @ timber e slack_guy:

    Presumo que já tenham feito o curso.
    Da minha experiência (e faço vida da formação) sei que há Cursos e cursos. Há uns que é meia bola e força, há outros que se valoriza e muito a apresentação no seu todo. Apenas dei a minha opinião do que deveria ser bem feito.

    Ontopic:
    Agora, há que fazer compromissos. Se vez que para o que queres fazer tens muito material e pouco tempo, cortas em alguma coisa ou simplificas.
    Usa a imaginação, como disse anteriormente. É a chave para uma boa apresentação.
     
  9. slack_guy

    slack_guy Power Member

    Pela minha parte, presumes mal: não fiz o curso. Não comentei nem o tema nem o conteúdo.
    Só respondi que o compiz(-fusion) tanto pode ser muito bonito como pode ser um desastre: consoante a instalação e a máquina pode ser muito lento e crashar quando menos se espera. Ou seja, é preciso ter a certeza que funciona a 100% para não dar barraca 'ao vivo e a cores'.
     
  10. timber

    timber Zwame Advisor

    Sim, em tempos fiz o curso. O CAP já caducou, não lhe dei uso, a minha vida profissional orientou-se noutro sentido.

    Por acaso na minha autoscopia final só fiz conversa. Era algo sobre FuelCells que era um tema que me interessava na altura. Cometi o erro de querer fazer uma coisa porreiro e tal e ninguém ligou puto.
     
  11. hellaxe

    hellaxe Power Member

    Por isso é que as apresentações devem ser muito bem ensaiadas para ver se tudo corre 5* ou 4 1/2, porquer nunca corre tudo 5* já que com o nervoso miudinho alguma coisa falha.
    Mas se tudo estiver a funcionar direitinho fica muito lindo, lá isso fica.

    Timber isso com conversa apenas, pode ser chato; e como o pessoal não entende muito disso e sem um suporte muito bom é dificil chegar a "ouvido moucos" e "olhos vesgos".
     
    Última edição: 13 de Dezembro de 2007
  12. timber

    timber Zwame Advisor

    Ah o suporte até era bom (modéstia à parte)

    Tinha filmes e mais não sei o quê. E estava mesmo muito simplificado.
     
  13. hellaxe

    hellaxe Power Member

    Então é isto:lol:
     
  14. timber

    timber Zwame Advisor

    Bem resumindo a minha ideia é simples

    Ele só precisa de fazer a autoscopia e fazer-se à vida. Não é como a média final de curso ou algo assim que tem a sua importância.
     
  15. khaluh

    khaluh Power Member

    Sim, mas já que tenho de preparar a autoscopia, gostava de fazer algo que considerasse útil. Fazer uma apresentação apenas por fazer também não, agora se desses 8, 1 experimentar e ficar a utilizar o Linux (independentemente da distro ou se apenas usa Linux ou tb usa M$, aqui não é relevante), já considero uma boa apresentação
     
  16. RFPA

    RFPA Power Member

    Estou na mesma situação de fazer uma simulação final e a minha opinião é que tens que ter cuidado com a valorização que darás ao conteúdo. O objectivo principal não é o conteúdo da apresentação mas todos os aspectos da simulação final. Portanto, e é ingrato, o conteúdo da apresentação fica para 2º plano. Contudo, uma apresentação que cative a atenção dos formandos e os faça participar, embora este aspecto dependa de como irás dinamizar a sessão, é positiva para a tua avaliação.
    Portanto, na minha opinião, eu faria uma abordagem geral sobre o GNU/Linux (origens,segurança, estabilidade, performance, diferenças relativamente ao windows), utilizando o método expositivo, interrogativo e demonstrativo, privilegiando sempre a técnica em detrimento do conteúdo.
    Se conseguires induzir curiosidade sobre o GNU/Linux e uma boa nota na simulação, isso significará que conseguiste a cereja em cima do bolo. :)
     

Partilhar esta Página