1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

I. Móvel Banda larga móvel utilizada por 3,5 milhões de portugueses no último trimestre

Discussão em 'ISPs' iniciada por jota x300, 6 de Março de 2013. (Respostas: 2; Visualizações: 930)

  1. jota x300

    jota x300 Power Member

    Nos últimos três meses do ano 3,5 milhões de utilizadores de Internet residentes em Portugal usaram serviços móveis para aceder à tecnologia, mais 9,7% que no trimestre anterior. Neste universo 978 mil acederam à Internet usando placas ou modem, número que revela a importância crescente do acesso à Internet via smartphone, a pesar já mais de dois terços neste indicador.

    Os números foram divulgados pelo regulador das comunicações, a Anacom, e confirmam que os serviços móveis de acesso são os mais utilizados para aceder à Internet. As tecnologias de acesso fixo foram usadas no mesmo período por 2,4 milhões de internautas, número que traduz um crescimento de 1,7%.

    [​IMG]

    Nos serviços de acesso fixo a tecnologia dominante continua a ser o ADSL, que soma 45% dos acessos. O cabo é a segunda tecnologia mais usada, representando 39,7% dos acessos. A fibra continua a crescer, 7,5% entre o terceiro e o quarto trimestre, e já representa 15,2% dos acessos.

    Os dados também revelam que a esmagadora maioria dos acessos à Internet fixa (87%) foram contratados como parte de um pacote de serviços, em 78% dos casos triple play ou quadruple play, com três ou quatro serviços na mesma fatura.

    A Portugal Telecom continua a dominar o mercado da banda larga, tanto nas tecnologias de acesso fixo, como nas tecnologias de acesso móvel. No fixo a operadora garante uma quota e 51,3%. No móvel a TMN assegura 40,5%.

    No final do quarto trimestre de 2012, 79% dos utilizadores de Internet tinham uma velocidade máxima teórica contratada superior a 10 Mbps e outros 20% acima dos 20 Mbps.

    O preço médio do serviço de acesso à Internet sem outros serviços associados era de 20,4 euros para as tecnologias fixas e de 14,8 euros para a tecnologia móvel via modem ou placa. Já a mensalidade da Internet no telemóvel atingiu um valor médio de 11,6 euros. No triple play a mensalidade média ronda os 48,6 euros.

    Neste período é ainda de sublinhar que a maioria dos utilizadores - 79 por cento - dispunha de uma velocidade máxima teórica contratada superior a 10 Mbps. Cerca de 37 por cento dispunha de acessos acima dos 20 Mbps e os acessos superiores a 100 Mbps representavam cerca de 10,4 por cento.
     
  2. Rodri1988

    Rodri1988 Power Member

    A manter a famosa PUR nos 15gB vai chegar a uma altura em que o numero de clientes vai começar a diminuir ou simplesmente optar por tarifários soft. Neste momento quase nem compensa ter tarifários com grandes velocidades tipo 100Mb quando está limitado no tráfego, aplicar o mesmo limite tráfego a um cliente que tem tarifário 14.4Mb e um que tenha por exemplo 100Mb não faz sentido.
     
  3. fidalgopedro

    fidalgopedro Power Member

    De maneira nenhuma...Agora as velocidades de 150Mbps, para que? Isso pa alguns deve ser brutal, uma gajo noob, que vá à loja da TMN buscar uma placa de 150Mbps com esse tarifário, chega a casa, numa zona que use essa velocidade, passado 30-45min fica a 128Kbps...brutal!!!
     

Partilhar esta Página