Câmara para fotografar/fazer vídeos de artigos de mobiliário (até 1000€)

D33P

Power Member
Bom dia, preciso de recomendações para uma câmara.
Vai ser para fotografar artigos de mobiliário para produzir catálogos e para fazer vídeos promocionais.
Não posso passar dos 1000€. Logo não devo poder ver opções de câmaras mais lentes.

Tinha pensado na ZV1 da Sony:
https://www.sony.pt/electronics/camaras-cyber-shot-compactas/zv-1

parece mais pensada para vlogs mas também parece muito boa para fotos.

O que acham, arranjo melhor pelo mesmo preço?

Obrigado.
 

Rui Marto

Power Member
Não sei ao certo o que tens em mente, mas para qualquer tipo de trabalho foto/video com produtos para catálogo, a máquina vai ser o mínimo dos teus problemas. O mínimo.

Precisas de um espaço neutro, com dimensão suficiente e por suficiente entenda-se tipo o triplo do tamanho do objecto em si. E isto tanto é válido para os lados, como em profundidade para não teres que fotografar com a máquina praticamente em cima do objecto e a distorcer aquilo tudo.

Tendo espaço precisas de luz. Potente, em vários formatos, ajustável em potência e se possível com uma temperatura de cor branca e sem grandes variações.
Eventualmente precisas também do oposto, coisas que eliminem luz, como polarizadores e placas pretas opacas, para cortar reflexos e brilhos indesejados.
Para fotos podes usar flashes, para vídeos não. Com flashes até poderias dispensar o tripé, com luz contínua dificilmente.

Depois precisas de saber usar isto tudo. :D

O @m4ndr4ke pode-te dar umas luzes também. E se calhar corroborar que com os pontos acima e um telemóvel ou uma máquina de gama baixa fazes melhor do que com uma máquina de 1000€ e sem eles.

Posto isto, em termos de máquina diria para procurares uma mirrorless usada ou nova até 500€. Praticamente todas focam bem, têm boa imagem e filmam decentemente. As lentes de kit também hoje em dia costumam ser aceitáveis.
Não é tanto pela questão das lentes, mas sim para teres mais controlo sobre o que podes fazer e um pouco mais qualidade derivado do sensor maior.

Acho que os Pavotubes que estavam em promo na Worten também podem interessar para o caso.
 

Pedro_dias

Power Member
O [mention]Rui Marto [/mention]já disse o principal. Falta saber que tipo de objectos vais fotografar, cadeiras, sofás, armários, …, dependendo disso, o tamanho das fontes de luz é também necessário ter em atenção.

Eu facilmente gastava esses 1000€ só em iluminação, começava por comprar umas luzes e fotografar com um smartphone.

Se por acaso já tiveres luzes e não referiste então a coisa muda e aguardar que te digam o que compras com esse valor (não ando por dentro do valor de lentes e câmaras)
 

m4ndr4ke

Power Member
Xiii isso dá pano para mangas...

O Rui mencionou-me porque eu estou precisamente a montar um pequeno estúdio para mim, e tenho andado por dentro destas coisas.

Facilmente gastas os 1000€ só em material de estúdio. Se eu somar o que gastei (e ainda não acabei) já ando perto disso, e não vou estar habilitado a fotografar coisas tão grandes como móveis.

Imagino-te facilmente a precisares de dois a três flashes de estúdio com uma potência considerável, um backdrop (assumindo que só queres o branco, para e-commerce), vários tripés, tantas softboxes como flashes, e uns reflectores de grandes dimensões (eu andava a ponderar fazer uns com placas de esferovite de dois metros quadrados, compradas no Leroy Merlin).
Imagino-te também a precisares duma tela difusora de grandes dimensões (metros por metros).
E espaço, bastante espaço. Tens que conseguir distanciar o material o suficiente para as luzes se tornarem grandes em relação ao objecto.

Em seguida, tens que saber usar isto tudo, e tens que saber fazer a edição dos trabalhos posteriormente. Deves estar preparado para juntar várias imagens numa só, e também para reconstruíres fundos, porque é frequente precisares disso.

Comprarem uma câmara é menos importante do que “comprarem luz”, porque as fotos em catálogos nem precisam assim de tanta resolução.

Não é à toa que a fotografia de publicidade é dispendiosa.
 
Última edição:
Topo