1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Cobrar por site em Mambo

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico PC' iniciada por zarpt, 31 de Maio de 2005. (Respostas: 14; Visualizações: 883)

  1. zarpt

    zarpt Power Member

    Boas,

    Um bar pediu para fazer um site de divulgaçao com uns pequenos extras.

    Depois de conversarmos sobre o que eles pretendem do site, chegámos à conclusao que o Mambo seria o ideal.

    Mas... Será que posso cobrar por um site em Mambo?
     
  2. estigma

    estigma Power Member

    Mambo é open source... logo...
     
  3. greven

    greven Folding Artist

    Não podes cobrar pelo site, mas podes cobrar pelo suporte que estás a dar à empresa em configurar o mambo. O linux também é gratis e podes cobrar pelo suporte do mesmo, etc, etc, etc...
     
  4. zarpt

    zarpt Power Member

    Mas então mesmo que seja eu a fazer o template e a configurar o mambo e a tratar do dominio e do alojamento, nunca vou poder cobrar grande coisa.

    Se calhar à volta dos 100€ ? :S
     
  5. StormhawK

    StormhawK Power Member

    Podes cobrar o que achares adequado. Lembra-te de que não estás a vender o Mambo, mas sim um serviço prestado por ti que por acaso é sobre essa plataforma.

    Tens é que ver a licença do respectivo, porque pode prever essa situação como aplicação comercial e talvez esteja sujeita ao pagamento de royalties.

    Basicamente o teu preço vai ser:

    Royalties do Mambo (tabelado, se aplicável)
    +
    O teu trabalho (determinado por ti)

    Como nunca mexi em Mambo não te sei dar uma opinião quanto ao valor, porque não sei o que isso faz ao certo nem se é muito trabalhoso lá mexer. Mas espero ter ajudado com a esquematização que fiz.
     
  6. zarpt

    zarpt Power Member

    A única licença que vi no mambo foi GNU License se não estou em erro.

    Por isso deve ser totalmente free e não se devem aplicar royalties, ou nao?
     
  7. Tafinho

    Tafinho Power Member

    Não. Podes cobrar o que quiseres.

    Recomendo a leitura do GPL a algumas pessoas que postaram...
     
  8. zarpt

    zarpt Power Member

    Hmmm

    Por caso li ainda agora assim por alto (é tarde e nao me apetece ler td ^^) e pareceu-me que dizia la que podia cobrar.

    Acho que vou ter mm de ler aquilo tudo :\

    Porque tambem nao quero estar a cometer alguma injustiça a cobrar por uma coisa pela qual nao devia cobrar!
     
  9. WhiteTiger

    WhiteTiger 1st Folding then Sex

    É evidente que pode cobrar o trabalho que vai ter em realizar o site mas qual é a confusão ??
    Não percebo, se fizerem o site em flash estão porventura a vender o Flash ao cliente ??
     
  10. zarpt

    zarpt Power Member

    Eu ja fiz alguns sites antes, mas nunca vendi.

    Será que devo estipular um preço base + as horas que gastar a completar o site + alojamento e dominio

    ou

    cobrar so as horas de trabalho + alojamento e dominio?
     
  11. Marsupillami

    Marsupillami Power Member

    Estipulas mais ou menos um preço que aches adequado / hora e dá uma estimativa ao cliente. neste tipo de trabalho, embora muita gente trabalhe à hora, é necessário dar um estimativa +/- precisa ao cliente, pois dizer-lhe o preço / hora pouco ou nada diz a uma pessoa que n sabe em que consiste o trabalho de design.
     
  12. zarpt

    zarpt Power Member

    Axam que 500€ já com dominio e alojamento incluido é um preço razoavel?

    Não esquecendo que vou usar mambo...
     
  13. greven

    greven Folding Artist

    A questão aqui é diferente porque ele não vai "realizar" o site, ele vai configurar quanto mais o mambo. :)
     
  14. Marsupillami

    Marsupillami Power Member

    Para configurar o mambo é capaz de ser caro, agora se vais tb desenvolver um design já não é. Tb depende do alojamento que estiveres a falar (e do tempo que estas a considerar) e se o dominio é um daqueles mais caros ou n (tipo pt ou com.pt).
     
  15. urban

    urban Power Member

    Tu podes cobrar do modo que entenderes melhor. Podes cobrar pelo mambo, pelo teu trabalho, pelo que te apetecer - desde que mantenhas o Copyright no código e entregues o código ao cliente.

    Em relação ao que pretendes orçamentar, eu normalmente sigo uma orientação base de preço/hora e numa estimativa de quantas horas vou gastar para fazer o projecto. Normalmente, se o projecto envolve uma tecnologia nova para mim, só cobro as horas que demoro a aprender a utilizar essa nova tecnologia se não considerar essa aprendizagem proveitosa para o futuro (por ex, se alguém me pedir um trabalho em fortran ou prolog, cobro todos os minutos e a dobrar, pois é difícil que volte a ter um trabalho nestas linguagens), ou se o tempo que perco a estudar essa nova tecnologia me faz perder outros projectos.
    Mas estimar o custo de um site é sempre relativamente complicado, e muito dependente da complexidade da apresentação do site. Já tive estimativas muito fora do que a realidade, mas com o tempo, as folgas começam a ser cada vez menores.
    500€ pelo site, se te deslocares ao cliente e tiveres de fazer um design não é caro. (Conheço pessoas que levam 300€ para configurar um fórum ;) sem tocar um milimetro no seu aspecto!).
     

Partilhar esta Página