1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Usem máscara.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Como é o vosso *nix Desktop?

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por Nuno19, 2 de Maio de 2007. (Respostas: 3121; Visualizações: 570114)

  1. esquiso

    esquiso Power Member

    [​IMG]

    Coisa simples.
     
    Última edição: 3 de Maio de 2007
  2. astrisko

    astrisko 1st Folding then Sex

    Cá está o meu

    [​IMG]
     
  3. Barroso

    Barroso Power Member

    dois temas nao tenho, o beryl(emerald) muda as decorações das janelas mas nao muda os botoes e scrollbars, o tema gtk que tenho vem no feisty e chama-se glossy, é parecido com o human mas gostei mais do look, para icones e temas e afins podes ir a http://www.gnome-look.org/, a dock chama-se avant window navigator e so funciona se usares o beryl ou o compiz, encontras-a aqui http://code.google.com/p/avant-window-navigator/, podes arrastar atalhos do menu para lá e funciona como se fosse uma window list normal mas com uns atalhos que lá puseres do lado esquerdo.
     
  4. grafo

    grafo Folding Member

    Petrhos isso é uma dock? o que tens em baixo? ou é simplesmente uma alteracao que fizeste no gnome.. ta mt fixe!
    era giro fazer uma lista de docks para o pessoal poder escolher bem... para gnome, visto que daqui pouca gente usa KDE :P tou a gozar, claro.
     
  5. r3pek

    r3pek Power Member

    com o beryl é mega facil.....
    seleciona a janela, CTRL+<Scroll do rato para cima ou para baixo> para cima é mais transparente e para baixo é menos transparente (pode ser ao contrario :P)
    se não der verifica os plugins k estao configurados no beryl.
     
  6. madskaddie

    madskaddie Power Member


    Gentes, o METACITY é um Window Manager: gere a posição das JANELAS, não põe flores a nada!!!

    O 3D veio confundir as coisas ainda mais:
    • X-Window-Server (ex: Xorg): serve as janelas: um programa é lancado e aparece uma janela sem bordos no ecran. A posicao nao pode ser alterada! Chato...e se tivéssemos um WindowManager?
    • WindowManager (ex: metacity, default do GNOME; Kwin, default do KDE, fluxbox,...). Gere os atributos das janelas: tamanho, posição, etc. Há uns mais avançados que têm uma barra em baixo como o fluxbox que dá para mudar de aplicação, modo para alterar a background picture, vários workspaces, etc , mas ainda limitado (para muitos, há quem delire com o fluxbox: bonito e eficiente!)... e se tivéssemos um DesktopManager?
    • DesktopManager (GNOME, KDE, XFCE): Gere todo o desktop, como fundos, icones, número de barras, taskmanager, automounts,...
    • Onde para o beryl??? Segundo o que percebi, o beryl/compiz situam.se ao nível do GNOME/KDE e aproveitam-nos para delegarem funções... tratando de os pipizarem... Não dá para correr fluxbox + beryl porque este espera que haja um Desktop Manager a fazer parte do trabalho por ele..-
    • Onde para o emerald??? Segundo percebi é um windowmanager, subsituto do metacity. Eu por exemplo já puz o fluxbox a trabalhar por debaixo do gnome...porquê? porque gosto do fluxbox mas quero icons no desktop, fazer drag&drop, etc... Não valeu a pena porque perdi o acesso aos atalhos do fluxbox e ao menu do rato (o fluxbox é MUITO avançado para WM, ao contrário do metacity, porque este espera que o GNOME trate dos atalhos, rato, etc...)
    Ah! Já agora: o GTK é uma biblioteca de GUI. O gnome está desenhado sobre esta biblioteca. As aplicações GTK correm tão bem no GNOME como no KDE (a menos do tempo de lançar a biblioteca para a memória que o KDE faz logo no inicio com a qt e viceversa). Sim claro que depende da memória do sistema! Se estiver cheia... a história é outra.


    AS traduções do beryl estão verdadeiramente merd*******. Isto não invalida que este seja muito giro, leve e bem mais estável do que o pintam. Não tá perfeito mas... ainda bem que juntaram os dois projectos (compiz/beryl).

    See Ya!

    O meu desktop não merece screenshot porque é recheado de uma data de icones completamente desorganizados num ambiente KDE 3.5, com barras transparentes (próprias do KDE). O terminal transparente é o aTerm com transparencia falsa: vê-se a background picture, não o que está por trás!
     
  7. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Depois de uns tweaks, fica aqui o meu desktop, que vai ficar assim durante uns tempos:

    wallpaper - deviantart
    icones (desktop) - deviantart
    gdesklet - good weather
    barra inferior - avant window navigator

    [​IMG]
    clicar na imagem para tamanho original

    Ps: se alguém quiser o wallpaper ou os ícones eu posso saber exactamente onde se encontram.
     
  8. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Por default fica à frente, sempre, mas pode-se mudar, pelo editor de configuração do Gnome (Aplicações - Ferramentas do sistema - editor de configuração). Com isso aberto é só ir a "Apps - Avant window navigator", e escolher a opção "Auto-hide".

    É óbvio que convém não teres a barra inferior do gnome, senão vai ser uma trapalhada. O avant mostra as janelas abertas, num desktop ou em todos, conforme escolhas nas opções, e por isso faz o mesmo que o "Lista de janelas" da barra do gnome, que por default vem na de baixo (lista das janelas abertas).

    Cheers.
     
    Última edição: 4 de Maio de 2007
  9. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Está tudo aqui:

    [​IMG]

    Instalei também isto -- http://ubuntuforums.org/showthread.php?t=343670&highlight=feisty+fonts

    É só seguir os passos, e as fontes ficam brutais (com as fontes acima na imagem)


    Cheers.
     
  10. madskaddie

    madskaddie Power Member


    Que eu saiba, precisas sempre de um Desktop Manager (GNOME, KDE, XFCE).


    rm -rf ~/.beryl* ;)
     
  11. CR_

    CR_ Power Member

    Se usares notas que Xfce come substancialmente menos recursos que p.e. GNOME.
     
  12. ElvioNeto

    ElvioNeto Power Member

    aqui vai o meu kubuntu 6.10

    ta simples mas eu gosto ;)

    [​IMG]
     
  13. grafo

    grafo Folding Member

    ola pessoal, era fixe alguem fazer um guia sobre como configurar bem o fluxbox... alguem se oferece?
     
  14. madskaddie

    madskaddie Power Member

    Isso é quase um mito... mas aqui vão as minhas postas de pescada:
    • Usar sempre fluxbox 1.0.* (as tabs dão muito jeito e só estão nas versões 1*).
      Compilar a source é MUITO fácil: ./configure;make;make install
    • Usar sempre um terminal transparente :002: . O aTerm é boa solução!
    • directoria de configurações ~/.fluxbox. Desde aí:
    • O ficheiro init tem informação sobre os detalhes das janelas e de todas as configurações, tipo quais os ficheiros com menu, keyboard shortcuts,...
    • ficheiro startup é também muito importante: nele define-se o que vai começar no inicio do fluxbox. O que se costuma por? Se quiseres uma background picture, usar o feh,... eu costumo lançar tambem o gnome-volume-manager (para automounts) e o gnome-power-manager (uso num portátil e dá jeito para hibernar, mas outras ferramentas são talvez melhor solução).
    • No fluxbox não uso icons no desktop mas é possível com algum trabalho com cenas tipo idesk. Filemanager? O mais leve deve ser mesmo o ROX mas isso é mesmo à vontade do freguês. A consola é uma boa opção 90% das vezes.
    • Usar o gtk-theme-switch para colocar as aplicações gtk mais agradáveis.
    No Debian, Ubuntu,... existe um pacote (menu) que actualiza os menus cada vez que se instala um programa. É um começo mas eu uso um ficheiro baseado nesse com umas alterações feitas por mim à pata para ter um acesso mais rápido.

    Isto é só uma introzita, o fluxbox merece bem mais! No site está documentação e existe um wiki com mais info

    Eu uso fluxbox quando estou cansado do kde (e kde quando estou cansado de não ter algumas features no fluxbox, a tal 'desktop-mania').
     
  15. Darkside_Blues

    Darkside_Blues Power Member

    e aqui está

    [​IMG]
     
  16. DanK

    DanK Power Member

    O meu simples:

    [​IMG]
     
  17. madskaddie

    madskaddie Power Member


    Estás "quase a comparar" coisas incomparáveis... não se pode fazer um fluxbox vs beryl/GNOME. A segunda opção tem muitas mais funcionalidades (já out of the box, por sinal). O fluxbox é para quem gosta de simplicidade e elegância. É como disse, eu canso-me de uns e vou para outros... conheço quem não largue mão do fluxbox.

    Em relação ao teu hardware... não, não vais aproveitar. Essa é das coisas mais bonitas no fluxbox: mostrar que (aparte dos jogos, produção multimédia e computação científica) os avanços tecnológicos já chegaram a um ponto tal que é só uma questão de marketing! Um utilizador normal, realmente não precisa mais que um fluxbox bem configurado(que corre bastante bem num PIII com uma placa gráfica com 16Mb), em vez disso dizem-nos que precisamos de janelas com vista* para não sei onde, e muitos de nós aceitamos isso nos primeiros momentos e passado algum tempo já não sabemos viver sem isso.


    *o beryl/compiz é um pouco aparte das janelas e vista, porque ninguém é obrigado (até pode ser complicado) a instalar a coisa, já nas janelas... No entanto o conceito, em termos de futilidade, é similar.