1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Como medir componentes com um multímetro & curvas IV com osciloscópio

Discussão em 'Electrónica' iniciada por Mortymore, 15 de Setembro de 2007. (Respostas: 26; Visualizações: 13533)

  1. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Supondo que possa ser util aos iniciados ou curiosos na área electrónica, deixo aqui uma manual que pretende dar uma ajuda na medição de componentes electrónicos mais comuns, com recurso a um multímetro.

    "Como medir componentes com um multímetro"


    Abraço
     
    Última edição: 12 de Abril de 2009
  2. skull_head

    skull_head Power Member

    muito bom esse pdf :004::004:

    cumps
     
  3. darkbullet

    darkbullet Power Member

    só tenho uma coisa a apontar, apesar da iniciativa ser óptima e do pdf estar excelente... (li na vertical), acho que nenhum iniciado vai usar um multímetro da FLUKE (muito caros) mas sim daqueles dos chineses... em que as opções de medição são mais especificas para cada situação (pois não têm escala automática) e são apresentadas outras escalas de leitura, para as quais acho que é preciso uns conhecimentos básicos para as ler...

    Cumps
     
  4. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Tens razão no que dizes, quando referes que o normal é um iniciado começar por comprar dos multímetros mais baratos que normalmente não têm escalas automáticas. Embora com escalas automáticas também os haja baratos, não é preciso pensar em Fluke. Mas é um facto que o normal é ir pelo caminho que referes.
    Contudo, o manual não se destina a ensinar a usar genericamente um multímetro. Apenas pretende ensinar a medir componentes pois há pessoas que não sabem que uma resistência não tem polaridade, por exemplo (e acreditem ou não, até num 3ª ano da faculdade). Portanto o manual é dedicado como diz o título, a quem pretenda aprender mais umas coisas sobre medir componentes, com o presuposto que já saibam mais ou menos usar um multímetro para outro tipo de medições mais comuns como tensão e continuidades. Há por exemplo quem se meta a medir resistências com elas inseridas num circuito e depois pense que não devem estar boas porque não apresentam o valor que era suposto terem... bom... qq pessoa que se mete nisto deve começar por perceber que o valor de resistência medido entre 2 pontos num circuito é natural que possa não estar afecto só à resistência que se encontra directamente colocada entre esses 2 pontos. A resistência tem que ter pelo menos 1 dos pinos removido do circuito, e este deveria estar desligado de qualquer fonte de energia e os condensadores do circuito descarregados se os houver... por exemplo, também é necessário ter conhecimentos prévios sobre a marcação de valores dos componentes, como conhecer códigos de cores... enfim... há N considerações...
    A ideia é basicamente ensinar a medir componentes isolados, não inseridos num circuito, sem mais considerações ou presuspostos.

    Um manual que ensinasse a usar genericamente um multímetro digital ou analógico com escalas manuais era um bom complemento e deveria preceder o que divulgo.
    Fiz esse manual porque noutro forum alguém um dia pediu umas dicas para medir certos componentes, e entendi que um manual poderia ir um pouco mais além, e ajudar mais pessoal.
    Pode ser que um dia se faça o tal manual de iniciação.

    Abraço

    PS: ninguém está obrigado a usar as marcas de multímetros que surjem no manual, nem me pagaram para a elas fazer publicidade. :-D
     
    Última edição: 16 de Setembro de 2007
  5. GoDNesS

    GoDNesS Power Member

    hehe muito bom! faz sempre jeito boa iniciativa :)
    tenho um multimetro mas é dos xinas :D:D
     
  6. MalefiKo

    MalefiKo Power Member

    Podias ter posto o post antes quando eu de necessitava de saber como usar o multimetro mas agora ja aprendi ... de kualker maneira obrigadao pelo post !!

    cumps!!!
     
  7. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Pois... mas isso poderia sempre ser dito seja por quem for, fosse em que altura fosse que eu tivesse feito o manual... Haveria sempre pessoas que já o saberiam usar, porque afinal não fui o inventor do "brinquedo" :007:

    Por outro lado, como não estava a pensar em ninguém em particular, mas em todos quantos ainda não têm estes conhecimentos em geral, pois cá está o manual para quem entender que lhe é útil, porque ninguém está naturalmente obrigado a nada.

    @MalefiKo
    Apesar do nick, sei que a tua intervenção não teve qualquer intenção "malefika" :004:

    Abraço
     
  8. dark_fenix

    dark_fenix Power Member

    concordo claro... um novo pdf dava jeito... para multimetros xinocas... :)
     
  9. O PDF está excelente! Bom post.
    Mas, de facto, um mutímetro que lê indutâncias... Isso deve ser uma pipa de massa. Raramente um iniciado terá desse material, digo eu...
    Mas quem saiba onde haja disso barato e de qualidade razoável, que diga qq coisa :)
     
  10. GoDNesS

    GoDNesS Power Member

    Na TV Lar em aveiro tem lá certeza, agora barato ou não.. já não sei
     
  11. Barão Vermelho

    Barão Vermelho Power Member

    Boa Iniciativa. É sempre de louvar o empenho Nacional em pequenas grandes coisas. Hoje um PDF amanha o mundo!

    Muito bom. Fácil Leitura e visualização.

    Cumps.
     
  12. Ra7or

    Ra7or Mestre BOINC

    Neste forum fiz algo muito simples, mas com a vertente de ser para informática, não está nada de especial nem é tão extenso, o objectivo era um publico que apenas querem saber o básico, e além do mais não sou nenhum especialista na matéria.
    O pdf parece estar mt bom, mas apenas li na diagonal, tenho de dedicar mais algum tempo.
    CUmps:kfold:
     
  13. GoDNesS

    GoDNesS Power Member

    Bom trabalho embora saiba parte das coisas que disseste acho boa a tua iniciativa, para começar a saber o básico é o ideal :) mais uma pagina o arquivo :D
     
  14. Ra7or

    Ra7or Mestre BOINC

    Muito obrigado. A ideia era mesmo algo muito acessível a todos, e nada de muito especial, se reparares nem referi como medir capacidades, e muitas outras coisas, que a quem estuda isto é muito necessário. Mas penso que o importante está lá e quando puder vou colocar lá como substituir o fusível do multímetro caso este queime.
    Cumps:)
     
  15. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Muito bom o teu manual. Gostei particularmente das breves introduções aos conceitos básicos, pois entender um pouco o que se faz e o que se mede é essencial.
    O manual não é extenso nem completo, mas é evidente que nuca o estará pois há sempre mais qualquer coisa a dizer sobre o tema das medições de grandezas eléctricas (ou outras), mas a ideia é precisamente apresentar um resumo compreensível por quem tem poucos ou nenhuns conhecimentos, porque os que os têm também não necessitariam do manual, não é verdade?
    O manual que fiz é apenas um apêndice ás medições eléctricas, debruçando-se apenas sobre a medição de alguns componentes eléctricos, e poderá ser visto mais como um complemento ao que fizes-te, que é mais abrangente, e destinado a explicar como efectuar medições de grandezas eléctricas em geral.
    Está um trabalho impecável. Como disse, haveria mais para dizer, mas um manual destes quer-se simples e directo ao que importa, e acho que conseguite muito bem o objectivo, e certamente muitos estarão gratos por trazeres até nós os teus conhecimentos.
    Obrigado pela partilha. Os foruns e a comunidade precisam é de pessoas assim. :009:

    Abraço
     
  16. Ra7or

    Ra7or Mestre BOINC

    Muito obrigado, e ainda bem que fiz passar algum conhecimento importante. Se todos contribuirmos, no intuito de ajudar e fazer passar informações, e conhecimentos os fóruns só têm a ganhar, e as pessoas também.

    Da mesma maneira que gosto de ler artigos que me ensinem algo, sempre que possa e saiba procuro contribuir com algo do género, tal como tu fizeste.

    O teu trabalho também é de louvar, além de ter mais informação o publico alvo é talvez mais exigente, mas também já tem algum conhecimento pré adquirido.
    Cumps:001:
     
  17. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Última edição: 13 de Abril de 2009
  18. Jorge Candeias

    Jorge Candeias Power Member

    Se ligares a massa do osc a um terminal do secundário, o fusivel quiema porquê?


    Cumps
     
  19. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Suponho que te estejas a referir ao fusível do osciloscópio.
    A massa do osciloscópio pode perfeitamente ser ligada a qualquer terminal secundário de um transformador, porque entre o primário e o secundário há isolamento eléctrico.
    Não se deve é correr a tentação de ligar a massa a qualquer lado, que não a terra, quando se fazem medições directas na rede com as pontas de prova tradicionais.

    Ainda não voltei a ler o PDF, mas não tenho ideia de ter dito algo que indiciasse isso. Possivelmente ter-me-ei explicado mal algures, ou terei dito algo que te levasse a pensar assim.
    Podias por favor dizer-me o que é que te deixou com essa ideia, para que fizesse uma revisão?

    O PDF e todo o trabalho que implicou foi feito durante estes últimos dias, e a espaços, por isso o trabalho foi muitas vezes interrompido, e às vezes podem ficar "pontas soltas".
    Por alguma incorrecção que o PDF possa conter, apresento as minhas desculpas, e desde já agradeço todas as sugestões e correcções.

    Abraço
     
  20. Jorge Candeias

    Jorge Candeias Power Member

    Eu tenho aqui um transformador 2:1 com ambos os enrolamenos isolados entre si, e uma vez precisei de ver um sinal num circuito ligado a este transformador (usa um diodo sozinho para retificar em vez de uma bridge) e queimei o fusivel do trans (5A) quando liguei a terra do osc ao ground do circuito (flutuante e ligado directamente a um terminal do secundário)


    Mas ya isto não tava no pdf... eu é que me lembrei, duma coisa que me tinha acontecido.

    De resto pareceu-me tudo bem, tirando o facto da forma de onda ter uma distorção horrível.


    Cumps
     

Partilhar esta Página