1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Encontrem os preços mais baratos dos componentes no Comparador ZWAME. Partilhem o link nas sugestões que apresentam.
    Remover anúncio

Comprar Online: mais seguro?

Discussão em 'Aquisições/Upgrades Portáteis' iniciada por daop, 18 de Outubro de 2008. (Respostas: 3; Visualizações: 567)

  1. daop

    daop Power Member

    Abro este tópico para tentar esclarecer algumas questões a quem nunca comprou um computador (ou qualquer outra coisa, como eu) via Internet, pedindo que enunciem as respectivas vantagens e desvantagens.

    Segundo li por entre as linhas deste fórum, comprar via Internet pode ser mais vantajoso graças a uma lei que protege o comprador à distância. Aparentemente temos 15 dias para fazer a devolução do produto com respectivo reembolso, independentemente da vontade da superfície onde efectuamos a compra.

    Por exemplo:
    Desejo adquirir um LG S510 e interessa-me comprá-lo na *****, por razões de acessibilidade e eventual assistência. Caso o portátil comprado venha com menos Dead Pixels do que é considerado defeito pela marca, menos de 5 ou coisa parecida; ou qualquer outro tipo de problema, a loja pode recusar a devolução ou troca da máquina. Caso a compra de tenha efectuado online o produto será obrigatoriamente aceite.

    É verdade?
    Não sei se é exactamente assim que se passa, daí pedir o vosso esclarecimento.

    Quem vir um producto numa loja deve voltar para casa e efectuar a compra pela Internet?
    E é fácil? Seguro? Rápido?

    Será realmente mais vantajoso?

    Obrigado pela vossa paciência. ;P
     
  2. skyline

    skyline Power Member

    na semana passada tive na websrrvinfor, e disseram.me. "se o portatil no primeiro mes tiver um dead pixel, podes vir ca e levas logo um novo. desde que o portatil esta sem autocolantes (postos pelo user) com os autocolantes de orgiem, e n apresente sinais de mau trato. isto se a compra fosse feito na loja fisica, agora por comprar online n faço ideia.
     
  3. vonManstein

    vonManstein Power Member

    Segundo o artigo 6.º do Decreto-Lei 143/2001 o consumidor que celebre um contrato a distância (por internet, telefone, etc. desde que não seja na loja física do profissional) pode resolver esse contrato livremente, sem qualquer fundamento(direito a livre resolução, mas direito ao arrependimento seria um nome melhor). O prazo mínimo é de 14 dias (as empresas podem adoptar prazos mais alargados). Uma vez exercido a empresa tem de devolver o dinheiro num prazo máximo de 30 dias, e claro, tu tens de devolver o bem.

    (Este Decreto-Lei é uma transposição [obrigatória] de uma directiva comunitária, portanto aplicável a todos os contratos a distância no espaço comunitário)
     
  4. daop

    daop Power Member

    Alguém que tenha tido más experiências com compras online/na loja e se tenha arrependido de não utilizar o meio alternativo pode explicar porquê? Qual o tratamento por parte do vendedor?
     

Partilhar esta Página