1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Computador(construção)

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico PC' iniciada por alexandrepereir, 14 de Abril de 2007. (Respostas: 12; Visualizações: 1537)

  1. alexandrepereir

    alexandrepereir Power Member

    Antes de mais peço desculpa se este não é o melhor sítio para colocar este post, ora, aqui vai, a minha intenção é montar um computador, não tenho praticamente experiência nenhuma neste meio mas como sou teimoso e trabalhar com um computador feito por mim é como se fosse um sonho. Quero um computador que dê para trabalhar com o Linux, nada de especial, até pode ser antiguinho, desde que não me deixe ficar mal.
    Alguém tem opiniões sobre o hardware que hei-de comprar?
    E já agora onde?
     
  2. esquiso

    esquiso Power Member

    Um limite orçamental era jeitoso ;)

    Eu com o PC que podes ver no My System, funciono perfeitamente em Linux.

    Em relação à loja, posso recomendar-te a PowerOn www.poweron.pt, visto que és do Porto. Foi lá que eu comprei todas as peças do meu. Tenta é ir numa hora mais morta senão és capaz de ficar um bocado de tempo à espera.

    Em relação ao hardware, dou-te alguns conselhos:

    - Foge forte e feio da ATi. Compra uma nVidia, e não vais ter problemas de compatibilidade ;)
    - Verifica se o controlador dos discos SATA da MB tem alguma especie de problema com a distro que estas a pensas usar. Vai aos forums oficiais, e faz um search ;)
    - Tenta evitar wireless, ou compra um adaptador/placa que tenhas a certeza que funciona com a distro, vais poupar ums dores de cabeça.
    - Compra o hardware que se adque às tuas necessidades e que tenha uma durabilidade razoavel.
     
  3. alexandrepereir

    alexandrepereir Power Member

    Gastar o menos possível esquiso
     
  4. esquiso

    esquiso Power Member

    CPU - Intel E4300 - 169.9€
    MB - Asus P5PL2-E - 80.5€
    Disco - Seagate 160 GB 7200RPM SATA II 8Mb Cache - 59.5€
    Fonte - LC-Power 420W 6420G V2.0 140mm - 32€
    GPU - Asus EN7600GS - 101.9€
    Mems - SAMSUNG DDR2 1GB 667 - 129.9€

    Total 573.7€

    Ainda te faltam a(s) drive(s) optica, a caixa, e os perifericos (teclado, rato, monitor). No 1º caso, nao te sei indicar, pois nao percebo muito. Podes optar por uma drive SATA, nao deverás ter problemas. O resto, fica a tua escolha pessoal :)

    Este computador não dá para muitas aventuras por OC, mas deves aguentar na perfeição com Linux durante os proximos anos. Claro que vais ficar algo limitado, mas penso que tens ai uma boa máquina para andar a mexer em Linux ;)
     
    Última edição: 14 de Abril de 2007
  5. alexandrepereir

    alexandrepereir Power Member

    Esquiso nao preciso de tanta coisa, 0s 160GB de HDD e demasiado e o 1GB de memoria tambem.quanto ao resto nao percebo muito bem nao me pronuncio.
     
  6. ShadeX

    ShadeX Power Member

    Hmmm. Pode comprar um P1, depois um P2. Aprendes alguma coisa sobre montar PC's e não gastas mais de €25 :) E é descontando o material que arranjes a custo 0, ie, dado.

    Se queres uma cena mais potente e mais "à séria" tens sempre as mini-itx da VIA. Não são nenhum assalto e exceptuado o raio do driver de X da V5xxx/8xxx o resto costuma ter bom suporte. São sistemas muito simpáticos para muita tarefa.

    Até dá para montar clusters sem ter de pedir uma puxada nova à EDP :P Toy cluster, but cluster. :)

    Em termos de estabilidade, em principio desde que tenha suporte não costuma haver probs, mas convem semrpe verificar primeiro. Infelizmente, esse cenário costuma excluir quase sempre o "latest'n'greatest"...

    Atm arranjas sistemas nf2/nf3 em 2ª mão baratinhos e nunca me deixaram mal...
     
  7. Razer14

    Razer14 Power Member

    Caixa: Asus TA881 - 30€
    Fonte: LC Power Fonte 420W - 35€
    Processador: Intel Pentium 4 631 3Ghz - 70€
    Motherboard: Asus P5VD2-VM - 70€
    Memoria: Gskill DDR2 512MB PC5400 - 40€
    Placa grafica: on-board(ou seja a placa grafica esta incorporada na motherboard)
    Disco Rigido: Hitachi 7200rpm 80GB SATA II - 50€
    Drive DVD: Nec AD-7173A 18x - 35€

    Total: 330€
    (preços em www.*****.com)

    mais barato k isto nao ha em primeira mao:)

    claro k o sistema k o esquiso indicou é mais potente mas para trabalho(linux) penso k é o suficiente:)
     
    Última edição: 14 de Abril de 2007
  8. esquiso

    esquiso Power Member

    Até podes ter razão, mas pah, um P2 já é abusar um bocadinho da benovolencia em termos de requirements de Linux :D
    Claro que com uma distro bem levezinha e bem configurada/optimizada, corria razoavel, mas para quem esta a começar, é sempre mais complicado acertar com uma distro mais chata.

    Em relação à minha config, o espaço em disco é capaz de ser exagerado, mas relativamente ao preço a que andam os discos, nao ias poupar muito mais. RAM, até podes por 512, mas para andar a fazer umas brincadeiras mais pesadas, já começa a ser lixado.
    Mas eu mantenho a minha opinião. Tens ali um PC, que para trabalho e ambientação com Linux, esta exagerado, mas depois de saberes mexer-te bem lá dentro, podes vir a precisar de algo mais possante ;) E assim, tambem te dura o PC durante alguns anos.

    Em relação à montagem do PC, é extremamente facil. Eu também montei este, com conhecimentos parcos. Mas percebi que não precisava de muito mais.
    Aparafusar a MB, montar o CPU, montar o cooler (atenção à pasta termica, espalha bem), montar as RAM's, montar a GPU, montar a fonte e ligar os fios todos (da fonte para a MB, ligar o fio da Fan do cooler à MB). Com calma, vais lá.
    Uma olhadela para o manual da MB faz milagres :)
     
  9. ShadeX

    ShadeX Power Member

    Pelo contrário. Eu hoje em dia sou um bocado radical quanto ao que uso precisamente pq me habitui a não ter os recursos.

    Um exemplo disso é o que faço em 3D. Tenho no hd cenas feitas à uns 10 anitos que rendem 10x mais depressa que coisas equivalentes fitas à pouco tempo. Causa? Na altura cada poligono contava e tinha de justificar a existência. 3D na altura era como low-poly modelling para jogos hoje em dia, é expremer até não dar mais.

    Vai dai, com uma box limitada o rapaz aprende rapidamente muita coisa. Esp a contabilizar recursos.

    Quanto a montar PC's, bom, desde prai dos P1 que é tudo quase plug-in (fora o conflito IRQ/DMA ocasional). Nos P1 ainda tinhas a hipotese de trocar o P8 com o P9 e ver fumo, atm nem isso. 386, Amigas, Mac's velhos e outras coisas "pré-históricas" isso sim dava dores de cabeça...
     
  10. esquiso

    esquiso Power Member

    Não ponho em causa a veracidade das tuas palavras, nao sou do teu tempo para saber isso :p Mas continuo na minha. Um P2? Provavelmente aguentará com coisas levezinhas.
    Mas Linux é só distros leves, pelo hard-way? É importante saber as bases e trabalhar bastante à vontade com terminal, aprendes mais num dia de instalação de Gentoo do que com 2 meses de utilização de Ubuntu e tal.. mas Linux é, a meu ver, muito mais para além do oldschool da linha de comandos.
    Para me irritar de vez em quando, já me basta as horas que perdi a por a placa de wireless a funcionar sozinha, as vezes que ela cai, sem razão aparente, as vezes que olho para os logs à procura da causa do erro, para ver se me vem alguma luz à cabeça. Será que isto é tão chato como andar a horas a fio na linha de comandos? Não, mas já aprendi umas coisas.

    É bonito ter uma máquina velha a correr fluido um SO, mas aprender Linux já não passa por andar com um ecrã preto com linhas brancas.
     
  11. ShadeX

    ShadeX Power Member

    So so. É muito mais obviamente. Mas, como invariavelmente vais ter de a uasr, mais vale tirar a coisa do caminho o mais rápido possível. Tudo o que é core acaba sempre em linha de comandos. O resto são apps.

    Concordo de novo, so so. Tendo em conta que uma parte substancial das "core tools" existem e vivem nesse ecã preto, o melhor é aprendêlas depressa, pq um dia podes dar por ti a olhar para um X que não funciona nem a cacete e não tens ideia de para onde olhar.

    Mas para mim o que continua a contar é a "boa vontade" da distro em não se atravessar no meu caminho. A minha opção por Slack tem sempre dois polos. Um é pela estabilidade (que exclui logo o cutting edge, mas garante que 90% das vezes JustWorksTM) e o outro é pq é a unica que não me atrapalha (pq tenta fazer muito pouco por mim).

    Por ex, eu com wireless quando exp não tive probs nenhuns. Fui sacar os drivers/tools da minha placa, ler os docs, compilar from source, acertar as conf e pronto, esta a bulir.

    A ser hardcore, era ir mesmo por LFS e empacotar a minah própria distro. Isso era outro sobre azul. Infelizmente o tempo não deixa, logo, NextBestThingTM :)

    Mal vistas as coisas, esse é um dos meus primoriais contras em relação ao Windows. Eu sempre quis era ter um Win que não fizesse nada por mim e me deixasse ir "construindo" à medida da necessidade. Mal falando, era ao que estava habituado depois de muitos anos de AmigaOS. Instalar o OS que trazia... o OS. Meter as tools, meter as apps. Modificar à medida da necessidade. Posso dizer-te que em anos de utilização tive prai 4/5 instalações do zero e sempre por mudança radical de máquina. O resto era sempre recauchutar o meu sistema até estar como eu queria. Ah well, tempos idos, e muito mais divertidos :)
     
  12. esquiso

    esquiso Power Member

    Pah, mas eu tendo uma máquina relativamente recente, consigo facilmente chegar à linha de comandos. Ter X não invalida que use a linha de comandos, que uso com um pouco de frequencia. O X, como interface gráfica, está ali para ajudar. Excluindo casos excepcionais, como pode o X atrapalhar n'alguma coisa? [Sim, é uma pergunta, :p]

    Até é provavel que me depare com um dia sem X, e faço o que? Pego no portatil, ligo ao router, vou à net e procuro por soluções. Se não as encontrar, vou aos forums da distro, e peço ajuda. Depois, tento perceber a solução que me dão :p Será que é menos legitima esta solução do que andar a moer a cabeça na linha de comandos?

    Percebo a tua opinião, mas para uma pessoa que quer aprender a trabalhar com Linux, e não queira andar a vomitar letra brancas ao fim do dia, não me parece que uma solução de CLI seja proveitosa. Até pode aprender imenso, mas sera que disfruta daquilo que aprende? Os tais bons velhos tempos divertidos?

    Com wireless, a minha história é o facto de as drivers oficiais para Linux não funcionarem. Só lá foi com ndiswrapper + drivers do win98.

    Continuo a achar que não seja mentalmente saudavel começar em Linux à bruta, entrar logo com Slack. Até pode acabar por funcionar, mas...
     
  13. ShadeX

    ShadeX Power Member

     

Partilhar esta Página