1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Comunicações: serviço cortado após atraso de dez dias

Discussão em 'Análises e Artigos - Internet, Redes e Segurança' iniciada por Kill Me, 20 de Setembro de 2012. (Respostas: 11; Visualizações: 5799)

  1. Kill Me

    Kill Me Power Member

    In http://www.agenciafinanceira.iol.pt...-televisao-internet-credito/1376259-1730.html


    Isto na prática significa que acabaram-se as fidelizações? Ou teremos depois de indemnizar na mesma a operadora, sendo que a medida "pretende evitar o endividamento das famílias"...
     
  2. RuiSousa881

    RuiSousa881 Suspenso

    As fidelizações não se acabam. Simplesmente agora o tempo dos pagamentos em atraso para a suspensão do serviço foi encurtado. Havia pessoas que tinham por vezes um mês de atraso, quando mais, agora ao final de 10 dias após a data limite do pagamento o serviço é suspenso. Caso não regularizes a dívida eles metem-te em tribunal.

    Entendo a parte dos ISPs, mas na minha opinião, esta medida vem numa má altura.
     
  3. Craven

    Craven Power Member

    alguém que me explique então como é que isto:

    vai funcionar no seu suposto propósito se as fidelizações não acabam e os clientes teem que pagar na mesma as mensalidades restantes do período?
    não faz grande sentido.
     
  4. Kill Me

    Kill Me Power Member

    Então mas se tiver fidelizado, e o cliente não tiver a possibilidade de pagar até 1 mês após data limite, fica com contrato "automaticamente resolvido, sem possibilidade de ser reposto em vigor"

    Ou seja fica sem serviços e obrigado a pagar tanto a dívida bem como todos valores associados à fidelização?..
     
  5. RuiSousa881

    RuiSousa881 Suspenso

    Ainda diz que: "Por fim, o diploma estipula a aplicação de uma pena «para o incumprimento total ou parcial do contrato, sob pena de o pagamento das custas processuais devidas pela cobrança do crédito recair sobre a própria empresa». "

    Lendo melhor a notícia isto até nem beneficia os ISPs. Até porque a maior parte dos processos para a cobrança de divida não dão em nada. E pelo que percebi o cliente fica impedido de voltar a ter o serviço.
     
  6. Vilma2

    Vilma2 Suspenso

    Contratos de Internet, telefone ou televisão serão anulados se dívida ultrapassar os 60 dias



    20 de Setembro, 2012




    Os contratos de fornecimento a particulares de internet, telemóvel ou televisão por cabo vão terminar se os consumidores não pagarem as contas 60 dias depois do prazo limite, disse hoje à agência Lusa fonte do Ministério da Justiça. A nova legislação foi hoje aprovada em Conselho de Ministros e pretende, segundo a mesma fonte, evitar que os consumidores acumulem dívidas grandes como vinha sucedendo, com empresas que não cessavam os contratos mesmo que os clientes não pagassem as contas.
    Nessa situação, o valor da dívida ia acumulando e atingia, por vezes, valores difíceis de saldar, que acabavam em tribunal, situação que se pretende agora evitar, já que valores mais pequenos serão mais facilmente pagos pelos devedores, explicou a mesma fonte do Ministério da Justiça.
    Com as novas regras, as contas das comunicações electrónicas devem ser saldadas nos 30 dias seguintes à data de pagamento. Se tal não acontecer, a empresa suspende o serviço. No caso de a dívida continuar por pagar nos 30 dias seguintes, a empresa fornecedora é obrigada a suspender o contrato.
    A dívida será depois paga recorrendo aos processos habituais, mas os responsáveis governamentais esperam que haja menos processos a entrar nos tribunais por os valores passarem a ser menores e mais facilmente pagos através de acordos extrajudiciais.
    Algumas empresas fornecedoras de internet, telemóveis ou internet já vinham suspendendo os serviços em caso da falta de pagamento, mas outras impunham o cumprimento dos contratos mesmo depois dos consumidores fazerem saber não ter possibilidade de suportar o custo, criticou, por seu lado, o secretário da associação de Defesa do Consumidor DECO, Jorge Morgado.

    «Achamos que pode ser uma medida interessante porque pode resolver o problema das dívidas de algumas famílias», disse Jorge Morgado à agência Lusa, que acusa alguns prestadores deste tipo de serviços de «insensibilidade» por continuarem a prestar serviços que as pessoas não podem pagar só porque têm contratos de fidelização assinados.
    No caso das empresas, o prazo de pagamento vai poder ser ultrapassado em 20 dias em vez dos actuais dez, mas o serviço só será suspenso se o fornecedor assim o entender, já que a lei não se alterou neste caso.
    A anulação dos contratos por falta de pagamento já foi testada anteriormente com os seguros automóveis e «resultou», pelo que foi agora adaptada às comunicações electrónicas, acrescentou a mesma fonte do Ministério da Justiça.

    Lusa/SOL
     
  7. vampixa

    vampixa Suspenso

    Não me parece que os operadores possam exigir qualquer indemnização devido a fidelização , ou cai por a base o argumento de cancelar o contracto para evitar mais endividamento.


    «Achamos que pode ser uma medida interessante porque pode resolver o problema das dívidas de algumas famílias», disse Jorge Morgado à agência Lusa, que acusa alguns prestadores deste tipo de serviços de «insensibilidade» por continuarem a prestar serviços que as pessoas não podem pagar só porque têm contratos de fidelização assinados.
     
  8. Turf

    Turf Power Member

    acho muito bem a medida. quem não tem dinheiro não tem vicios
     
  9. doomsday

    doomsday Power Member

    Pelo que percebo, isto beneficia bastante quem não quer respeitar os períodos de fidelização.

    Espero para ver na prática.
     
  10. ProOnHotStuff

    ProOnHotStuff Banido

    Se não tens para pagar à PT, também não para pagar a ZON. O Cliente deve ficar impedido de contratar serviços por um X tempo portanto o seu Nome deverá passar a constar numa lista para esse feito.

    Se não tens dinheiro, o contrato é anulado. As circunstâncias que, a certa altura, estiveram na base da formalização do contrato foram alteradas. Ou seja, quando fiz o contrato tinha dinheiro para pagar, mas por qualquer alteração inesperada na minha vida pessoal deixei de ter esse dinheiro. Trata-se de um motivo de força maior que impede o cumprimento do contrato.

    O período de fidelização, é válido e serve para proteger o investimento que os operadores fizeram para angariar ou segurar o Cliente. O Cliente não pode rescindir só porque quer, apenas isso.

    Esta medida é muito bem vinda. Em teoria, impede o operador de forçar o agravamento da dívida.

    Algumas empresas, serviam-se do periodo de fidelização para impor a prestação do serviço, mesmo após comunicação expressa por parte do Cliente de que não conseguia pagar.

    A dívida aumentava sucessivamente e dava origem a processo em tribunal. Os tribunais estão cheios de processos destes que não dão em nada...
     
    Última edição: 2 de Outubro de 2012
  11. doomsday

    doomsday Power Member

    Isso vai para além do que está escrito. E a criação dessas listas negras não é assim tão linear.

    Mas como disse, é esperar para ver a implementação da medida na prática.
     
  12. Blue Zee

    Blue Zee Power Member

    As listas negras já existem.
     

Partilhar esta Página