1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Configuração do make.conf @ Gentoo

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por spastikman, 14 de Fevereiro de 2007. (Respostas: 20; Visualizações: 1969)

  1. spastikman

    spastikman Banido

    Boas,

    Dentro de alguns dias, vou ter que instalar um sistema operativo num servidor. Como a performance é o factor mais critico, estou a pensar instalar Gentoo.

    O problema é que a máquina em questão, será um Dual Xeon Core2 Duo (provavelmente dois 5130), e eu estou um bocado às escuras na configuração optimizada.

    Quanto ao tipo de arquitectura, já sei que vou usar a flag -march=nocona, mas em relação à flag JOPTS estou um pouco às escuras, porque não sei se devo contar com cada core, se devo contar com cada core + Hyper Threading, etc.


    Alem destas duas flags, há mais alguma coisa que possa optimizar para um sistema de dois processadores ?


    Recomendam outra distribuição para este tipo de tarefas ?


    Basicamente o servidor será para (Apache + mysql + ftp + webmail).

    Digam coisas :D
     
  2. [knap]

    [knap] Power Member

    Nocona? Isso eram os Xeons Netburst (tecnologia dos Pentium 4), esses processadores são mais parecidos com um Pentium M.

    Acho que esses processadores não têm Hyper-threading por isso tens basicamente 4 processadores, não literalmente mas é isso que o sistema operativo vê.

    Quanto às configurações especificamente não te posso ajudar porque nunca utilizei Gentoo.
     
  3. pureluck

    pureluck Power Member

    pa, já instalaste gentoo em servidores antes? eu, como utilizador acérrimo de gentoo (é a minha distro de eleição) e tendo feito isso antes, não to aconselho.. torna-se bastante mais difícil de manter devido a problemas na portage (quando os mantainers de alguns pacotes se lembram de mudar adhoc use flags, etc), para além de não vir quase nada configurado de raiz (debian, no entanto, tem uns setups manhosos que, apesar de panilas, te ajudam com a produtividade do bicho...).

    se estás mesmo a pensar em instalar gentoo por causa da compilação/optimização, sabe que isso é um princípio errado para se usar gentoo. muita gente é aliciado pelos "ganhos de performance" desta distro (5μs por mês), e não deve ser assim. eu uso gentoo em casa e no portátil, e não é por causa das flags de optimização.. para além de que um server que tenha apenas apache + mysql + ftp + webmail não tem problemas quaisquer (nem ganhos significativos) a nível de processamento.

    quanto ao aproveitamento do hiperthreading, só funciona em aplicações com threads/vários processos (apache com mpm-forker, ou mpm-worker, por exemplo). não esperes tirar ht do superpi, por exemplo, que corre apenas um processo, o qual o cpu n consegue sub-escalonar :p o escalonamento de threads/processos em linux é feito a nível do kernel, e não das use flags, plo que tens de definir isso aquando a compilação do kernel. quanto à compilação por multi-cpu ou ht, podes definir isso no make.conf, procura por documentação em MAKEOPTS, mas a fórmula costuma ser -jN, onde N é o número de processadores vistos plo SO (4 no teu caso) + 1 (5, portanto). tem em conta que alguns pacotes n suportam compilação distribuida.

    JOPTS n é para java ? :x

    anyway, boa sorte para isso. e se possível poucas dores de cabeça ;)
     
  4. enok

    enok [email protected] Member

    gentoo para servidor?... humm, és corajoso! a não ser que seja um server simples... não me metia nisso.
    como já sabes, o gentoo tem de facto algumas optimizações "extra" relativamente a outras distribuições (ou pelo menos dá-te a liberdade de usares as que queres), mas continua a ser um SO mais direccionado a "development" (com a grande flexibilidade, facilidade em criar e experimentar diferentes ebuilds, etc), ou seja, mais orientado a desktop, na minha opinião.
    de resto é como o pureluck disse... boa sorte! :D

    ps: esta mensagem foi escrita apartir do Fedora Core 6.90... :P
     
  5. spastikman

    spastikman Banido

    Boas,

    A questão dos updates não me chateia minimamente.

    Como vai correr apenas Apache + mysql + postfix não vejo grandes problemas.


    Mas respondendo ao pureluck...

    Nunca instalei Gentoo num servidor, daí estar às escuras...
    Foi a primeira distribuição que instalei no meu laptop, e depois disso já tive ubuntu (precisava de umas instalação fresca em 2h, e com gentoo não conseguia), e só tenho a dizer que a diferença é bastante grande (no que toca a performance), mesmo começando a partir de uma stage3.
    Em relação ao MAKEOPTS, esquece o que eu disse estava mesmo a falar disso e não do JOPTS (devia estar bebado :D).


    O meu receio é que isto é para uma aplicação relativamente grande (a página em si, tem entre 200 a 300 mil page views por dia), e por isso é que estou preocupado com a performance.

    E como isto à partida vai para o datacenter da nfsi, e eu sou do Porto, não vou poder andar lá e cá a fazer testes com distribuições, por isso o que instalar agora, vai ser o que vai ficar, sem poder fazer testes de stress de carga, para ver se outra distribuição se porta bem.

    Em suma, não tenho grande experiência em configurar servidores optimizados para grande carga, e por isso não sei bem se a performance que se ganha compensará uma possivel falta de estabilidade.

    Mas obigado pelos conselhos :)
     
  6. spastikman

    spastikman Banido

    Enok, Fedodra está fora de questão :P

    É engraçado, mas conforme vão saindo as varias versões (FC2, 3, 4, 5 ,6 ) as vezes torna-se uma dor de cabeça para actualizar tudo de forma a que o sistema possa trabalhar com os repositórios das versões mais recentes.


    Quando muito, um CentOS :D

    Debian não gosto, porque não tenho grande prática...

    As opções nas quais me sinto à vontade são : CentOS, RH/FC/Trustix, Slack e Gentoo.
     
  7. enok

    enok [email protected] Member

    nesse sentido tens razão.. é dos grandes problemas da FC/RH..
    mas compensa noutros pormenores.. começa por ter um design simpático (Heroes style! :D), fácil de configurar, é dos poucos com suporte built-in para fakeraid (foi isso que me motivou a escolher-lo), etc.
    mas para server não interessa minimamente..
     
  8. pureluck

    pureluck Power Member

    pa, a cena é: não hás de conseguir muito ganho de performance com as optimizações do gentoo. preocupa-te mais em configurar bem e seguramente os teus servidores (o apache, principalmente).

    quanto às actualizações, se não as fizeres não há risco, mas se bem me lembro, o pacote do apache (de novo :x) teve uns problemas com o digest, e é um pacote extremamente mal mantido..

    tem também a noção que o MAKEOPTS só funciona para compilações (é uma flag que te define o número de compilações em simultâneo quando compilas um pacote). n vai funcionar para por o apache a correr mais depressa, só para o compilar mais rápido :x

    de qualquer das formas, o meu conselho é: vai para um debian, ou um slack. slack é arcaico, mas estável como um calhau velho, cheio de mofo, musgo e pinturas rupestres.. x) e configura muito bem (lê a documentação ;P) o apache e o resto dos servidores de modo a não executarem operações desnecessárias e cansativas para o teu cpu, ou andem aí com processos/threads a mais/menos.

    ps. toma nota que em gentoo o apache 2.2 e o excelente mod_proxy_balancer que te daria tanto jeito para o servidor estão HARD MASKED, e acredita que têm razão para estar dessa maneira (já andei por aí e correu muito mal :x).

    boa sorte com isso e se precisares de algo em que possa ajudar, diz coisas ;)
     
  9. ricardomcm

    ricardomcm Power Member

    Wow... gentoo num server.. cuidado que o gentoo nao é propriamente o mais estavel para o efeito.. é optimo em desktop, mas eu n o punha num server...
    Performance + Segurança + estabilidade = FreeBSD ;)
     
  10. spastikman

    spastikman Banido

    Tou tentado a meter debian por causa do repositório, mas se calhar vou mesmo pro CentOS.


    De qualquer maneira, agora tou com outro problema ...

    O servidor tem dois discos SAS de 15k rpm's com os quais vou fazer um raid 1

    o problema é que todos os tutoriais que vejo, são para fazer raid por software, coisa que não quero.

    Raid por hardware (tirando a parte dos drivers, isso já sei que vou ter de procurar), alguem sabe onde pesquisar ?
     
  11. pesta

    pesta Power Member

    Se tiveres MUITO tempo e MUITA paciência, tenta o OpenBSD... Não é fácil, mas não há melhor. Caso contrário antes iria para o CentOS do que para o Gentoo.
    Quanto ao RAID deve ser absolutamente intuitivo, se for por hardware... BIOS, criar array e tá a andar.
    Boa sorte
    Cumps
     
  12. k3ys3r

    k3ys3r Power Member

    Dois servidores a correr gentoo, nunca deram problemas (x86). Mas são servidores de jogos. Penso que para o que pretendes (Apache + mysql + ftp + webmail) freebsd é o melhor.
     
  13. xef

    xef Power Member

    Epá não te metas nisso!

    Depois de o fazer começas a pensar melhor: epá, afinal estabilidade e segurança é que são os factores mais críticos
     
  14. PrOdG

    PrOdG Power Member

    Estou aqui há algum tempo a tentar perceber em que é que se baseiam para dizer que a distro X é mais segura ou estável que a distro Y, mas ainda não consegui. Confesso que o conceito de "distro estável" nem compreendo. Alguém me pode elucidar?
     
  15. El_UnO

    El_UnO 1st Folding then Sex

    Estável e seguro = usar pacotes de 500 A.C (Debian e Slack) :D

    Falando a sério, acho que para correr coisas como apache + php + mysql + webmail (que foi o que o autor da thread pediu), Gentoo consegue ser perfeitamente adequado. Pode exigir mais atenção a ver os pacotes e a escolher bem as USE flags, mas com ferramentas em que é possível controlar bem as versões que se instala (como o package.keywords), mais a customização que a distro oferece consegue-se algo sólido. Dá um pouco mais de trabalho, mas consegue-se :P

    Eu tenho aqui o Apache instalado mais o php e o mysql, juntamente com um server ssh em Gentoo e não tenho motivos de queixa. Não uso intensivamente nem nada que se pareça, mas instalei e configurei tudo sem grandes dificuldades...e funciona.

    Gentoo também tem a vantagem de não vir "cheio de tralha", mas isso também se consegue num debian ou num slack :P
     
  16. PrOdG

    PrOdG Power Member

    Estável até pode ser, agora seguro é que não ;)
     
  17. spastikman

    spastikman Banido

    o que torna para mim o gentoo mais inseguro é o facto de vir de origem com as configs (das web apps) completamente defaults.
     
  18. PrOdG

    PrOdG Power Member

    Isso faz tanto sentido como dizer que uma firewall serve para bloquear o acesso à internet porque depois de a instalar nenhum programa consegue aceder à rede..

    Após a instalação de qualquer programa, em todas as distros que utilizei, a configuração que vem é a default. E é assim que é suposto, daí chamar-se default. As opções que cada um quiser, é configurar.
    Eu nem sequer referi nomes para evitar que esta thread se torne noutra distro-war, mas por acaso, num fresh-install de Gentoo a única app de rede que vem instalada (que me lembre) é um servidor de ssh.
     
    Última edição: 9 de Março de 2007
  19. spastikman

    spastikman Banido



    A questão não é essa... Quando comparado por exemplo com um trustix que vem com quase tudo fechado e com todo o tipo de mods de segurança, em que se queres realmente dar permissão, tens de alterar isso, o gentoo vem com tudo aberto, e tens de fechar/cortar acessos.


    É +- como uma firewall.

    Podes fazer um drop a qualquer pacote para qualquer porta, e depois indicar o que queres deixar passar, como podes fazer o inverso (indicar apenas o que não queres deixar passar).



    Seja como for, agora a aventura é outra.

    O servidor, tem uma controladora Adaptec AIC-9410 para fazer o raid com discos SAS. LiveCD Gentoo e CentOS não detectam :|

    A unica forma que vejo de resolver isto, é pegar num bootcd, montar a ISO, compilar um kernel com o devido suporte (existe suporte >=2.6.17 ), trocar o kernel do bootcd, e arrancar.

    Alguem tem mais alternativas ?
     

Partilhar esta Página