1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Conselho — curso a escolher

Discussão em 'Programação' iniciada por Zukdev, 12 de Setembro de 2018. (Respostas: 8; Visualizações: 283)

  1. Boas,

    consegui recentemente colocação em dois cursos na área de informática e necessitava da vossa ajuda para decidir para qual avanço. Os cursos são os seguintes:

    — CTeSP (2 anos) em Desenvolvimento para a Web e Dispositivos Móveis na ESTG—Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPP—Instituto Politécnico do Porto

    — Licenciatura (3 anos) em Engenharia de Redes e Sistemas de Computadores no IPVC—Instituto Politécnico de Viana do Castelo

    A questão é a seguinte: pretendo ter acesso a uma profissão que se possa exercer em boa medida à distância, pois estive 11 anos no estrangeiro e adquiri fluência em várias línguas. Isso permitir-me-à ter um contrato de trabalho noutro país e estar a maior parte do tempo em Portugal, como acontece com muita gente na área do IT.

    Para além disso considerar o prestígio da escola e do curso e empregabilidade/remuneração esperada no distrito do Porto (caso não consiga trabalho lá fora), tal como perspetivas de futuro e portas que me poderão abrir a outros cursos, nomeadamente engenharia informática e programação.

    Muito obrigado desde já pela ajuda.
     
  2. MOUSETM

    MOUSETM Power Member

    — Licenciatura (3 anos) em Engenharia de Redes e Sistemas de Computadores no IPVC—Instituto Politécnico de Viana do Castelo

    optaria pela 2ª opção, no futuro vai-te permitir fazer o que pretendes e neste momento é algo com futuro...
     
  3. Obrigado, MOUSETM. Mais opiniões?
     
  4. lpa

    lpa Power Member

    Boas,

    Não tenhas dúvidas, escolhe:
    - Licenciatura (3 anos) em Engenharia de Redes e Sistemas de Computadores no IPVC—Instituto Politécnico de Viana do Castelo

    É mais díficil mais tens um leque de opções muito mais alargada no futuro.

    Boa Sorte.
     
  5. lenric

    lenric Power Member

    2ª opção.

    Em PT o curso importa muito (menos do que lá fora). Portanto, se não arranjares nada lá fora, sempre tens a licenciatura que te abrirá mais portas aqui e posteriormente, com a experiência que fores adquirindo, tentares algo fora de PT.

    Isto não invalida que nos teus tempos livres não trabalhes em projetos teus e faças freelancing para empresas de outros países.
     
  6. cconst

    cconst Power Member

    Porquê duas opções tão diferentes? O que te levou a candidatares-te a um curso de programação e noutro de redes?!
     
  7. Masacool

    Masacool Power Member

    2 opção. Tirei essa licenciatura quando ainda era eletrónica e redes.
     
  8. Boas!

    desde já muito obrigado pela preciosa ajuda que me estão a dar.

    A questão é a seguinte: pretendo iniciar uma carreira no setor do IT de preferência numa função com futuro e que se possa realizar à distância. Não tenho propriamente preferência por uma área em concreto. O que eu queria mesmo era engenharia informática. Candidatei-me a vários sítios e havia também a opção por outros cursos na área do IT, tendo eu conseguido colocação nestes dois.

    Em relação às duas opções que referi, pelo contacto que pude ter até agora dá-me idéia que o IPP está bem mais avançado do que o IPVC a nível de sistema informático, processos, etc.. Já me deram dois Usernames/passw para me registar em 3 sistemas diferentes e no IPVC nada, ainda trabalham muito à moda antiga. Para a candidatura preenchi um formulário, enviei, e fiquei à espera. O resultados foram apresentados no site em folhas escaneadas... deixa-me muitas dúvidas em relação aos meios que terei à minha disposição para trabalhar.

    Este curso do ESTG/IPP pelos vistos dá acesso à licenciatura em engenharia informática deles.
    Conhecem bem o IPVC? Acham que dispõe de bons meios de ensino?
     
  9. Masacool

    Masacool Power Member

    Obviamente que o IPVC está mais atrasado, tem menos gente, menos dinheiro, etc.
    Mas tirei a licenciatura na ESTG e o mestrado no ISEP e não senti que estivesse menos preparado que os da licenciatura do ISEP.
     

Partilhar esta Página