1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Conselhos sobre osciloscópio para aficionado

Discussão em 'Electrónica' iniciada por news_js, 24 de Março de 2008. (Respostas: 5; Visualizações: 7176)

  1. news_js

    news_js Power Member

    Olá!

    Estava a pensar comprar um oscilóspio para uso amador. Já procurei informação na Internet mas continuo com algumas dúvidas:

    -Um de 30 Mhz chega para uso corrente? Estava de olho neste:


    É que os de 100Mhz são muito mais caros. Em que situações é que se precisa de um de 100Mhz?

    -As sondas de prova vem com o osciloscópio ou são vendidas à parte? E as chinesas do Ebay servem? É que a diferença de preço é enorme.

    Obrigado.
     
    Última edição: 24 de Março de 2008
  2. crazy-rap

    crazy-rap Power Member

    sim um de 30mhz xega bem. um de 100mhz é usado quando se trata de sinais de grandes frequencias. Para uso caseiro Normalmenta não se vai ver sinais com mais de 30mhz. Quanto as pontas de prova, aconselho umas porreiras, pois se forem de ma qualidade vão introduzir ruido na amostra que queres visualizar.

    Ja agora vais usar o osciloscopio para para ver que tipos de sinais?

    ps: o link nao esta a bombar.
     
  3. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Eu recomendo como mínimo um osciloscópio de 20MHz duplo traço.

    Claro que depende sempre para que se quer o osciloscópio, como já foi referido, e se a utilização é maioritariamente no campo digital, então um osciloscópio com capacidade de armazenamento digital (DSO), vai fazer falta em muitas circunstâncias. O problema é o preço que tem que se pagar por eles, embora haja por aí uns mais em conta tipo o OWON PDS5022S. Claro que não é nenhuma "bomba", mas tudo tem um preço.

    [​IMG]

    Embora haja osciloscópios baratinhos analógicos de traço único, recomendo pelo menos um com duplo traço como o que apresentas, porque isso permite comparar de forma imediata e simultânea 2 sinais, o que é útil em muitas circunstâncias, tipo comparar a entrada e saída de um determinado estágio de um circuito, por exemplo um amplificador, um filtro... etc. Até na área dos circuitos digitais, pode ser útil para ver em simultâneo o sinal de relógio, e o sinal num dado ponto do circuito, mesmo sem a capacidade de armazenamento do sinal pois pode tratar-se de um sinal que se repete no tempo, tipo PWM por exemplo.

    Há sempre também a opção dos osciloscópios que se ligam normalmente a uma porta USB de um PC, e o sinal é observado no ecrã deste. Acabam por ser soluções que devem ficar um pouco mais baratas pois não levam ecrãs LCD e paineis com botões. Todo o controlo e visualização é feito via PC.

    [​IMG]

    Quanto a pontas de prova, os osciloscópios já as trazem, embora algumas não sejam grande coisa, e se as que vêm com ele não forem mesmo nada de jeito, então a um preço consideravelmente baixo e com banda passante de 100MHz e selector de atenuação x1/x10 (1Mohm/10Mohm) há umas que aparecem no ebay que acho muito porreiras. Eu pelo menos gosto da qualidade construção delas, do tipo de garra retráctil que têm, e do facto de serem estreitas. De acordo com fotos que tive oportunidade de ver, o OWON PDS5022S vem com estas pontas de prova.
    Fica a foto:

    [​IMG]


    Embora isto seja apenas uma exposição muito básica e apenas deve ser tido como ponto de partida, pois haveria mais considerações a fazer, espero ter ajudado de alguma forma.

    Abraço
     
    Última edição: 2 de Abril de 2008
  4. news_js

    news_js Power Member

    Muito obrigado a todos pelas respostas. Eu ainda não sei exactamente quais serão as minhas necessidades futuras. Para já ainda estou a adquirir os conhecimentos teóricos necessários. Tenho como substrato os conhecimentos que adquiri quando fiz o ensino secundário na área de electrotecnia. Infelizmente na época estudava-se muita electricidade e quase nada de electrónica. Ai se no meu tempo tivesse a oferta que há hoje disponível... :) Actualmente ando a ler o excelente livro (2 volumes) "Princípios de Electrónica" de A. Malvino, e já comprei mais dois sobre electrónica digital (1 do mesmo autor) que vou estudar a seguir. Tenho algum equipamento básico de electrónica, como mutímetro digital e analógico, equipamento de soldadura, fonte de alimentação e placas para testes (breadboards). Falta-me é um osciloscópio para não ficar "cego", sem visualizar os sinais.

    Perante as respostas que obtive neste e noutros fóruns vou-me decidir por um analógico dos mais baratinhos de 2 canais. Ainda pensei comprar em segunda mão no ebay, mas desisti, tive receio de comprar...sem garantia...ainda para mais não percebo "patavina"... Mais tarde, uns anitos, quando se justificar, avanço para um Tectronik digital novinho em folha.

    Neste momento tenho dois osciloscópios em vista:

    O que referi acima, da Conrad.com, um Volcraft que, segundo me disseram, é um GW Instek (fabricado na Malásia) "reempacotado" ou lá como é o termo... Este modelo não vem com pontas de prova. É de 30 Mhz e fica:

    Osciloscópio 319 EUR
    Par de pontas de prova 45 EUR
    Portes 22 EUR
    ----------------
    Total 386 EUR

    Outro modelo, da pt.farnel.com, também GW Instek, mas só de 20Mhz. Este já traz 2 pontas de prova. Fica:

    Osciloscópio 259 EUR
    Portes 9 EUR
    ----------------
    Total 268 EUR

    Ou seja, há uma diferença de 127 EUR por mais 10MHz. O que será melhor? Obrigado.
     
    Última edição: 3 de Abril de 2008
  5. Mortymore

    Mortymore Power Member

    Eu ficava-me pelo de 20MHz.

    Para começar, se ainda não tens nada definido quanto á utilização, portanto vamos considerar o carácter académico e para familiarização com o instrumento, e a diferênça entre os osciloscópios que equacionas é apenas os 10MHz, creio que não se justifica o de 30MHz, pois salvo casos isolados em que talvez desse jeito mais os tais 10MHz, a verdade é que podes nunca sentir essa necessidade. A generalidade da falta de capacidade que vais sentir no osciloscópio, a acontecer, vai ocorrer em circuntâncias tais que não era com o acréscimo de 10MHz que te safavas. Depois o osciloscópio de 20MHz geralmente permite-te visualizar sinais com uma frequência um pouco mais elevada, simplesmente o sinal começa a ser atenuado ou a ficar "muito encolhido" no ecrã, mas dá sempre para ter uma ideia de um sinal que ultrapasse um pouco o limite da largura de banda definida pelo fabricante.

    Por outro lado considera que grosso modo o de 20MHz custa 2/3 do preço do de 30MHz. Acresce o facto de que, dada a motivação que sentes, e prevês que mais tarde venhas a comprar um osciloscópio melhor, o que fazia no teu lugar, se terias até já a capacidade de dispor do dinheiro para comprar o de 30MHz, era guardar a diferença, os tais €127, como ponto de partida para juntares dinheiro para comprar o teu osciloscópio "bombástico" ;)

    Durante muitos anos o osciloscópio que tive foi um Univolt OS3020 de 20MHz, que me deu um jeitão apesar das limitações que senti em determinadas circunstâncias. Pode ser visto a "bombar" na foto seguinte. No caso mostrado o circuito tinha como base um microcontrolador, um motor controlado por PWM, que o osciloscópio está a monitorizar, e sensores analógicos (pressão e IV).

    [​IMG]

    Abraço
     
    Última edição: 3 de Abril de 2008
  6. puscifer

    puscifer Power Member

    desculpem lá tar a ressuscitar o post mas preciso de saber que lojas de electrónica vendem Conrad ou ELV, estou a precisar dum wattimetro e os melhores que encontrei foi o Voltcraft Energy Monitor 3000 e o ELV Energie Monitor EM600-2 mas não encontro nenhum por cá.

    Cumprimentos
     

Partilhar esta Página