Multiplataforma Control (Remedy Entertainment, 505 Games)

Torak

Power Member
Peguei hoje na Ultimate Edition na Série X.
Já tinha acabado o jogo base na One X, mas ja foi há um ano atras. Não me lembro já muito bem de como era o jogo graficamente na One X. Apenas tenho a recordação de ter gostado muito do jogo.

Esta edição está muito boa mas é bitter sweet...
Ou seja, o modo com Ray Tracing está muito bom visualmente! Mas os 30 FPS actualmente custam um pouco a engolir. Especialmente quando se passa o jogo para os 60 FPS.
O gameplay a 60 é excelente! Mas depois de experimentar os modo de grafismo, falta ali qualquer coisa...
Não sei mesmo em que modo vou fazer uma nova run no jogo!
Adoro os visuais do modo grafismo, mas sinto falta dos 60 FPS!
Adoro os 60 FPS, mas sinto falta dos visuais com mais detalhe...

A única opção para ter ambos, é jogar no PC.
Mas a escolher entre as duas opções, os 60 fps serão sempre o melhor, pois afecta directamente a jogabilidade.
Entretanto, a MS já está prestes a lançar o novo SKD deles, o que deve trazer melhorias de desempenho.
Também já trás o Sampler Feedback Streaming, que vai dar loadings mais rápidos e se calhar também corta no espaço do jogo.
Isto se a Remedy atualizar o jogo para o novo SDK. Mas como tem boas relações com a MS, é uma boa possibilidade.
 

Snake Eater

Power Member
Estou a pensar em começar este jogo agora que já limpei algum backlog. Ouvi dizer que o jogo é um pouco confuso nas mecânicas no início do jogo. É verdade?
 

Torak

Power Member
Estou a pensar em começar este jogo agora que já limpei algum backlog. Ouvi dizer que o jogo é um pouco confuso nas mecânicas no início do jogo. É verdade?

Nem por isso. Tens poucas habilidades no inicio, o que torna o combate um pouco seca.
Mas começas a desbloquear habilidades e o combate melhora bastante.
A certa altura já andas a voar, enquanto mandas tiros e atirar blocos de betão aos inimigos, como se fosse natural.
 

ExiLeR

Power Member
Estou a pensar em começar este jogo agora que já limpei algum backlog. Ouvi dizer que o jogo é um pouco confuso nas mecânicas no início do jogo. É verdade?

Nem por isso. Tens poucas habilidades no inicio, o que torna o combate um pouco seca.
Mas começas a desbloquear habilidades e o combate melhora bastante.
A certa altura já andas a voar, enquanto mandas tiros e atirar blocos de betão aos inimigos, como se fosse natural.

A jogabilidade é bastante acessível e intuitiva... Rapidamente te habituas.

Geralmente a queixa da confusão não tem a ver com a jogabilidade ou mecânicas, mas sim com o mapa de jogo.

Tens de seguir um misto de mapa mais indicações nas paredes do próprio edifício e, mesmo assim, às vezes é complicado chegar aos sítios. Não tem em conta diferentes andares, é num plano 2D, sem zoom. E não dá para marcar nada no mapa como se fosse GPS.

Ajuda à sensação de andares perdido, como é suposto a personagem se sentir, mas...... às vezes é mais frustrante que envolvente, looool
 

Snake Eater

Power Member
A jogabilidade é bastante acessível e intuitiva... Rapidamente te habituas.

Geralmente a queixa da confusão não tem a ver com a jogabilidade ou mecânicas, mas sim com o mapa de jogo.

Tens de seguir um misto de mapa mais indicações nas paredes do próprio edifício e, mesmo assim, às vezes é complicado chegar aos sítios. Porque não tem em conta diferentes andares, é num plano 2D, sem zoom. E não dá para marcar nada no mapa coml se fosse GPS.

Ajuda à sensação de andares perdido, como é suposto a personagem se sentir, mas...... às vezes é mais frustrante que envolvente, looool
Fiquei com trauma de mapas quando joguei o Star Wars Jedi Fallen.
 

dodi280

Power Member
Estou a pensar em começar este jogo agora que já limpei algum backlog. Ouvi dizer que o jogo é um pouco confuso nas mecânicas no início do jogo. É verdade?

Em relação a mecanica do jogo não achei nada dificil, pois está bem estruturada, ganhas novas habilidades aos poucos e consegues habituar a tudo de forma progressiva.

Em relação ao mapa, é muito melhor que o Star Wars, é confuso e penso que esse é um dos objectivos dos criadores, pois somos novos naquele "edificio" e tem lógica não irmos ao sitio certo logo a primeira, como se já conhecesse o caminho.

A única coisa que não gostei no jogo e fez perder um pouco a piada, é que o mapa é um pouco confuso e é normal nos perdermos ou seguir um caminho errado e quando passamos em uma area com vários inimigos, temos de derrotar várias vezes, cada vez que se passa em um determinado sitio, estão lá os mesmos inimigos.

Prepara-te que o jogo é bastante confuso e tem várias camadas... É bom jogar com bastante atenção.
 

Snake Eater

Power Member
Já comecei o jogo, estou a gostar da jogabilidade e dos controlos. Não tinha ideia era que o jogo era muito confuso, mas vou ver se me consigo concentrar na história do jogo que parece ser interessante.
 

Cunha Esteves

What is folding?
A única opção para ter ambos, é jogar no PC.
Mas a escolher entre as duas opções, os 60 fps serão sempre o melhor, pois afecta directamente a jogabilidade.
Entretanto, a MS já está prestes a lançar o novo SKD deles, o que deve trazer melhorias de desempenho.
Também já trás o Sampler Feedback Streaming, que vai dar loadings mais rápidos e se calhar também corta no espaço do jogo.
Isto se a Remedy atualizar o jogo para o novo SDK. Mas como tem boas relações com a MS, é uma boa possibilidade.
Infelizmente isso nao vai acontecer, a remedy ja disse que nao iria tocar mais no jogo. Muita gente estava a pedir um modo 1080p RT 60fps, mas nem isso a remedy "quiz" fazer. Eles sao um estudio relativamente pequeno e pelo que sei tem 4 projectos em desenvolvimento
 

Bugu1990

Power Member
Infelizmente isso nao vai acontecer, a remedy ja disse que nao iria tocar mais no jogo. Muita gente estava a pedir um modo 1080p RT 60fps, mas nem isso a remedy "quiz" fazer. Eles sao um estudio relativamente pequeno e pelo que sei tem 4 projectos em desenvolvimento

1080p 60 com RT era o modo perfeito para este jogo na series X.
Basicamente o melhor dos dois mundos que me dividem neste momento.
 

Torak

Power Member
1080p 60 com RT era o modo perfeito para este jogo na series X.
Basicamente o melhor dos dois mundos que me dividem neste momento.

Nem era preciso baixar para os 1080p.
Nos testes do DF, eles notaram que com o modo RT, sem o frame cap, a XBSX ficava a rondar os 50 fps.
Provavelmente, bastava as novas optimizações do novo SDK ou baixar a resolução ligeiramente e já tínhamos os 60 fps com RT.

 

lpmacedo

Power Member
Nem era preciso baixar para os 1080p.
Nos testes do DF, eles notaram que com o modo RT, sem o frame cap, a XBSX ficava a rondar os 50 fps.
Provavelmente, bastava as novas optimizações do novo SDK ou baixar a resolução ligeiramente e já tínhamos os 60 fps com RT.

Aqueles testes foram feitos no photo mode, não traduzem a carga real.
 

Torak

Power Member
Aqueles testes foram feitos no photo mode, não traduzem a carga real.

A única coisa que não tem no photo mode é a carga de física e AI.
O resto está lá, sejam as texturas, transparências, ray-tracing, sombras, etc.
Por isso, sim é bem representativo da carga no GPU.
 

_SkyWaLKeR_

Power Member
Eu também não sou grande fã deste tipo de jogos mas gostei imenso do Control!
A explicação? Simples... Jogabilidade brutal, desde o max payne que a jogabilidade de um jogo não me intusiasmava tanto, e a fisica que é a melhor que vi num jogo já há bastantes anos!

A maioria das coisas no ecrã davam para distruir, mover ficar amolgadas... O que dá uma imersão brutal ao jogo...

Muitos jogos hoje em dia só se preocupam em ter gráficos bonitos e cheios de efeitos e depois falham por completo nestes pormenores... Gostava que mais jogos usassem o physyx ou algo equivalente...
 

dodi280

Power Member
Eu também não sou grande fã deste tipo de jogos mas gostei imenso do Control!
A explicação? Simples... Jogabilidade brutal, desde o max payne que a jogabilidade de um jogo não me intusiasmava tanto, e a fisica que é a melhor que vi num jogo já há bastantes anos!

A maioria das coisas no ecrã davam para distruir, mover ficar amolgadas... O que dá uma imersão brutal ao jogo...

Muitos jogos hoje em dia só se preocupam em ter gráficos bonitos e cheios de efeitos e depois falham por completo nestes pormenores... Gostava que mais jogos usassem o physyx ou algo equivalente...

Isso era o ideal, mas a grande maioria dos jogos AA/AAA mainstream são feitos para consolas e os recursos são limitados. Tiram de um lado para colocar de outro e o Control conseguiu implementar aquelas físicas porque é linear e na grande maioria do tempo em ambientes fechados e pequenos, não tem de carregar e processar muita informação. Tanto que quando vais para áreas abertas, esse tipo de destruição já é mais limitado.

Mas no geral, é um jogo muito bom, fiquei surpreendido pela positiva, terminei a história principal e tive pena de não ter tempo para explorar melhor as missões secundarias e objectos... Mas gostei bastante, vou brevemente jogar os dlc na PS5 para ver o que oferece.
 

Snake Eater

Power Member
Eu também não sou grande fã deste tipo de jogos mas gostei imenso do Control!
A explicação? Simples... Jogabilidade brutal, desde o max payne que a jogabilidade de um jogo não me intusiasmava tanto, e a fisica que é a melhor que vi num jogo já há bastantes anos!

A maioria das coisas no ecrã davam para distruir, mover ficar amolgadas... O que dá uma imersão brutal ao jogo...

Muitos jogos hoje em dia só se preocupam em ter gráficos bonitos e cheios de efeitos e depois falham por completo nestes pormenores... Gostava que mais jogos usassem o physyx ou algo equivalente...
Ajudar a isso tudo o som do jogo é brutal. Eu nem estou a jogar de fones mas vou experimentar. Só me perco um pouco nas missões, os sítios onde ir. Tenho de prestar atenção as placas do edifício e ver o melhor caminho.
 

JAC_TUGA

Power Member
@Snake Eater

Também me aconteceu isso no início, ficava um bocado confuso com as missões mas depois habituei-me. No entanto acho que podiam ter feito melhor nesse ponto, indicar melhor o jogador.
 

Satyr

Power Member
Por acaso foi uma cena que curti no jogo. Não dão muitas direções, o que obriga o jogador a usar o instinto e alguma exploração. Numa determinada fase do jogo já conhecemos os cantos a casa e torna-se mais fácil.
 

wowmiguelfcp

Power Member
Eu também gostei bastante do jogo, principalmente a exploração e o combate do jogo. Graficamente estava porreiro mas o maior destaque é toda as fisicas envolvidas. Em relação a história o jogo desiludiu me um bocado e dos jogos da Remedy que joguei (Max Payne 1 e 2, Alan Wake e Control, quero jogar o Quantum Break um dia) este foi o que gostei menos. O jogo começa com alta premissa e depois ao desenvolver é tudo muito vago e depois o final deixa tudo em aberto, parece que não teve um final o jogo.
 
Topo