1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Discussão Conversa da Treta: Fotografia & Video

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por RCSantos, 29 de Dezembro de 2016. (Respostas: 1969; Visualizações: 85472)

  1. Meje

    Meje Power Member

    Eu entendo que ter menus para alterar coisas é algo muito pouco prático e é algo que só deve ser necessário pontualmente.

    Por exemplo na Olympus EM10 II tens 3 teclas de atalho e uma delas altera as funções dos 2 dials que a máquina tem e podes definir o que cada tecla de atalho faz (dentro de combinações pré-definidas da máquina). Ou seja, eu rodo os dials 1 e 2 para alterar exposição e o parâmetro que está manual (obturador ou abertura). Se rodar as mesmas rodas carregando num botão de atalho, as rodas alteram o ISO e WB (poucas vezes é necessário). Para uma utilização corrida, isto é quase igual a ter 4 dials numa máquina muito pequena. Entrar num menu e escolher uma opção é algo muito menos intuitivo ou rápido. De facto se a canon tem esse tipo de menus, acredito que seja um downgrade em termos de interface.
     
    Última edição: 27 de Maio de 2019
  2. m4ndr4ke

    m4ndr4ke Power Member

    É verdade que na mirrorless podes fazer tudo sem tirar os olhos do EVF, porque a câmara exibe lá todos os menus.
    No entanto mantém-se a questão de passarmos a fazer a três passos as alterações que fazíamos a dois.

    Talvez a Canon pense que um fotógrafo precisa sempre de tirar a DSLR da frente da cara para operar aqueles 4 ou 5 botões em cima, mas a meu ver esse raciocínio é simplesmente errado. Qualquer um de nós, tendo um mínimo de habituação à câmara, sabe aqueles botões de cor e usa-os sem olhar. Pelo menos a maioria deles, vá.

    Daí que...aqueles controlos sabem a pouco.

    Aliás, eu tirei deste vídeo aquela imagem do menu da EOS R, e se repararem nos dedos do utilizador, a perda de tempo é evidente.

     
  3. Asustek27

    Asustek27 Power Member

    Boa noite. Não sei se é este o tópico mais correcto para fazer esta pergunta mas cá vai... há alguma forma de baixar a qualidade de reprodução de um vídeo no VLC ou no Media Player Classic ou mesmo no Windows Media Player tal como no Youtube? Eu tenho um vídeo em 1080p que gostaria de reproduzir num pc antigo e não consigo. No Youtube por exemplo podemos baixar para 480p ou 360p e já conseguimos ver esse vídeo mesmo que esteja em 1080p ou 4K. Obrigado :001:
     
  4. MacFreak95

    MacFreak95 Power Member

    Não, não é possível. Terias de fazer re-encoding ao vídeo para ficar permanentemente com uma resolução mais baixa. Quando carregas um vídeo para o Youtube, o site transforma o ficheiro em vários ficheiros diferentes, cada um com a sua resolução, e depois o cliente pede a que lhe for mais conveniente.
     
  5. Asustek27

    Asustek27 Power Member

    @MacFreak95 muito obrigado pela explicação, sendo assim vou converter para uma resolução mais pequena para conseguir reproduzir nesse sistema!
     
  6. matavelhos

    matavelhos Power Member

    Ou seja, se queres uma Canon ou uma Nikon compra uma DSLR, se queres uma mirrorless compra uma sony.
     
  7. MylleZ

    MylleZ Power Member

    Se tiveres muitas lentes 3rd party (Tokina, Tamron e afins) para Canon e Nikon.

    Senão, com o adaptador, já tens máquinas mirrorless bem competentes e completas, quer na Nikon, quer na Canon.

    A Sony está, neste momento, mais orientada para o mercado profissional, por ter um sistema mirrorless mais completo (muitas lentes e corpos capazes).

    A Canon e a Nikon estão a começar, e acredito que rapidamente vão ter sistemas mirrorless competentes para uso profissional (corpos e lentes).

    Eu tenho a Nikon Z 6 e acho que é a melhor full frame que já tive, independentemente de ter um só slot para XQD (nunca tinha usado um cartão destes e é rápido como um foguete - passei uns 2GBs de fotos para o PC, ontem, numa questão de segundos).
    Para o meu uso, a 24-70mm f4 chega perfeitamente (já existe a 2.8 também, mas muito cara), a 50mm 1.8 é espetacular mesmo e o FTZ deixa-me usar a Tokina 100mm manualmente, mas com confirmação de foco (com o focus peak consigo usar a lente na mesma, quase tão bem como antes - para retrato, porque para macro quase sempre a uso em modo manual).
    Depois, já existe uma UGA para o sistema Z (14-30mm f4), a 35mm 1.8, uma Samyang 14mm 2.8 (deve ser manual) e estão para breve as 70-200mm 2.8, 20mm 1.8 e 85mm 1.8 (não falo da 58mm f/0.95 porque isso é exótico demais).

    Acho que é já um lineup mais do que suficiente para 90% dos utilizadores (mesmo profissionais).
    Em 2020 vêm mais lentes e, quase de certeza, mais corpos.

    Estou a falar da Nikon porque é o que tenho.
    Esta Z 6 está mesmo muito boa.
    Até o tão aclamado foco no olho funciona muito bem.

    Por isso não concordo que Nikon e Canon sejam só DSLR.
    Já entraram no mundo mirrorless e quem quiser apostar no futuro já pode começar a comprar os seus corpos mirrorless.

    Não vi o vídeo acima, mas esse casal anda biased para a Sony, neste momento :)
    Já foram Canon, depois apaixonaram-se pela Nikon D500 e D850 mas agora só querem saber da Sony.
    Usem este tipo de canal para saberem das specs e novos lançamentos.
    O que eles pensam é mesmo isso - o que eles pensam...

    Cumps
     
  8. MacFreak95

    MacFreak95 Power Member

    Tenho curiosidade em saber se a Nikon vai optar por lançar um corpo crop com o Z Mount ou se vão fazer um mount diferente à lá Canon. Para mim é uma vantagem da Sony neste momento, dá para ir pelo caminho antigo de ter um corpo crop e ir comprando vidro full frame, e depois simplesmente fazer upgrade ao corpo.
    A meu ver foi um tiro no pé por parte da Canon, separar o EF-M e o RF.
     
  9. MylleZ

    MylleZ Power Member

    Teria lógica, apesar do Z-mount ser enorme (é enorme para FF, imagina para crop :p).

    Mas seria bom. Não sei é se a Nikon se vai aventurar numa mirrorless APS-C tão cedo.

    Com jeitinho aproveitam o Z-mount para uma futura médio formato.
    Cada vez mais as APS-C vão perdendo para as FF, cada vez mais acessíveis.

    Cumps
     
  10. o que mostram no video é que o mercado mirrorless da nikon/canon é uma gota de agua quando comparado ao seu mercado dslr. o que é normal tendo em conta que a apostas destas marcas nesse mercado é recente. no entanto, e ao contrario da sony que na altura da aposta em mirrorless não tinha muito a perder (a sua quota de mercado era muito baixa), a canon e nikon têm muito a perder se ignorarem toda a sua fatia de mercado existente DSLR.

    A oferta mirrorless da canon/nikon é insuficiente para o bolo das pessoas de um momento para o outro encostarem as dslr e passarem apenas a comprar corpos e lentes mirrorless dessas marcas. O argumento deles é que a canikon ao optar por desenvolver uma lente mirrorless está a ignorar 99% dos existentes clientes da marca, já que a esmagadora maiorias dos clientes tem DSLR e não poderá usar essas lentes. A previsão é que daqui por 3 anos, quando lançarem uma lente mirrorless fullframe, o target é de 5%, o que ainda é um numero muito baixo.
     
  11. timber

    timber Zwame Advisor

    A Nikon conseguiu a sua posição actual na mudança global tecnológica de telémetro para reflex e a Canon conseguiu finalmente a sua ascensão ao mercado profissional na mudança tecnológica de reflex manual para reflex AF.

    Não deixa de ser curioso que estas próprias marcas não reflictam o suficiente sobre a sua própria história.
     
  12. Meje

    Meje Power Member

    Aqui está uma resenha da evolução do mercado e de como a Canon e a Nikon dormiram enquanto a Sony fazia o seu trabalho de casa.

    É impressionante como estes gigantes deixaram a Sony criar e liderar um segmento de mercado tão importante como é o FF mirrorless...
     
  13. MacFreak95

    MacFreak95 Power Member

    O market share tinha de diminuir. Mirorless FF basicamente só existia Sony e Leica, agora existem alternativas.
     
  14. obvio que tinha de diminuir, a questão é quanto...
     
  15. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    Mas será que foi a Sony que "perdeu" ou foram as mirrorless que "ganharam"? 50% de 100 é mais do que 100% de 40.
     
  16. timber

    timber Zwame Advisor

    Pois sem os números absolutos não se consegue saber grande coisa.

    Basta ver o iPhone por exemplo cuja cota de mercado tem descido continuamente ou estabilizado conforme o mercado e modelo em particular e as vendas aumentam quase em todos os modelos.
     
  17. MacFreak95

    MacFreak95 Power Member

    Provavelmente é uma combinação das duas. Abrindo o site que eles citam como fonte, e usando o tradutor, diz isto: "a taxa de crescimento de vendas de óculos sem espelho em abril cresceu significativamente em 162,7% em comparação com o mesmo mês do ano passado".
     
  18. market share é % de vendas da marca sobre a totalidade de vendas realizadas... e apenas se esta a falar de FF mirrorless, tudo o que não entre nesta categoria não é contabilizado na %.

    se se venderam 100 maquinas naqueles mês, 50 foram Sony, 30 Canon e 15 Nikon. 6 meses atrás teriam sido 100 Sony.
    se se venderam 200 maquinas naqueles mês, 100 foram Sony, 60 Canon e 30 Nikon. 6 meses atrás teriam sido 200 Sony.

    A Sony continua na melhor posição, das 3 ainda é a que continua a crescer mais, mas está a perder vantagem a cada mês que passa, resta saber se o market share vai estabilizar ou se vai continuar a variar.

    se formos a olhar para o market share mirrorless como um todo (FF e sensores mais pequenos), no Japão em 2018 já tinha a Canon à frente (tanto em DSLR como em mirrorless), acho que por aqui dá para perceber o peso que mirrorless FF não tem, tal como falavam no video.
     
    Última edição: 12 de Junho de 2019