1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Conversa da treta sobre o Windows Phone

Discussão em 'Windows Mobile e Wearables' iniciada por Etnic_bOy, 24 de Julho de 2015. (Respostas: 20110; Visualizações: 686175)

  1. kronozord

    kronozord Power Member

    Eles nao pensam, eles sabem que a malta é cega.
     
  2. bseixas

    bseixas Power Member

    Quando por quase 900€ entregam um ecrã 6.1'' quase HD e um carregador que nem suporta fast charge out of the box acho que está tudo dito, felizmente que só compra quem quer (ia dizer também e quem pode mas nem é bem assim embora cada um saiba de si).

    Infelizmente a Microsoft não é capaz de aproveitar este mais do mesmo cada vez mais caro com tanta passividade, é que do outro lado o mais do mesmo está cada vez mais barato, é essa a grande diferença para mim isso e não ter de assumir compromissos/cedências num smarphone de topo bem pago que não faz qualquer sentido.
     
  3. Psyke89

    Psyke89 Power Member

    Dava de bom grado algo parecido por 1020 v2 ou um 930 v2 com SoC atualizados e Core OS.

    Alias mais facilmente que a estupidez do foldable.
     
  4. bseixas

    bseixas Power Member

    Por falar nisso, tudo actualizado por aqui e ainda funcionam os "650" "950" e "950 XL" (leia-se 830, 930, 1020 e 1520). :D
     
  5. bseixas

    bseixas Power Member

    @hjnr

    A Microsoft é que sabia quando decidiu que não precisava do mobile para nada, o resto era só conversa de hater. :D
     
  6. hjnr

    hjnr Power Member

    A verdade é que, dependo do estilo de roupa usado, um Surface cabe perfeitamente no bolso.

    É só enfiar lá o chip 4G e o slot para o cartão SIM e já está!

    Surface phone!

    De nada, Nadella :lol:
     
  7. bseixas

    bseixas Power Member

    Depois é só fazer o "Will it bend ?" e se dobrar, temos um foldable Surface. :-D
     
  8. LSDigital

    LSDigital Power Member

    quem n queria um 1020v2...
    foldable só n presta pk ainda ng precisa deles, mas o formato atual já deu o q tinha a dar...
    há quanto tempo… já n é noticia.
     
  9. hjnr

    hjnr Power Member

    Certo, é noticia porque foi mais um estudo e neste caso português.

    Ou o estavas a referir-te de a MS já não ser forte nesta campo há muito tempo:002:?
     
  10. LSDigital

    LSDigital Power Member

    n é pk está escrita em português q é noticia. ok, são dados nacionais, mas o q realmente conta são os mundiais e já há muito q o mobile passou o pc. a MS desde o WM6.5 q se tem vindo a afundar, mas isso só n sabe quem n quer...
     
  11. hjnr

    hjnr Power Member

    Mas nisso estamos de acordo.

    O facto do estudo ter sido colocado foi apenas por ser português.
     
  12. Rexobias

    Rexobias Power Member

    A verdade é que os tempos mudaram e a MS ficou completamente perdida com as mudanças que ocorreram. Não se mexeu e assistiu de forma calma e serena ao crescimento de novos adversários.

    Posto isto, o Windows está perdido completamente no que toca a um mercado de consumo, falo obviamente numa perspectiva de Entretenimento e consumo de Media. Com isto, todo o mercado que desenvolve Software deste género vai atrás e com o passar do tempo a única forma de aceder aos novos serviços da "cena" num SO da MS é através das versões Web das mesmas (optimizadas para Browsers de terceiros). Enquanto isso, algumas das Apps vão sendo descontinuadas no Windows surgindo o típico Popup "Please use our Android/iOS Apps" e as novas que surgem são exclusivas dos mesmos - posso assegurar que isto está já a acontecer no local onde trabalho (está agora mesmo a sair uma nova App para os dois SOs da "moda").

    Resta o "parque automóvel" Legacy, ferramentas profissionais e o PC Gaming.

    Eu sou um daqueles que tem expectativa para um novo Device ultra-portátil da MS (seja o Andromeda ou não), mas por muito bom que seja não acredito que tenha qualquer hipótese. Terá a tesão do mijo inicial onde terá bastante suporte 1st Party (teoricamente), mas não acredito que nesse espaço de tempo vejamos o necessário e obrigatório suporte 3rd Party a aparecer. Mais, o ser humano é bastante resistente à mudança além de ter um historial de compras e estando fidelizado para com a Google Play e App Store durante anos (o contador aumenta todos os dias - amanha podemos somar mais 24 horas).

    A forma como a MS fala das PWAs mais me parece desespero que outra coisa (isto agarrando num vídeo partilhado recentemente pelo Blog Windows Developer). Uma tentativa frustrada de tentar obter simpatia de Web Devs e aceder a serviços que de outra forma nunca marcariam presença na Windows Store.

    A Microsoft é aquele tipo que tinha um casamento feliz e a esposa amava-o tal como era, mas tem feito tudo o que pode para agradar e conquistar as colega novas que entraram recentemente na empresa. Foi perdendo cada vez mais tempo no trabalho e em almoços/jantares da empresa para agradar a terceiros, enquanto ia ignorando a esposa em casa que mesmo com a falta de atenção continuava a acreditar nele e estar do lado dele. No final o casamento terminou, disse adeus à esposa que ainda o amava, e nunca conseguiu sair da FriendZone das colegas.

    Nesta pequena novela é simples entender quem é o Windows, o Android, iOS, Devs e Users Windows, etc.

    Não sou um profeta da desgraça, mas é como as coisas são. Não sei que espaço/segmento quer a MS ocupar com o Andromeda, mas para Devices puramente profissionais já temos muitas opções. Não consigo entender como as mentes que sempre tiveram no Windows uma fusão entre os Mercados Consumer e Profissional, e realçou esta visão híbrida com a concepção dos Surface teima em separar águas na Trend que destronou o Windows.

    O Andromeda tem uma tarefa Herculana pela frente sem Devs, sem Conferências focadas em UWPs (a última Build foi mais focada em material para Azure e Serviços que o Frontend propriamente dito), sem Utilizadores, sem os TopGrossing Games que fazem mensalmente milhões nas outras Stores, sem Apps nativas dos mais diversos Serviços, com N debilidades. Não falo em desistência, mas ninguém aqui viu nem tem visto qualquer GroundWork por parte da MS nos últimos anos, seja em atitudes, seja em coisas práticas. Tem-se colocado sim, e bem, para ser o Content Provider de Infra-Estruturas para os outros, mas falta a outra parte.

    Pelo menos, eu sinto a falta dela ...
     
  13. kronozord

    kronozord Power Member

    Para nao falar que no mercado dos jogos e mesmo em full windows a loja é um deserto. Quantos AAA games temos lá? meia duzia de gatos pingados e a maior parte sao jogos MS..

    P.S. Nao foi este ano que a //Build nem sequer esgotou?
     
    Última edição: 18 de Setembro de 2018
  14. LSDigital

    LSDigital Power Member

    isso tem a ver com as politicas da loja/preços.
    @Rexobias n é por n ter nada na categoria smartphone q a MS deve ignorar o mobile. pela tua conversa pareces pensar q andromeda=smartphones. sabes bem q a principal característica do windows é ser multi-device/multi-hardware onde cada tipo de hw se destina a um nicho especifico. o andromeda é o caminho necessário para eles expandirem o tipo de hw onde o windows corre. ou achas q podiam expandir por outros lados?
     
  15. Rexobias

    Rexobias Power Member

    Seguindo a mesma lógica do Groove Music, deviam desistir e remover os Jogos da Store visto que a Steam, e outros têm maior Market Share. Estou a ser sarcástico, mas é como as coisas são quando não são líderes ... em vez de seguirem o seu próprio caminho e continuarem a apostar, começam a cometer erros atrás de erros e eventualmente arranjam as justificações para desistir de vez.


    Tendo por base o que se sabe do Andromeda, por muitas barreiras que possa transcender, será visto como um Smartphone. Se é Pocketable, se tem um formato rectangular, se é Touch, se tem telefonia, independentemente do número de ecrãs é conceptualmente um Smartphone (por muito mais que possa fazer ao ser Powered by um SO superior aos Mobile - que eu acho e acredito ser, como sabes).

    O ZTE Axon tem dois ecrãs e permite fazer coisas que os Smartphones normais não permitem e no entanto ... não deixa de ser um Smartphone, da mesma forma que um Blackberry tem teclado e não deixa de ser, um Note tem caneta, etc.

    Eu estou plenamente a favor do Andromeda e do projecto Windows ARM, porque compreendo que é importante para o Windows estar em todo o lado e ser massivamente compatível com diferentes tipos de Dispositivos. Basta ver que da mesma forma que meteram o W10 a correr num Lumia também já o meteram num Raspberry Pi, obviamente que são motivos para sorrir.

    Contudo, tudo isto é giro aos olhos de Geeks como nós, mas em termos práticos significa zero para o Casual Joe que quer usar e usufruir das coisas sem pensar muito. O problema que eu referi com o meu comentário é acima de tudo a nível de Engagement. Sem o mesmo, que neste caso é feito através de um Ecosistema de Software aliado ao bom Hardware que esperamos ver num Andromeda (se vir a luz do dia), não tem grandes hipóteses de triunfar. O que não faltam são conjuntos de Hardware potentíssimos a serem derrubados por conjuntos tremendamente inferiores por causa do tal Ecosistema de Software (basta olhar para as consolas de Jogos onde tens várias gerações onde Ferraris foram derrubados por Citroens).

    É neste ponto que me foco, e como já se esperava a morte do W10M (ou saída do mercado Mobile - chama-lhe o que quiseres) não beneficiou em nada a Microsoft Store. Agora até tens UWPs propriamente ditas a ser descontinuadas, não estamos a falar de Apps Silverlight ou Hosted Web Apps, estamos a falar de UWPs. Isto devia ser sinal de alarme ... a não ser que o objectivo seja pegar em toda a Stack de Desenvolvimento 1st Party deles e mandar pela janela fora (uma ideia ao Nadella, sempre poupa mais alguns $ para deixar os investidores felizes).

    Um exemplo: https://mspoweruser.com/microsoft-reveals-the-scale-of-the-failure-of-the-windows-store/

    Não sou fan (muito longe disso) do autor do artigo, mas independentemente da interpretação a frase seguinte é inegável, o que representa um claro problema que afecta directamente os planos seguintes para o Windows (não preciso de escrever mais uma centena de palavras para explicar o porquê).

    Sendo mais grosso e pegando num comentário ao artigo:

    (não concordo com o mesmo, mas se as coisas continuarem como se têm visto eventualmente a frase fará sentido)
     
    Última edição: 18 de Setembro de 2018
  16. kronozord

    kronozord Power Member

    Exacto, e a loja do windows nao vai a lado nenhum, logo, podiam lá por mais uns joguitos.
    Eu prefiro ter um sistema de distribuição centralizado e só os jogos ja dariam um bom upgrade ao uso da store e ao mesmo tempo habituavam o average joe a usá-la.
     
  17. Jack Malhao

    Jack Malhao Power Member

    Alguém me sabe dizer porque o famoso site de usados não funciona no Windows phone?
     
  18. ppt

    ppt Power Member

    Não sei se a culpa é do site ou do Edge. A alternativa será, nas definições do Edge, pedir para abrir a versão de ambiente de trabalho e não a versão mobile.
     
  19. Bruno_HF

    Bruno_HF Power Member

    E o WileyFox Pro voltou a estar em stock no site oficial da marca :rofl:
     

Partilhar esta Página