1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Curso PHP / C# - Tirar ou não tirar ?

Discussão em 'Programação' iniciada por unzipEH, 16 de Julho de 2009. (Respostas: 60; Visualizações: 5276)

  1. unzipEH

    unzipEH Banido

    Boa noite pessoal.

    Eu tenho o 9º ano e tenho conhecimentos médios de PHP e conheco um pouco de C# , estava numa de tirar um destes cursos pois isto é complicado de arranjar trabalho sem curriculo , sem 12 º ano e mesmo sem andar na universidade.

    Sinceramente acham uma mais valia tirar um destes dois cursos?

    A minha àrea é mesmo a informática e neste momento não tenho paciência para andar na escola a começar um curso todo de novo só para ter o 12º ano, gostava de arriscar e tirar um destes cursos para me facilitar a vidinha, pois já passei por alguns empregos e não me cativou , desde trabalhar numa central de segurança de um centro comercial, a lavar carros, num armazém, e por aí a diante.

    Acham que conseguirei arranjar emprego se realmente tiver capacidades mesmo tendo o 9º ano?

    Em que empresas me aconselham a tirar ambos os cursos na àrea de Lisboa? Estive a ver uma chamada Galileu , o que acham?

    Aguardo a vossa resposta, cumprimentos.
     
    Última edição: 16 de Julho de 2009
  2. unzipEH

    unzipEH Banido

  3. sounabo

    sounabo Power Member

    sinceramente acho que só com o 9º ano é difícil... pelo menos o 12º ano.
     
  4. vidaul

    vidaul Power Member

    Pois o nono é logo muito pouco

    faz um curso qualquer de informática já que gostas
    que dê o 12º ano sempre ficas com um curso e um estagio etc


    ou pelo menos faz as novas oportunidades
     
    Última edição: 16 de Julho de 2009
  5. cheires

    cheires Power Member

    9º ano?! e conhecimentos médios de php não combinam muito bem.
    Falta-te saber o que é lógica, e mesmo que tires o curso, se for um bom curso, não é lá que vais aprender isso.
    Estuda mas é até ao 12º e depois faz essa pergunta mas é pra entrares na universidade.
    Não digas que vais aprender tudo de novo, porque não vais, vai aprender tudo pela 1ª x, e vais perceber o porque de algumas coisas.
     
  6. DragonspiritPT

    DragonspiritPT Power Member

    Bem, eu acabei ontem o meu curso de "Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos" na Gustave Eiffel, e neste momento tenho equivalência ao 12º ano. O que eu gosto mesmo é de programação, mas não tenho conhecimentos de como está o país a este nível, ou seja se "precisa" ou não de programadores. Ir para a universidade é para esquecer, não tenho paciência para Matemáticas e essas coisas e os meus pais também não têm a possibilidade de me sustentar nisto.
    Gostaria de saber a vossa opinião em relação a isto e que linguagem de programação seria a melhor a escolher...

    Obrigado.
     
  7. vidaul

    vidaul Power Member

    precisar de programadores precisa
    basta ver os sites de empregos

    gora qual o teu nível isso já não sei
    responde a algumas dessas ofertas
    não perdes nada


    E como é óbvio as empresas preverem quem tenha cursos
    superiores, mas alguém que se consiga encaixar
    depois de ganhar experiência já está safo
     
  8. DragonspiritPT

    DragonspiritPT Power Member

    OK, obrigado.
     
  9. batatafrita

    batatafrita Power Member

    Uma coisa nao tem nada a ver com a outra. Tudo depende das capacidades e motivaçoes de cada um, pelo que essa generalizaçao abusiva nao faz sentido.
     
  10. eu tirei o curso tecnologico de informatica, estagiei numa empresa e proposeram-me para ficar la a trabalhar. muito sinceramente penso que deves tirar o 12 ano na area de informatica pois aí adquires conhecimentos de programação, algoritmia, e posteriormente podes especializares-t numa area. sem isso, é muito dificil porque nao sabes a logica da programação e iras andar muito tempo ate perceberes e a mudança de uma linguagem de programação para outra, irá trazer-t bastantes dificuldades ao contrario daqueles que dera o pseudocodigo e a algoritmia. o curso tecnologico tem sempre a vantagem de teres a possibilidade de ficares numa empresa a trabalhar permanentemente.
     
  11. guilherme

    guilherme Power Member

    Estás a brincar certo? Generalização abusiva? Não sejamos hipócritas, achas mesmo que por mais motivação que se tenha e com conhecimentos limitados se chega la ?
    As empresas procuram pessoas que gostem de adquirir conhecimentos, quando se diz não tenho paciência para Matemáticas torna o caminho difícil.
    Sem uma componente teórica tens que gastar mais tempo de aprendizagem.

    Com um curso tecnológico que dê acesso ao 12º ano pode proporcionar te algo direccionado para a manutenção e configuração de Computadores.

    Programação já não é bem assim, quanto muito algo em php nada mais que isso.

    Se queres um conselho, estuda e procura saber mais (Os melhores profissionais são os mais pragmáticos)
     
  12. batatafrita

    batatafrita Power Member

    Não, não estou. Conheço um caso de alguém que deixou de estudar pouco depois de ter terminado o 9o ano (ou seja, não terminou o Secundário) e foi para uma consultora fazer programação. Obviamente já tinha aprendido a programar antes, e fazia-o bem. Entretanto depois de uns anos a trabalhar acabou o secundário à noite, tirou Eng. Informática, e hoje está a trabalhar no estrangeiro como Eng Informático num software usado por milhões de pessoas.

    Conheço muitas pessoas que no Básico e no Secundário já eram melhores programadores que uma parte MUITO grande dos "Eng. Informáticos" e afins que andam por aí. Algumas até já tinham participação activa em projectos open-source bastante conhecidos e usados.

    Portanto não, não estou a brincar nem estou a dizer isto só porque sim. Cada caso é um caso, e a tua generalização não faz, para mim, sentido.

    Mas não nos desviemos do objectivo inicial da thread, vamos simplesmente concordar em discordar até porque discutir isto não leva a lado nenhum.
     
  13. guilherme

    guilherme Power Member

    Obviamente que vou ter que te responder.

    - Afinal acabou por fazer o secundário e por tirar o curso, eu ainda me pergunto, para que o fez?
    - Claro Eng Informática não é exclusivamente virada para programação
    - Programação martelada conheço muito boa gente que o faz, as coisas funcionam? sim, bem ? nem por isso.

    Vais me dizer que uma aprendizagem "a solo" de uma linguagem de programação consegue igualar 3 ou 4 semestres de Linguagens de programaçao Estruturas de dados etc etc.

    Desculpa mas do mesmo modo que não concordas eu também não concordo contigo.
    Se existem casos de pessoas bem sucedidas? Claro que sim o mundo não é quadrado.

    Cada um com a sua e se achas um bom conselho as pessoas não estudarem cabe a cada um decidir o que quer da vida.

    Eng Informático não é diferente das outras profissões, tive colegas muito bons outros médios e outros maus.

    A minha generalização não faz sentido para ti, mas a verdade é que está correcta.
     
  14. Jammin @

    Jammin @ Power Member

    Mas desde quando é que 12ºano igual a bom programador? epá menos.

    Até podiam ter um nivel todo xpto isso é treta, quem sabe programar sabe, não é um papel que diz que sabes, o resto é conversa, e da treta. E não me venhas falar em cursos, que eu vou para o último ano do meu. Ao menos diz alguma coisa com senso, adoro estes gajos que têm um curso e acham que são melhores por isso. Está mais que provado que programadores por experiência > programadores do canudo.
     
  15. batatafrita

    batatafrita Power Member

    Porque há muita gente que, tal como tu, acha que quem não tem um curso não sabe fazer muita coisa, e que o que pouco que sabe fazer não faz bem.
     
  16. sounabo

    sounabo Power Member

    Não me queria pronunciar sobre algumas coisas que li, mas já que a "conversa" está a descambar, aqui vai:
    - acho que qualquer bom programador tem de ter necessariamente um bom raciocínio matemático, ainda que não tenha conhecimento de toda a teoria e conceitos da Matemática (e, por bom programador entenda-se aquele que consegue desenhar e implementar um algoritmo com base em requisitos e não apenas uma pessoa que conhece bem a sintaxe de uma determinada linguagem);
    - não julgo que seja necessário formação académica superior para cumprir os pressupostos do ponto anterior, embora ache que seja uma grande ajuda - conheço vários casos de pessoas que não concluíram o ensino superior e, no entanto, têm um excelente raciocínio matemático (não conheço nenhum caso de pessoas só com o 9º ano nesta situação, embora admite que possam existir).
     
  17. xetiro

    xetiro Power Member

    Não percebo a arrogância do que pessoal que não estuda. Não continuaram a estudar por vossa opção, e agora querem generalizar que quem estuda é quem não pesca nada disto?

    Vejo-vos aqui a banilizar a formação científica em Eng. Informática, como se Eng. Informática == Programador. Alto lá, um pouco de mais humildade não era pedir muito. Eng. Informática >>>>>> Programador, e as empresas sabem bem quando contratam um programador ou quando contratam um Eng. Informático. Como tudo na vida pode haver maus Eng. Informáticos, assim como acredito deve haver muitos piores programadores. Mas também há bons Eng. Informáticos, que esses sim, acredito serem à partida muito melhores que os bons programadores.

    Lá porque se aprende a programar por tutoriais, lá porque gostamos e temos muita paixão pelo que fazemos, lá porque com auto-determinação muitas vezes conseguimos ser bons em alguma coisa sem a ajuda de ninguém, não quer dizer que isso seja o suficiente ou implique um total desprezo por uma formação científica de alto nível.

    Para sermos bons, é como tudo na vida, há que gostar do que fazemos e termos paixão e auto-determinação, motivação, etc. Quem alia isso a uma boa formação académica só se arrisca a ser muito melhor do que alguém que acha que chega ao topo do mundo sosinho.
     
  18. guilherme

    guilherme Power Member

    Realmente quando dei a minha primeira resposta não pensei que a conversa fosse por este caminho.
    Concordo totalmente com o que foi dito acima e o meu muito obrigado por isso.
    Já tive nas duas faces, embora não com o 9º ano mas com o 12º.
    Decidi seguir a via da licenciatura por ter vontade de aprender e apresentar-se como uma mais valia.
    Quando digo que uma Licenciatura é uma mais valia não menosprezo quem não o faz, apenas penso que tem futuro, apenas isso, se conseguirem atingir os objectivos sem uma Licenciatura, melhor.
    Tudo parte daquilo que pretendemos, agora não trocava o que passei na faculdade por nada, os erros que cometes na faculdade permitem que te superes.
    Quanto à Matemática, já existem muitas discussões nessa matéria, pessoalmente (opinião pessoal, não generalizada) acho importante mas provavelmente não é um requisito imprescindível para tudo.
    Na generalidade do mercado de trabalho os empregadores procuram colaboradores com vontade de aprender.

    Penso que não cometi um crime ao dizer que um curso é uma mais valia, mas o futuro é cada um de nós é que decide.

    Cumps
     
    Última edição: 19 de Julho de 2009
  19. Jammin @

    Jammin @ Power Member

    Mas quem é que aqui não estuda? só o autor do tópico. Antes de expressares uma opinião, lê as coisas como deve ser.
     
  20. guilherme

    guilherme Power Member

    Está me que a parecer que essa arrogância toda deve-se ao facto de não estares na faculdade como deste a entender inicialmente.
    Só te posso desejar sorte já que pretendes e bem seguir por uma formação superior.

    A titulo de curiosidade o meu secundário foi feito a nível tecnológico embora numa secundária pública foi dos primeiros anos que apareceu informática.

    A minha namorada veio de informática a nível profissional e ambos seguimos Eng Informática, tanto no meu caso como no dela acho que a formação superior foi uma mais valia em todos os sentidos.

    Mas não compares o ensino profissional com uma Licenciatura.

    Cumps
     

Partilhar esta Página