1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

De onde vêm as "caixas" e teclados dos portateis?

Discussão em 'Novidades Portáteis' iniciada por VaGaZ, 28 de Fevereiro de 2009. (Respostas: 3; Visualizações: 625)

  1. VaGaZ

    VaGaZ Power Member

    Alguém sabe como funciona esse mercado? São as próprias marcas dos portáteis que desenham e fabricam estes componentes? É que já reparei que quando saem produtos novos há sempre modelos muito parecidos entre as marcas mais e menos conhecidas.

    Se alguém tiver algum conhecimento nesta área agradecia, ando a tentar fazer um estudo de mercado para um trabalho dentro dessa área e não encontro muita informação...
     
  2. Cahib

    Cahib Power Member

    Cada um desenha, ou encomenda, o seu.
     
  3. anjo2

    anjo2 Power Member

    Há muitas marcas conhecidas que apenas desenham e outras marcas fabricam, existe outras que apenas colocam o simbolo da marca, empresas como Clevo, Compal, fabricam barebones e empresas como por exemplo Tsunami ou Insys vendem sobre a sua marca, a Asus por exemplo fabrica os próprios Asus, faz barebones para outros venderem e fabrica também por exemplo os portáteis da Apple.
     
  4. jmascarenhas

    jmascarenhas Power Member

    Olá, tens várias opções e o total não é tão simples assim. "Fazer" mesmo as caixas e os teclados, imagino que existam empresas especializadas que os fazem para muitas marcas, como a nossa fabrica de chips que faz chips para quase todas as marcas. Se são parecidos, não tem a ver com quem os faz mas sim com quem os desenha. Os gabinetes de design seguem modas e avaliam tendencias e alvos a atingir com as diversas series. Um exemplo muito mencionado por aqui é o de um Asus todo às cores e luzinhas que se destina...... já adivinhaste, aos gamers... um mais cinzento e discreto será provavelmente apontado para um ambiente mais empresarial. O bottom line é que se trata de uma questão de marketing, portanto design e moda, e a seguires o caminho do teu estudo dir-te-ia para explorares esta vertente
     

Partilhar esta Página