Multiplataforma Deathloop (Arkane Lyon)

Snake Eater

Power Member
Se eu fizer sacrifice a alguma arma que tenha ou algum trinket perco aquilo? Ou volto a ficar com eles no dia seguinte?
E se encontrar uma arma melhor e trocar num nível, no dia seguinte volto a ter a arma que deixei lá?
 

Snake Eater

Power Member
O jogo com tantos updates tem é bugs que podiam ter sido corrigidos. Hoje aconteceu duas vezes eu já estar perto do fim de uma missão e ao carregar no touchpad para ver os objetivos, depois o jogo não sai desse menu e fica ali parado. Solução, fechar o jogo.
 

Klasum

Power Member
Se eu fizer sacrifice a alguma arma que tenha ou algum trinket perco aquilo? Ou volto a ficar com eles no dia seguinte?
E se encontrar uma arma melhor e trocar num nível, no dia seguinte volto a ter a arma que deixei lá?

Sempre que acaba um dia (loop) tudo o que tens seja residium, armas, perks etc.. se não fizeres infundir (penso que seja isso) perdes sempre para o dia a seguir.
Basicamente sempre que terminas um ciclo, escolhes com o que queres ficar e começas do 0 no ciclo a seguir. Se infundiste as armas, essas vão lá sempre ficar, caso o ciclo seja encerrado, morras e afins, como já infundiste é teu. Digo armas como digo tudo o resto.
 

Freddo

Power Member
Ando curioso com este jogo. Recomendam a quem gostou do dishonored?

Sim - em termos de game design e mecanismos de navegação, de combate e de stealth, diria quase idênticos com algumas nuances. Existem mais armas de fogo, e porque as pessoas morrem mas acabam por voltar no ciclo seguinte, não existe o conceito de moralidade como nos Dishonored: a violência é gratuita, o que diria torna o jogo mais divertido. Tal como no Hitman, existe humor negro.

Como disseram antes, o jogo a primeira vista é confuso, mas é preciso progredir um bocado para se entender o puzzle. No que conta, continua a ser um jogo com uma progressão linear.
 
Última edição:

Snake Eater

Power Member
Acabei agora o jogo e ainda bem que não desisti dele, foi uma bela surpresa e gostei bastante. Agora é limpar o resto dos troféus e fazer a Platina.

Quanto ao final fiquei com uma dúvida:
O Colt é o 9º visionário? É que no fim apareceu na missão que matei o 9º ou que tinha de matar o 9º.
 

Freddo

Power Member
Acabei agora o jogo e ainda bem que não desisti dele, foi uma bela surpresa e gostei bastante. Agora é limpar o resto dos troféus e fazer a Platina.

Parabéns!

Quanto ao final fiquei com uma dúvida:
O Colt é o 9º visionário? É que no fim apareceu na missão que matei o 9º ou que tinha de matar o 9º.

Sim, o Colt é o 9º visionário. Para quebrares o ciclo tens de matar os oito visionários e suicidares-te. Este é um dos 3 finais. Eu escolhi um outro que me pareceu um final mais feliz.
 

Snake Eater

Power Member
Eu ando a tentar fazer o resto dos troféus mas está complicado. Por exemplo, matar um inimigo com uma mina usando o Switch não consigo. Sempre que troco com o inimigo a mina rebenta mas ele não morre, já vi vários videos no youtube e todos rebentam, comigo não. Até já meti duas e três minas e mesmo assim não morrem.
Matar vários inimigos com o Nexus com 20m de distância, também já tentei como vários videos e sem sucesso.
 

josp

Power Member
Duas dúvidas em relação às armas:
- só se tornam definitivas no fim do loop/dia. Então, ao acabar uma localização e passar para outra nada está garantido? Isso do infusion, é só no fim do loop? Não dá para fazer no menu entre mudança de localização?
- se durante a missão largar uma arma com trinkets, perco os trinkets?
 

Klasum

Power Member
Podes dar inf. Sempre que terminas uma missão, no final do loop ele da a escolher o que queres manter de tudo o que farmaste ao longo do dia.
Hoje foi a primeira vez que o jogo me morreu, tava a tentar sacar uma arma lendária e a meio do caminho o jogo fechou..
 

Snake Eater

Power Member
Ontem acabei a Platina do jogo e os troféus do DLC, deixo aqui a minha opinião.
EGS_DEATHLOOP_ArkaneStudios_S1_2560x1440-bf6d342edbd2411ccf24e326852fca93

Deathloop
8/10

Como vou descrever este jogo? Se calhar para quem viu o filme Edge of Tomorrow com o Tom Cruise irá perceber um pouco.
Neste jogo o protagonista é Colt, que todos os dias de manhã acorda numa praia e tem de repetir o dia todo e quando morre ou termina o dia acorda sempre na manhã seguinte. Para quebrar esse Loop infinito tem uma missão, conseguir matar os visionários todos num único dia. É possível? É. Parece impossível? Parece.

Confesso que o jogo foi muito confuso para mim inicialmente, não sabia o que fazer, no menu aparecia muita informação ao mesmo tempo tanto como missão principal como missões para ganhar armas ou poderes. Mas depois de muitas horas a tentar compreender o que fazer, conforme fui avançando no jogo vi que o jogo é um Puzzle enorme em que temos de juntar as peças todas para o concluir.
O dia está divido em 4 alturas, manhã, meio dia, tarde e noite. O mapa do jogo é uma ilha dividida em 4 zonas e só podemos escolher uma zona por altura do dia, por exemplo de manhã ir a Karls Bay, ao meio dia Updaam, de tarde Complex e noite Fristad Rock. Ou se quiser podemos ir ao mesmo sítio nas outras alturas do dia. Com isto conseguimos mudar o rumo da história para completar o Loop e por vezes é preciso ir para o dia seguinte para continuar o puzzle. Parece um pouco confuso eu sei mas no final faz todo o sentido.
Durante a nossa missão somos perseguidos por Julianna, que pode ou não invadir o nosso jogo e tentar matar-nos e isto pode ser controlado pelo Bot se jogarmos offline, por um amigo ou por um jogador random se jogarmos online. Mas se um jogador entrar no nosso jogo pode tentar matar-nos ou pode matar os inimigos e ajudar-nos na missão. Eu entrei no jogo de algumas pessoas mas tinha sempre lag, achei que o online do jogo funcionava mal.

O gameplay do jogo é subtil, um FPS com armas e poderes que fazem lembrar Borderlands. Os poderes vamos adquirindo quando matamos os Visionários e depois cada poder tem upgrades e para os ter é preciso voltar a matar o mesmo Visionário que nos deu o poder em questão.
O jogo tem uma vertente roguelike, todas as armas, poderes e trinkets que apanhamos duram o Loop até terminar o dia, para ficar com eles permanentemente é preciso fazer infuse usando Residuum. Todas as armas e Visionários que matamos têm Residuum, mas no caso das armas podemos desfazer para ganhar Residuum para poder fazer infuse a armas ou trinkest que não temos ainda. Ao fazer isso ficamos com isso mesmo depois de terminar um Loop. Neste campo não achei complicado porque apanha-se armas muito facilmente no jogo.
Uma das coisas que não gostei muito foram as teclas, por exemplo, para marcar inimigos e fazer zoom neles sem arma é preciso carregar para baixo,, mudar de poderes e armas no jogo era nos direcionais, o jogo em si não tem um mapa que se possa usar para ver as localizações apesar de que cada zona não é assim tão grande, mas dava jeito um mapa com informações.
Um dos poderes que mais gostei no jogo foi o Nexus em que ao usarmos esse poder em alguns inimigos que estejam próximos uns dos outros, o poder faz uma ligação entre todos e basta matar um deles que todos os outros morrem. Haviam situações em que com um tiro dava para matar 10 inimigos.

Gostei bastante do jogo, tinha interesse nele e ainda bem que veio no Plus. Mas como disse, inicialmente é muito confuso e acredito que não seja jogo para toda gente.
 
Topo