1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Diafragma?

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por Andre_pais, 30 de Janeiro de 2009. (Respostas: 28; Visualizações: 3553)

  1. Andre_pais

    Andre_pais Power Member

    Não sei se ha um tópico parecido sobre o funcionamento e a parte teorica das máquinas fotográficas, mas queria expor uma perguntinha.

    Quando o diafragma aumenta ou diminui o diâmetro, não há uma lente que se tem de mexer também? Quer dizer, se o diafragma fechar, e não houver movimento das lentes a luz vai barrar contra as lâminas do diafragma, correcto?

    Outra coisa, porquê o shutter? Qual a sua função? o sensor não pode enviar os dados da luz e para de os enviar (fechar shutter) electronicamente? Qual é o uso actualmente?
    abraços
     
    Última edição: 30 de Janeiro de 2009
  2. timber

    timber Zwame Advisor

    Sim, quando se abre e fecha o diafragma entre mais ou menos luz.
     
  3. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    Não, as lentes só mexem para focar ou para fazer zoom. O diafragma é feito para poder ser aberto e fechado quase instantaneamente, e por isso é uma peça mecânica com pouco peso.

    Não percebo o que queres dizer. Mas se calhar a resposta anterior é suficiente, não?

    Nas compactas, o mais comum é um shutter electrónico como o que referes: os dados são simplesmente apanhados durante um certo período de tempo.

    Nas DSLRs, pelo contrário, é sempre usado um shutter mecânico.

    A principal vantagem do shutter mecanico (além de proteger o sensor de poerias) é evitar os efeitos introduzidos pelo sobre-aquecimento e saturação da electrónica do sensor. Um dos efeitos mais visíveis é o 'streaking' (um objecto muito brilhante na frame deixar um rastro horizontal ou vertical)

    A Nikon D70S e inferiores usam um shutter híbrido mecanico+eletronico. Assim o shutter mecanico é mais barato porque não precisa de ser muito rápido, e as velocidades rápidas conseguem-se com o electrónico.

    Claro que podem haver máquinas ou lentes "estranhas" em que isto não seja completamente assim. Por exemplo, há aquela lente da Sony/Minolta com dois diafragmas, em que um serve para controlar o Bokeh.
     
  4. Andre_pais

    Andre_pais Power Member

    Tou a ver.

    Acerca do diafragma, imagina a luz a passar pelas lentes e tal, com o diafragma aberto e imagina agora fechado ao máximo. Têm-se um buraquinho por onde passa a luz, mas como e que se faz para passar tudo por ali?
    Quer dizer, quando o diafragma estava aberto a luz passava por aquela área toda, agora fechado como é que se constringiu a luz para passar só por ali?
    Supostamente, se não se mexer lente nenhuma a luz vai contra as laminas do diafragma...

    E outra coisa. Se o que eu disse é verdade, para que é preciso o diafragma logo á partida???
     
  5. Pentrite

    Pentrite Banido

    O conceito de abertura e profunididade de campo não te diz nada? Já andas por aqui há uns tempos, quase todos os dias se fala nestes principios.
     
  6. kadeR

    kadeR I quit My Job for Folding

    lol, imagina o teu olho... tu tambem tens um genero de diafragma (quando tens muita luz ele fexa, quando ha pouca ele abre, penso que seja a iris)
    agora no diafragma nao é por ele tar mais aberto ou mais fexado que deixa de passar ou nao a luz. já ouviste falar em pontos convergentes e divergentes?

    ta aqui uma imagem que explica +- isso,

    [​IMG]

    agora o diafragma ta la para controlar nao so a quantidade de luz que passa mas tambem a profundidade de campo que é exibida.

    penso que nao me enganei, se sim corrijam-me.

    cumps =)
     
  7. Andre_pais

    Andre_pais Power Member


    Acho que não estão a perceber. Eu quero saber é o funcionamento da lente lá dentro.

    É obvio que ja sei essa treta toda. Não percebo é como e que quando se fecha o diafragma a luz não barra contra as lâminas.
     
  8. Karim Abdul

    Karim Abdul Power Member

    ou seja visto do sentido da entrada da luz, ela entra na objectiva passa pelo diafragma e depois nas lentes convergente e divergentes não é?
     
  9. Andre_pais

    Andre_pais Power Member


    Eu acho que há lentes convergentes e no final uma divergente para guiar a luz correctamente até ao sensor.

    Bem, não sei, só não percebo como e que os raios de luz passam de forma diferente.pelo diafragma cada vez que ele abre ou fecha.
     
  10. Pensa assim...

    Ao semi-cerrares os olhos, o que vês fica mais escuro. Porque a luz "embate" na pálpebras.
    Assim como no diafragma a luz, à medida que ele fecha, é diminuída. Por isso é que f8 é mais escuro que f2.8.

    ;)
     
  11. andré ferrari

    andré ferrari Colaborador
    Staff Member

    Deixa lá ver se percebi, respondendo sem complicar, o diafragma nunca fecha completamente (quando se diz para fechar o diafragma, é para fechar ao máximo permitido), ou seja, mesmo a f22, f32, etc etc passa sempre luz.
    E sim, a luz barra contras as laminas, é por isso que ela lá está. Só passa a luz pelo meio das laminas.
    O exemplo supra-citado é óptimo para ajudar a perceber, mas não é iris, é pupila ;)
     
  12. firedrops

    firedrops Power Member

    A íris contorna o orificio - pupila. São os musculos da íris (constritor e dilatador da pupila) que regulam o diâmetro da abertura. :P
     
  13. andré ferrari

    andré ferrari Colaborador
    Staff Member

    Precisamente ;) É complicado fazer a transição, mas o mais correcto até nem seria a pupila nem iris, mas sim talvez o músculo circular.
    A pupila é orificio propriamente dito, e a iris tem maior extensão. Daí que nem uma nem outra :p
     
  14. MaxDamage

    MaxDamage Power Member

    Imagina um Barril de Petroleo vazio. Se fizeres um buraco (circular) na tampa, entra uma determinada quantidade de luz... Quanto maior for o tamanho desse buraco, maior vai ser a quantidade de luz dentro do barril - não sei se dá para perceber a analogia :p

    Aperture
     
  15. LSeven

    LSeven I fold therefore I AM

    Se tiveres o vidro de uma janela fechada com pelicula(diafragma) black-out(ou outro material para bloquear a luz), tens um quarto às escuras, se abrires um pequeno buraco na pelicula a luz vai entrar por esse buraco, pouca mas vai entrar, se o sol estiver a incidir directamente podes até ficar com um "feixe" de luz, o diafragma fechado será algo parecido, deixa entrar apenas um pouco de luz. Se abrires o buraco vais permitir que entre mais luz, vais abrindo o "diafragma", uma lente totalmente aberta, é como uma janela toda aberta, deixa entrar a luz que houver.
    Depois existem "janelas" maiores (50 f1.4), medias (50 f4) e menores (lentes de kit a 55 f5,6)...
     
  16. kadeR

    kadeR I quit My Job for Folding


    tu tas a fazer mal a analogia...
    no caso dele, ele refere-se a luz/imagem. no teu exemplo se tivesses um boraquito, nao irias conseguir ver tudo como se tivesses um buraco do diametro total do barril, ou seja, irias ficar limitado a "abertura" do buraco que fizesses no barril. coisa que mudando a abertura da lente nao acontece.

    nao sei se me fiz entender xD

    cumps
     
  17. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    Acho que a principal dificuldade está em perceber que a imagem no sensor/filme/retina é formada ao contrário.

    O diafragma não está a "tapar" uma parte da imagem (como se fosse um crop), mas sim a deixar passar os raios que convergem sobre a abertura. E depois, divergem da abertura até chegar ao sensor / filme / retina para formar uma imagem invertida, pois os raios que vieram de baixo continuam a subir, e os raios que vieram de cima continuam a descer.

    Em ASCII fica algo assim:

    Código:
    1\  |  
      \ | /3
       \|/   
    2---X--2
       /|\   
      / | \1
    3/  |
    
    ^   ^  ^
    |   |  Sensor
    |   |
    |   Diafragma
    |
    Objecto focado
    Este é o princípio de funcionamento de uma camera "pinhole" que consegue "focar" uma imagem apesar de não ter "lente".
     
    Última edição: 1 de Fevereiro de 2009
  18. MaxDamage

    MaxDamage Power Member

    That's the idea, a quantidade de luz está directamente relacionada com a abertura do barril: + abertura implica + luz, - abertura implica - luz. Seguindo no mesmo raciocinio, um buraco com o diametro total do barril seria a abertura máxima da lente.

    Bem acho que já deu para perceber :p


    edit - alem disso, apenas com um "boraquito" poderia ser possível "ver tudo como se tivesse um buraco do diametro total do barril", se fosse feita a compensação com a velocidade do shutter - ficava era com profundidades de campo diferentes (diferentes áreas em foco), bem mas isto já é outra conversa..
     
    Última edição: 1 de Fevereiro de 2009
  19. kadeR

    kadeR I quit My Job for Folding

    not... tu com um buraco pequeno ficas restringido.
    nem muito menos tem haver com o shutter speed... imagina uma folha com um buraco de uma agulha, nao vais conseguuir ver nada para o outro lado pk n tens espaço suficiente e mesmo que faças um maior vais tar sempre restringido pelo tamanho deste.
    do do mesmo ponto de vista com buracos de tamanho diferentes terás sempre um campo de visao diferente.

    é completamente diferente teres isto: |----| disto |-------------|, a area abrangente é completamente diferente.

    cumpz =)
     
  20. MaxDamage

    MaxDamage Power Member

    Não dude, estás errado. A abertura/fecho do diafragma em nada afecta o campo de visão, apenas a quantidade de luz transmitida para o sensor/filme (lê o post do strobe).
     

Partilhar esta Página