1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Discussão de decisões da nintendo

Discussão em 'Nintendo' iniciada por Rexobias, 6 de Agosto de 2008. (Respostas: 78; Visualizações: 4621)

  1. Rexobias

    Rexobias Power Member

    Penso que todos nós podemos encontrar erros incompreensiveis em todas as suas últimas consolas.

    Por exemplo na Nintendo 64, optaram pelo suporte na altura praticamente retrógado das cassetes quando todos os outros já usavam CD's (a mesma relação cassete audio - CD). Com esta opção limitaram o espaço aos developers a uns miseros 250 MB (pelo que li na Internet) enquanto que as outras plataformas tinham 650Mb de espaço para os developers usarem.

    Li em alguns locais que foi pensado o lançamento do Final Fantasy VII na N64. Vou ser honesto ... um jogo cujas versões PC e PlayStation usavam mais do que 3 CD's seria quase impossível de colocar na N64. Digo quase, pois é verdade que colocaram o Resident Evil 2 (2 CD's) num só cartucho. Para mim foi um claro erro a opção pelas cassetes (mais rápidas que um CD, mas com um preço a pagar - espaço). A razão desta opção já será falada á frente.

    Depois temos a GameCube, uma consola compacta, bonita, acessível e acima de tudo era a mais potente a nível de Hardware na sua geração (também era a N64), tendo mais tarde aparecido a XBox com argumentos semelhantes. No entanto a consola voltou a repetir o mesmo erro da N64, e ainda adicionou outros. Penso que foi por esta altura que as consolas começaram a ser idealizadas e vistas como algo mais que uma consola de jogos. A capacidade de leitura de DVD's da PS2 era um trunfo para os mais jovens que queriam uma consola, pois com esta capacidade conseguiam chamar a atenção das pessoas mais velhas e completamente externas aos jogos - as pessoas que tinham o dinheiro para a adquirir. Já a PlayStation tinha a função de ler CD's audio (como a Saturn) - uma função básica aos olhos da actualidade mas com muito uso nos seus tempos (ainda recordo chegar a casa do meu vizinho n vezes e ver a Saturn a trabalhar tocando CD's de música).

    A Nintendo sempre manteve uma mentalidade retrógada (acusação muito usada para atacar a Nintendo e nunca aceite pelos fans da mesma - a verdade é que toda a gente não-Nintendo tem a mesma ideia ... como dizia o jardel, Porque Será?!), e manteve as suas consolas sempre com a única função de uma consola - jogar jogos. Sim Srs. uma consola é para jogar, mas as multi-funcionalidades nunca fizeram mal a ninguém, pelo contrário, além de atrair pessoas nao interessadas em jogos, aumenta a longvidade e uso da "consola". Um primo meu, fartou-se de pedir a GameCube ao pai (que acabou por obter a mesma mais tarde), e este não quis comprar a GameCube (mais barata) e quis comprar a PlayStation 2 (mais cara). Não quero mandar para aqui histórias da carochinha só para dizer que tenho razão, mas a verdade é que imensos factos sublinham isto que digo.

    Voltando á GameCube, desta vez repetiram o erro de espaço. Com os mini-DVD's disponibilizaram apenas 1.36 GB aos developers, em vez dos 4.6 GB dos rivais. Tal como o Resident Evil 2 na N64, a GameCube teve jogos que disfarçaram por completo esta diferença de espaço, e teve outros que para manter o aspecto supreendente tiveram que ser divididos em vários discos (não estou a referir este ponto como algo negativo). Depois, o cubo era só e apenas para jogos. Neste ponto a Nintendo preferiu continuar no passado enquanto que os outros pensavam em cada vez mais serviços. A GC tinha função de Online mas o pouco suporte a este serviço fez com que o mesmo caisse no esquecimento - não é que a PS2 fosse um exemplo neste ponto também, mas teve sérios sucessos como o Socom.

    Com a Wii, a Nintendo pela primeira vez (nestes exemplos) fica atrás dos rivais a nível de capacidades de hardware, apostando tudo na unica revolução desta geração, a jogabilidade. Justificaram esta opção porque queriam ter uma consola acessível a nível monetário (pelo que ouvi/li). No entanto acho estranha esta preocupação quando temos mil e um acessórios anunciados a preços nada amigáveis, serviços na consola a pedir mas dinheiro, etc ... É verdade, ninguém é obrigado a comprar, mas não teria sido preferivel aumentar um pouco o preço da consola e dar-lhe mais capacidades incluidas.

    Falando de espaço para os developers, finalmente a Nintendo alinhou nos discos ditos normais, neste caso DVD's e DVD's Double Layer, embora que neste segundo caso quando saiu o SSBB começaram logo a aparecer dificuldades para ler o disco, o primeiro do segundo formato. De qualquer maneira parece-me uma decisão acertada ... a 360 trabalha com o mesmo suporte e até agora tem correspondido bem. Falando de funcionalidades extra-consola, os vários canais de noticias, meterologia e votos são engraçados, mas não passa disso. A Virtual Console e o Browser Web são dois trunfos. O primeiro foi uma ideia perfeita, já o segundo seria no minimo estranho senão aparecesse (nem seria assim tão estranho olhando para situações anteriores). Falando das ausências, sinceramente sinto a falta da leitura de Filmes em DVD, funcionalidade que parece-me demasiado óbvia e útil. Muitos dizem que não é precisa para nada, que toda a gente já tem leitores de DVD's em casa, que é uma coisa elementar e barata (leitores, etc...).

    Primeiro se é assim tão elementar e acessível não vejo porque não viria na Wii, depois, mais um leitor de DVD em casa apenas aumentaria as opções no que toca a ver filmes, e por último, para quem viaja é muito melhor levar só e apenas a Wii para jogar e ver filmes do que ter que levar a Wii mais um leitor seja ele qual for. Para mim é um erro. Mas saltando o DVD, penso que falta claramente funções multimédia á consola (sim, com o Photo Channel podemos ver imagens, videos em certos formatos e ouvir MP3, mas é apenas uma solução para o desenrasca). O ultimo ponto em que toco é sem dúvidas o disco rigido.

    Falaram da pirataria ... falando deste ponto que parece ter sido a razão lançada para justificar as Cassetes na N64, mini-DVD's na GC e a ausência de multi-funcionalidades nas primeiras duas, e disco nesta, parece-me ser uma desculpa mesmo á fodeca e um tentar de tapar o sol com a peneira. Se eu me lembro bem, PlayStation e PlayStation 2, líderes nas suas gerações se foram alvo de algo, foi da pirataria, como nunca tinha sido visto em consolas - as taxas de pirataria da PS2 não devem ter andado muito longe das verificadas nos PC's. No entanto lideraram a renderam lucros á Sony.

    Estas tentativas desesperadas de combater a pirataria acabam por ser uma faca de dois gumes. Até podem conseguir reduzir a pirataria mas acabam por prejudicar os inocentes. Veja-se bem o sistema StarForce no PC que instalava porcarias no PC e por vezes tornava uma missão impossível o simples correr de um jogo original, quando com um crack, tudo corria bem. Quantos foram os utlizadores fieis prejudicados por este medo ridiculo da Nintendo. Alguns talvez não saibam, mas o grandioso The Legend Of Zelda Ocarina Of Time foi capado para poder ser colocado num cartucho, quando os developers pretendiam adicionar revoluções e inovações neste jogo que só apareceram mais tarde.

    Porque que este medo pela pirataria é errado?! Por muita pirataria que usemos numa consola há uma coisa que precisamos de comprar sempre, a consola. Infelizmente ou felizmente, bem ou mal, certo ou errado, a pirataria influencia a compra de consolas - quem não conhece pessoal que preferiu certa consola pelo acesso á pirataria. No passado este factor não matou a PS2, aliás, pelo contrário impulcionou as vendas da mesma.

    Sei que a Nintendo é diferente das rivais, pois além de criadora de consolas também é developer, mas será que se justifica tanto medo?! Porque estes erros infantis?! Sei que é de mau tom este texto para os fans da Nintendo e também porque a Wii é líder e Sra do mercado, mas sejamos sinceros, acham mesmo que a Wii não tinha muito por onde melhorar?!

    P.S: O User anterior falou de erros com a DS ... eu sinceramente a única coisa que me queixo na DS é a ausencia de mais funcionalidades de origem (na bios) ... só pedia o Browser incluido.
     
    Última edição: 6 de Agosto de 2008
  2. Dazkarieh

    Dazkarieh To fold or to FOLD?

    Mau tom? Não achei nada. Apenas acho que aqui o problema não é da Nintendo, mas sim de quem analisa (neste caso, tu :p). Ou seja... não indo pelo caminho de te acusar de ser o maior negativista deste forum, quem em todos os posts em qualquer secção do fórum está descontente com alguma coisa (mas és :D ), a questão é qualquer consola (aliás, qualquer produto existente no mundo seja em que ramo for) tem sempre muito por onde melhorar.

    Se a Wii viesse com isso de certeza que havia outros pedidos a fazer. Se a DS viesse com browser pedia-se mais. Isto é a natureza humana.

    O que conta são resultados... e nisso a Nintendo é ímpar: neste momento é líder de mercado (com MUITA distancia para a concorrência), não gosta de perder dinheiro no hardware (sou 300% de acordo com isto), é das empresas do mundo com maior rácio lucro/empregado... e este é dos melhores indicadores que pode existir.

    A Wii podia ter vindo com isso tudo de início, mas se calhar 100$ no preço final fazia diferença. E porque razão haveria eu querer de pagar um disco que não uso? Ou um microfone que não quero usar? Por isso discordo completamente quando dizes "teria sido preferivel aumentar um pouco o preço da consola e dar-lhe mais capacidades incluidas.".

    Para já porque esse pouco que tu referes sempre não seria 50$. Depois, porque podes crer que neste momento não estaria no lugar em que está, de se poder dar ao luxo de não baixar o preço da consola! E isso é óptimo para todos: Nintendo que tem mais lucro, nós que não vemos o investimento desvalorizar. Porque se saísse a mais 50-100$, essa "pouca" diferença se calhar seria enorme em termos de vendas e estávamos neste momento com a consola a metade do preço.
     
  3. Gaminger

    Gaminger Power Member

    Costuma-se dizer que pelo mal de um pagam todos. Mas o que é que podemos fazer? A Nintendo sempre cometeu e sempre vai cometer erros que os prejudicam, por muito boa que a estratégia deles possa ser. Neste momento o que eles estão a fazer é dinheiro, e parece-me que é a única preocupação deles.
     
  4. CoolMaster

    CoolMaster Power Member

    Acho que é a única preocupação de todas as empresas.
     
  5. mesenga

    mesenga Power Member

    Não é a única preocupação, mas é o principal objectivo, sim. :P
     
  6. Dazkarieh

    Dazkarieh To fold or to FOLD?

    Não é o principal objectivo, é O objectivo!!! Todos os outros objectivos podem falhar... desde que este se cumpra, está tudo OK ;)
     
  7. Rexobias

    Rexobias Power Member

    Daz, confesso que sou bastante negativo, mas a imagem que tens de mim também passa pelo simples facto de eu raramente comentar aquilo com o qual concordo.

    Quanto ao meu texto, penso que era uma compilação de factos, e contra factos não há argumentos - não quero dizer que sou Sr. da verdade - mas a verdade é que as minhas vivências formaram a opinião que tenho em relação ao assunto, que felizmente (para a minha sanidade mental) é partilhada por muitos. Quando falei do microfone só dei um exemplo ... penso que todos nós concordamos que o espaço da consola é ridiculo e começa a tornar-se um problema para algumas pessoas, pessoas estas que têm tudo legal, o que torna tudo ainda mais grave.

    Em relação á Wii, é verdade que domina facilmente o mercado, mas olhando para o catálogo e futuro lançamentos será que o justifica?! Não estou a dizer que tudo é mau, pois a Wii já tem mais do que uma mão cheia de jogos de qualidade mas sinceramente parece-me que o sucesso da consola não reflecte a qualidade real da mesma, ou do seu catálogo.

    O que está a diferenciar tudo penso que são os jogadores casuais (quantos já não foram os casos de pessoal aqui do forum que não toca numa consola há 15 anos e comprou a Wii), e é aqui que a Wii leva a grande vantagem, pois, sinceramente não acho a Wii uma tão melhor opção do que a XBox360 (a única consola que me atrai além da Wii).

    Cumprimentos.
     
    Última edição: 6 de Agosto de 2008
  8. razio

    razio Power Member

    Uma análise à Nintendo que omite o GameBoy e a DS, simplesmente as consolas mais fortes da Nintendo.
    Grave, muito grave.

    Até porque a meu ver a DS é uma máquina imbatível, com uma diversidade de jogos e público fora do normal. A DS é o que a Wii gostava de ser.
     
  9. Gaminger

    Gaminger Power Member

    A DS preparou o caminho para a Wii...
     
  10. rest44

    rest44 Power Member

    A Nintendo chama a ela mesma uma empresa de jogos e não de utilidades multimédia (ao contrário da microsoft e da sony). Decide fazer as suas consolas exclusivas para jogos. É uma opção deles e o que querem dizer é: "Nós vendemos jogos, os jogos são a mais valida e é pelos jogos que compram a consola."

    Os cartuxos na N64 foram um erro, mas a limitação de mercado da consola não foi pelos cartuxos. Foi pela demora a sair no mercado e a demora a sair os grandes jogos (ficamos quase um ano limitados a mario64 e pillotwings.. mt pouco - especialmente quando a saturn e a psx ja andavam à mt no mercado).

    A gamecube foi um erro total. A começar por não haver um "Mario" de origem planeado ou pelos mini-dvds. A imagem "acriançada" que a Nintendo apostava na altura e que lhe fez ganhar a fama de "Nintendo é para crianças".

    Com a Wii a Nintendo deu um golpe de marketing enorme, rompendo o mercado em dois. A estratégia passa por: "existe a ps3 e a 360: sistemas multimédia, gráficos de alta resoluçao, experiência cinematográfica em jogos. Nós não vendemos isso. Nós vendemos: diversão, jogos, experiência intereactiva." Logo, não faz sentido a Wii incorpotar leitor de filmes DVD porque isso vai contra o próprio conceito da consola (sim, era "giro" ler DVDs, mas a Nintendo quer explicitamente que não leia porque está a dizer que não é um sistema multimédia, é uma consola de jogos).


    Os erros da Wii passam pelo sistema de armazenagem e a falta de profundidade de alguns jogos e funções (como o mii channel, que é muito limitado).
     
  11. mesenga

    mesenga Power Member

    Eu não tocava numa consola há mais de 15 anos mas estou longe de me considerar um jogador casual. :P

    Eu não considero que a Nintendo tenha "apontado" aramas aos jogadores casuais. O que eu considero foi que a Nintendo parou para reflectir e voltou às raízes dos vídeo-jogos. Os desenvolvimentos recentes da indústria apontavam todos no mesmo sentido: melhores gráficos e, sobretudo, mais e mais opções. Ainda me lembro de jogar o primeiro Age of Empires ou Command & Conquer: Red Alert com gosto (estes em PC, nunca tive consolas :P), mas as versões mais recentes que os substituiram levaram sempre com upgrades com tantas opções, personagens, etc, que tornou-se difícil pegar no jogo e em pouco tempo tornar-se um bom jogador (o tal pick and play). Ainda me lembro (há mais tempo) de como era simples e rápido pegar e jogar nos Spectrum 48k e 128k. No entanto tal não invalidava que era necessário ter grandes competências (skills) para jogar realmente bem certos jogos...
    Esta opção de "rechear e complicar" começou a estreitar/limitar o mercado aos hardcore gamers, negligenciando todos os restantes...

    O que a Nintendo fez foi simplificar de novo os jogos, tornando-os mais acessíveis a um grupo mais abrangente de indivíduos, permitindo conquistar novos jogadores e REconquistar antigos ;), de forma a possibilitar-lhes tornarem-se harcore gamers em jogos mais simples.

    Espero que esteja a fazer algum sentido no que disse! :P

    O que é um facto é que a estratégia da Nintendo foi acertada e dificilmente conseguiria melhor. Os resultados demonstram isso. Pode-se apontar alguns aspectos negativos onde a Nintendo podia ter feito ou melhorar, mas a realidade é que os aspectos positivos superam-nos largamente.

    Agora, a Nintendo pode repousar à sombra da bananeira e gozar o EL Dourado? Claro que não, ou arrisca a perder tudo o que conquistou. Mas acho que está a dar passos firmes nesse sentido, como o caso do lançamento do Wii Motion Plus, do Wii Speak, do anúncio de jogos mais hardcore, mas também com o lançamento de jogos dirigidos a "casual" gamers.
     
  12. General_Guy

    General_Guy Power Member

    Anda aqui uma bela discussão:P
    Quanto ao formato que a Nintendo têm vindo a escolher, será que podemos culpá-la? É uma empresa que vive só de jogos, logo todo o que faz para combater a pirataria é mais do que necessário.
    É bom lembrar que a Nintendo teve sempre lucros com as suas máquinas, mesmo que a GC seja rotulada de falhanço por alguns ela fez dinheiro, a N64 anda mais.
    Têm a Wii e têm todas as outras, esta geração está repleta de decisões estúpidas e acredita que não vêm todas da Nintendo.

    PS3-preço absurdo, retrocompatibilidade retirada, demasiada atenção virada para o Blue Ray, portes ranhosos de inferior qualidade á 360, comandos de qualidade duvidosa, instalações obrigatórias no disco, exclusivos a desaparecer, demasiados jogos partilhados com a MS...

    XBox360- Consola de construção muito defeituosa, pagar para jogar online. pagar por tudo e mais alguma coisa no Live, SKUs como o Arcade que não fazem sentido nenhum, sem Wifi built in e HDMI (nas mais antigas), grande parte dos exclusivos acabam por aparecer no PC também, geralmente com melhor qualidade, grande crise de identidade...

    Pode não justificar para ti, mas pelos vistos justifica para muita gente. É verdade que a Wii merece mais atenção por parte dos devs, mas daí a dizer que o catálogo não justifica as vendas...

    Opiniões, fala-se de "factos" quando realmente resume-se tudo a opiniões. No meu caso a XBOX360 é a consola que menos me atrai e não comprei uma quando a pude arranjar mais barato do que a Wii. Acho que a Wii não é consola para ti:007:
     
    Última edição: 7 de Agosto de 2008
  13. LoMB|2iGa

    LoMB|2iGa Power Member

    Só sei que agora tão cedo não vamos ter jogos de grande qualidade ... Os jogos que eu estou a espera são:

    - Call of Duty 5
    - The Conduit

    ... agora não me lembro de mais nada, a não ser rumores do Resident Evil 5 para a Wii ... ah e o Mad World. Mas destes que mencionei só o Call of Duty está próximo. Marios e Zeldas acho que vamos ter que esperar um ano e tal ... E até agora só tenho um jogo que me prende a Wii e esse é o SSBB. Eu acho que o catalgo agora está muito fraco. Só espero que o CoD 5 tenha um mode online muito bom :$ pleeeease.

    ... Ah e o Animal Crossing: City Folk, mas esse é naquela, é mais por causa do WiiSpeak.

    Portanto, Call of Duty é o único jogo que está perto e mesmo assim trata-se de um port. O resto ... nada. Já a XBox e a PS3 upa upa, só joguinhos nices a sairem. Eu gostei foi da altura em que o SSBB tava para sair. E quando saiu o Mario Galaxy. No More Heroes.
     
  14. LoMB|2iGa

    LoMB|2iGa Power Member

    Pois ... E datas? ...
     
  15. Rexobias

    Rexobias Power Member

    razio e outros, para que fique bem claro uma coisa. Eu não criei este Tópico! O que aconteceu foi que eu escrevi o 1º texto no tópico do suposto Demo Channel, mas como foi considerado OffTopic por um moderador, mas interessante, criou este tópico. Com certeza que se eu criasse este tópico teria falado de tudo, e não só das últimas 3 consolas domésticas.

    Quanto ao que escrevi é uma mistura de opinião com factos, nada mais do que isso. Na minha perspectiva são erros claros que acima de tudo eram perfeitamente evitáveis, pode haver quem pense o contrário.

    Em relação ao que se falou nos últimos 3 comentários, é inegável que o panorama de futuros lançamentos e até mesmo catálogo não é compativel, ou não encaixa bem com a posição da Wii - líder do mercado. Para o futuro vejo poucos jogos (aqui é tudo uma questão de gostos), e dos que estão a caminho só dois (um RPG e o Conduit) parecem querer aproveitar as capacidades superiores da Wii quando comparada á GameCube.
     
  16. CoolMaster

    CoolMaster Power Member

    Eu ia responder o mesmo que o cigarro cor-de-rosa, por isso acrescento mais titulos relevantes que saiem este ano ou no inicio do outro:
    - Deadly Creatures
    - Samba de Amigo
    - Opoona
    - De Blob
    - Mario Super Sluggers
    - Fragile
    - Sky Crawlers
    - Final Fantasy Crystal Chronicles: The Crystal Bearers (este não sei quando sai, mas já estava na hora)
    - Spyborgs
    - Star Wars Clone Wars
    - Star Wars The Force Unleashed
    - Captain Rainbow (incógnita na sua qualidade)
    - Mushroom man
    - Tenchu IV
    - Cursed Mountain (promete)
    - Rune Factory
    - Face Breaker e outros jogos da EA que podem interessar a alguns (Tiger Woods, Skate it, entre outros)
    - Castlevania Judgment (pode não ser o que muitos esperavam, mas tenho a certeza que há quem espere pelo ansiosamente jogo)
    - TNA Impact e Smackdown VS Raw podem interessar a alguns (é esperar que não voltem a capar a versão Wii)
    - Red Steel 2
    - Sonic Unleashed
    - Sonic and the Black Knight
    - Sadness
    - Rockband 2
    - Guitar Hero 4
    - Blast Works (acho que ainda não saiu na Europa)
    - King Story
    - Tales of Symphonia
    - Oboro Muramasa Youtouden
    - Pro Evolution Soccer 2009 (muitos vão querer este, deve melhorar o conceito do ano passado)
    - Arc Rise Fantasia.
    - Onechanbara: Bikini Zombie Slayers

    Bem, olhando para esta lista de jogos que vão sair não me sinto nada chateado por ter uma Wii! Como é que podem dizer que não existem titulos de qualidade a sair durante o resto do ano e proximo ano? A boa noticia é que durante o resto do ano e proximo vão aparecer mais confirmações e mais jogos que ainda não se fala. Coloquei 35 jogos e a juntar aos que já disseram aí o número vai para 45! Tenho até a certeza que me esqueci de muitos titulos.

    Agora basta pegar nestes, juntar aos titulos Wiiware que podem interessar e aos jogos que já sairam (e não me venham dizer que isso não conta porque tenho a certeza que existem muitos jogos que já sairam e vocês ainda não têm) e temos uma soma de jogos de qualidade simplesmente brutal!

    As vezes parece que o pessoal fala mal só por falar, não entendo como podem dizer que não há jogos bons a aparecerem! Não me levem a mal, mas ABRAM OS OLHOS!
     
    Última edição: 7 de Agosto de 2008
  17. mesenga

    mesenga Power Member

    Realmente também me parece que no futuro imediato (curto prazo) não parece que vão sair assim grandes jogos. Mas não fico triste. Poupo na carteira durante uns meses e gozo os jogos que já tenho, pois alguns estão ainda muito mal explorados e quase intocados (SSBB).
    Para além disso é a oportunidade de se comprar alguns dos grandes títulos disponíveis e que, por um motivo ou outro, ainda não se tem.

    Eu optei por encomendar hoje mesmo No More Heroes e Boom Blox, para gozar nas férias. Assim fico com o meu catálogo abastecido até ao Natal. ;)

    Aí espero por The Conduit e CoD5. Anima Crossing só por causa do Wii Speak? Não me parece. Prefiro esperar por jogos que já tenham conpatibilidade com o dito (oxalá CoD5 e The Conduit preencham o requisito).
     
  18. Morais

    Morais Power Member

    A Nintendo, com a Nintendo 64, quis dar uso à velocidade de acesso que os cartuchos ofereciam e a segurança contra copias, e essa do tamanho, de novo, é um argumento à lá BluRay, fica sabendo que, naquela altura, as consolas que usavam como suporte os CD-ROM, como Sega Saturn e Sony Playstation nem sequer tinham mais do que 100Mb de dados, melhor... sabes quanto é que o Desctruction Derby para a Sega Saturn ocupa? 5MB.

    Mais de 50% do espaço usado era para as faixas de áudio, não existia nenhum tipo de compressão, tu tinhas literalmente a primeira faixa que era o jogo em si e o resto a banda sonora do mesmo. Acho que é importante ter-se conhecimento deste pormenor antes de se criticar a Nintendo pela escolha do formato.

    Isto e grandes jogos para a N64 nem sequer passavam dos 50MB, o Super Mário 64? 10MB.

    Até o mítico Metal Gear Solid IV que era isto e mais alguma coisa em termos de requerer espaço afinal não passa dos 32GB, e isto com uns 10GB em áudio descomprimido...
     
  19. General_Guy

    General_Guy Power Member

    Isto pode parecer um absurdo para alguns mas....eu adoro cartuchos!!:lol:

    Sei lá, pode ser a nostalgia mas acho os cartuchos têm mais charme que discos :P


    [​IMG]
    LINDO:'(

     
  20. Rexobias

    Rexobias Power Member

    CoolMaster, todas as pessoas são diferentes umas das outras e como tal os gostos variam. Depois, olhando para a tua lista, nota-se uma coisa ... faltam claramente aqueles titulos de renome, aquelas franchises/series que deixam muitos jogadores em pulgas. É verdade que essa tua lista tem alguns exelentes jogos (sendo o principal destaque para mim a continuação de um dos meus jogos preferidos - Tales Of Symphonia e o Arc Rise Fantasia), mas nota-se que falta algo, principalmente se compararmos com a lista de futuros titulos das outras duas consolas.

    Outra coisa, eu não estou arrependido de ter a Wii, e penso que não é isso que está em causa, apenas esperava um cenário diferente na Wii do que tenho visto até agora. Esperava que a consola lider do mercado tivesse conquistado outras franchises que antes tinham brilhado em outras plataformas, esperava que mais de 50% dos jogos tivessem um aspecto que não nos fizesse confundir com os gráficos da GameCube, esperava mais de certa forma. Agora, arrependido?! Nunca, até porque jogos como SMG, MKWii, RE4Wii, SSBB, etc... já compensaram e bem a aquisição da mesma.

    A ideia que tenho é que as pessoas ligadas á Nintendo são pouco exigentes e isto aliado aos comentários positivos de fans mesmo perante certos erros crassos não ajuda nada á evolução. A série Pro Evolution Soccer é um claro exemplo disto que digo. Devido á pouca exigência dos fans a mesma caiu num estado de desovolução tendo sida ultrapassada pelo FIFA e o cenário futuro não é nada animador - estou a excluir a versão da Wii.

    Sempre que critico a Nintendo não é com o objectivo de denegrir ou flamar a mesma, acreditem em mim. É só uma forma de desabafar e conversar com o pessoal. Por exemplo, a situação do espaço da consola, onde temos aqui no fórum pessoal muito perto de atingir o limite (usando só e apenas jogos originais) é um erro gritante e incompreensivel, principalmente quando a Nintendo pensa em adicionar coisas á consola como canais que são instalados com jogos, demos, WiiWare, VC e afins. No entanto há pessoal que mesmo sabendo que isto foi um erro, tenta justificar isto, talvez com o "amor" que tem pela Nintendo.

    Sem criticas não há evolução.

    Claro que o que escrevo aqui nunca vai chegar aos ouvidos de ninguém, mas se todos aplaudir-mos e ninguém se manifestar, certos erros vão ser sempre cometidos - volto ao exemplo da serie PES.

    Morais, há muito tempo que não te via por aqui ... tudo bem?!

    Meu caro, a Nintendo 64 pertence á geração da primeira PlayStation, estou certo?! No inicio tinhamos jogos cujo máximo que ocupavam era 100 MB, é verdade, mas mais para a frente começamos a ter jogos a ocupar 300 MB, depois 500, etc... Quando se escolhe algo para implementar num equipamento não se deve pensar só e apenas no ano de saída, mas também para o futuro de forma a tentar aumentar o tempo de vida do mesmo. Certos jogos que sairam mais tarde a ocupar mais do que os 100 MB iniciais seriam quase impossiveis de sair na N64 - Conhecendo o catálogo da N64, acredito que alguns titulos não foram lá parar mesmo por causa do problema de espaço.

    Morais, o facto de dizeres e passo a citar "Acho que é importante ter-se conhecimento deste pormenor antes de se criticar a Nintendo pela escolha do formato" é uma precipitação e uma dedução errada da minha pessoa, aliás no meu comentário inicial falo claramente da superior velocidade dos cartuchos, e tenho total conhecimento da forma que vinham os jogos da Saturn (colocava-se o jogo num leitor de CD's e ouviamos as musicas do jogo).

    Quanto ao BluRay, talvez tenha sido um erro da Sony com a PS3 (eu muitas vezes critiquei este leitor), mas quem sabe se daqui a uns 2 anos isso não será um trunfo?! Como eu disse, é preciso pensar a longo prazo e não a curto (a mesma mentalidade usada quando se faz um upgrade no PC).

    General_Guy, também adoro cartuchos, estão carregados de Nostalgia e têm algo que os discos não têm, mas eu não estou contra os mesmos ... penso que sou claro nisso, apenas cada coisa tem o seu tempo e lugar.
     
    Última edição: 7 de Agosto de 2008

Partilhar esta Página