1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Discussão Privatização RTP 1 / Fim RTP2 e Continuidade de Taxa de Audiovisuais

Discussão em 'Digital Life' iniciada por MAZIPT, 24 de Agosto de 2012. (Respostas: 104; Visualizações: 5744)

Estado do Tópico:
Fechado a novas mensagens.
  1. MAZIPT

    MAZIPT Power Member

    Boas. Gostaria de Abrir este topico para verificar o que o pessoal pensa de continuarmos a pagar a taxa de audiovisuais quando os canais do estado vão á vida!
     
  2. Tugatrix

    Tugatrix Power Member

    Claro que tens de pagar os amigos do Relvas precisam de ganhar a vida.

    Eu não me importo de pagar taxa de audiovisual, desde que a RTP faça serviço publico(mais RTP2 que RTP1) e não tenha publicidade, e se mantenham publica e não nesta lógica PPP. Comparando com outros países até temos uma taxa bem baixinha.
     
  3. Kredu

    Kredu Power Member

    Não compensa o preço a pagar para não se ter publicidade. A publicidade é uma boa forma de financiar o serviço público, tornando-o mais barato para nós.
     
  4. Tugatrix

    Tugatrix Power Member

    Mas a meu ver tem o reverso da medalha, programas para encher audiências e cagam na qualidade, gostava que a RTP fosse só metade daquilo que a BBC é, a BBC pode fazer programas para um publico mais geral, mas nunca descura a qualidade dos mesmos.
     
  5. madsites

    madsites Power Member

    Se só vamos ter 1 canal, então a taxa que baixe, acho que faz sentido.
     
  6. ruca1973

    ruca1973 Power Member

    Mesmo assim a RTP tem muitos programas de interesse e que visam o serviço público:

    - Portugueses pelo Mundo
    - Portugal em Direto
    - Prós e Contras
    - 5 Sentidos
    - Planeta Música
    etc

    E agora estamos no Verão e a coisa anda mais "light" (Decisão Final, Os Compadres) mas todos os dias depois do Telejornal há sempre um programa de 30 minutos de informação (temas de interesse público).

    E aqui eu só referi a RTP 1, na RTP 2 existem mais uma série de programas inerentes a uma tv pública, como é o caso de "Sociedade Civil", "Hoje", "Nós", etc
     
  7. zgruli

    zgruli Power Member

    Tanto quanto percebi, a RTP 1 não vai ser privatizada, vai ser concessionada!!! E vai-se continuar a pagar a taxa de audiovisuais, para fazer face a despesas inerentes a isso. (Não me perguntem quais...)
     
  8. Spiderman

    Spiderman I folded Myself

    Ah? Esse parece uma cópia do fama show da Sic. Nunca vi nenhum inteiro, mas foi o que me pareceu...

    Na RTP2 ainda temos os desenhos animados, que agora não há em mais nenhum canal, Ingrediente Secreto, etc...
     
  9. lsdluis

    lsdluis Banido

    Na minha opinião as rtp´s já deviam de ter sido extintas(vendidas ) á muito tempo .Desde há muitos anos para cá que aquilo é um survedouro de dinheiros publicos ,cujos os funcionarios e administrações oferem de ordenados pornograficos pagos por todos nós .Aliás esta situação é quase um papel quimico de quase todas as empresas onde o estado mete o bedelho ,Então os transportes publicos é de bradar aos ceus.Quanto ás taxas audiovisuais ,é mais um dos roubos ao bolso do povo portugues
     
  10. ruca1973

    ruca1973 Power Member

    É isso, estado que é inteligente deixa de ter tv do estado e deixa de haver serviço público. Se é tudo para vender.

    Uma coisa é sanear, cortar despesas, fazer o que for preciso para que uma situação quase insustentável se tornar a médio/logo prazo mais viável. Outra coisa completamente diferente é acabar com a TV pública.
     
  11. Spiderman

    Spiderman I folded Myself

    Então sugerias o que? Que houvesse apenas a SIC e a TVI como canais nacionais, a distribuir o seu conteúdo de fraca qualidade? Os transportes públicos é outro caso...
    Mesmo assim, os transportes públicos são essenciais para o funcionamento das cidades, e são usados sobretudo pelas pessoas mais carenciadas. Não vamos agora andar todos de carrinho... É verdade que houve alguns erros, mas estes serviços são essenciais!
     
  12. Ricardo P.

    Ricardo P. Power Member

    O 5 Sentidos? A Catarina Camacho a almoçar com o Herman José? As roupinhas das famosas? ;-)
    De resto concordo com o teu post e acrescento mais alguns:

    - 5 Para a Meia Noite (impensável na SIC e TVI)
    - (alguma) música clássica na RTP2. A semana passada estava a dar Händel na Igreja de São Roque (em 16:9) - um verdadeiro luxo, parecia que estava num país civilizado :)
    - Palcos - grandes concertos pop-rock (pena o horário)
    - as melhores séries internacionais a horas decentes
    - zig-zag
    - Onda-Curta
    - diário câmara clara (já a versão de Domingo não é grande espingarda)
    - cinema de grande qualidade, sobretudo no Sábado à noite na RTP2

    Enfim, tudo coisas que devem ter os dias contados :(
     
  13. Ricardo P.

    Ricardo P. Power Member

    Olha que o "roubo" nos outros países é muito maior, na Grã Bretanha são 180 Euros por cada TV. Além disso, a RTP é a estação de Serviço Público mais barata da Europa.
    Pode ser que os teus desejos se cumpram e possamos à noite optar entre telenovelas completamente distintas, umas mais alegres, outras mais tristes, é isso que queres?
     
  14. Tugatrix

    Tugatrix Power Member

    Pensa homem, estás a ser manipulado à bruta, a RTP apresentou lucros de 20 milhões o ano passado e o passivo está virtualmente pago nos próximos anos. Ai sim? então se essas empresas tem tantos problemas os privados estão interessados nelas porque? boa vontade? Não é um roubo, é um imposto tal como os outros, se não queres pagar impostos não tens direito a nada, SS, SNS, policia, justiça, educação, limpeza do lixo, etc. Podes passar a ser uma ilha de um homem só à vontade é essa a lógica?
     
  15. dvb

    dvb Power Member

    É pá, sinceramente parece-te que 180€ / TV / ano faz sentido?
    São 180€ / casa / ano. O que dá 15€ por mes, mas com a diferença que dá-te acesso a:
    4 canais tv dedicados (bbc1, bbc2, bbc news, bbc parlamento)
    4 canais partilhados, na pratica 2 canais (cbbc, CBeebies para crianças e bbc3, bbc4 para jovens adultos)
    2 canais hd (simulcast bbc1 e bbc hd)

    Notar que a bbc1 tem versões locais para passar noticias locais a determinadas horas (o que a rtp1 chegou a fazer em tempos antes do telejornal) e a bbc2 tem versões (menos) para cada "país" (inglaterra,gales,escocia,irlanda norte).
    Alem disso existem feeds extra, o que eles chamam de red button, por exemplo se tiverem os direitos para um evento desportivo, passam o essencial num dos canais principais, mas permitem que vejas tudo nesses feeds.
    Tens o iplayer para ver conteudo ondemand através do pc ou hardware compativel (boxs tdt, consolas, etc)

    Também tens direito a 5 canais de radio nacional, com versões "extra" na internet, mais radio para cada "país" e radio local.

    Sendo que este conteúdo pode ser visto através da TDT (freeview), TDT complementar (freesat, descodificado), cabo* e internet.

    * regra geral não tens mais no cabo que nos outros meios, ao contrário de certos e determinados países.

    --
    Engraçado que a RTP apresenta lucro nos ultimos anos.. mas continua a não chegar para disponibilizar os canais nacionais todos na tdt, raio nem na internet. A rtp informação não está no rtp play, a rtp memoria deve passar mais tempo com a mensagem que nao tem os direitos para a internet que a mostrar conteudo. Metam na internet com geo lock para portugal para determinados programas, agora bloquear para todo a gente...
     
  16. Kredu

    Kredu Power Member

    Eu cá preferia ter um canal de serviço público de qualidade. Algo como a BBC.

    Mesmo que se acabasse com os canais do estado, isso não teria de significar o fim do serviço público. Os restantes canais poderiam ser obrigados a passar N horas de serviço público (mais que agora), sendo um organismo a determinar os conteúdos de interesse público (definindo todos os seus moldes), e a leiloar esses programas de forma a que o canal que cobrasse menos ou pagasse mais para emitir esse programa, ficava com ele.
     
  17. Hugo_Carvalho

    Hugo_Carvalho Power Member

    A rtp informação já lá esteve antes do novo site.
    Mas concordo contigo, que o geo lock devia ser apenas para fora de Portugal, aliás nem fazia sentido doutra maneira....
     
  18. CMatomic

    CMatomic Power Member

    eles fazem isso para pessoal aderir aos meos go e tais , isto são jogadas .
     
  19. leader_02

    leader_02 Power Member

    ainda para mais, o serviço público no RU=bbc+itv+c4 e em FR=TF1+France Télévisions+CANALPLUS+rfi+Radio France+Europe1. seria bom esse modelo, além do mais, «obrigava» a sic e a tvi a aderirem á ebu, o que propulsionaria a passagem para 16x9, mas é só parte da minha ideia, lembrem-se que a ebu não é só tvs públicas, a sic e a tvi ficariam na mesma privadas, a rtp ficava um canais que combinasse a rtp1 e a rtp2 e o potential buyer «ficava» com o canal 2 e NÃO MEXIAM COM A ANTENA3 ou então faziam rebrand como antigamente (rdp rádio comercial) e era controlada por esse grupo, que NÃO PODE SER media capital e afiliadas, cofina (unless que saia da impresa), a impresa e afiliadas (renascenças e tais), ongoings e outras já bem instaladas em portugal (isso incluem-se vocês record e globo!!).
    vejam na wikipedia todos os membros da ebu mais os associados e vejam os privados (minoria, mas estão lá).
     
  20. Tugatrix

    Tugatrix Power Member

    Sim isso é muito bonito, mas estamos na républica das bananas, quanto mais se mexe nas coisas mais se estraga(para a maioria, outros contam os lucros).

    Eu digo 15€ por mês não é muito para ter uma televisão qualidade como a BBC, nos ultimos tempos tenho descobrido as séries deles e bem são bastante boas, já para não falar nos documentários, são acessíveis para os leigos e cativantes.
     
Estado do Tópico:
Fechado a novas mensagens.

Partilhar esta Página