1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Dúvida na compra

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por ston, 9 de Agosto de 2007. (Respostas: 26; Visualizações: 1559)

  1. ston

    ston Folding Member

    Boa tarde,

    Sinto-me tentado a comprar uma máquina digital boa mas mesmo boa, e por isso depois de algumas pesquisas penso que irei escolher uma destas duas.

    http://www.*****.com/pt/pt/542303/art/sony/cyber-shot-dsc-h9-preto.html

    ou...

    http://www.*****.pt/Imagem-Digital-Camaras-Digitais-Fujifilm-Finepix-S9600.php

    Qual acham que devo escolher?

    Nota:

    -Será para uso regular
    -Não sou experiente mas dou uns toques
    -Procuro algo que seja bom e ao mesmo tempo não muito caro
    -Posso ouvir mais opções de vocês pessoal experiente da fotografia


    Obrigado.
     
  2. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    s9600 sem qualquer duvida ;)
     
  3. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    ou s6500
    é quase uma 9600, com uns features a menos que acaba por compensar face à diferença de preços
     
  4. ston

    ston Folding Member

    Então acho que vou seguir pela 9600.

    @adolfo dias - eu não desgostei da s6500 mas fiquei diga-se apaixonado pela 9600.

    Pena que a 9600 não tenha aquela ecrã como a h9. =/
     
  5. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    não tem o ecrã, mas tem um viewfinder mais confortavel que a H9... apesar de nenhuma ter um viewfinder extraordinario, a s9600 é melhorzita.

    a 9600 tem mais alguns megapixeis que dão o seu jeito, e tem suporte para CF, que também resulta em cartões de maior velocidade, por menos dinheiro, que os XD.

    a nivel de lentes e corpo, e tudo igual entre a 6500 e a 9600... eu pessoalmente acho que a 9600 vale a pena, desde que se tenha dinheiro p ela... são mais 100€...
     
  6. ston

    ston Folding Member


    Exacto. Não estaria a pensar na opção da 9600 se não tivesse o dinheiro.

    Outra coisa, a nível de acessórios/lentes e outro material necessário, ficarei bem servido?

    Há por aí muita coisa há venda?
     
  7. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    em lojas fisicas é dificil comprar "lentes"
    mas online compras um set de tele 2x, wide 0.5x e close up por uns 200€
     
  8. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    por falar em acessorios, a s9600 tem a rosca do tripé em metal, a s6500 tem em plastico...
    parecendo que não, faz alguma diferença para quem tenciona usar um tripé frequentemente.

    o tripé (especialmente porque a maquina não tem IS), e um conjunto de pilhas/bateria suplementar, acho que são as primeiras coisas a comprar... lentes conversoras, so se se vir que fazem mesmo falta (28mm wide até 280mm, acho que lentes conversoras não são uma primeira necessidade)
     
  9. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    mas pilhas e tripe compras em qq lado
    o mais dificil é mm os conversores e tv o flash externo para a 9600

    apesar de n ser primeira necessidade (só a comprei ha uns meses) uma fish eye dá um grande gozo :D
     
  10. mundano

    mundano Power Member

    Os megapixels a mais da S9600 segundo alguns não são grande vantagem.. É que a lente em si não deixa passar detalhe suficiente para "alimentar" os pixels extra... E assim as fotos da S9600 parecem mais "soft" do que as da S6500 que têm as formas mais definidas..


    Quanto aos conversores "tele" para uma maquina dessas tenho duvidas que façam alguma coisa de jeito. Estamos a falar de uma lente que no máximo do Zoom já tem uma abertura de f/4.9, com um conversor de 2X passamos a ter uma abertura máxima de f/9.8 no máximo do zoom...


    Com tão pouca abertura não fica fácil tirar boas fotografias...
     
  11. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    acho que isso n funciona assim, pois a máquina n sabe que tem uma lente à frente. ao contrario das reflex onde os conversores são encaixados entre a lente e o sensor numa bridge são enroscados na lente
    n ha qq contacto electronico, logo penso que n vai interferir em nd, alem do facto de chegar menos 1 ou 2 stops de luz devido ao vidro extra
     
  12. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    a medida da abertura é f/2.8 por exemplo, ou seja, é a distancia focal / 2.8, se dobras a distancia focal, dobras o valor da abertura, para manter a mesma relação...

    claro que o teleconversor pode deixar passar mais ou menos luz, dependendo da qualidade das lentes, e do numero de grupos opticos...
    mas em principio acho que as contas do mundano estão certas.
     
  13. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    o que eu percebi que ele disse é que uma lente com f/2.8 com conversor já n consegue usar f/2.8 e passa a usar f/5.6 de máxima
    nas reflexes penso que seja assim, pq o teleconversor está entre os contactos da lente e da máquina e a máquina tem que se guiar pelo tele. numa bridge em que n ha contacto a máquina n sabe que tem mais vidro à frente e continua a usar f/2.8

    ou n percebi o que algum de vcs disse ou tou errado... agr n sei
     
  14. mundano

    mundano Power Member

    Vou ver se consigo explicar bem....

    Uma abertura de F/1, significa que por exemplo numa lente de 50mm, tens uma abertura ao longo de toda a lente com um diâmetro de 50mm.. Se a abertura for de metade, ou seja 25mm ao longo da lente passas a ter F/2.. Se a abertura for 1/4 da distancia focal, ou seja 12,5 mm, passas a ter uma abertura de f/4.. Etc... Etc... Etc... (para uma lente de 100mm de distancia focal ter uma abertura de F/2, significa que ao longo da lente tem que haver uma abertura de 50mm..)


    Agora partindo de uma lente com uma distancia focal de 50mm, e uma abertura de F/2.. Ou seja, com uma abertura ao longo da lente de 25mm (50/2=25).. Vamos imaginar que aplicas um tele conversor de 2X.

    A distancia focal da lente passa a ser de 100mm, ou seja, tens o dobro do zoom. Mas a abertura da lente é a mesma, ou seja 25mm.. Fazes as contas e rapidamente chegas à conclusão que agora tens uma abertura de F/4.. Não é nada de electrónico que a maquina detecte ou algo do género, é pura matemática.. O conversor faz com que a lente fique relativamente mais fechada...


    Por isso, eu pessoalmente acho que os tele conversores são bons para lentes de grande qualidade, que mesmo com a conversão ficam com uma boa abertura.. Agora uma lente que à partida no máximo do zoom já tem uma abertura de F/4.9, passa a ser F/9.8, ou seja passa a ser uma lente lentíssima...
     
    Última edição: 9 de Agosto de 2007
  15. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    continuo sem perceber essa logica.
    eu a 200mm tenho uma abertura máxima de f/3.5
    com um conversor de 2x fico com 400mm e f/3.5 na mm
    podes multiplicar o F pelos 2x se quiseres e dizer que é um f/7, mas continua a passar a luz de f/3.5 (vá f/4.5 por ter mais 2 vidros e entrar 1stop menos de luz)
     
  16. mundano

    mundano Power Member

    Para manter o mesmo F/number, ao aumentar a distancia focal para o dobro, terias que aumentar o diâmetro da abertura da lente para o dobro também..

    Porque a formula é F=distancia focal / diâmetro da lente.


    E faz todo o sentido... Repara que ao aumentares o zoom estás a espalhar sobre o sensor a luz de um campo de visão muito menor, portanto em termos globais muito menos luz chega ao sensor.. E não compensas isso com uma maior abertura (em diametro) da lente.. Por isso, com o tele conversor chega menos luz ao sensor, ou seja, tens um F/number maior...
     
    Última edição: 9 de Agosto de 2007
  17. mundano

    mundano Power Member


    Se tens um F/3.5 significa que a 200 mm a lente tem um diametro que é igual a :

    3,5=200/D <=> D = +/- 57mm


    Se aplicares um conversor que muda a distancia focal para 400mm, como a lente não fica mais aberta, ou seja, como tens o mesmo diametro, neste caso concreto, 57mm.. Então o F number será:

    F=400/57 <=> F=7

    Ou seja, a maquina pode pensar que tens um F/3.5 e indicar-te esse valor no lcd, porque a maquina não adivinha que está lá o conversor, mas a verdade é que o F real passou a ser F/7... Ou seja, a lente ficou muito mais lenta...
     
  18. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    na teoria seria assim, mas na pratica o F é o mm.
    o facto de entrar menos luz deve-se apenas ao excesso de vidro e n à objectiva assumir essa regra
    como continuo com as minhas duvidas acerca disso ainda vou tirar umas fotos a 200, 300 e 400mm a f/3.5 e dps coloco aqui a titulo de comparação
     
  19. mundano

    mundano Power Member


    Uma coisa é o zoom da própria lente, as lentes compensam a maior distancia focal de forma a que o F/number não aumente muito, normalmente quanto mais caras melhor o fazem... Outra coisa são conversores que simplesmente aumentam a distancia focal sem ter nada a ver com a geometria interna da lente..

    Se não acreditas no que eu digo, mete a maquina no modo manual, tira uma foto com e sem conversor exactamente com os mesmos parâmetros e depois vê lá se com conversor não ficas com uma foto muito menos iluminada...


    O facto de ter mais uns vidros pode é diminuir a qualidade da imagem e/ou introduzir aberrações cromáticas.. O facto de a abertura da lente diminuir proporcionalmente ao factor de aumento da distancia focal quando usas um conversor é pura geometria... E aconteceria mesmo que usasses o melhor vidro do mundo..



    Podes ver aqui, também falam disso, eu pessoalmente não sei explicar melhor, pode ser que nesse topico percebas onde quero chegar.

    http://www.forumfotografia.net/index.php?showtopic=33480
     
  20. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    n é n acreditar.
    a ideia que eu tenho é a que expus no inicio. isso acontece nas slr pq o contacto da lente é feito através de contactos electronicos. daí a perda de AF e abertura
    neste caso sei que vou perder luz é um facto, mas vou perder prai 2stops no máximo e n o dobro
    assim que tiver oportunidade faço os testes
     

Partilhar esta Página