1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

duvida radiação

Discussão em 'Dúvidas e Suporte—Internet, Redes, Segurança' iniciada por telheiras, 16 de Novembro de 2008. (Respostas: 13; Visualizações: 2004)

  1. telheiras

    telheiras Power Member

    Não sei bem onde colocar esta questão

    Queria saber se têm "medo" de usar aparelhos sem fios, por causa das radiações no nosso corpo e cérebro.

    Mais concretamente se teriam algum receio por comprar Headphones wireless, e obviamente usa-los na vossa cabeça, com as ondas directamente a atravessar o nosso cerebro.

    estou a pensar comprar uns para o natal, mas não sei se será seguro a longo prazo obviamente...


    que acham?
     
  2. telheiras

    telheiras Power Member

    Isto significa que é uma estupidez comrprar headphones, ou só é uma estupidez meter a cabeça perto do receptor?
     
  3. Sam001

    Sam001 Power Member

    é assim tu não podes viver sempre com medo da radiação pois estás sempre rodeado por ela mas não te aconselho a comprar headphones sem fios ainda por cima para meter na cabeça. se puderes compra com fios pois assim sempre evitas essa radiação.
     
  4. Skulldevil

    Skulldevil Power Member

    Epa radiação, radiação e radiação....
    Vocês não passam o dia inteiro com o telemovel? Não vêm televisão? Não passam por cabos de muita alta tensão daqueles que dizem q podem provocar cancro com demasiada exposição à radiação?!
    Epa e não tão vivos tendo em conta q fazem isto tudo? É que a radiação acaba por chegar a esses sitios televisão, rádio, telemóvel,.... estamos sempre a ser constantemente bombardeados com radiação quer queiramos, quer não queiramos !
    Apenas não imaginem q por usarem phones wireless ou por estarem agarrados ao telemovel vão apanhar um cancro na testa ou algo do genero lol
    Podem apanhar e podem não apanhar são coisas que ninguem pode descobrir por enquanto, apenas imaginar !
    Mas uma coisa é certa há radiação perigosa e tb não a há! Como tal telemóveis e afins ainda não se tem certeza de qual faz parte!
     
  5. telheiras

    telheiras Power Member

    caramba... era umas coisas que pensava para o natal, andei a ver vários..


    é que com fio é uma seca que se enrola nos braços e pernas com algum azar...
     
  6. Judas

    Judas Moderador
    Staff Member

    LOL não te preocupes com isso....

    Se cair um raio(relampago) mesmo em cima da tua casa, a "corrente" pode entrar por uma das linhas de electricidade, e correr pela ligação "terra", a preferida dos relampagos, e se tiveres uns Headphones com fio, vais levar com um ripada no cerebro que até ficas a ver estrelinhas...
    Nos headphones sem fios isso não acontece...

    Já agora, quando o tempo estiver de trevoada, não usar telefones com fio!!

    Alias, nada com fio

    e ainda sobre os headphones sem fios, o emissor é que emite radiação, o receptor(headphones) tem um oscilador local , mas a radiação emitida por este é muito fraquinha...

    EDIT:
    O emissor, esse sim deve estar afastado de pessoas e animais. Pelo menos uns 20 ou 30 cm.
     
    Última edição: 20 de Novembro de 2008
  7. telheiras

    telheiras Power Member

    as trovoadas não me preocupam... é mais a radiação diária.

    qual é a radiação que o emissor dos headphones têm? é igual À do telemovel? igual à do microondas?

    só para perceber quais os maiores riscos em termos de radiação para nós.

    é que uso diariamente cerca de 2-3 horas um computador com Net Wifi, e estão mais 2 computadores ligados ao lado nas mesmas condições. Ou seja todos os dias cerca de 2-3Horas x 3 = 6-9 horas de exposição ao wifi.

    O router no entanto está a mais de 30cm... cerca de 1 metro ou mais
     
  8. Judas

    Judas Moderador
    Staff Member

    Não sei dizer, mas normalmente são equipamentos de muito baixa potencia, algo a rondar os 10Db numa escala de miliwats sendo que 1db=1mw, ou seja a potencia deverá nos 10mw.

    Isto sem ter em conta a frequencia, que deve ser de 2.4Ghz.

    Outro factor que influencia tanto como a potencia, é o plano de radiação do emissor, se for omnidirecional, então manda o sinal para todos os lados, tipo esfera de radiação, radiador isotropico.
    Se a antena for um dipolo, então o plano de radiação é tipo um donut com o plano perpendicular á orientação do dipolo.
    Se for uma reflector parabolico, então o plano é tipo um cone. Mais ou menos "bicudo" consuante o tamanho e forma do reflector.

    De qualquer modo, quando a distancia duplica, a potencia fica umas 4 vezes mais fraca, por isso, a melhor maneira de evitar, é mesmo a distancia, e fugir do plano de radiação da antena.
     
  9. Ignis

    Ignis Power Member

    Boas,

    estive a pesquisar sebore o assunto e depareime com este topico, http://forums.cnet.com/5208-7589_102-0.html?forumID=62&threadID=158657&start=0&tag=forum-w;forums06

    e li uma resposta interessante.

    Qual é a tua opiniao em relacao a esta resposta?? e eu que tenho um router wlan topcom ao meu lado na secretaria, a uns 20cm.

    Também encontrei isto http://www.theregister.co.uk/2006/02/22/canada_uni_wifi_ban/

    O que eu aprendi, o que conta é a frequencia e nao a potencia, o microondas trabalha a 2.4ghz a 600-1200 watts, o que ja serve pra cozinhar a comida eheh, agr adivinhem lá, os routers tambem funcionam a 2.4ghz, mas nao chega a 1watt, com isto quero dizer, nao será o suficiente para umas dores de cabeça??

    Eu esta-me cá a aparecer que daqi a uns 50 anos, vamos todos morrer de tumores e cancros :007:
     
  10. casser

    casser Power Member

    O limite legal é 100mW (1/10 de 1 Watt) para wireless...agora se usares um amplificador de 1W (como se vende sem legislação em PT) juntares uma Omni de 11dBi e tiveres a 10m com LOS para ti..acredito que sintas "algo".

    Eu já faço/testo antenas à alguns anos e rara a vez fiquei com dor de cabeça, e se aconteceu nunca cheguei ao ponto de ficar com "tonturas, náuseas, insônias e dores musculares" como foi referido na notícia do fecho de uma Biblioteca de Paris devido ao mal estar "supostamente" do Wifi.

    Mas tenho mais receio dos telemóveis..isto é só um exemplo de uma simulação à antena de um telemovel Sony Ericsson

    [​IMG]

    Apesar da antena irradiar mais para "fora" da cabeça, todas as antenas mesmo sendo direccionais irradiam para trás..
     
  11. Judas

    Judas Moderador
    Staff Member


    Pág. 176
    http://www.anacom.pt/streaming/qnaf2007.pdf?contentId=505624&field=ATTACHED_FILE

    e na pág 201 temos:
    "P.I.R.E. - Potência Isotrópica Radiada Equivalente"

    Ou seja, legalmente, podemos colocar qualquer antena, o que pode melhorar a recepção quer em nivel de sinal, quer em qualidade, mas tambem pode aumentar a p.i.r.e., por isso devemos ajustar a potencia do emissor para ficar de acordo com a legislação em vigor.

    Como quase ninguem respeita a legislação, a "malta" custuma colocar antenas com mais ganho, mas não baixam a potencia de emissão. O resultado, é mais distanciam nos links, e com melhor qualidade de ligação, muitas vezes permitindo usufruir da velocidade maxima que o equipamento permite.

    Ainda sobre as potencia, como já foi dito, pelo casser:
    "...agora se usares um amplificador de 1W (como se vende sem legislação em PT) juntares uma Omni de 11dBi e tiveres a 10m com LOS para ti..acredito que sintas "algo". "

    e ainda

    "Mas tenho mais receio dos telemóveis..isto é só um exemplo de uma simulação à antena de um telemovel Sony Ericsson."

    Sou da mesma opinião.

    PS: já agora, para quem não percebe muito disto.
    1W de amplificador = 30Db (na escala de mw, acho que o correcto deveria ser 30Db/mw)
    11Db de antena = aprox. 12 x mais potencia num determindado plano.

    Temos então um p.i.r.e. de 12W, mais coisa, menos coisa, no plano de radiação da antena.
     
    Última edição: 28 de Novembro de 2008
  12. casser

    casser Power Member

    Não sei se conhecem esta notícia de um blog, a história é muito simples...ele está usando uma Fonera+amplificador de 1W+Omni de 19dBi, é um exagero (alem de ilegal) como nunca vi e ele refere que fez testes a 600m com um planar de 12dBi..para quê tanto?!?

    Vejo pessoas a usarem antenas/equipamentos absurdos para distancias tão curtas, isso só satura o sinal dos outros, depois as pessoas queixam-se que o ruído de sinal está alto ou estão com falta de estabilidade. Eu uso o meu router (em modo cliente) a -78dB, o que apesar de nao atingir os 54Mpbs dá perfeitamente para mim.

    E acerca dos telemoveis..tenho 5 antenas sectoriais da Vodafone no telhado do meu prédio (17dBi 2.0Ghz), felizmente tou no sitio mais seguro (por baixo/trás da antena), mas o prédio que está à minha frente, a 15m da antena, é "bombardeado" 24/7h com uma antena de 17dBi a entrar pelas janelas sempre em comunicação com o telemóvel...se houver algo que faça "mal", não é a tecnologia wireless 2.4/5Ghz (usada dentro dos parametros legais), mas sim a tecnologia celular que está em todo o sitio a toda hora.
     
  13. Judas

    Judas Moderador
    Staff Member

    Yep, tens razão.
    Por isso, eu utilizo em casa, 10mw, que é o mínimo para ter os 54Mbs no AP. De notar que o AP faz 250mw com o software DDWRT.
    Infelizmente é normal ver esse tipo de situações.
    Tambem é normal ver emissores de sinal de TV sem fios, com potencia a mais (acima dos 100mw p.i.r.e.).

    E isso das antenas dos telemoveis ao pé de casa... enfim... é como as emissoras locais de radio, temos que levar com essas radiações quer queiramos, quer não...
     

Partilhar esta Página