1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Dúvidas no médio formato - revelações, impressões, digitalizações...

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por cantara, 8 de Abril de 2008. (Respostas: 15; Visualizações: 3466)

  1. cantara

    cantara Power Member

    O meu interesse pelo médio formato iniciou-se quando comecei a ver umas fotos de uma pessoa no Flickr, no formato 'quadrado' de 6x6, que simplesmente adoro! E sendo a fotografia um hobby que tenciono alimentar por muito tempo, adquiri uma Bronica SQA no ebay. O fotómetro e uns quantos rolos devem estar a chegar entretanto! :D

    A máquina em si é um espanto! Pesada, robusta, muito simples de utilizar, e comprei uma que trás o visor que se vê de cima (waist level). Um mimo! Relativamente ao modo de funcionamento, tenho lido muita coisa, e julgo não ter grandes dúvidas. Vai ser um processo de aprendizagem que vai levar o seu tempo, já que de filme percebo pouco, mas vontade não falta!

    Portanto a minha questão aqui reside mais na revelação e impressão das fotos. Estamos a falar de filmes de 120 (ou 220) a preto e branco, cor negativo (color negative) e cor normal. Tenho passado por laboratórios de fotografia, e a grande maioria aceita a revelação de rolos de 120 ou 220, mas têm que ir para não sei onde para revelar (Fnac, por exemplo). A Colorfoto também faz a revelação, mas os preços - comparando com a Fnac - são muito diferentes. A Fnac cobra cerca de 2€ pela revelação e a Colorfoto quase 5€.

    Agora começa a minha dúvida. Por revelação entendo que seja revelar propriamente o rolo, e entregarem-me os negativos. Neste processo, pelo que percebi em ambas as lojas, ele é feito por máquinas. Significa isto que a 'arte' na revelação poderá entrar ou não neste processo? Ou é algo automatizado, e portanto é um pouco indiferente no resultado final?

    Depois disso há a impressão propriamente dita das fotos, onde, julgo eu, é necessária alguma 'arte'. Na Colorfoto, por exemplo uma impressão de 15x15 custa perto de 5€, mas todo o processo é feito manualmente. Ainda não perguntei em mais nenhum lado. Quanto à impressão, não vou querer todas, e portanto é algo que não me vou preocupar para já, e não me importo de ir à colorfoto para revelar da primeira vez algumas das fotos

    Finalmente, o que queria era mesmo a digitalização! Eles aí também fazem isso, mas queria saber se existem digitalizadores exclusivamente de negativos (médio-formato), e que sejam acessíveis, ou se pelo preço, mais vale pedir para digitalizarem logo as fotos.
    Entretanto se alguém tiver um scanner ou acesso a um, e se estiver na disposição de eu poder digitalizar mais tarde umas películas (ó pra mim a fazer-me ao bife!!:D), que me avise!! :P Nem que seja para ver como é que os scanners se comportam na digitalização.

    E já agora, se souberem lugares para revelação, impressão, e compra de rolos para além da Fnac e Colorfoto, coloquem aqui. Era porreiro conhecer outros sítios!
     
    Última edição: 8 de Abril de 2008
  2. makak0

    makak0 Power Member

    A ***** fazia bons preços.
     
  3. newcabaret

    newcabaret Power Member

    Tenho ideia que não são muitas as lojas a revelar/imprimir fotos de médio formato.
     
  4. -m3ta-

    -m3ta- Power Member

  5. mundano

    mundano Power Member

    Já agora, se não for indiscrição, quanto te custou a máquina? E que lente(s) trazia?



    Quanto aos scaners, há scaners que digitalizam negativos ou diapositivos, a partr de uns 150 ou 200 euros.. A questão é que quando melhor for o scaner melhores ficarão os resultados. Já que o filme de médio formato tem capacidade para captar IMENSO detalhe, depois é só uma questão de o scaner conseguir ou não ir buscar ese detalhe.. O problema é que os bons scaners são carissimos..
     
  6. helius

    helius Power Member

    é como o mundano diz, um bom scanner de negativos fica para valores bastante elevados..

    o meu epson perfection 3490 photo digitaliza negativos, mas a qualidade não é de todo recomendável.. também só custou 100€ por isso não me posso queixar..

    em relação a revelações do rolo, não conheço assim lojas que façam esse serviço, julgo que terás melhores resultados se fores a um estúdio de fotografia.. ou em alternativa montas uma darkroom tua :)

    cumps
     
  7. cantara

    cantara Power Member

    @-m3ta-, pois já tinha reparado nesses scanners de rolo, e de facto são preços proibitivos para quem faz da fotografia apenas um hobby. E julgo que desses, só o mais caro é que aceita negativos de médio formato.

    @mundano, comprei a máquina com o corpo da SQ-A com correia para o pescoço, lente S de 80mm com para-sol e filtro para proteger a lente, waist level, e um carregador de 220 com darkslide. Tudo ficou-me por cerca de 250€. Não foi um mau negócio tendo em conta os preços no ebay, e o material está todo em condições. Vou usar rolos de 120 no carregador de 220, porque os de 220 são mais caros e em Portugal ainda não os vi à venda. Depois quero ver se compro mais um carregador, para poder trocá-los (ter um a BW e outro de cor, por exemplo)

    @helius, a questão de revelar em casa é que me limita ao preto e branco. Ou é possível fazer revelação de rolos cor negativo, por exemplo?

    Quanto aos scanners, já vi que para se ter alguma qualidade, é preciso investir pelo menos uns 200€. Pelo que por enquanto vou-me ficar pela revelação na loja e digitalização. Se de facto vir que valerá a pena o investimento, faço-o mais tarde.

    Uma dúvida que não ficou respondida relativa à revelação. É indiferente ser numa fnac, por exemplo, do que noutra loja mais especializada (tipo colorofoto)? O processo de revelação requer alguma arte por parte da pessoa que o fizer? Pelo que percebi, aquilo vai para uma máquina, e o processo é automatizado.
     
  8. iellow

    iellow Power Member

    Se quiseres revelar a p/b recomendo o laboratório viragem (trabalham exclusivamente em preto e branco), que fica perto do Marquês de Pombal. Fazeres cópias lá é que é ui ui…

    Sobre a colorfoto cobrar mais não me admiro, a fnac também não é um exemplo de qualidade, pois arriscas-te a ter riscos e poeiras no rolo (não pela revelação, mas pelo manuseamento ;) ).

    cumps
     
  9. mundano

    mundano Power Member

    250€ acho que foi um belo negocio...

    Depois mete ai fotos do equipamento, e quanto tiveres, fotos tiradas com o equipamento.. ;)
     
  10. helius

    helius Power Member

    encontrei aqui um site que trata a fotografia de grande formato, não é exactamente o que queres, mas julgo que existirão elementos que se aplicam a ambos os formatos..

    cumps
     
  11. conheço uma loja online

    Conheço este site de impressões , mas não sei, se é bem o que queres.

    www.impressao24.pt

    De qualquer forma é grátis o número deles 800.
     
  12. dasens

    dasens Power Member

    De médio formato percebo pouco, mas esquece o scanner se julgas que dar 200€ por um scanner é proibitivo, pois para andar a digitalizar negativos de médio formato, só vale mesmo a pena se for com qualidade, e para isso são precisos scanners que custam muito mas muito mais que 200€.
    Quanto à revelação, eu procuraria uma casa de fotografia mesmo que saiba o que ande a fazer e não trate as tuas películas como mais umas. Pagas mais, mas terás melhor qualidade, tenta-te informar com pessoal com mais experiência na área. O médio formato não é barato para ninguém (já nem o 35mm o é), e quanto a revelações caseiras, acho que só consegues a preto e branco, mas é uma questão de procurares melhor.
     
  13. cantara

    cantara Power Member

    @Helius, esse site tem muita informação! Muito bom!

    @dasens, sim, eu sei que não um hobby propriamente barato. E sim, scanners com 3,6Dmax ou mais, já voam para cima dos 300€. Para já vou revelar, digitalizar, e pedir para imprimir as que quiser mais tarde. Provavelmente vou à colorfoto com os primeiros rolos. Os rolos preto e branco, se o investimento for pouco, talvez tente revelá-los em casa (não imprimir, só mesmo revelação).
     
  14. mundano

    mundano Power Member

    Então e quando começamos a ver os primeiros resultados?

    Fiquei curioso em relação às questões praticas de usar uma médio formato nos dias de hoje..
     
  15. cantara

    cantara Power Member

    Epá, a verdade é que não tenho tido tempo nenhum, e ainda estou à espera que os rolos e o fotómetro cheguem! :D A cores comprei o cor negativo Portra 400VC e BW comprei os Tri-X 400. Vamos lá ver como me vou sair!
    Quanto às fotos do bicho, estou quase a ter net em casa, e as fotos estão no Mac.
    Mas não te preocupes que assim que tiver resultados, coloco-os aqui. ;)

    Já agora, para revelar as fotos em casa, estamos a falar de um investimento de quanto? Tenho andado a ver uns vídeos e a ler umas coisas, e parece que é suportavel. Só não sei o preço dos quimicos...

    ps - no Flickr tens lá grupos dedicados ao médio formato. Procura por Bronica ou 6x6, e tens lá fotos muito loucas. A pessoa responsável por isto tudo é o flier-jodai. Foi com ele que comecei a trocar algumas impressões relativas às Bronica.
     
    Última edição: 16 de Abril de 2008
  16. mundano

    mundano Power Member

    Já agora, em termos de scanner tenho andado a ver e por uns 200 ~ 250€ já compras uns scanners da Epson que te dão uns resultados muito bons. Obviamente não chegam ao nível de um scanner profissional, mas os resultados não desapontam...

    OS Scaners em causa são:


    Epson 4490 Photo - 179€ em PT - http://www.*****.pt/catalogo/detalhes.php?id=31259&cat=664

    Resolução 4800ppp , Dmax 3.4


    Epson V500 Photo - 250€ em PT - http://www.*****.pt/catalogo/detalhes.php?id=31260&cat=664

    Resolução 6400ppp, Dmax 3.4


    E o supra sumo, daquilo que é mais ou menos adquirível:

    Epson V700 Photo - 540€ em PT - http://www.*****.pt/catalogo/detalhes.php?id=18723&cat=664

    Resolução 6400ppp, Dmax 4.0



    Já agora, a resolução é a capacidade para captar mais detalhe, mas ainda mais importante, uma vez que a resolução dos scaners mais fracos já é suficiente para grandes impressoões, é o Dmax, que é a densidade optica do scaner e que na pratica traduz a quantidade de detalhe que o scaner é capaz de ir buscar às sombras.. Num scaner com um Dmax baixo as sombras ficam sem qualquer detalhe, quanto maior o Dmax mais detalhe aparece e mais perfeitas parecem as digitalizações. É pena é que a maioria dos fabricantes não revela o Dmax dos seus scaners. Ah.. E 3.4 é um bom valor para um scaner caseiro, 4.0 é um valor excelente.


    Já agora, os Epson penso que a partir do V500 usam uma tecnologia muito eficiente a remover poeira. O slide/negativo a cores é digitalizado em duas passagens, uma normal e uma de infravermelhos.. O filme é transparente ao infravermelho, mas as poeiras não, então o scaner usa a imagem em infravermelho como uma mascara para remover as poeiras (para preto e branco não funciona esta tecnologia).
     
    Última edição: 17 de Abril de 2008

Partilhar esta Página