1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Emigrar - qual a melhor estratégia?

Discussão em 'Programação' iniciada por ultrauploader, 7 de Janeiro de 2019. (Respostas: 7; Visualizações: 877)

  1. ultrauploader

    ultrauploader Power Member

    Boas pessoal,

    Estou seriamente a pensar emigrar e gostaria ainda este ano sair do país. Já há meses que procuro informação sobre o processo de emigração para diversos países que considero serem os melhores tendo em conta os meus objectivos.
    Procuro principalmente:
    • €€€€€ (tendo em conta os custos de vida no país de destino e quanto me sobra no final do mês)
    • Trabalhar em empresas que me permitam ter um rápido crescimento profissional (big N?)
    • Um país que me agrade
    Constatei por isso que existem vários países que me permitem atingir estes objectivos (por ordem de preferência):
    1. EUA
    2. Suiça
    3. Alemanha
    4. Irlanda
    5. Holanda
    6. Canadá
    Mas como é óbvio, existem alguns problemas com que me deparei:

    USA

    Bastante difícil conseguir residência. Existem várias opções que poderia tentar:
    • H-1B: Teria que ser sponsored por uma empresa. Existem também "talhos" que fazem isso mas pelo que investiguei, é uma péssima maneira de entrar no país.
    • L-1B: Entrar numa empresa com escritórios europeus e nos EUA e após um ano pedir transferência para lá. Não me parece má opção, no entanto fiquei com a ideia que se fica um pouco "preso" à empresa pela qual se vai.
    • Vistos de estudante internacional: Teria que fazer um mestrado numa faculdade americana e esperar que uma empresa me desse sponsor (não tenho bem a certeza como funciona o processo neste caso e sinceramente, não me parece a solução mais eficiente)
    • Diversity lottery: Tentar não custa
    • TN-1: Pelo Canadá
    Os EUA estão no topo da lista pelos salários absurdos praticados em IT nas grandes cidades, o que me daria uma grande liberdade após uns bons anos a trabalhar. É também sem dúvida o sitio onde poderia crescer mais profissionalmente.

    O custo de vida nas grandes cidades no entanto é também absurdo e o sistema de saúde ainda mais. Mesmo com o alto custo de vida, pelo que já investiguei os salários são os que mais compensam quando comparados a qualquer outra parte do mundo.

    Suiça

    Bastante mais fácil entrar, no entanto não encontro assim tantas ofertas como noutros países (muita concorrência?). Zurique é para onde procuro ir e para além de ter a vantagem de aprender uma nova língua, penso que a qualidade de vida é bastante superior em comparação qualquer outro país na lista.

    É de momento o país para onde estou mais virado. Tenho no entanto algumas dúvidas quanto ao salário expectável, ao que estar atento na negociação e se vale ou não a pena entrar por uma empresa cá (eu preferia dizer não a consultoras, mas às vezes dão jeito para por o pé na porta e tratarem de toda a burocracia).

    Alemanha

    Bons salários mas dizem que tem os impostos altos. Bastantes ofertas e penso que é um bom país com uma boa qualidade de vida.

    Irlanda

    Bons salários e mau tempo? Têm vantagem de já conhecer a língua e também ter bastantes ofertas.

    Holanda

    Gosto bastante de Amesterdão e vejo-me a viver lá. Os salários no entanto parecem mais baixos que nos países vizinhos, o que aliado aos altos impostos e o custo de vida médio/alto não me inspira muita confiança. A vantagem que vejo neste aspecto é que existe o 30% tax ruling que poderia safar durante uns anos.

    Canadá

    Está mais na lista por ser eventualmente uma porta de entrada para os EUA. No entanto não seria uma má escolha mesmo para trabalhar e viver.

    ---------------------------------------

    Outra questão que tenho é a das entrevistas lá fora. Estão muito na moda os leetcodes, hackerranks, ect e apesar de já ter passado numa entrevista do tipo cá em Portugal, não sei qual é a exigência lá fora e se existe um tipo de perguntas mais "típico" num determinado país. Suponho que ande tudo nos mesmos moldes e que a melhor solução seja dar grind em exercícios de algoritmia.

    Sei que existem por aqui bastantes informáticos em vários dos países que mencionei e gostaria do vosso feedback, pros e cons do país onde se encontram.

    Obrigado.
     
  2. hatelover

    hatelover Power Member

    E qual é a tua profissão?
    Que tipo de role procuras?
    Qual a tua experiência?
    Que línguas sabes?
    O que é para ti um "país que gostes" ou a que dás valor?
    O que é para ti ganhar bem?

    Como vez há muitas variáveis. A minha experiência diz que não há situação perfeita, ou seja, em qualquer país vai haver sempre coisas menos positivas ou negativas ou que tu não gostas. Trata-se de pesar os + e os - e ver onde ficas.

    Also, estás a considerar um expectro de países completamente diferentes uns dos outros, por diversas razões.

    PS: Eu vivo na Alemanha há 6 anos e para o meu estilo de vida e as minhas prioridades no momento, considero ser o melhor país para viver neste momento, apesar de que podia estar a ganhar mais dinheiro se pretendesse abdicar de outras coisas.
     
  3. ultrauploader

    ultrauploader Power Member

    Sim, sei que não há sítio nem situação perfeitos, no entanto o meu objectivo com esta thread é obter o máximo de informação possível para tomar uma decisão informada.

    Respondendo às perguntas:
    • De momento sou full stack dev com 1 ano e meio de exp
    • Inglês
    • Dou valor a um país seguro, organizado e onde possa ter uma boa qualidade de vida
    • Ganhar bem é sobrar bastante no final do mês após pagar todas as despesas essenciais.
    Como dá para perceber, muitos paises europeus cumprem estes requisitos e por isso procuro opiniões de quem se encontra pelos que mencionei.

    Se possivel, podes elaborar um pouco mais sobre as tuas condições e experiência na Alemanha?
     
  4. zricardo

    zricardo Power Member

    Já pensaste Espanha?
     
  5. ultrauploader

    ultrauploader Power Member

    Não estou muito para ai virado sinceramente.
     
  6. hatelover

    hatelover Power Member

    Não leves as minhas perguntas a mal, só queria dar-te mais coisas sobre as quais reflectir.

    Pela tua resposta, quando falas de país seguro, organizado, etc eu punha já dois países fora da equação - EUA e Irlanda. A Irlanda menos, a razão principal no entanto é a incerteza de como vai ser afectada por um possível Brexit e, no meu ponto de vista, Dublin não tem grande qualidade de vida.

    Relativamente à língua, se não estiveres disposto a investir tempo e dinheiro em aprender uma língua nova, Suiça e Alemanha também se tornam complicados. Não é que não seja possível trabalhar e viver com inglês apenas, principalmente na Alemanha, mas a tua experiência vai ser completamente diferente a partir do momento em que aprendes a língua local (seja alemão, francês, italiano, no caso da Suiça).

    Sobre o ganhar bem e sobrar bastante no final do mês, acho que isso vai acontecer em qualquer desses países sendo que o bastante depende do teu estilo de vida como referi antes. Se és uma pessoa que faz casa-trabalho-casa todos os dias, não é muito activa socialmente, não viaja muito, não se importa de partilhar casa, então vais juntar muito dinheiro rapidamente.

    Eu vim para a Alemanha um bocado por coincidencia em 2013 através do INOV Contacto, acabado de sair da Universidade, sem experiência nenhuma. Apesar da dúvida inicial e de todos os estereótipos sobre o país e as pessoas, passado 3 meses de estágio estava a assinar contracto com a empresa onde trabalhei até agora. Não comecei com um contrato extraordinario, mas pelo que vejo pelas threads sobre ordenados aqui no fórum comecei com um ordenado superior ao que 90% das pessoas aqui em Portugal conseguem alcançar com vários anos de experiência. Hoje, passado 6 anos, mudei para uma cidade maior, para mim a melhor cidade para viver da Alemanha e decidi mudar de empresa para ir trabalhar numa área bastante específica. Neste momento já estou num patamar salarial que provavelmente nunca conseguiria ter quando chegasse à reforma em Portugal se aqui tivesse ficado...

    Eu pessoalmente não vim para fora com o mesmo intuito que tu. Juntar dinheiro nunca foi prioridade - apenas foi acontecendo naturalmente. Tenho uma vida social bastante activa, já não partilho casa há uns anos, viajo imenso e nunca fiz contas desde que comecei a trabalhar, mesmo assim juntei dinheiro ao longo dos anos. Se não for o teu caso, rapidamente vais ver as tuas poupanças a crescer, tanto na Alemanha como noutros países.

    Também a minha ideia é de regressar a curto-médio prazo, por isso acho que o facto de ter estado na Alemanha, a evolução profissional que tive e a exposição que tive assim como o facto de ter a língua na bagagem, espero que me venha a abrir a porta a condições muito boas para regressar a casa quando o decidir fazer e quando encontrar as condições certas. Se isso não estiver nos teus planos, entao o leque de possibilidades volta a abrir.

    Com isto tudo quero-te dizer que, na minha opinião, a Alemanha neste momento é sempre a melhor escolha para a mudança que tu pretendes.
     
  7. ultrauploader

    ultrauploader Power Member

    Obrigado pelo testemunho, realmente a Alemanha está no topo das minhas prioridades. Existe algum portal bom de empregos para ti na Alemanha?
     
  8. Totoro

    Totoro Folding Member

Partilhar esta Página