1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Empregos de informática no estrangeiro

Discussão em 'Programação' iniciada por jb_mtj, 1 de Maio de 2010. (Respostas: 2644; Visualizações: 288077)

  1. reise

    reise Power Member

    Amsterdam nesse aspecto é igual, pelo menos de Março/Maio a Outubro! :)
     
  2. hatelover

    hatelover Power Member

    Concordo até certo ponto, porque em Amesterdam é mais fácil fugires a isso.
     
  3. Duarteman

    Duarteman Power Member

    Malta, alguém a trabalhar em IT no Luxemburgo? Tive uma proposta cuja faixa salarial se situa pelos 3k (líquidos). Tenho 2 anos de experiência (BI Dev/consultor). Sinceramente isto parece-me pouco, especialmente porque o Luxemburgo é caro. Mas mesmo assim, o que acham?
     
  4. casdio

    casdio Power Member

    Mais importante que o dinheiro: vês-te a viver no Luxemburgo?

    Mudar de país nem sempre é fácil :)
     
  5. Nada é mais importante que o dinheiro excepto a saúde :-D
     
  6. casdio

    casdio Power Member

    Se te pagaram 1M/ano pra ir trabalhar pro meio da zona de guerra na Siria, ias? Se calhar nao :p

    (sobre isto, um amigo meu postou ha uns tempos uma oferta para o Iraque, salvo erro, de 300 ou 400k em 6 meses de trabalho. Todos concordámos que nao valia o risco de levar com um tiro nas trombas...)
     
  7. MustangNismo

    MustangNismo What is folding?

    Ele por acaso disse que só a saúde, e nesse caso é isso que está em risco
     
  8. casdio

    casdio Power Member

    Se mudares pra um pais e tiveres problemas de adaptaçao, podes ficar com uma depressao (ou problemas semelhantes mas menos graves). Isso e saude tambem, e foi nesse sentido que falei :)
     
  9. Yep, estamos todos de acordo entao.

    Relativamente ao Luxemburgo, podes usar o payscale.com para comparar salarios.
     
  10. jcab

    jcab 1st Folding then Sex

    Viva.
    Tenho a possibilidade de trabalhar como contractor em Zurique, ganhando um salário diário substancialmente elevado.
    Será a 6 meses.

    O imposto na Suíça ronda os 20%, portanto metade do imposto em Portugal.
    Contudo falei com um colega, que me disse que teria de abrir uma empresa unipessoal em Lisboa. Ou seja, ficaria a pagar o escalão de IRS em Portugal. E eu estaria à espera que fosse pagar o imposto de Suíça e que teria um NIF suíço.

    Sou completamente novato nisto de contractors. Há aqui alguém que esteja a trabalhar como contractor, para trocar umas palavras?

    Cumpts.
     
  11. casdio

    casdio Power Member

    Abrir empresa na Suica nao e opcao?
     
  12. RS

    RS Power Member

    Conheço um contractor que se mudou recentemente para cá, e passou a trabalhar a recibos verdes. Teve que abrir actividade nas Finanças.
    Mas isto deve ter que ser discutido com a Empresa para onde vais trabalhar.
     
  13. Darien

    Darien Power Member

    Penso que tens que pagar impostos onde vives a maior parte do ano, por isso a informação do teu colega parece-me correta.

    Mesmo ignorando o que é a lei atual, é o que faz sentido.
     
  14. juveleo85

    juveleo85 Power Member

    Onde vais viver? em Zurique?
     
  15. RS

    RS Power Member

    Percebi que seria trabalhar remoto para uma empresa em Zurique ...
     
  16. jcab

    jcab 1st Folding then Sex

    Sim, seria viver em Zurique. E fazer viagens regulares a Lisboa no fim de semana, por forma a visitar a família.
     
  17. lenric

    lenric Power Member

    Contacta um contabilista/fiscalista competente.

    Em todo o caso, do que me lembro de ter aprendido na 1ª licenciatura: 6 meses + 1 semana de trabalho e vivência comprovada (irrelevante onde passas o fim-de-semana) no país A vs restante tempo viver em país B -> ficas abrangido pelo sistema fiscal do país A.

    Mas, como disse, contacta alguém especialista em fiscalidade para que te informe com maior precisão.
     
  18. juveleo85

    juveleo85 Power Member

    Então se for por 6 meses incluindo as viagens não serias abrangido pelo regime fiscal suiço, por isso mais vale abrires empresa unipessoal em Portugal e cobrares através daí. Metes todas as despesas de trabalho na empresa e pagas o resto como salário/dividendos dependendo do que o teu contabilista aconselhar.
     
  19. MadnessJonny

    MadnessJonny Power Member

    Ando outra vez numa fase em que começo a ponderar sair do país e ir trabalhar para algum país da união europeia.

    Neste momento a minha maior apreensão é mesmo o facto de ser casado e ter dois filhos pequenos. Isto porque isso obrigaria a minha mulher a deixar o emprego e, dada a área dela, seria muito complicado ela arranjar emprego no médio prazo. O que vejo a acontecer é a minha mulher ficar em casa com eles até irem para a escola e, depois sim, procurar um emprego mesmo que não seja na área dela.

    A minha questão é sempre se dá para aguentar só com um ordenado e essas contas nunca são triviais. Já alguem passou pelo mesmo dilema?
     
  20. casdio

    casdio Power Member

    Nunca passei pelo mesmo problema, mas na Alemanha eu diria que nao da para aguentar. Pelo menos sem ajudas do estado...

    Contas:
    70k para senior developer, da 42k limpos/ano (ou seja, 3.5k/mes limpos)

    Uma casa para 4 pessoas vai facilmente pros 1800e/mes, logo metade do ordenado foi ao ar.
    Com o resto ter que sustentar 4 pessoas, sendo que 2 sao crianças... Fica curto.
     

Partilhar esta Página