1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

empregos e C++

Discussão em 'Programação' iniciada por ld50, 27 de Outubro de 2008. (Respostas: 3; Visualizações: 675)

  1. ld50

    ld50 Power Member

    O que acham de C++ no mercado de trabalho? Há muita procura por C++ ou nem por isso?

    Que empresas recrutam programadores de C++? Se souberem digam, ando a ver propostas de emprego, mas é quase tudo .NET e javas
     
  2. JomarC

    JomarC Power Member

    Na minha opinião um programador não deve ficar-se só por uma linguagem.

    Quantas mais souberes melhor. Dito isto se tas a pensar em seguir C++ mais de perto acho muito bem porque na minha opinião e muito completa, mas não deixes de aprender outras.

    Quanto mais linguagens souberes melhor para ti e com mais facilidade arranjas emprego.

    Cumps
     
  3. fLaSh_CF

    fLaSh_CF Banido

    Sem duvida JomarC

    Eu penso que actualmente uma boa aposta para o futuro é sem duvida dominar as soluções Microsoft nomeadamente o .NET framework e SQL Server seja por VB.NET, C# .NET, C++ .NET, etc..

    A plataforma .NET está a ganhar cada vez mais terreno no mercado empresarial, devido a facilidade, rapidez e potencialidades.

    Não que acho que seja a melhor framework que existe, mas devido aos factores acima referidos..

    Hoje em dia, quem não conhece/sabe os principais conceitos de programação desta framework, para as empresas "é como não saber programar".

    Compr.
     
  4. bsd

    bsd Power Member

    A linguagem certa depende do ramo aplicacional em que estás a trabalhar.

    A maior parte dos empregos são em sistemas de informação e tecnologias de informação. Aí, o que importa é efectivamente conhecer a(s) plataforma(s), se é Java com J2EE, se é .NET, se é ruby-on-rails, etc. Tipicamente não há grande escolha na linguagem, diga-se de passagem que programar em C++ .NET ou em C# não é assim muito diferente. Provavelmente programar em C++ aqui é uma perda de tempo (e eu estou do lado do C++...).

    Se estiveres a programar em aplicações de engenharia, o C++ será talvez a linguagem dominante neste momento. No entanto, por aí há mais escolha de linguagens. Mantém-se os contactos com o FORTRAN, ainda, o LISP, sempre presente, e vão-se vendo aqui e ali novas linguagens, como o Haskell e outras.

    Em qualquer ramo é fundamental saber XSLT, XSD, WSDL & amigos.

    Em sistemas de informação, o que é importante é ter capacidade de análise e conhecer as diversas metodologias de organização dos dados, a linguagem vem muito depois.

    Em engenharia, o que é importante é não perder de vista a matemática, a análise de algorítmos, a linguagem também vem depois, mas se calhar não tão depois como no outro caso.
     

Partilhar esta Página