Engenharia Informática

Sou programador há anos e gostava de evoluir para outras posições, como business analyst ou product owner, posições mais ligadas à componente funcional.

Que tipo de formação/cursos/livros ou que temas deveria estudar para conseguir fazer este progresso?

Obrigado pela ajuda.
 

0NZ3

Folding Member
Para primeiro emprego, acabado de sair da Universidade, 1300€ brutos em lisboa está bom?
Eu diria que está dentro da média (talvez ligeiramente a cima para quem acabou de sair da Uni com licenciatura).

Um ponto importante é perceberes como é a progressão de carreira. Eu entrei a ganhar menos 50€ que tu e passado 1 ano estava nos 1550€ brutos.

Se estiveres muito tempo estagnado nesses 1300€ ou tiveres aumentos pequenos talvez se torne uma proposta menos interessante.
 

manbaken

Power Member
Uma licenciatura da Universidade Aberta é valorizada pelos recrutadores, alguem sabe?

Ou vale mais fazer um bootcamp em .Net ou Java para quem já tem 30 anos e 4 anos de exp em IT Support?
 
Sou programador há anos e gostava de evoluir para outras posições, como business analyst ou product owner, posições mais ligadas à componente funcional.

Que tipo de formação/cursos/livros ou que temas deveria estudar para conseguir fazer este progresso?

Obrigado pela ajuda.
A certificação Professional Scrum Product Owner da Scrum.org é muito valorizada em projetos Agile em Scrum e requisito para algumas vagas, sobretudo no estrangeiro. Tão ou mais importante do que a certificação é o conhecimento na área, encontras N artigos e videos de borla na internet.
 
Uma licenciatura da Universidade Aberta é valorizada pelos recrutadores, alguem sabe?

Ou vale mais fazer um bootcamp em .Net ou Java para quem já tem 30 anos e 4 anos de exp em IT Support?
Para mim como recrutador é indiferente. Assumindo que te queres candidatar a uma posição developer muito junior, estaria interessado em perceber como pensas, qual foi a tua maior dificuldade, como reagiste a ela, as tuas ambições, o que já fizeste na área, porque usaste a tecnologia A para resolver o problema B e não a tecnologia C, como te procuras manter informado na área, se já participaste em projectos open source, etc.
 
Boas, tenho 28 anos e inscrevi me na prova de maiores de 23 para entrar em Engenharia Informática no ISEP.
Recebi o resultado da prova e foi 10.6 (mais baixo do que esperava) agora irei ter a entrevista, mas estou reticente por causa da nota,sendo que a licenciatura que possuo é em turismo, e nunca trabalhei na área de informatica apesar de me interessar bastante.

Sobre a entrevista, quem já fez, quais serão os critérios mais relevantes, relativamente a um candidato?

Caso consiga entrar gostava de conseguir criar um bom portfolio e fazer projetos que me possam proporcionar um bom know-how, sei que depende do gosto de cada um, mas qual seria a componente do curso que vocês consideram mais importantes de se focar?
 

Morais

Power Member
Diria que basta mostrar entusiasmo e vontade na entrevista.
Estamos a falar de um curso com imensas vagas, especialmente se for pós-laboral.
Penso que não vás ter problemas em conseguir arranjar vaga.
 

minezone X

Power Member
Eu espero que seja mesmo assim, obrigada pelas palavras.
Agora é esperar
Peço desculpa se tiver de alguma forma a dar uma esperança negativa, mas o ano passado também me candidatei aos M23 de Engenharia Informática no ISEP, penso que tive 14 no exame e 16 na entrevista e no currículo tinha 12º ano na área de Informática e não entrei (por outro lado ainda bem, porque acabei por entrar noutra e gostei mais).

O curso no ISEP tem muitas vagas, mas para M23 andam à volta de 20 vagas para centenas de candidatos.

Além disso valorizavam demasiado quem tinha currículo com experiência profissional e formações na área.

Em 2019 os critérios de avaliação eram 40% exame, 30% entrevista e 30% currículo.
No ano passado alteraram para 20% exame, 40% entrevista e 40% currículo.

Acho que um currículo valer o dobro de um exame, não faz muito sentido, uma pessoa pode ter experiência na área, mas a outra pessoa pode ter mais conhecimentos por ser autodidata.

Na entrevista fazem perguntas tais como:
Porquê que gostavas ingressar neste curso?
Ou quais as tuas motivações?
Tentam perceber se és uma pessoa realmente interessada na área, se já tens alguns conhecimentos sobre a área, e se trabalhares, perguntam onde trabalhas e quais as tuas tarefas no teu trabalho para perceberem se há algo relacionado à informática.

De resto, desejo-te a maior sorte!
 

Morais

Power Member
Uma boa opção será candidatar-se para o curso pós-laboral, ai há mais vagas, acho eu..
Pessoalmente não o recomendo, estive lá dois anos e.. como dizer isto?.. Sai de lá com uma depressão.

O ISEP em si é dos piores, senão o pior instituto / universidade que conheço em termos de infraestruturas
. Não oferece nenhuma sala para estudo a não ser a biblioteca, a qualidade dos bares é deprimente, os edifícios medonhos e os interiores lembram o de um asilo, então à noite.. e com as pessoas que o frequentam, sentia-me no meio do Bairro do Cerco do Porto.

Por outro lado, o programa do ISEP, pelo menos no curso em questão, é dos mais avançados que conheço, é 100% focado para o mercado de trabalho, não perde tempo com cadeiras extremamente teóricas e ambíguas em que tu ficas a olhar para aquilo a perguntar "Mas que raio?!", não sais de lá o melhor programador em termos de conhecimentos avançados.. mas, sejamos honestos, a não ser que vás para investigação ou algo semelhante, não importa de nada se aquilo corre com 10.000 linhas de código ou com 100 linhas de código, especialmente hoje em dia em que isso é praticamente secundário..

Interessante.. ainda não estamos em Junho e já se fizeram as provas para M23? Isso começa mais cedo do que esperava, já planeei mudar de curso para "ter conhecimentos mais actuais e poder fazer tudo direito" e depois ganhei juízo, o que importa é ter o curso e feito e acabou, até na empresa que estou ponderei fazer carreira a sério e a resposta que me deram foi "Podes, mas tens que ter curso" "Mas de que área?" "Não, apenas um curso" "Como assim? Literalmente um curso superior, tanto faz?!" "Basicamente, sim, tanto faz, só querem que tenhas um curso para dizer que és um licenciado", se soubesse disso há uns 10 anos atrás tinha tirado um curso qualquer em Humanidades só porque sim :D
 

minezone X

Power Member
Uma boa opção será candidatar-se para o curso pós-laboral, ai há mais vagas, acho eu..
Pessoalmente não o recomendo, estive lá dois anos e.. como dizer isto?.. Sai de lá com uma depressão.

O ISEP em si é dos piores, senão o pior instituto / universidade que conheço em termos de infraestruturas
. Não oferece nenhuma sala para estudo a não ser a biblioteca, a qualidade dos bares é deprimente, os edifícios medonhos e os interiores lembram o de um asilo, então à noite.. e com as pessoas que o frequentam, sentia-me no meio do Bairro do Cerco do Porto.

Por outro lado, o programa do ISEP, pelo menos no curso em questão, é dos mais avançados que conheço, é 100% focado para o mercado de trabalho, não perde tempo com cadeiras extremamente teóricas e ambíguas em que tu ficas a olhar para aquilo a perguntar "Mas que raio?!", não sais de lá o melhor programador em termos de conhecimentos avançados.. mas, sejamos honestos, a não ser que vás para investigação ou algo semelhante, não importa de nada se aquilo corre com 10.000 linhas de código ou com 100 linhas de código, especialmente hoje em dia em que isso é praticamente secundário..

Interessante.. ainda não estamos em Junho e já se fizeram as provas para M23? Isso começa mais cedo do que esperava, já planeei mudar de curso para "ter conhecimentos mais actuais e poder fazer tudo direito" e depois ganhei juízo, o que importa é ter o curso e feito e acabou, até na empresa que estou ponderei fazer carreira a sério e a resposta que me deram foi "Podes, mas tens que ter curso" "Mas de que área?" "Não, apenas um curso" "Como assim? Literalmente um curso superior, tanto faz?!" "Basicamente, sim, tanto faz, só querem que tenhas um curso para dizer que és um licenciado", se soubesse disso há uns 10 anos atrás tinha tirado um curso qualquer em Humanidades só porque sim :D
Concordo contigo quanto ao ISEP, a nível de infraestruturas, não gostei do que vi e senti-me mais num bairro social do que num local mais apropriado para um campus, e não percebo o porquê de ter tanta procura e loucura pelo curso, para além da localização (ser numa grande cidade)...

Na Escola Superior de Tecnologia do IPCA, temos muito melhores condições a nível de infraestruturas, excelentes professores, sempre próximos, prestáveis e disponíveis, o curso também é reconhecido pela Ordem dos Engenheiros, e não precisa de fazer essa “publicidade” na página do curso.
Acho o plano de estudos mais atualizado e diversificado e o programa ainda vai melhorar mais nos próximos anos, está em reformulação do plano de estudos, mas neste momento incluí tópicos como Inteligência Artificial, Computer Vision e Cibersegurança, tópicos esses que não consigo encontrar no curso do ISEP (pelo menos no plano não encontro referências a isso).

Não digo que o curso do ISEP, seja mau, é igualmente bom, mas não acho que justifique a gigante procura que tem e acho que existem opções melhores.

As pessoas são muito influenciadas pelo “nome” das instituições, mas se descobrem outras realidades, mudam o ponto de vista e vêem que tudo não passa de “nome” e que existem opções que nos oferecem mais e melhor.
 
Última edição:

Morais

Power Member
O ISEP tem muito a seu favor, a sua localização, o regime pós-laboral, cursos muito focados para o mercado de trabalho e várias vagas, e a facilidade geral dos cursos também ajuda bastante, tirei um 16 numa cadeira não sei como enquanto na FCUP com o mesmo esforço nem um 8 tirava.. mas a verdade é esta, o que importa é o canudo, o resto aprende-se depois de tirar o curso.. isto é quase como o exame de condução, só aprendes a conduzir Depois de tirar o exame..
 

ravie97

Power Member
Boas, alguém daqui que tenha feito as provas M23 no ISEP ou na FEUP nos anos passados? Os últimos colocados, para engenharia informática, tiveram notas à volta de que valores?
Tive 17,3 na prova no ISEP, em princípio dará para entrar, certo? Tenho uma licenciatura na área da Saúde e algumas formações em programação, espero que dê para tirar boa notas nas restantes componentes.
Ainda irei fazer a prova na FEUP mas estou pouco confiante numa boa nota, a matéria parece me mais difícil.
 

Daniel Saraiva

Power Member
Normalmente consegues encontrar as notas no site do isep.

Eu tirei o meu curso em pós laboral no IPCA. Gostei bastante de lá estudar.
O meu irmão tirou no isep em pós laboral também.
As cadeiras de programação pareceram me mais proveitosas no isep, o curso do ipca dá te uma ideia mais geral. Tens cadeiras de eletrónica também.
 

minezone X

Power Member
Boas, alguém daqui que tenha feito as provas M23 no ISEP ou na FEUP nos anos passados? Os últimos colocados, para engenharia informática, tiveram notas à volta de que valores?
Tive 17,3 na prova no ISEP, em princípio dará para entrar, certo? Tenho uma licenciatura na área da Saúde e algumas formações em programação, espero que dê para tirar boa notas nas restantes componentes.
Ainda irei fazer a prova na FEUP mas estou pouco confiante numa boa nota, a matéria parece me mais difícil.
Do que vi nos anos passados, em princípio entras…
Eles valorizam esse tipo de formações, e na entrevista é provável que falem sobre isso…
 

ravie97

Power Member
Boas, alguém daqui que tenha feito as provas M23 no ISEP ou na FEUP nos anos passados? Os últimos colocados, para engenharia informática, tiveram notas à volta de que valores?
Tive 17,3 na prova no ISEP, em princípio dará para entrar, certo? Tenho uma licenciatura na área da Saúde e algumas formações em programação, espero que dê para tirar boa notas nas restantes componentes.
Ainda irei fazer a prova na FEUP mas estou pouco confiante numa boa nota, a matéria parece me mais difícil.
Alguém que tenha feito a entrevista na FEUP?

Conseguem-me dizer o que perguntam e que notas costumam dar? (Preciso de um 14 na entrevista para entrar)
 

Morais

Power Member
Pelo que tenho lido e pela experiencia de amigos e colegas, eles valorizam imenso a tua experiencia e o teres uma idea exacta do que queres fazer, ir para a entrevistar dizer que so gostas do curso e pouco mais nao vai ajudar-te, tens que mostrar que estudaste bem o que vais fazer depois de completar o curso, eles nao querem pessoal que ponha la os pes so porque sim..

(teclado UK sem acentuacao)
 
Topo