1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

És um switcher? Fala de tua justiça.

Discussão em 'Apple Geral' iniciada por rui_mac, 27 de Julho de 2007. (Respostas: 153; Visualizações: 20783)

  1. rui_mac

    rui_mac Power Member

    Não, não quero começar uma thread em que o pessoal comente os posts uns dos outros.
    Pretendo apenas que cada um fale isoladamente e aponte as suas razões pessoais. Nada de comentários aos comentários, senão isto descamba noutro desses threads de "ai o meu é maior que o teu e tal".
    Pois, bem... o fenómeno "switcher" é sobejamente conhecido de todos. Teve início oficialmente com a introdução do Mac Mini (apesar de ter acontecido em menor escala com o surgimento do iMac, por falta de informação dos compradores e dos vendedores).
    Actualmente, há muitos "switchers", tendo como objecto de "switch" um MacBook ou MacBook Pro.
    Todos também sabemos que o fenómeno "switcher" funciona quase exclusivamente do lado de PC para o lado Mac, contando-se pelos dedos de uma mão os casos contrários. Mas quero ser justo e pretendo avaliar ambos os casos.
    As perguntas que faço (e é apenas para angariação de informação) são as seguintes:


    - És "switcher" de Mac para PC ou de PC para Mac (afirmação). Porque decidiste fazer o
    "switch"?

    - Estás satisfeito com o "switch"?

    - O que te agrada mais, agora que fizeste o "switch"?

    - Voltarias atrás? Porquê?

    - Pretendes cortar o cordão umbilical com o sistema antigo definitivamente? Porquê?


    Falem de vossa justiça e ajudem a criar uma "base de dados" para eventuais futuros "switchers" :)

    Rui Batista
     
  2. Demio

    Demio Power Member

    Sou um switcher de PC para Mac, fiz o switch em Setembro de 2006.

    Quando fiz o switch já tinha largado quase totalmente o Windows, e tinha-me mudado para o Ubuntu, mas este nunca me satisfez totalmente. Em Setembro de 2006 vi uma promoção no outlet da Apple e decidi comprar um iBook G4 novo por €600 (acho que a minha compra foi a última no outlet).

    Comprei o Apple não pelo preço, mas também porque já me tinham recomendado o OS X - decidi arriscar.

    Estou completamente satisfeito com o switch, não me arrependo nem por um segundo.

    Sinceramente não sei dizer o que me agrada mais, acho que se tivesse de escolher uma opção apenas, diria o OS X, que está sem dúvida anos de luz a frente do Windows e do Linux em termos de usability e estabilidade.

    Nunca voltaria atrás, a não ser que a Apple me fizesse desfeita tal que não me sobrasse mais nenhuma opção. Simplesmente não suporto o Windows e o Linux ainda não está no ponto em que me faça querer usá-lo todos os dias.

    Eu gostaria de poder cortar completamente o cordão umbilical com o Windows, mas isto para já é impossível pois ainda há muita coisa que só existe para Windows (jogos, aplicações profissionais, etc) :(
     
  3. xtr3me

    xtr3me Power Member

    Eu fiz o switch nos dois sentidos. Sou um verdadeiro switcher ... ou swinger :D

    Tive durante muito tempo o meu fantástico tibook (titanium powerbook) de 15'' no qual tinha osx e linux (que por acaso usava mais regularmente).
    Eu fui dos que mudou não pelo SO, mas pelo hardware. Fascinava-me o desemepenho dos powerpc comparativamente com os x86 e então em linux a diferença era abismal.

    Infelizmente, deparei-me com um problema. O tibook era o meu "local" de trabalho. Tinha pc em casa, mas só paro em casa para dormir quase (agora não tanto, mas na altura ...) e devido a algumas exigências fui obrigado a trabalhar com C# e .NET.

    Assim tive de mudar de novo para um pc, que mantenho até hoje (Asus M3N) estando tão satisfeito com ele como estava com o tibook (do ponto de vista de fiabilidade do hardware).

    Em termos de SO, não há discussão sobre qual o mais estável. Se bem que quando uso windows (por motivos de força maior) tenho de admitir que não me tem dado problemas. Quando o uso é intensivamente (SQL Server, Visual Studio, Apache/IIS, etc, dependendo do que estou a fazer) e apenas tive um ou dois crashes. Claro que a gestão de memória continua a ser a grande falha do bicho. Em termos de segurança ... lol, é a comédia, mas ...

    Como estou mais habituado ao linux, não me espanta a estabilidade do OSX. Base *nix é aquela base ;)

    Não sei se agora voltaria a usar mac. Isto porquê? Bem, para mim a vantagem da apple estava no hardware. Agora que são pcs normais, com uma estética mais "bonita" não sei se compensaria o investimento.
    A única razão que aínda me faz considerar os portáteis apple é a sua relação tamanho/peso/autonomia, que é raro encontrar num portátil de outras marcas. E esse triângulo é muito importante para mim, uma vez que me desloco constantemente e não estou sempre ligado à corrente.
    O OSX não é assim tão importante para mim. Só recorria ao mesmo quando tinha o tibook e queria trabalhar com photoshop ou ferramentas da macromedia (dreamweaver, illustrator, etc).

    Quanto a cortar cordões umbilicais. Acho que todos sabemos que em certas áreas isso é muito difícil por causa de software que é usado a nível empresarial.
    O melhor que se consegue actualmente é instalar o windows num mac. O que deveria ser uma heresia (para os mac fan(ático)s, mas pelos vistos não é).
     
  4. anamnesies

    anamnesies Power Member

    Também estou um bocado nessa situação de "swinger", e precisamente por motivos profissionais...

    Após estar farto das constantes necessidades de manutenção do Windoze, e também um bocado fascinado com o hardware, comprei no final de 2004 um PowerBook 15". Este, infelizmente teve um fim infeliz (caiu dois andares de escadas... resultado, LCD partido e um orçamento de reparação de 1300€...), e foi substituido em Maio do ano seguinte por um PowerBook 12".

    Escusado será dizer que a partir do momento em que se experimenta Mac OS X, se descobre que um Apple é muito mais do que só o hardware... A facilidade de utilização, a interface intuitiva, o não haver virus, não ser preciso reboots constantes, and so on, so on, so on.

    Infelizmente, agora, por motivos profissionais (computador standard da empresa...), uso um portátil HP a maior parte do tempo. Mas o Powerbook ainda tem muito uso por casa, e se for para ir viajar, as 12" dão sempre jeito...

    O meu próximo switch, vai ser quando comprar um MacIntel... Vamos ver para quando.
     
  5. RaaR

    RaaR Power Member

    Eu uso vários sistemas operativos diariamente mas o que mais uso, ou seja, o que está no portátil que anda comigo para todo o lado mudou. Nessa medida sou um switcher (desde há cerca de 18 meses) de GNU/Linux (Debian) para Mac OS X.

    As razões para a mudança são muitas mas a principal foi o aumento de produtividade que o Mac me trouxe. Já não tenho tempo para usar o computador como um brinquedo no qual faço experiências, embora isso ainda me dê algum prazer. Após cerca de 7 anos a usar praticamente só derivados de UNIX, achei que fazia sentido mudar.

    Não pretendo cortar totalmente com nada do que usava antes porque considero fazer sentido usar a melhor ferramenta para cada trabalho e, não tendo motivo para gastar dinheiro num xserve, continuarei a ter uma máquina dedicada a serviços que corre GNU/Linux e pelo menos um computador com Windows (pago pela empresa e não por mim) para aquelas situações específicas em que me pedem algo que tenha mesmo de ser feito lá.
     
  6. Boas tardes,

    Ora aqui vai:

    Sou "switcher" de de PC para Mac. Já andava de olho nos Mac à algum tempo, não só pela estética dos portáteis mas também pelo SO. Tinha uma pessoa que já tinha mudado à algum tempo e por vezes punha-se a maravilhar-me com as apresentações que fazia a deixava-me ir explorando o Mac. Então, dada a exigência de um portátil (ida para a universidade) e a recente baixa de preços dos Macbook pro, aproveitei. E sou um "switcher" muito recente :P
    Mais que satisfeito! Tenho explorado intensivamente o Mac e "simulado" todo o tipo de trabalhos. Desde trabalhos escritos a algumas apresentações, filmes, slideshows enfim, o novo computador têm-se portanto muito bem sem falar que atinge uma qualidade nos trabalhos muito superior. A facilidade com que se usa o OS é fantástica, muito intuitivo e muito, mas muito mais simples!!
    É um pouco dificil de inumerar. Mas realmente o OS e a prossibilidade de programas e os seus potênciais.

    Não creio. Aliás, não vejo razão para isso. Com a possibilidade de instalar o Windows no Mac os problemas de compatibilidades que julgo que mantinham muita gente longe deste computador foram virtualmente arrazados. Não vejo necessidade pois: tenho um computador potente para as aplicações que pretendo vir a correr e tenho possibilidade de correr qualquer coisa sem problemas de compatibilidades. É o melhor dos dois mundos :D
    Acho dificil. A partir de Outubro o Mac será o único computador que terei disponivel contudo, na escola esporadicamente terei de utilizar Windows, nem que seja no bootcamp. Portanto, não creio, fundamentalmente devido à existência de alguns programas que apenas funcionam em Windows ou mesmo alguns jogos. O afastamento total acho um pouco impossivel, vivemos num mundo Microsoft (felizmente).

    Cumprimentos.
     
  7. cyber

    cyber Power Member

    - És "switcher" de Mac para PC ou de PC para Mac (afirmação). Porque decidiste fazer o
    "switch"?

    Fiz switch de pc para mac, e fi-lo porque ja estava farto de windows, eram quase ja 10 anos de windows e a ver windows que ja fartava , e queria um SO com um aspecto mais "bonito":D e depois os proprios apples tem muito melhor aspecto do que os outros computadores, e eu que queria um portatil nao queria ser mais um com um portatil preto e cinzento:puke:. Por isso os meus motivos foram mais pela estetica tanto do computador como do SO, e como os apple desceram de preço, pelo menos eu tinha a idea que eram muito caros...e depois o facto que se nao me conseguisse habituar ao osx podia sempre voltar para o windows(que felizmente nem o tenho aqui instalado :D )


    - Estás satisfeito com o "switch"?
    Estou, realmente é um bom OS, muito mais seguro, nao ter que estar atento e preocupado com spyware e virus que possam vir em mails ou algo do genero é mesmo muito bom e compensa
    qualquer defeito que possa ter.

    - O que te agrada mais, agora que fizeste o "switch"?
    Agrada-me quase tudo, mas agradame mais mesmo, como disse antes, a segurança.

    - Voltarias atrás? Porquê?
    Penso que nao voltaria atrás, o que nao me agrada neste OS é o facto de necessitar de muita ram, coisa que no antigo pc e em outros, 512 chegava muito bem, e nao bloqueava da maneira que este macbook bloqueia. É so mesmo a unica coisa que nao gosto e que poderia pesar algo se pretende-se voltar a atras.

    - Pretendes cortar o cordão umbilical com o sistema antigo definitivamente? Porquê?
    Não, porque infelizmente mesmo que pretende-se cortar "relaçoes" com o antigo (wind0z) nao poderia, porque é o mais comum quer em locais publicos e de trabalho, quer com os amigos, que a maioria tem todos pc´s com windows. E depois apesar de haver alternativas e software tambem compativeis em mac, ha alguns que nao existem ainda para mac ou nao fazem o mesmo, ou assim, e temos que acabar por recorrer a windows( felizmente isso nao me acontece muito a mim)...

    Resumindo estou satisfeito com o meu mac, so tenho mesmo o problema que me stressa sempre é de bloquear e ficar lento, mas acho que isso so vai passar mesmo quando puser pelo menos 1gb de ram e a ver filmes divx pela net tambem bloqueia sempre o player =/ mas enfim, tem outros pontos fortes que ultrapassam esses 2..
    Cumps
     
  8. mindlesspt

    mindlesspt Power Member

    Boas

    Sou um recente utilizador de Mac OS X. Mas não deixei de usar Windows. Decidi comprar um computador Apple já que me permitia correr Mac Osx e Windows na mesma máquina, se não fosse assim não o compraria.

    Estou satisfeito com a aquisição do computador. Com o OS X é, na minha opinião uma maquina mais bem "utilizável" do que com o Windows. Encontrei algumas vantagens no OS X, mas tambem algumas falhas.

    O que mais me agrada é a estabilidade do computador, a interface gráfica e a facilidade de efectuar tarefas quotidianas.

    Acho uma melhor opção o OS X em relação ao Windows, mas assumo que se nao existisse o OS X conseguia dar utilizaçao a um sistema baseado em Windows. Por isso acho que actualmente nao voltaria atrás, mas que se tivesse de o fazer nao tinha problema nenhum.

    Nao pretendo já que o Windows tem certas vantagens: Jogos, ferramentas que nao encontro em OS X. Resumindo: Estou satisfeito, muito satisfeito, mas nao abomino o Windows.

    Abraço
     
  9. bsod

    bsod Power Member

    Eu estou um pouco como tu... desde pequeno que tenho Macs cá em casa (ainda tenho cá um ou dois com mais ou menos a minha idade... e funcionam! :007:). Só que na altura não era eu que tratava do meu material informático... e houve uma altura, lá para 99-2000, que se mudou para PC (porque a relação qualidade-preço mudou, o Windows já não era a ranhosice que era, etc...). No entanto, eu, depois de experimentar Windows, depois Linux (que até gostei (usei Fedora)), fartei-me. Continuei a acompanhar os avanços da Apple, e fiquei especialmente interessado quando apareceram os Macs com processadores Intel.

    Então, aí, fiz o re-switch. Em Julho de 2006, fui buscar o meu iMac Core Duo ao Apple Center do Porto. Desde então, tem funcionado maravilhosamente, faz tudo o que eu quero (inclusive o tratamento de um documentário que tive que fazer para Área de Projecto, este ano...).

    Cheguei a um ponto em que precisei de uma máquina portátil. Ainda estive a pensar num portátil PC baratinho, onde lhe metesse uma distro de Linux levezinha, mas depois lá apareceu um PowerBook G3 usado, que comprei a um preço bastante baixo (dadas as suas características...). Ora, vale todos os cêntimos que paguei por ele, mesmo tendo uma bateria que não dá mais que uma hora... para os relatórios, apresentações (desenrascou-me numa situação bem tramada...), navegação na net, mesmo para ver uns DivX, dá perfeitamente! :)

    Quanto às perguntinhas... não, não volto atrás, a não ser para bootar em Windows no meu iMac para os joguinhos... ainda hoje andei a ajudar a reinstalar um Windows, meter uma NIC, etc... aquilo deu tanta chatice que eu estava a ver que não almoçava :007:

    Porque é que re-switchei... bem, precisava de um computador novo, fiz as contas e achei o iMac a um preço similar a muitas máquinas, especialmente com os descontos que levou em cima (250 euros por eu ser estudante, e ainda me ofereceram um iPod nano de 1 GB, que valia 150 euros!). E depois havia a questão do sistema, de toda aquela integração... e existem muitas aplicações em Mac que não são tão "fáceis" como as suas congéneres Windows... e digo "simples" não por eu ser noob, mas porque muitas vezes têm aquelas toolbars de meter medo, quando podiam organizar tudo de forma mais simples e intuitiva. A MS já aprendeu um pouco a lição com o Office 2007...

    Realmente, o cyber tem alguma razão naquilo que diz... tenho 1GB de RAM, e por vezes o computador bloqueia de tal forma que chateia... mas são poucas as vezes que isso acontece, e nem sempre podemos estar impacientes que o computador faça alguma coisa! Eu esperava por vezes 5 seg. para que o meu PC antigo abrisse o menu dos programas... portanto não me posso queixar de um soluço aqui e aí. ;)

    A única coisa que me faria voltar ao Windows seria mesmo os jogos e aplicações específicas de Windows. Relativamente aos jogos, já fui mais viciado do que agora... sou capaz de passar uns bons 3 meses sem tocar num jogo. E agora, desde que descobri os jogos antigos que consigo jogar no meu portátil, em modo Classic, não quero outra coisa... :002:. Quanto aos programitas específicos, por agora não tenho nenhum, excepto por vezes o IE... talvez na faculdade precise de trabalhar com programas Windows-only, mas não já já. E posso perfeitamente usar o Parallels para isso, como já faço...

    Pronto, acho que já disse tudo. Os meus parabéns a quem conseguiu chegar ao fim do meu post :007:
     
  10. cyber

    cyber Power Member

    Eu fui lendo as prestaçoes xD Para mim realmente é a unica falha que tem é necessitar de muita ram e bloquear em algumas coisa( n da mesma maneira que o windows, nao sei como explicar, mas acho que para "desbloquear" o osx é mais simples e rapido que o windows), eu estou sempre a ter problemas com o firefox e safari porque estao sempre a bloquear, se calhar o problema é mesmo os programas em si, mas nao sei, mas nao sei se ja foram a sites que tem videos/series e assim em divx que podem ver online, temos que instalar o player do divx, bem depois de ver um e quando consigo chegar ao fim porque muitas vezes fecha a meio, fica tudo marado =/
    Acho que fui um pouco offtopic, sorry, mas tinha que dizer isto, ate porque pode haver alguem com o mesmo problema que eu...
     
  11. bsod

    bsod Power Member

    Eu é mais quando, além da catrefada de programas que tenho sempre abertos (Dashboard com alguns widgets, Safari, Mail, Adium, Skype, iCal, iTunes...), entra uma "variável estranha": abro o iPhoto, por exemplo (que, diga-se de passagem, adora RAM!). Resultado: fica lento... especialmente porque tenho mais de 7000 fotografias e aquilo arrasta-se bastante. Mas ao fim de algum tempo (julgo que se deva ao caching) aquilo começa a funcionar bem e anda para a frente... mas já apanhei algumas secas de beach balls, e não é bom quando se tem pressa e o computador não anda!! :P

    Talvez com um pouco mais de RAM ele se porte melhor... pode ser que lá para o Natal eu meta 2 GB... :)
     
  12. ajax

    ajax Banido

    Eu não sou switcher mas sim um utilizador satisfeito por retornar a algo parecido com os primeiro computadores que usei a sério. Uma Workstation NeXT e um Cube no início dos anos 90. Antes disso usei ZX Spectruns, Atari STs e Commodores Amigas mas era mais para jogos, seja desenvolvimento, entretenimento, etc. No Atari ST até fiz umas coisas mais sérias mas comparados com o ambiente NeXT era a aproximação e a sorte grande. Após o "falhanço" da NeXT lá tive que me orientar no universo dos PCs, Windows, OS/2, Linuxes, etc.

    Em 2004 pude retornar a casa. Sou portanto um "returner", não aos Macs mas ao ambiente OS X - like.
     
  13. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Aqui vai o meu contributo.

    Para mim faz mais sentido a questão pq comprei um portátil Mac. A máquina mais potente que tenho consitua a ser o desktop e comprei um portátil Mac. Porque comprei o Mac? Basicamente pq desceu para um preço razoável e porque o upgrade da memória foi barato. Isto em termos de Hardware.
    Em termos de software e é para isso que para mim faz sentido ter um Mac era para usar o OS X. O OS X é conhecido pela sua segurança e como portátil que é e pretendia andar com ele sempre atrás fazia-me sentido que ao ligar a uma rede wireless qualquer o sentimento de segurança (pelo menos esse) é maior com o Mac do que com o Windows, se bem que devo dizer que não me lembro de apanhar um virus em muito, muito tempo.
    Mas falando do OS X. Há coisas diferentes no OS X. A instalação dos programas, a dock etc tornam-no diferente mas de facil habituação quando se lê umas coisas na net e se passa aqui pelo forum.
    Com a experiência que tinha em usar o VMware tinha sempre um plano B que era usar o XP via VMware. Isso trouxe alguns problemas que não consegui resolver na totalidade mas com os quais consigo viver.
    No entanto algumas coisas continuam o meu caminho e outras fui resolvendo como podem ver aqui,
    aqui, aqui, aqui, aqui.

    Mantenho algumas coisas que me chateiam no Mac mas outras são uma agradável surpresa. O fechar a tampa e levar o portátil comigo é algo fantástico para quem odeia reiniciar o PC como eu, ligar monitores externos é excelente tb.


    Não estou descontente. Não tenho o sentimento que frequentemente vejo por aqui de achar que tudo o que está bem feito no OS X seja uma dádiva e que o que está menos bem ou mal seja facilmente desculpável. Tem-me servido bem mas não resolve tudo.
    Recentemente tive que fazer uma apresentação onde usei quadros que tinha feitos no word. Simplesmente tive que desistir e fazer no XP. Porquê perguntam vocês. Pq copiava mal e para editar o quadro ele abre no word, tem que se editar no word. O resultado era péssimo. No Power Point 2003 em Windows edita-se o que se quer directamente no Power Point sendo o resultado muito melhor. E é isto que me faz achar que o Boot camp saiu mesmo por causa do office mas isso não é para aqui:).
    Também há programas que apenas tenho em Windows logo não tenho opção...

    A compatibilidade entre os mesmos programas em Windows e em Mac não é perfeita o que a mim me trás problemas. E é importante referir aqui que não me considero um Power user nem de windows. Conheço alguns:D mas eu não sou e portanto coisas que podem ser simples para muitos utilizadores para mim não o são tanto.
    A passagem de ficheiros de máquinas Windows para o Mac e vice versa resulta numa enormidade de lixo em formato de ficheiros de indexação ou lá o que é aquilo. Mais de mac para Windows.

    O que me preocupa mais?
    Passar a depender de programas apenas disponíveis no OS X (lembro-me assim de repente do VoodooPad) que teoricamente é aquilo que eu ando atrás à séculos e que se o portátil avariar não sei se consigo resolver o problema. Quem tem apenas um Mac e não conhece ninguém com um por perto é complicado. Por isso abri esta thread.
    A facilidade de utilização do OS X com as suas particularidades naturalmente.
    Não coloco assim a questão. É diferente e gosto de trabalhar com coisas diferentes.
    Se se avaria o portátil fico com um pisa papéis e mesmo com backups a utilização de programas próprios do OS X pode tornar problemático recuperar as coisas num curto espaço de tempo.
    Não. Não se pode cortar qd se tem uma vida fora de casa e se usa Windows em cada local onde vamos. O elo mais fraco é sempre o OS X. Mesmo quando comparado com Linux que se pode instalar em todo o lado. A limitação para mim é mesmo a utilização de periféricos que é anos luz melhor no OS X. Quando isso mudar é possível que me mude para Linux. Eventualmente com mais dois lançamentos do ubuntu ele fique utilizável para mim no dia a dia. Ou isso o meu tipo de utilização que está cada vez menos exigente.
    Devo fazer o upgrade para o Leopard versão Ultimate :D por 139 dólares mas eventualmente uma instalação do Ubuntu em dual boot é uma boa hipótese se o conseguir fazer. Tanto mais se tivesse um Filesystem que agradasse aos dois SOs e que eu conseguisse colocar a funcionar. Não me falem em usar a consola.

    Edit:
    Depois de ler aqui alfguns posts acrescentar que tb tenho tido os meus problemas com algumas aplicações e que se não tenho ecrãs azuis tb já tive dois freezes que tive que reiniciar, o Word tb já explodiu umas quantas vezes, o Firefox funciona menos bem que é Windows sem dúvida.
    Espero que o Leopard possa ajudar a trazer mais estabilidade. São aplicações diferentes com problemas. Podemos culpar as aplicações mas ai então o problema em Windows tb não podiamos sempre passar para as aplicações...
     
    Última edição: 28 de Julho de 2007
  14. TIMETODOIT

    TIMETODOIT Banido


    1- PC para MAC... fartinho de windows estava eu e o ambiente e forma de funcionar do mac sempre me atraiu... e tem tudo o que preciso na minha area...

    2-Já estava satisfeito antes de o fazer ja conhecia...

    3-Tudo ainda não tive queixas

    4-Não volto atrás nunca... eu funciono assim... tenho um PC em casa mas apenas é usado para jogos...e mais nada... o mac faz tudo o resto!

    5-Como disse anteriormente o PC só nao corto por causa dos jogos... até mete nojo quando o ligo... entro logo po jogo para nao ter de mexer mt no bixo!
     
  15. ajax

    ajax Banido

    Se fizeres backups com programas como o SuperDuper, quando o computador se avariar basta ligar o disco a qualquer outro Mac pelo USB ou Firewire, fazer boot do disco externo e ficas imediatamente a "trabalhar" no ambiente que tinhas, com as aplicações que tinhas e acesso a todos os ficheiros que tinhas. Se não tiveres um Mac por perto, ligas o disco a um PC com Linux, montas o disco e passas a ter acesso a todos os teus ficheiros. Não é melhor que Linux mas é bastante melhor que Windows. O que te falta a ti é um segundo Mac. Talvez um dos novos iMacs ou o famoso "missed in action" Mac Prosumer. :D
     
  16. Boas!
    Sou novo aki e este é o meu primeiro post. Gostaria apenas de parttilhar um pouco da minha redusida experiência com uma espécie de retorno pelo muito k aprendi aki no forum.
    Sou switcher de mac para pc e tou novamente de volta ao mac.:)
    Comecei com um imac antigo, mas a determinada altura já não dava para muita coisa e como os macs eram muita caros , deixei-me convencer a comprar um pc portátil. Confesso que poderá ter sido um erro, mas na altura a economia a isso obrigava:). No entanto, já não aguentava a quantidade de problemas k o pc dava desde virus e outras cenas. A verdade é k nunca gostei muto do XP e passo bem mesmo com problemas de compatibilidade entre uns e outros.
    Estou realmente muito satisfeito com a mudança, gosto e tudo um pouco mas acima de tudo da estabilidade e da fiabilidade k o mac me propociona. Problemas k antes eram comuns no pc são agora raros e a maioria nem vê-los. Não voltaria atrás, embora ainda use pcs especialmente no trabalho.
     
  17. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    O problema é o segundo Mac... Se tivesse 2 macs metia os discos todos em HFS+ e acabava-se a história. Hoje encontrei o meu problema no Slashdot e após 350 posts ainda não há solução à vista.

    O iMac nunca será opção para mim. Preciso que ele faça disto e o iMac não serve. Entre iMac e portátil comprava um portátil e um monitor externo. Tenho escrito isso aqui n vezes. O Mac Pro não tem concerto aquele preço e a usar aquela memória.

    Vou ver esse SuperDuper. Parece interessante.
     
  18. BlackRiver

    BlackRiver Power Member

    Olá a todos!

    Sou switcher de PC para Mac desde o dia 15 de Dezembro de 2006. Sempre tive PCs com Windows e ocasionalmente usava Linux.

    O Windows nunca me satisfez plenamente em termos de rapidez e estabilidade e sempre tentei mudar para um Unix, sendo o Linux a minha opção.
    Contudo nunca consegui mudar completamente para Linux devido à falta de drivers (naquele tempo) para o meu hardware ou mesmo à falta de software que existia para ele. Precisei sempre de Windows para correr os programas que fui precisando.

    Sempre ouvi dizer que os Macs eram melhores que os PCs devido à estabilidade do hardware e Mac OS, bem como o melhor desempenho dos PowerPC face aos x86. Mas nunca fiz o switch principalmente com receio da falta de software que poderia haver em Mac OS face ao Windows. Também o preço não me parecia convidativo, sempre ouvi dizer que os Macs eram mais caros que os PCs.

    Ora, quando é que a situação mudou?
    Algures em finais de 2005, principios de 2006 vi que os iBooks 12'' eram mais baratos que a maioria dos portáteis de 12'' de outras marcas.
    Então comecei a investigar... quando sairam os MacBooks fui acompanhando mais de perto a evolução dos portáteis tanto da Apple como da concorrência ao nível dos portáteis de 13''.
    Investiguei também a nível de software para ver se todos os programas que eu usava em PC existiam para Mac.
    Descobri que se não existissem havia subtitutos à medida e isso levou-me a ter coragem para fazer o switch.

    Finalmente, em Dezembro tive mesmo a necessidade de comprar um portátil novo, dado que o meu velhinho Compaq já não satisfazia as minhas necessidades e isso coincidiu com a chegada da Revisão B dos MacBooks a Portugal. A revisão que corrigiu muitos bugs de hardware e que trouxe MacBooks actualizados (mais memória, mais disco...) que tinham uma relação qualidade/preço que os primeiros MacBooks.

    Ainda ponderei a compra de portáteis da concorrência, vaios 13'' ou Asus 14'', mas olhando para o hardware que traziam vi que não era muito diferente dos MacBooks.
    A diferença residia principalmente ao nível da gráfica que normalmente era dedicada nos PCs e partilhada no MacBook, e do disco que era um pouco maior nos PCs que no MacBook.
    Por outro lado, o MacBook tinha o Mac OS X que eu estava cheio de curiosidade em experimentar.
    Todos tinham garantia de 2 anos mas os respectivos fabricantes dos PCs iam buscar o portátil a nossa casa em caso de avaria e a Apple IMC Portugal não nos ia buscar o portátil a casa para reparação.

    Grandes dúvidas que tive: comprar algo que já sabia com que poderia contar e que em caso de avaria não tinha que me preocupar em ir levar o PC para reparação? ou aventurar-me por um mundo novo, sem segurança de ter todo o software que precisaria e apenas tendo uma rede de segurança que era poder correr Windows nativamente e correr o software que precisaria aí?

    O que fiz foi partir à aventura em busca do desconhecido...



    Se estou satisfeito? Completamente :D



    Em 7 meses e meio apenas tive 2 crashes do MacBook no primeiro mês. Talvez algum kernel panic com algum driver manhoso da Apple mas que alguma das actualizações de software já corrigiu, dado que não se voltou a repetir. Este tipo de estabilidade nunca consegui num PC.

    Por outro lado, falando dos crashes de software, esses já tive bastantes. Mas foi bom de ver que não levaram o sistema operativo atrás. No Windows a coisa que às vezes mais me irrita é um programa crashar, eu fazer CTRL-ALT-DEL, terminar o processo, e o Windows não me manda imediatamente o processo abaixo. No Mac OS X quando eu mando terminar um processo, ele morre logo :D

    Quando à rapidez no arranque do Mac OS X, demora muito menos tempo a arrancar que o Windows. Também gosto disto.

    Por outro lado fiquei agradavelmente surpreendido com as coisas que o MacBook traz e que eu não sabia. Como por exemplo um microfone omnidirecional com muito boa qualidade de som e sensibilidade e um bom sistema de cancelamento de ruido: posso telefonar pelo Skype com o som das colunas do Mac no máximo e andar pelo quarto que oiço sempre a pessoa com quem falo e ela ouve-me a mim com boa nitidez.

    Gosto do facto de até agora o Mac OS X ser extremamente fácil de configurar. Ligar um monitor externo é muito simples, dado que é imediatamente detectado e aparece logo a imagem lá. A configuração de uma impressora de rede também é imediata: se bem me lembro nem precisei de configurar nada no meu gabinete dado que o Mac viu logo que havia uma impressora ligada à rede.
    É tudo muito fácil de usar e intuitivo no Mac OS X :D

    Gosto particularmente do aspecto de alguns programas freeware que, dado que usam a interface "bonita" do Mac OS X ficam todos com um aspecto excelente :D
    Isto claro, se não usarem o X11... já usei alguns programas que necessitam do X11 e ficam com o mau aspecto de alguns programas de Linux... mas há sempre excepções claro :)



    Arrepender-me? Não me parece... o próximo computador que comprar para mim vai ser um Mac com certeza. Pelas razões do meu contentamento dá para perceber porque não quero voltar atrás, não dá...? Se a Apple algum dia começar a fabricar computadores que deixarem de me dar estas razões para eu estar contente com a troca aí talvez eu volte a trocar para Windows. Caso contrário continuo com a Apple.



    Não. Não posso mesmo. No meu trabalho uso Windows e Linux. Não vou conseguir passar a usar sempre Mac. Além de que quero continuar a aprender mais sobre as entranhas do Unix e aí é que entra o Linux. Coisas como aprender a compilar um kernel, por exemplo.



    Espero não me ter alongado demais... Sei que provavelmente ainda tenho mais para dizer sobre a minha experiência no mundo Apple, mas agora não me ocorre nada e já me estiquei demais ;) Cumprimentos a todos!
     
  19. abc

    abc [email protected] Member

    Eu era um mac-hater e usava Windows e DOS desde os 6 anos de idade. Os únicos Macs que conhecia e tinha usado eram os da era pré-OS X (OS 7, 8 e 9) e achava todo o fenómeno como mais um pseudo-elitismo que se tenta valer através de máquinas de preço inflacionado e de um pseudo-estatuto social. Uma marca decadente que qual velha nobreza, se tentava valer de glórias passadas há muito esquecidas e sem reflexo nos produtos actuais.

    Em 2003 vim para o IST e entrei em contacto a sério com muita maquinaria e software que até então ou desconhecia ou simplesmente ignorava a nível de contacto mais hardcore. Comecei a mexer a sério em Linux, NeXT e Mac OS X 10.2. Nesse momento vi a maravilha que o Windows era.

    Eu tinha objectivos e ideias bem concretas daquilo que queria em hardware e software e depois de anos a esturrar dinheiro a tentar encontrar algo que se começava a parecer com um santo graal da informática, encontrei o Mac. É perfeito? Não, nem pensar... Mas é melhor do que as alternativas? Não tenho dúvidas...

    Apesar dos perigos devido à minha área profissional por causa de algumas ferramentas exclusivas da arquitectura x86 ou do Windows, lá consegui um "paitrocínio" para comprar um PowerBook 17''. Sublinho que nunca o teria feito se não tivesse um PC para me assegurar as limitações do Mac na engenharia que na altura eram mais que muitas, bem mais que hoje.

    Fui muito tempo o único Mac user entre os colegas da minha faixa etária. Hoje é só MacBooks. O preço da minha máquina na altura foi criticado por motivos óbvios, mas no entanto teve uma certa piada ver as máquinas de metade do preço da minha de HP's e companhia a cair que nem tordos com problemas de software, hardware e qualidade de construção.

    Arrisquei e estou inteiramente satisfeito. Paguei conscientemente o preço do PPC mas fui compensado em larga escala pela qualidade e poder de utilização a todos os níveis. Mesmo quando houve problemas porque os houve e há de vez em quando, é incomparável andar nas "caves" e "fundações" do Mac OS X e nas do Windows. No Windows quando há maravilha, muitas vezes ficamos com um campo minado à frente (deve ser por isso que metem o minesweeper) e depois de pisar uma mina só resta mesmo o format.

    Já nem vou falar de drivers e das complicações que muitas vezes estes trazem no Windows, nem do mau suporte em diversas marcas até conceituadas. Lembro-me sempre da maravilha da Audigy como pior produto a nível de software, suporte e drivers bem como as multifunções HP que funcionam melhor no Linux. :p

    O Mac funcionava... Na pior das hipóteses não havia drivers mas também não tinha que aturar desilusões de hardware comprado cheio de drivers manhosos.

    O Linux era porreiro mas sofria então muito mais do problema da extrema diversificação que acaba por nos exigir a presença de 798787 distribuições e também do esforço que exige na preparação de uma máquina. As easy-distros da altura eram pagas ou manhosas. Não havia ubuntus e afins. Havia coisas boas a cozinhar mas as limitações eram muitas e diferentes nas várias distros. Lembro-me dos rpm nightmares no RedHat 8, do scramble no Emerge do Gentoo, e das maravilhas do Debian com algumas cenas do Apt.

    O Mac era arrastar e pronto. Fica lixo é verdade, mas nada de mais.

    A ausência de: registry from hell, esse verdadeiro livro do diabo, as maravilhas dos drivers e o suporte deficiente, a degradação do sistema ao longo do tempo, problemas misteriosos que parecem vindos do nada, do caos na estrutura de funcionamento, etc...

    A facilidade da maioria das tarefas e a filosofia e ergonomia inerentes à Mac experience. Já falei muito sobre isto antes. Não vou elaborar, estou de férias e nem devia estar aqui...

    Aborrece no Mac, um certo lag que às vezes não é evidente mas que se sente. Desde o Tiger com a introdução do Dashboard que também não há RAM que chegue. O portento gráfico do Mac OS X paga-se e bem em performance. Mas nada com que não se consiga viver.

    Se me aparecer melhor, mudo para essa coisa (seja por mérito alheio ou demérito da Apple). Até lá, estou de pedra e cal no Mac.

    Corto no que posso, mas não definitivamente. Porquê? Porque há um mundo aí fora e é preciso ter uma experiência alargada em qualquer ambiente ou pelo menos dá muito jeito. Não me vou agarrar cegamente a uma plataforma e ser completamente analfabeto noutra.

    O core da minha utilização neste momento é o Mac. Sei lá se por motivos profissionais não serei obrigado a usar Windows ou Linux. Não me vejo como fundamentalista e tento ser flexível apesar da minha primeira escolha ser o Mac. Mas guess what? A vida tem contrariedades e a informática não é excepção.
     
    Última edição: 30 de Julho de 2007
  20. oscarolim

    oscarolim Power Member

    Fiz meio switch (uso o macOS mas ainda não adquiri um mac).
    Já há algum tempo que usava o ibook G4 da minha namorada, e desde que comecei a usar o SO fiquei agradado pela usabilidade e simplicidade que oferecia. Desde a velocidade de resposta, à facilidade em encontrar o que queremos, e a simplicidade com que efectuamos uma tarefa.
    No inicio pode ser dificil para alguns perder velhos hábitos, mas depois de utilizar não queremos outra coisa.
    Logo, estou satisfeito com o switch :) (Penso que já respondi às 3 primeiras perguntas).
    Não voltaria atrás até porque uso Windows quando quero jogar (muito raramente é verdade, mas lá continua) e no trabalho uso linux (ubuntu no meu caso).
     

Partilhar esta Página