1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Evolução dos jogos

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por Jeust, 20 de Junho de 2007. (Respostas: 49; Visualizações: 4474)

  1. Jeust

    Jeust Colaborador
    Staff Member

    Eu estava agr mesmo a recordar o grande jogo, pelo menos para mim, que foi o Internation Super Star Soccer para a snes e reparei k agr quase já não ligo a jogos de futebol lol São mto complicados, cheios de "efeitos reais" e blá blá blá, que no fundo só serve para fazer o jogador comprar outra versão do mesmo produto.

    Por acaso a nivel de jogos de futebol axo k nunca vibrei com outro jogo como com esse. Aqueles graficos 2D, mas bem definidos, os pormenores interessantes, fintas, rasteiras aos guarda-redes, jogadores com nomes completamente malucos, jogabilidade interessante e viciante.

    Isto tudo para dizer parece-me k há géneros k evoluem bem com o passar dos anos e outros k apenas se complicam e invês de carregar num botão para rematar, temos de carregar no botão rápidamente para a bola não subir mto, carregar furiosamente nos botões k definem a trajectória para ver se ela ganha um arco engraçado e enganar o guarda redes... Axo k os jogos de futebol com a tentativa de se colar à realidade andam a perder mto interesse. De ano para ano complicam e um jogador, invês de apreciar o jogo em si, está preocupado em virar rápidamente o futebolista para com o seu toque de bola fraquito conseguir domina-la convenientemente e atacar. Já não são tão divertidos... :(

    No entando axo k há géneros k ganharam charme com o passar dos tempos... especialmente o fps e o survival horror. O que seria de um jogo "in your face" ou de um jogo para assustar o jogador até o deixar branquinho se não fossem os gráficos bem definidos e pertos da realidade? Perdiam imersão parece-me...

    O que é k vocês acham da evolução dos jogos? :p

    Aqui ficam umas fotos do ISS para a super nintendo...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Deixem ai umas imagens dos vossos jogos mais obscuros para a malta conhecer e apreciar... ;)
     
    Última edição: 20 de Junho de 2007
  2. Crrash

    Crrash Power Member

    o problema a que tu referes deve ser devido á razão que as pessoas jogam jogos. jogos como futebol ficam mais realistas, mas a certa altura pergunto-me se começa a ter tudo como no mundo real e fica tão dificil, não será preferivel ir lá fora e jogar?
    mesma coisa com o guitar hero. Alguem pode dizer "se queres tocar guitarra, então toca numa verdadeira", mas para tocar numa verdadeira precisas mais de uma hora para aprenderes a tocar qualquer coisa de jeito, e como tal muita gente prefer guitar hero.
    As pessoas gostam de jogos de corrida, porque? porque é facil começar e porque é perigoso no mundo real.

    e depois há os jogos que mudam mas acabam por ser o mesmo como o anterior e como tal mal interessam.

    pois e agora já quase que não há adventures e os que há mostram dois tipos de evolução:
    estilo tradicional: Sam and Max, optimo
    estilo action: Dreamfall, para funcionar nas consolas simplificaram o jogo, ficou com combates, em geral ficou pior
     
    Última edição: 20 de Junho de 2007
  3. Yggdrasil

    Yggdrasil Power Member

    A evolução é sempre uma faca de dois gumes.

    Há géneros que seriam impossíveis há 15 anos atrás - caso dos FPS por exemplo, Wolfstein e Doom hoje parecem desenhos toscos.

    Por outro lado, a evolução "deitou fora" alguns géneros que eu apreciava imenso, caso dos beat'em ups em 2D (tanto em scroll, do estilo Streets of Rage, Double Dragon e Golden Axe, como de combate único, à la Strett Fighter II), dos shoot'em ups em scroll (vertical e horizontal) e das plataformas em 2D.

    Sim, eu sei, é muito 2D mas a verdade é que são géneros que hoje já praticamente não existem.

    Lembro-me que em 1995/96, ficava espantado com os jogos de Saturn e PlayStation - 3D incipiente, full motion video, vozes que nunca mais acabavam, banda sonora com qualidade de CD, cut scenes, etc. Hoje, vejo que essa geração é a que me suscita menos saudades e a dos 16-bit é a que eu mais aprecio. Porquê? Porque quando demos o salto quantitativo e qualitativo para os 32-bit (o maior de todos, ainda maior do que o actual), os jogos começaram a ter coisas que podem ser bonitas de se ver mas acabam por ser inúteis - servem mais para mostrar que a produtora encheu o espaço do disco. Embora eu goste de gráficos bonitos e de boas sequências em FMV e cut scenes de qualidade, não são essenciais e dou por mim a desejar que os jogos voltassem a ser à base de "Press start to play", sem rodeios, sem sequências longas, sem toneladas de material intermédio, carregar no botão start e começar a jogar uns segundos depois, como se fazia no NES, Mega Drive e SNES.

    Em relação aos jogos de futebol, o ISS para SNES era bom, mas para mim o mais divertido de sempre foi o Nintendo World Cup para o NES (1990)...incrível, em multiplayer então, quase chorávamos de tanto rir :-D
     
  4. Jeust

    Jeust Colaborador
    Staff Member

    exactamente... disseste-o melhor k eu :p

    é verdade... e as caras dos matrecos??? era cada uma... os russos com akele olhar parece ivan o terrivel, os japoneses com os olhos em bico...

    de morte... :D
     
    Última edição: 20 de Junho de 2007
  5. Yggdrasil

    Yggdrasil Power Member

    Os adversários tinham umas carantonhas incríveis :-D

    No modo multiplayer podíamos escolher o tipo de campo - relva, areia, terra batida, terra com pedras (onde tropeçávamos) e gelo (onde escorregávamos), havia mais um mas não me lembro qual.

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  6. Baderous

    Baderous Banido

    Falas de jogos de futebol. O único que tive foi o Italia 90 para MegaDrive :-D Nunca liguei muito a este tipo de jogos, mas sim nota-se hoje em dia que há muitos pormenores neste tipo de jogo. Isso pode ver-se do ponto de vista positivo e negativo. Do lado positivo temos os hardcore gamers de PES e FIFA que gostam de saber e poder controlar cada aspecto de cada equipa e cada jogador e, para eles, não há nada melhor que isso, sobretudo porque actualmente já se podem definir tácticas, e fazer gestão de clubes, ou seja, permite ser gestor, treinador e jogador ao mesmo tempo, coisa que antes era impensável (ou muito limitado pronto!). Do lado negativo, temos os chamados "jogadores de trazer por casa" que são aqueles que só querem dar uns toques na bola e pouco ou nada lhes interessa os pormenorzinhos tipo se o Diego fez uma luxação na orelha esquerda durante o treino matinal de há 15 dias no estádio do Varzim...
    Mas não podes comparar evolução com complicação. No meu ver, esse tipo de jogos só poderiam evoluir dessa forma. É certo que continuam a ser lançados títulos que fogem à regra, tipo o FIFA Street Soccer, que faz lembrar o velhinho Puma Street Soccer (penso que era assim) em que os jogadores faziam super-remates que metiam o guarda-redes dentro da baliza! Mas tal como disse, com o evoluir das potencialidades das consolas e pcs e, face ao aumento da qualidade gráfica e realismo dos outros jogos, esses jogos de futebol não se podiam deixar ficar porque senão iam parar a um canto escuro cheio de teias. Como todos os outros jogos tiveram de acompanha o evoluir da tecnologia e isso trouxe o maior realismo nos gráficos (3D e CellShading) e maior complexidade do jogo (os tais pormenores de que falei). O mesmo se passou para os restantes géneros de jogos.
    Falas depois de survival horror e fps. Como já disse, esses jogos ganharam no realismo com a evolução, mas penso que o facto de conseguir atingir emocionalmente o jogador não está só nos gráficos. Há toda uma panóplia de características que fazem o jogador "vibrar": Som, História, Velocidade da acção, etc.
    Para dar exemplos concretos deixa-me dizer que aquele efeito arrepiante de ser assolado pelas caveiras flutuantes a arder no Doom2, não ficou mais assustador com a evolução para 3D com o Doom3. Mas não posso deixar de concordar contigo em certo ponto, por exemplo, no jogo Forbidden Siren, a qualidade gráfica ajuda muito ao ambiente sufocante e aterrador que se vive (eheh eu não consigo jogar isto ^_^'). Mas isto tudo também é ajudado pelos efeitos sonoros...enfim eu já estou para aqui a divagar e a fugir ao assunto.
    A evolução dos jogos é boa ou má? Tanto tem de bom como de mau. Se por um lado se ganhou na qualidade sonora e gráfica, podendo obter-se um maior realismo e também um ambiente mais envolvente, por outro lado, deixou-se de apostar tanto naqueles aspectos que são realmente capazes de cativar o jogador à primeira deixando-o viciado num jogo para sempre (mas dantes havia muito mais limitações no que toca às potencialidades do hardware). São aspectos que já vêm sido discutidos noutras threads. Uns acham bom, outros não gostam tanto...mas só quem passou por toda a "vida dos videojogos" é que pode realmente comprovar isto...Eu por mim, estou satisfeito, sobretudo porque os títulos que procuro não me têm deixado ficar mal:)
     
  7. Tupac

    Tupac Power Member

    [​IMG]

    Que saudades que tenho da minha :(

    ONTOPIC :
    Adorava bastante o ISS...grande jogo!
    Mas na verdade , é o que a maior parte das pessoas quer hoje em dia , e no caso dos jogos de futebol acho que a ideia é que "todos" gostariam de treinar uma equipa ou jogar numa equipa de futebol, e jogar contra os amigos , ou ganhar a liga dos campeoes , mas como nao é possivel na realidade, é virtualmente , e quanto mais real um jogo, mais real se torna esse "sonho" para quem os joga...
    Isto é a minha ideia...
     
  8. raVemjr

    raVemjr I'm cool cuz I Fold

    Este:
    [​IMG]
    Nunca mais será como este:
    [​IMG]

    EDIT: Está tão mau que não consigo fazer resize...:P
     
  9. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Concordo que houve jogos que nunca deviam ter saído do 2D e que as versões recentes podiam ser melhores... mas pegar no ISS como exemplo?

    Eu jogos de futebol é desde o Match Day e devo ter jogado quase uma centena deles... e acho que têm vindo a melhorar!

    A learning curve óbviamente que aumenta com a complexidade dos controlos mas depois de 30m já se domina e depois é, como em tudo, praticar para melhorar.

    Existem exemplos melhores...

    O Mario 64 demonstrou como se passa de 2D para 3D e é um marco na história... apesar de gostar muito do jogo ninguém me tira os Marios em 2D.
    O Sonic também gostei +- dos Adventure na DC mas diverti-me mais com os 2D.

    O conceito de "evolução" é muito vago... evolui o quê? A componente técnica? Jogabilidade?

    Considero-me um gamer oldschool mas isso não me impede de achar que têm saído grandes jogos!!
    Devido a já ter jogado muita coisa é cada vez mais difícil encontrar uma pérola original ou que me divirta como antigamente... mas existem e um bom exemplo é o FABULOSO Psychonauts, que muito pouca gente parece ter jogado, e que considero dos melhores jogos da última década.

    Sim os jogos estão menos "pick up & play" e existe muito "lixo", sequelas e afins, mas ainda se fazem grandes jogos e se houve géneros que morreram, outros evoluiram bastante graças a evoluções tecnológicas.

    Resumindo, não se pode analisar o estado actual das coisas olhando para um jogo... há que analisar género a género e tendo em conta que por vezes entramos no campo dos "gostos pessoais" :wvsore:
     
  10. Tupac

    Tupac Power Member

    E depois há jogos que mereciam remake's para as consolas actuais , como por exemplo :
    [​IMG]
    Streets of Rage :D
    E acho que um bom remake deveria ter melhores gráficos , melhor jogabilidade , mas acima de tudo manter se fiel ao original !
     
  11. Jeust

    Jeust Colaborador
    Staff Member

    sim, concordo...

    eu peguei no iss pk simplesmente adorei o jogo. existe outros exemplos mais flagrantes... cada um tem os seus :)

    e estava a falar de evolução no sentido lato, isto é, evolução como sinónimo do passar dos tempos e do ressurgir de novas filosofias de jogo. Independentemente de evoluir num sentido considerado subjectivamente positivo ou negativo. Evoluir como crescer e desenvolver-se... :)

    se devemos falar de um género de cada vez... kem kiser trata dos aspecto k lhe interessam, se kiserem... :D

    e eu falei de gráficos como simplificação... tudo cresce mas tb tudo, como um conjunto, ganha brilho ou o perde aos nossos olhos :p

    ai snes volta volta :D
     
  12. flybikes

    flybikes Banido

    Arranjem-me um jogo de porrada em 3d melhor que este:

    [​IMG]
     
  13. Dark_Warrior

    Dark_Warrior Power Member

    Concordo, apesar de nunca ter tido uma Mega Drive, tive oportunidade de experimentar os Sonics em 2-D em casa de amigos meus e mais tarde num emulador e achei o jogo excelente. Tb cheguei a experimentar o demo de um Sonic em 3-D (nao me lembro qual, mas saiu em 2004) e pra mim nao tive nada a ver com o em 2-D (faltava-lhe akela velocidade k havia na 2-D, o carisma k havia na versao 2D, entre mtas outras coisas), enfim uma verdadeira porcaria.
     
    Última edição: 20 de Junho de 2007
  14. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Street Fighter 2 é capaz de ser o meu jogo preferido... mas adoro Soul Calibur e DOA e acho que são grandes jogos ;)

    Acho que os beat'em ups coexistem bem em 2D e 3D. Infelizmente o 2D quase que morreu completamente :(
     
  15. Cage57

    Cage57 Power Member

    Eu curtia bue street fighter e street of rage, os jogos 2d foram os k m deram mais prazer de jogar ate agora, mas secalhar um street fighter em 3d nao ficaria mal nao sei, ate era capaz de ser muito divertido tal cm o street of rage podiam ser divertidos assim.
     
  16. raVemjr

    raVemjr I'm cool cuz I Fold

    :D
    [​IMG]
    Street Fighter era bom, mas nunca se comparou ao KoF, IMO...

    Já que nem todas as adaptações são falhanços, cá vai:
    [​IMG]
    E de novo, a 3D, Claude volta...
    [​IMG]
    Um claro caso de sucesso...
     
  17. Garm

    Garm Power Member

    A evolução dos jogos é óbvia e muito bem vinda. É verdade que se observa uma 'estupidificação' geral no tema e mecanismo dos jogos actuais, mas no meio dessa avalanche(a) de jogos encontram-se sempre pérolas que daqui a umas decádas vamos estar a enumerar num tópico deste género.

    Temos que ver que grande parte do pessoal que suspira pelos grandes clássicos do passado é gente já adulta (ou pelo menos quase) e penso que isso leva a um menor entusiasmo face aos jogos actuais. Se formos perguntar a um miúdo qualquer o que acha ele dos jogos actuais, ele vai dizer que adora. E se lhe pusermos um Street Fighter ou qualquer outro desse género à frente, ele vai torcer o nariz. É tudo uma questão de contexto.

    Por último, os remakes nunca funcionam (para minha pena). Ou se queixam que o ambiente não está lá, ou que o motor de jogo é demasiado diferente, ou sei lá mais o quê. Depois quando se fazem remakes (que mais valia chamar plágio - lembro-me agora do UFO: Extraterrestrials) bastante colados ao original, são acusados de não serem originais. O que é normal, eu próprio faço isso. :)
    A questão é que os remakes nunca estarão à altura dos originais. Mais vale jogar os originais.

    (P.S.: por acaso adorava que fizessem um remake do Baldur's Gate. Parece que há gente a fazer um module para NW2 do BG...)
     
  18. Yggdrasil

    Yggdrasil Power Member

    Então e estes?

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    [​IMG]

    [​IMG]


    Acho que abusei...:-D
     
  19. arpinacio

    arpinacio Power Member

    ahhhhh micro machines.... LINDO PAH.... tardes e tardes a jogar com o meu irmão e com os meus amigos...

    mas jogo jogo era este...

    [​IMG]

    isto sim tinha horas de vicio.... digo-vos que eu a jogar contra o meu irmão não era por golos... era:

    barra = 2 pontos
    poste = 1 ponto...

    marcar golos já não dava pica :P
     
  20. Datwo

    Datwo I'm cool cuz I Fold

    @yggdrasil

    Alem de teres metido aí alguns jogos recentes, uma boa parte dos mais antigos tiveram boas adaptações recentes.
     

Partilhar esta Página