Discussão Evolução (ou não) dos ISPs em Portugal.

Quando a cabovisão mudou o nome para NOWO as fidelizações deles funcionaram desta forma
Fonte.
Gente, é isto que portugal precisa! 12 meses de fidelização máximo e valores baixos em caso de adesão sem fidelização.
Na altura se tivesse cobertura tinha aderido!
não consigo perceber o porque da NOWO não ter continuado com este funcionamento..
é regra do governo ou assim terem 24 meses de fidelizações?
Não na altura a ANACOM obrigou a que as operadoras a disponibilizarem tarifários sem fidelização ou com 12 meses e os outros 3 estarolas chorões o que fizeram foi por o valor a oscilar entre 3 a 5x mais para tarifários sem fidelização ou reduzida para toda a gente continuar nos 24 meses.
A lei diz que o período máximo de fidelização é de 24 meses não obriga a fidelização nenhuma(antes pelo contrário) muito menos dos 24 meses, as outras operadoras que agora viraram choronas todas se encostaram ao prazo máximo e com preços nada atrativos e razoáveis para as outras modalidades, depois são sempre injusticadas coitadinhas.
Mas aí a culpa foi da Anacom que deveria ter recusado essas opções sem fidelização até que fossem minimamente justas em relação a dos 24 meses.
 

Rubenzito

Power Member
Essas batalhas das fidelizações já vem de algum tempo, até a DECO já foi metida ao barulho.
Mas a chico-espertisse das operadoras e o Governo a assobiar para o lado, deram azo a estas lacunas legais.
 

Podem ficar ofendidos e indignados o tempo que quiserem mas contra factos não há argumentos.
Mal esteve a ANACOM em não ter "despertado" mais cedo do coma.
O artigo tem como base o relatório da ANACOM de Outubro de 2020 com base em dados do eurostat, e ainda não estão a ser levados em conta os últimos aumentos que foram feitos este mês.
https://pplware.sapo.pt/internet/anacom-precos-das-telecomunicacoes-em-portugal-aumentaram-65/
 

nipnip

Power Member
Podem ficar ofendidos e indignados o tempo que quiserem mas contra factos não há argumentos.
Mal esteve a ANACOM em não ter "despertado" mais cedo do coma.
O artigo tem como base o relatório da ANACOM de Outubro de 2020 com base em dados do eurostat, e ainda não estão a ser levados em conta os últimos aumentos que foram feitos este mês.
https://pplware.sapo.pt/internet/anacom-precos-das-telecomunicacoes-em-portugal-aumentaram-65/

Não deixa de ter piada a Anacom divulgar agora com tanta vontade um estudo acerca dos últimos 11 anos, talvez porque se se focasse nos anos mais recentes teria que concluir que contrariamente à média da UE (que se tem mantido estável) os preços me Portugal têm caído.

Como bem demonstra a imagem que está nesse artigo e que é retirada do relatório.

anacom-01-1.jpg


Cada um manipula os seus dados como bem entende.
 
Não deixa de ter piada a Anacom divulgar agora com tanta vontade um estudo acerca dos últimos 11 anos, talvez porque se se focasse nos anos mais recentes teria que concluir que contrariamente à média da UE (que se tem mantido estável) os preços me Portugal têm caído.

Como bem demonstra a imagem que está nesse artigo e que é retirada do relatório.

anacom-01-1.jpg


Cada um manipula os seus dados como bem entende.
Os dados não estão manipulados o que tu queres é que estivessem ao eliminar os anos em que na UE desceu e cá subiu para quando cá desceu e na UE desceu menos ficando ainda assim muito mais caros. O gráfico começa em valores iguais na UE e em Portugal o resto são números
 

Rubenzito

Power Member
Não deixa de ter piada a Anacom divulgar agora com tanta vontade um estudo acerca dos últimos 11 anos, talvez porque se se focasse nos anos mais recentes teria que concluir que contrariamente à média da UE (que se tem mantido estável) os preços me Portugal têm caído.

Como bem demonstra a imagem que está nesse artigo e que é retirada do relatório.

anacom-01-1.jpg


Cada um manipula os seus dados como bem entende.

Mas ainda continuam caros em relação á UE.
Se não estou em erro, os únicos pacotes que temos a um preço inferior à media da UE são os que incluem internet de 1 GB de velocidade, isto em 2018. Agora não sei como estão.
 

nipnip

Power Member
Os dados não estão manipulados o que tu queres é que estivessem ao eliminar os anos em que na UE desceu e cá subiu para quando cá desceu e na UE desceu menos ficando ainda assim muito mais caros. O gráfico começa em valores iguais na UE e em Portugal o resto são números
Eu não quero nada... Apenas apontei que a estatística se presta a que dados iguais sejam apresentados de formas diferentes.

A mim parece-me mais relevante que a tendência actual é de aproximação do que saber que há 8 anos era de afastamento.

E já agora alguém sabe qual é o "cabaz" usado para fazer estas comparações?
 

Rei_Patricio

Power Member
Provávelmente não será o sítio indicado, mas se me puderem ajudar.
Tenho um familiar que está fora mas quando vem cá (3/4 vezes ano) queria ter net/TV em casa. Está a pensar meter um serviço normal mas faz-me um bocado confusao ele ir gastar 400€ por ano para usufruir do serviço cerca de um mês ou mês e meio por ano.
Haverá alguma solução para o casa? O serviço de TV seria desnecessário desde que tivesse net para poder ver Netflix/hbo /etc
 
Eu não quero nada... Apenas apontei que a estatística se presta a que dados iguais sejam apresentados de formas diferentes.

A mim parece-me mais relevante que a tendência actual é de aproximação do que saber que há 8 anos era de afastamento.

E já agora alguém sabe qual é o "cabaz" usado para fazer estas comparações?

O que mais retiro é que em 2010 estavam "equilibrados" com o resto da UE e a partir daí estão a léguas
 

nipnip

Power Member
Mas ainda continuam caros em relação á UE.
Se não estou em erro, os únicos pacotes que temos a um preço inferior à media da UE são os que incluem internet de 1 GB de velocidade, isto em 2018. Agora não sei como estão.
Sim tendencialmente nos pacotes com maior velocidade estamos mais próximos, curiosamente também são os pacotes que concentram mais clientes.

Mas nem era esse o meu ponto, era apenas mostrar que a anacom está a usar as mesmas armas que uma qualquer cmtv e o pessoal vai engolindo.

No fim se verá se há mais valias para os clientes.
 

RRJoao

Power Member
Eu não quero nada... Apenas apontei que a estatística se presta a que dados iguais sejam apresentados de formas diferentes.

A mim parece-me mais relevante que a tendência actual é de aproximação do que saber que há 8 anos era de afastamento.

E já agora alguém sabe qual é o "cabaz" usado para fazer estas comparações?
Tu dali só tiras duas coisas. Primeiro que os preços são mais altos do que a média da UE. Segundo que houve um evento que fez baixar os preços, mas foi só um evento, não representa uma tendência... E que houve de facto uma tendência no passado que felizmente já não existe hoje, que foi a tendência de divergir da UE até que chegou a um momento em que estabilizou mais ou menos.
 

Rubenzito

Power Member
Sim tendencialmente nos pacotes com maior velocidade estamos mais próximos, curiosamente também são os pacotes que concentram mais clientes.

Mas nem era esse o meu ponto, era apenas mostrar que a anacom está a usar as mesmas armas que uma qualquer cmtv e o pessoal vai engolindo.

No fim se verá se há mais valias para os clientes.

Penso que seja o inverso, pelo menos nos pacotes de 1GB, 500mb não digo que não tenha muitos clientes, mas 1GB dificilmente será o pacote com mais adesões...
 

Spam

Power Member
O evento que fez baixar os preços, se não estou em erro foi quando a Vodafone começou a instalar Fibra própria (Por volta de 2013) e para angariar clientes meteu o pack 3p base a 24,90€ com oferta de 1 BOX. Os outros ISPs tiverem que acompanhar, mas ao fim de 2 anos +- Os preços praticamente subiram sempre 1€ todos os anos, na Vodafone era para novos clientes e para quem terminava a fidelização, na MEO até os clientes fidelizados levavam logo com o aumento.

Aconteceu comigo, aderi a 24,90€ e no fim da fidelização (2anos) já estava a pagar 26,90€. Em alguns tarifários o aumento foi de 2€.
Quem "perdeu tempo" no tribunal arbitral consegui-o reverter o aumento, porque a comunicação aos clientes não foi feita de forma legal e foi muito acima da inflação.
Mas por aqui se vê a politica da empresa, reclamas na linha de apoio, não podem fazer nada, provedor do cliente também não, é preciso ir a tribunal para fazer valer o contracto...

A linha descendente na União Europeia é compreensível, o investimento inicial na instalação das redes de fibra teve o retorno nos primeiros anos, a partir dai é pagar manutenção, funcionários, e reservar algum para investimentos futuros, podendo as operadoras aliviar nos preços finais e serem mais competitivas face à concorrência.


https://www.deco.proteste.pt/casa-e...dafone-afeta-consumidores-em-novos-contratos#
 
Última edição:

Rubenzito

Power Member
Um pequeno desabafo, e de facto os Isps funcionam mal, a burocracia que é preciso para fazer uma simples renovação de serviço para 2 cartões de telemóvel :facepalm:.
Muito esta malta gosta de papel, os dados são exactamente os mesmos, nomes, moradas, etc. Basicamente era só " sim sr, quero continuar com o vosso serviço".
A papelada que foi preciso para um simples renovação :facepalm:
 

Nogueira03

Power Member
Provávelmente não será o sítio indicado, mas se me puderem ajudar.
Tenho um familiar que está fora mas quando vem cá (3/4 vezes ano) queria ter net/TV em casa. Está a pensar meter um serviço normal mas faz-me um bocado confusao ele ir gastar 400€ por ano para usufruir do serviço cerca de um mês ou mês e meio por ano.
Haverá alguma solução para o casa? O serviço de TV seria desnecessário desde que tivesse net para poder ver Netflix/hbo /etc
credo, 400€ por ano? deixa-te disso.
Supondo que ele só quer net, ele que use uma banda larga móvel de alguma operadora que não tenha fidelização!
A NOS por exemplo tem a 30€ por mês sem fidelização e com tráfego ilimitado, e o hospot custa 50€ mas se ele tiver um router/hospot 4G pode usa-lo ou até meter o cartão no telemovel e o telemóvel servir de hospot. Creio que esta seja mesmo a melhor opção nestas condições, porém a velocidade da internet pode variar dependendo da zona.
Para tv aconselho a Box Iptv da NOWO que não tem fidelização e custa 12 ou 20€ (dependendo da quantidade de canais), a box custa 80€ e dá acesso a funcionalidades fibra, por exemplo as gravações automáticas, porque é a mesma box mas em vez de cabo funciona por wifi acho eu, até podes ligar ao hospot que falei atrás.
Assim ele não tem a preocupação de tar agarrado a uma fidelização/contrato e usa quando preciso.
 
Última edição:
Topo