Discussão Evolução (ou não) dos ISPs em Portugal.

nipnip

Power Member
É uma informação veiculada de forma a parecer uma determinada coisa...

Actuais clientes são afetados? Não.
Os novos clientes só têm aquele tarifário como opção? Não.
As ofertas dos 3 operadores nestes tarifários base são iguais? Não. (variando na velocidade de download/upload, limite de tráfego, número de canais e até ligeiramente no preço).

A qualidade dificilmente se avalia pelas características do serviço mas sim se o serviço é prestado nas condições em que é vendido, pelo que me parece que a Anacom entrou na guerra comunicacional e numa de vale tudo para provar um determinado ponto de vista.
 

omega

Power Member
Resumindo e concluindo, está tudo bem nas telecomunicações em Portugal e a ANACOM é que está errada.
Fomentar a concorrência é um erro e é nocivo para os clientes.
É impressionante como ainda se defende as companhias de telecomunicações, claro que têm que ter lucro, mas também têm que aceitar ter mais concorrentes e deixarem de praticar preços exagerados e de agirem como abutres.
Têm comportamento completamente parasitário com a porcaria das fidelizações, se as pessoas estão contentes com um serviço, não mudam só porque sim. a questão é que o serviço é por vezes do desagrado dos clientes, e simplesmente, a mudança é impossível pois praticam preços de rescisão completamente absurdos
 

nipnip

Power Member
Resumindo e concluindo, está tudo bem nas telecomunicações em Portugal e a ANACOM é que está errada.
Fomentar a concorrência é um erro e é nocivo para os clientes.
É impressionante como ainda se defende as companhias de telecomunicações, claro que têm que ter lucro, mas também têm que aceitar ter mais concorrentes e deixarem de praticar preços exagerados e de agirem como abutres.
Têm comportamento completamente parasitário com a porcaria das fidelizações, se as pessoas estão contentes com um serviço, não mudam só porque sim. a questão é que o serviço é por vezes do desagrado dos clientes, e simplesmente, a mudança é impossível pois praticam preços de rescisão completamente absurdos
Um comportamento desonesto não justifica outro comportamento desonesto.

No fim disto quem vai sair prejudicado disto são os consumidores.

O presidente da anacom continuara a ter este ou outro tacho bem remunerado.

Os atuais operadores continuarão a gerar os seus lucros.

Parece-me legítimo que se garanta equidade (não igualdade) de tratamento entre atuais e eventuais novos operadores, a anacom decidiu em lugar de ser regulador ser um elemento perturbador do processo, que é em si mesmo um fator que afasta eventuais interessados.

Mas enfim das duas uma: ou as providências cautelares suspendem o leilão e vamos gerar aqui um enorme atraso ou daqui a meia dúzia de dias já se saberá quais e quantas empresas se qualificaram para participar no leilão.
 

no-comments

Power Member
Eu ainda não ouvi por parte das operadoras uma explicação para a reposição dos 30/30 como oferta comercial e ainda por cima terem aumentado o preço do mesmo, logo nas 3 operadoras praticamente em simultâneo, e a Meo a "inovar" com a reposição (que não se via há uns bons anos) de limite de tráfego, que nem existe nas ofertas adsl.

É muito dificil dar o benefício da dúvida às operadoras.
 

nipnip

Power Member
Eu ainda não ouvi por parte das operadoras uma explicação para a reposição dos 30/30 como oferta comercial e ainda por cima terem aumentado o preço do mesmo, logo nas 3 operadoras praticamente em simultâneo, e a Meo a "inovar" com a reposição (que não se via há uns bons anos) de limite de tráfego, que nem existe nas ofertas adsl.

É muito dificil dar o benefício da dúvida às operadoras.
Parece - me pouco legítimo que as operadoras tenham que explicar a sua estratégia comercial.

No entanto e apenas especulando o mais provável é que o perfil de tráfego /uso da rede (com o advento do streaming, plataformas iptv pirata, teletrabalho, etc) se tenha alterado tornando a oferta comercial desadequada do ponto de vista do operador (do lado do cliente já se sabe que quanto mais barato melhor).

Usando uma analogia que já usei antes. Se tu andares de bicicleta eu posso oferecer-te 30 televisões (assumindo que só podes fazer uma viagem) porque apesar da oferta tu não vai conseguir usufruir dela. Se entretanto compras uma carrinha eu não te vou fazer a mesma oferta porque aí sairei fortemente prejudicado já que numa só viagem levas a oferta toda na boa.
 

Rubenzito

Power Member
É uma informação veiculada de forma a parecer uma determinada coisa...

Actuais clientes são afetados? Não.
Os novos clientes só têm aquele tarifário como opção? Não.
As ofertas dos 3 operadores nestes tarifários base são iguais? Não. (variando na velocidade de download/upload, limite de tráfego, número de canais e até ligeiramente no preço).

A qualidade dificilmente se avalia pelas características do serviço mas sim se o serviço é prestado nas condições em que é vendido, pelo que me parece que a Anacom entrou na guerra comunicacional e numa de vale tudo para provar um determinado ponto de vista.

Coisas muitas ligeiras para disfarçar a cartelização. Porque as semelhanças são notórias.
 
É uma informação veiculada de forma a parecer uma determinada coisa...

Actuais clientes são afetados? Não.
Os novos clientes só têm aquele tarifário como opção? Não.
As ofertas dos 3 operadores nestes tarifários base são iguais? Não. (variando na velocidade de download/upload, limite de tráfego, número de canais e até ligeiramente no preço).

A qualidade dificilmente se avalia pelas características do serviço mas sim se o serviço é prestado nas condições em que é vendido, pelo que me parece que a Anacom entrou na guerra comunicacional e numa de vale tudo para provar um determinado ponto de vista.

Isso não faz sentido porque todos os clientes são afectados e explico te porque muito rapidamente, no início do ano acabava o meu contracto e pagava por tv net voz 100mbs na Meo 29.90€ a primeira proposta foi passar para 200 canais e 200 megas de net por 34.90 que eu de imediato recusei e pedi para cancelar o serviço porque a Vodafone me oferecia o mesmo serviço por 29.90 e como tal euro por euro preferia mudar para a vdf, "automaticamente liguei lá as campainhas" e começaram a chover as ofertas mágicas desde a manutenção do preço e serviço actual que voltei a recusar aumento da velocidade da net para 200 megas pelo mesmo preço, aumento para giga ainda nos 30 e muitos euros e a mais equilibrada foi a que aceitei (e na verdade não arranjava em mais lado nenhum) 500mbs 200 canais por 33 euros pareceu me razoável, se fosse hoje eu perdia argumento negocial porque a minha alternativa seria 31 euros por 30 megas de net e eles sabiam disso e provavelmente não conseguia o que tenho agora , isto para dizer que qualquer aumento no valor do serviço mínimo afeta todos os clientes a curto/médio prazo quanto mais não seja numa renegociação do serviço.
 

nipnip

Power Member
Isso não faz sentido porque todos os clientes são afectados e explico te porque muito rapidamente, no início do ano acabava o meu contracto e pagava por tv net voz 100mbs na Meo 29.90€ a primeira proposta foi passar para 200 canais e 200 megas de net por 34.90 que eu de imediato recusei e pedi para cancelar o serviço porque a Vodafone me oferecia o mesmo serviço por 29.90 e como tal euro por euro preferia mudar para a vdf, "automaticamente liguei lá as campainhas" e começaram a chover as ofertas mágicas desde a manutenção do preço e serviço actual que voltei a recusar aumento da velocidade da net para 200 megas pelo mesmo preço, aumento para giga ainda nos 30 e muitos euros e a mais equilibrada foi a que aceitei (e na verdade não arranjava em mais lado nenhum) 500mbs 200 canais por 33 euros pareceu me razoável, se fosse hoje eu perdia argumento negocial porque a minha alternativa seria 31 euros por 30 megas de net e eles sabiam disso e provavelmente não conseguia o que tenho agora , isto para dizer que qualquer aumento no valor do serviço mínimo afeta todos os clientes a curto/médio prazo quanto mais não seja numa renegociação do serviço.
Não há propostas comerciais imutáveis. Preciso de alguém para trabalhar a remuneração será a mesma até ao dia da tua morte (independentemente de alterações que possam acontecer ao nível das funções a desempenhar). Estás disponível?
 

no-comments

Power Member
Parece - me pouco legítimo que as operadoras tenham que explicar a sua estratégia comercial.

No entanto e apenas especulando o mais provável é que o perfil de tráfego /uso da rede (com o advento do streaming, plataformas iptv pirata, teletrabalho, etc) se tenha alterado tornando a oferta comercial desadequada do ponto de vista do operador (do lado do cliente já se sabe que quanto mais barato melhor).

Usando uma analogia que já usei antes. Se tu andares de bicicleta eu posso oferecer-te 30 televisões (assumindo que só podes fazer uma viagem) porque apesar da oferta tu não vai conseguir usufruir dela. Se entretanto compras uma carrinha eu não te vou fazer a mesma oferta porque aí sairei fortemente prejudicado já que numa só viagem levas a oferta toda na boa.
Eu acho legítimo que as operadoras expliquem, porque fizeram essas alterações em simultâneo, o que levanta a questão do oglipólio.

E não acho essa explicação do perfil de tráfego aceitável, porque não houve alterações nos pacotes com maior velocidade nem que se saiba há suspensão de serviço a clientes com perfis mais elevados de utilização de tráfego.

A explicação mais lógica é a de que as operadoras querem empurrar os clientes para pacotes mais caros, aumentando a receita média por cliente, e fizeram o downgrade do serviço mais básico e o aumentaram com o intuito de desincentivar os clientes a aderirem a essa pacote. Na Meo por exemplo, 200 megas é mais 5€ (com oferta do upgrade para 500, estranho o perfil de tráfego já não se aplica??????) o que ao longo de 24 meses são 120 euros. Lá os comerciais poderão dizer "são apenas mais 5 euros" o que pode convencer muita gente.

A Anacom que tem a obrigação de zelar pelo desenvolvimento tecnológico do país, tem toda a razão. Há poucos meses atrás podias aderir a um pacote 3P de 100 megas por 29.90 e agora não podes, é um retrocesso que pelo facto das 3 grandes o terem feito em simultâneo (porque estão mais interessadas em acompanhar o que os outros fazem em vez de inovar) levantas questões de concorrência. Nada será feito, mas algo deveria ser feito.

Também digo que as operadoras têm um pouco de razão, porque vendem um pacote só de Net com 100 megas (sem limites de tráfego) por 26.99, embora assumo que seja pouco publicitado, logo quem não quer tv nem telefone fixo tem sempre essa opção. Mas depois não oferecerem tarifários intermédios (200 megas, 500 megas) só com internet.
 

nipnip

Power Member
Eu acho legítimo que as operadoras expliquem, porque fizeram essas alterações em simultâneo, o que levanta a questão do oglipólio.

E não acho essa explicação do perfil de tráfego aceitável, porque não houve alterações nos pacotes com maior velocidade nem que se saiba há suspensão de serviço a clientes com perfis mais elevados de utilização de tráfego.

A explicação mais lógica é a de que as operadoras querem empurrar os clientes para pacotes mais caros, aumentando a receita média por cliente, e fizeram o downgrade do serviço mais básico e o aumentaram com o intuito de desincentivar os clientes a aderirem a essa pacote. Na Meo por exemplo, 200 megas é mais 5€ (com oferta do upgrade para 500, estranho o perfil de tráfego já não se aplica??????) o que ao longo de 24 meses são 120 euros. Lá os comerciais poderão dizer "são apenas mais 5 euros" o que pode convencer muita gente.

A Anacom que tem a obrigação de zelar pelo desenvolvimento tecnológico do país, tem toda a razão. Há poucos meses atrás podias aderir a um pacote 3P de 100 megas por 29.90 e agora não podes, é um retrocesso que pelo facto das 3 grandes o terem feito em simultâneo (porque estão mais interessadas em acompanhar o que os outros fazem em vez de inovar) levantas questões de concorrência. Nada será feito, mas algo deveria ser feito.

Também digo que as operadoras têm um pouco de razão, porque vendem um pacote só de Net com 100 megas (sem limites de tráfego) por 26.99, embora assumo que seja pouco publicitado, logo quem não quer tv nem telefone fixo tem sempre essa opção. Mas depois não oferecerem tarifários intermédios (200 megas, 500 megas) só com internet.
Precisamente. O objectivo é mesmo esse. Colocar os clientes nos tarifários que foram pensados para um determinado perfil de tráfego e uso do serviço. Estamos perfeitamente de acordo.
 

rikardoalves

Power Member
Se a Anacom lançasse uma mega operação a nivel nacional para investigar a fundo a cartelização do sector e outras irregularidades que estes operadores praticam, certamente que os operadores baixavam a bolinha e ficavam calmos... Just saying...
 

Rubenzito

Power Member
Mas o que seriam diferenças aceitáveis no teu ponto de vista?

É tudo igual, preços serviços, velocidades, ofertas. Tirando um ou outro canal exclusivo das operadoras, o core é o mesmo.
Há muito pouca coisa que possa pesar na decisão de uma adesão a estas operadoras, vou para a x porque tem isto que a y não tem.
Isto a meu ver revela duas coisas, ou muita falta de imaginação ( o que não acredito) ou cartelização.

Neste momento, dos poucos factores de decisão que tens é a tecnologia disponibilizada pelas operadoras.
O meu caso é um desses, tenho adsl, e tenho já ftth ou hfc disponiveis, será isso que me vai fazer mudar.
 

nipnip

Power Member
É tudo igual, preços serviços, velocidades, ofertas. Tirando um ou outro canal exclusivo das operadoras, o core é o mesmo.
Há muito pouca coisa que possa pesar na decisão de uma adesão a estas operadoras, vou para a x porque tem isto que a y não tem.
Isto a meu ver revela duas coisas, ou muita falta de imaginação ( o que não acredito) ou cartelização.

Neste momento, dos poucos factores de decisão que tens é a tecnologia disponibilizada pelas operadoras.
O meu caso é um desses, tenho adsl, e tenho já ftth ou hfc disponiveis, será isso que me vai fazer mudar.
Fiquei na mesma.

Qual seria o diferencial de preço aceitável?
Quais deveriam ser as diferenças de velocidade oferecida?
Que outras coisas deveriam ser diferentes entre operadores?
E qual deles é que deveria ter quais ofertas?
 
Não há propostas comerciais imutáveis. Preciso de alguém para trabalhar a remuneração será a mesma até ao dia da tua morte (independentemente de alterações que possam acontecer ao nível das funções a desempenhar). Estás disponível?
Podias explicar então porque é que as operadoras todas decidiram subir os preços e baixar a qualidade do serviço(curiosamente na mesma altura) portanto estou a espera se me puderes elucidar.
E já agora porque todas vieram fazer copy paste da resposta ao comunicado da ANACOM a dizer que era mentira e não aumentaram preço nenhum a não ser que tenham lançado o preço em dólares americanos vejo um claro aumento dos preços mas isso sou eu.
Cumprimentos
 

nipnip

Power Member
Podias explicar então porque é que as operadoras todas decidiram subir os preços e baixar a qualidade do serviço(curiosamente na mesma altura) portanto estou a espera se me puderes elucidar.
E já agora porque todas vieram fazer copy paste da resposta ao comunicado da ANACOM a dizer que era mentira e não aumentaram preço nenhum a não ser que tenham lançado o preço em dólares americanos vejo um claro aumento dos preços mas isso sou eu.
Cumprimentos

Podia tentar mas não vale a pena. Os atuais clientes não viram o preço aumentado. Quem aderir aqueles tarifários vais ter aquele preço desde a adesão ao tarifário.

Como já disse qualidade é uma coisa, características do serviço são outra.

Portugal é (perdoem-me a expressão) um penico, nestes meios é ainda mais pequenino e tudo se sabe. É mais que natural que lancem propostas comerciais semelhantes em timings semelhantes, até porque lutam todas pelos mesmos clientes.

As empresas, tal como por exemplo várias classes profissionais, têm interesses comuns e sim como é óbvio acertam respostas a problemas comuns.
 
Podia tentar mas não vale a pena. Os atuais clientes não viram o preço aumentado. Quem aderir aqueles tarifários vais ter aquele preço desde a adesão ao tarifário.

Como já disse qualidade é uma coisa, características do serviço são outra.

Portugal é (perdoem-me a expressão) um penico, nestes meios é ainda mais pequenino e tudo se sabe. É mais que natural que lancem propostas comerciais semelhantes em timings semelhantes, até porque lutam todas pelos mesmos clientes.

As empresas, tal como por exemplo várias classes profissionais, têm interesses comuns e sim como é óbvio acertam respostas a problemas comuns.

Sou todo ouvidos para mim qualidade define se em 3 fatores (diversidade, estabilidade, capacidade) se tenho um serviço em casa que me permite ir a Netflix e ver em 4k a Maria no YouTube e tiktok e o meu filho jogar FIFA na net e passo para 1 que quase não dá para ir ver conteúdo em 4k (quanto mais o resto em simultâneo) tenho melhor serviço que o que tinha antes? Não estou a perceber tem sequer a mesma qualidade que o anterior ?
Pela tua conversa um BMW série 5 tem a mesma qualidade que um M5 e como até anda mais devagar(e é mais barato) e acaba por ser mais seguro e tem a mesma qualidade do mais caro e até tens menos hipóteses de morrer ao volante, seguindo a tua teoria melhor ainda é "papa reformas" que não passam dos 20km/h deve estar aqui a solução para a sinistralidade da estrada.
Mas voltando a conversa e deixando as teorias da treta vou fazer 3 questões para ver se as rebates...
Existe core business para um serviço com 30mbs?
Sim eventualmente pessoas mais idosas
É justo cobrar por 30mbs o que antes cobravam por 100?
Não nenhuma operadora da propriamente prejuízo em Portugal teem tanto dinheiro que até no futebol foram meter o nariz.
Poderiam criar um tarifário vantajoso de 30 para complementar a oferta já existente?
Sim já o deveriam ter feito a mais tempo punham a 25 ou 26 euros quem não precisava de tanta net optava por este.
Agora empurrar clientes para o pacote intermédio quando antes estava bem no mínimo é desonesto, quando todas as operadoras o fazem ao mesmo tempo é uma política conjunta que define um cartel.
Cumprimentos
 
Última edição:

Rubenzito

Power Member
Fiquei na mesma.

Qual seria o diferencial de preço aceitável?
Quais deveriam ser as diferenças de velocidade oferecida?
Que outras coisas deveriam ser diferentes entre operadores?
E qual deles é que deveria ter quais ofertas?

Isso caberia aos departamentos comerciais e de marketing das respectivas operadoras.
Estudar os concorrentes e ver o que poderiam fazer para ter uma melhor oferta.
Por exemplo um preço mais baixo, mais velocidade, mais minutos de chamadas/sms, etc.
Parcerias exclusivas em certas lojas, e por ai fora...
 

nipnip

Power Member
Sou todo ouvidos para mim qualidade define se em 3 fatores (diversidade, estabilidade, capacidade) se tenho um serviço em casa que me permite ir a Netflix e ver em 4k a Maria no YouTube e tiktok e o meu filho jogar FIFA na net e passo para 1 que quase não dá para ir ver conteúdo em 4k (quanto mais o resto em simultâneo) tenho melhor serviço que o que tinha antes? Não estou a perceber tem mais qualidade?
Pela tua conversa um BMW série 5 é mais seguro que um M5 porque anda mais devagar(e é mais barato e tudo) logo tens menos hipóteses de morrer ao volante, seguindo a tua teoria melhor ainda é "papa reformas" que não passam dos 20km/h deve estar aqui a solução para a sinistralidade da estrada.
Mas voltando a conversa e deixando as teorias da treta vou fazer 3 questões para ver se as rebates...
Existe core business para um serviço com 30mbs?
Sim eventualmente pessoas mais idosas
É justo cobrar por 30mbs o que antes cobravam por 100?
Não nenhuma operadora da propriamente prejuízo em Portugal teem tanto dinheiro que até no futebol foram meter o nariz.
Poderiam criar um tarifário vantajoso de 30 para complementar a oferta já existente?
Sim já o deveriam ter feito a mais tempo punham a 25 ou 26 euros quem não precisava de tanta net optava por este.
Agora empurrar clientes para o pacote intermédio quando antes estava bem no mínimo é desonesto.
Cumprimentos

Desisto.

Tu mesmo explicas o porquê da necessidade da oferta. Aquelas ofertas, e a sua sustentabilidade económica, não foram desenhadas para streaming 4k, tiktok e afins, mas para usos claramente mais modestos (e disso ninguém tem culpa, foram alterações de hábitos) e portanto em algum momento teriam que ser redesenhada de forma a colocar os clientes nos tarifários pensados para determinado perfil de uso.

Confunde aquilo que é oferta que é qualidade da oferta. Posso oferecer - te 1gbps, 300 canais, 50000 horas de chamadas... Isso é oferta. A qualidade é depois ver se o que é oferecido funciona em condições.

Os tarifários dos actuais clientes mantêm - se sem alterações, quem estava bem continua a estar bem. Se eles tivessem simplesmente terminado com o tarifário e o cliente ou mudava ou ficava sem serviço era outra conversa bem distinta.
 
Topo