1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Exclusivos : Toda a estupidez

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por Pernas, 31 de Agosto de 2008. (Respostas: 55; Visualizações: 2926)

  1. Pernas

    Pernas Power Member

    Caros membros,

    Venho por este meio pedir que não andem a defender consolas sob o pretexto de a consola X ou Y ter este ou aquele exclusivo. Peço também para não deduzirem que uma consola é melhor que outra porque tem mais exclusivos...

    Por favor, qual é a história? (Morning Glory lol, piada de Oasis)

    Em que é que vos favorece a vossa consola tenha este jogo ou aquele e a outra não tenha? Podem gostar claro, mas qual é o uso? Estão se a vender ao mercado. Quando alguém escolhe uma consola, tem que ver os jogos desta e as suas possibilidades financeiras, nada mais. Claro, os jogos incluem os exclusivos, mas isso não altera nada. Não quer dizer que se tenham de tornar uns vendidos às empresas de consolas.

    Ah, e mais uma coisa. Não tentem fazer comparações entre jogos, chamar a um Halo Killer, como já ouvi, ou não andem aos saltos pela possibilidade de um qualquer exclusivo da PS3 ir também para a Xbox 360. Morrem se algum exclusivo de repente se tornar "comum" a outra consola? Qual é? Ponham a cabeça a pensar :

    Mais público alvo -> Mais jogos vendidos -> Mais dinheiro -> Mais desenvolvimento

    Que tal? Deixem-se de fanatismos! Uma consola é boa pelo divertimento que os seus jogos proporcionam. Claro que como foi mencionado em baixo, o mercado gira à volta dos exclusivos, mas isso não quer dizer que vocês estejam ligados a eles de tal modo que, quando "puxam a ficha", acabe o vosso mundo.

    Há que anos que eu vejo esta conversa aqui no fórum, mas agora que comprei uma 360 ainda vejo mais. Já não há paciência, crescam!

    Bem acabou o meu desabafo, estou na esperança que alguém perceba isto...
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2008
  2. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Percebe-se, mas após elaborares todo o raciocinio quase concluis com "agora que comprei uma y ainda vejo mais" ou seja... criaste uma certa redundância no teu próprio argumento. Percebo que não o querias fazer, mas... de certo modo derrota o propósito de um raciocínio que deveria ser agnóstico.

    Andando em frente...

    Exclusivos é como tudo, são relevantes para as plataformas em questão e não podem simplesmente ser abolidos, pode e deve é ser tomada uma atitude proactiva nos mesmos.

    passo a citar:

    "prefiro x plataforma porque tem y titulo"

    "comprei plataforma x porque tem títulos que me atraem mais"

    Como contestas isso? não contestas... e devo dizer que, ao eu assumir esta postura nunca me contestaram nas minhas escolhas, quer dizer, eu sei de mim, também era melhor.


    já se partirmos para o:

    "tem este jogo logo é melhor que y"

    ou tiradas do nada como:

    "mas é mais potente que y"
    "mas é melhor que y"

    Toda a gente que tem y discordará... e é esse o problema.

    O problema real não é o que tu identificas, é sim a falta de aceitação pelos argumentos dos outros e a necessidade em muitos casos de a contestar, quando na realidade é apenas isso, uma escolha.

    É um problema não associado a nenhuma plataforma em particular aliás, é um problema associado em quem cai na redundância de ir por aí.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2008
  3. kanato

    kanato Power Member

    :x2:

    Sou da mesma opinião, comprei uma PS3 á cerca de 1 mês (porque sempre tive PS), mas não sou fanatico, já ando a pensar em juntar uns trocos para comprar uma X360.

    Não pensem que não gosto da PS3, mas gosto de perder umas 2 horas num jogo por dia, e uma pessoa que gosta mesmo de jogos não olha para as plataformas... compra todas (nem que compre em 10 anos).
    Quando estiver a vida mais organizada, estou a pensar em arranjar todas as consola que sairam no mercado, para fazer um mini "museu" em casa, gosto e pronto.
     
  4. Make.Love

    Make.Love Banido

    qualquer mercado seja do que for, sem exclusivos perde o interesse todo.

    não tarda estamos a dizer para Nintendo, Sony e Microsoft unirem-se para criarem só uma consola.

    O tema de sim ou não a exclusivos é extremamente utópico.

    Um exclusivo pode significar para alem de ser único... melhor conteúdo, melhor historia, melhores gráficos ou seja um melhor desenvolvimento global de todo o projecto.
     
  5. Pernas

    Pernas Power Member

    Redudância? Apenas disse que agora vejo ainda mais fanboys, isto porque dantes nem frequentava o subforúm da XBOX e agora faço-o...

    Nem quis contestar. É perfeitamente normal. Eu comprei a minha consola porque tem titulos que me atraem. E não censuro quem a compre porque gosta muito do Halo, por exemplo, de maneira nenhuma! Só censuro quem aparece e diz : Não compres a Xbox, a PS3 tem muitos e melhores exclusivos, e depois entra-se em offtopic constante! Cada utilizador deve ver os jogos e perceber quais gosta mais, não receber isto porque injecção de um qualquer fanboy.

    Exacto, isso não faz sentido. Como é que uma consola é melhor que outra porque tem um jogo que a outra não tem? Isso é puramente pessoal.

    Exactamente, portanto o que eu peço é que deixem a argumentação de "esta é a melhor consola" por existência de um exclusivo em específico ou de um número de jogos exclusivos maior.

    Gostava que os moderadores usassem as ferramentas anti-infracção para prevenir estes fanboys.

    Claro que perde. Mas se um exclusivo deixar de o ser, há alguns users que parece que se vão atirar da ponte imediatamente. E outros que batalham até ao anúncio oficial desse facto. What's the use? Perdem? A consola deles fica pior?
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2008
  6. Make.Love

    Make.Love Banido

    a ideia que deixas passar no primeiro Post é que por ti acabavam os exclusivos, acho que não vale a pena divagar ainda mais por esse caminho.

    É verdade que existe muita gente fanática, mas sabes o que te digo... "caguei e andei!" :002: O mundo não pára por eles.
     
  7. h3li0

    h3li0 Power Member

    O problema nestas situações é o facto de algumas pessoas que compram uma consola, a comprarem sem realmente ter a certeza do que querem e depois, precisarem de aceitação de outras para que fiquem satisfeitos com a compra que fizeram.

    Se alguem realmente escolhe uma coisa porque é aquilo que quer, até podem vir 100 pessoas argumentar o contrario que se for aquilo que tu gostas e que realmente queres, tas-te pouco "lixando" para as opiniões dos outros, e ficas satisfeito com o que compras-te.

    È do tipo compras uma blusa, mas depois vez um amigo e perguntas o "que achas da blusa?", logo ai não tas certo do que compras-te, pois se compras-te a que gostavas nao precisavas da aceitação de ninguem nem de provar nada a ninguem...
     
  8. Pernas

    Pernas Power Member

    Exacto. Eu fiquei tão contente quando recebi a minha Xbox. E o mesmo teria acontecido se tivesse optado pela PS3.

    Acho que esse discurso também se pode aplicar a namoradas e a quem realmente gosta delas ou tem incertezas lol.
     
  9. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Se frequentares outros podes ver o mesmo mas inverso, apenas isso. Daí o meu comentário... ao tomares partido por um grupo especifico estás a tomar partido por uma das partes mesmo que acidentalmente... quando estás a procurar a concordância de todos os grupos.

    É um bocado aquela do não interessa quem começou ou é pior, ao tomares partido por uma das partes estás a anular uma tentativa de consenso com ela. Sei que não é o que pretendias, mas foi um pouco como passou para mim, pelo que quis rematar antes que se entrasse por aí :)

    Nestas coisas dar azo ao "ando em sitio y e são vocês" ao que eles te dirão "mas na minha secção são uns quantos da tua". É um ciclo vicioso. Mais uma vez sei que não querias, mas seria uma tenção fácil de ser criada.

    E diga-se até o "na minha secção" na afirmação hipotética acima já te está a excluir, quando na realidade somos uma comunidade e todas as secções são de todos pelo que deveriam e devem, ser bem vindos.
    Eu sei, o "como contestas" era figurativo, era para se estivesses no lugar de alguém que queria contestar.

    A censura que referes aí é mais que correcta; mas asseguro-te que também é constante na secção da Sony aparecer malta a dizer "compra antes uma X360" ;)
    Sem duvida alguma.
    Concordo, mas é impossível que toda a gente leia esta thread e concorde, tem de ser uma mentalidade e um nível que se cria junto da comunidade (tem de ser gradual e se necessário, recorrer à moderação, que já se faz)
    A apanharem coisas dessas eles actuam, mas o forum é gigante pelo que às vezes acontece em threads que estão debaixo do nosso nariz sem vermos.

    Melhor conselho que posso dar nesses casos no entanto é reportarem e não fazerem reply no entanto, se esses comentários não tiverem saída eles desistem, muitas das pessoas que fazem isso é para picar (ou seja flame). São efectivamente puníveis (e serão quando apanhados), mas se não responderem eles já falharam o seu objectivo na totalidade... E 1 post no meio de 10 que proseguiram sem ele é bem mais fácil de apagar do que um "foco" de 20 posts de resposta.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2008
  10. Pernas

    Pernas Power Member

    Nãoooo, eu não disse que não há fanboys da XBOX. Não tem nada a ver. Simplesmente raramente vou ao subforúm da PS3 ou da Nintendo, não tenho grande interesse, mas também já la vi bastantes fanboys. Claro que há fanboys em todo o lado, é me indiferente de onde eles vêm.

    Claro que há, nunca disse o contrário! Eu por ter uma Xbox não quer dizer que a partir de agora tenha "um clube" a defender! Só defendo o que eu digo e penso, e apoio quem fala correctamente, seja qual for a sua consola. Eu acho que se deve dizer aos utilizadores : Na Xbox há estes e estes jogos, há o Live que é pago e oferece isto isto e isto etc. Na PS3 há aqueles jogos e também aqueles, há o online, vai haver o Home, há as edições de X, Y e Z Gb. etc.

    Mostrar os factos e deixar decidir, não forçar.
     
  11. MaDi

    MaDi Banido

    Exclusivos é uma bosta. É por causa disso que agora tenho uma PSP e tenho que comprar uma DS pq gosto muito do Mario e não o posso jogar na PSP, pq é exclusivo nintendo.
    Assim ficam a ganhar, pq terei as duas portáteis, só por causa de certos exclusivos. E eu fico a perder na carteira :D

    Mas agora imagina isto: eu compro a DS e no dia seguinte o Mario deixa de ser exclusivo e vai para a PSP. Claro que fico furiosa. PQ afinal tinha comprado a DS só para os exclusivos , que agora não são mais exclusivos.
     
  12. Pernas

    Pernas Power Member

    Percebo o que dizes mas é algo que tens de pesar. Se estás disponível a despender para comprar uma consola apenas por um jogo, é um risco que corres.
    A consola não perde valor e tem imensos outros jogos de que podes disfrutar. O risco seria teu, a consola teria apenas uso para um jogo.

    Um bom exemplo é o canal Benfica no Meo. A TvCabo não está nos planos para o canal, o que poderá até levar alguns a mudar para o Meo. Daqui a algum tempo, imaginem que já existe na TvCabo? As pessoas podem ou não arrepender-se, mas foi o risco que tiveram que tomar para a satisfação imediata do seu desejo. :P
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2008
  13. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    certo ;)
    Isso até me remete um bocado para aqueles tópicos do "PS3 vs X360!". >_<

    Sinceramente nem sei para que os criam.
     
  14. MaDi

    MaDi Banido

    Bem, claro que não é por um jogo, há muitos do Mario, também é pelo Zelda. Bem, aqueles exclusivos nintendo que eu tanto jogava na N64, quero jogá-los agora numa portátil e para isso terei que ter a DS.
    Só entendo que uma pessoa possa ficar furiosa quando um exclusivo passa para outra consola, por causa do que disse anteriormente: Eu ir comprar a DS e no dia seguinte deixar de ter os exclusivos que me fizeram comprá-la.
    Exclusivos servem para comprarmos consolas e mais consolas, porque senão, bastaria ter uma.

    Agora... não entendo que alguém fique chateado pq perdeu um exclusivo para outra consola (sem ser no caso que falei).
     
  15. Pernas

    Pernas Power Member

    Eu compreendo, podem ficar irritados se só usarem uma consola para um jogo e tivessem as outras para as quais os exclusivos se transferiram (antes de comprarem essa consola), mas de nada vale virem libertar a raiva no fórum em tom de fanboy e começar discussões ridículas.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2008
  16. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Nem vou por aí, é legitimo o fervor que pessoas têm pelas consolas, eu pessoalmente também tenho o meu. Questão para mim é que o meu intuito de ir a uma thread, mesmo que discorde deles, é ter uma conversa construtiva ou expor a minha opinião, não vou lá para os chatear, ou ainda, para me chatear e irritar com algo... Mas pronto, se fossemos a aplicar isto à quantidades de pessoas que às vezes embarcam nisto, tornava-se impraticável... Mas por isso mesmo, é uma questão de julgamento próprio dos membros, do que é aceitável e do que não é.

    Acho difícil também, uma consola só ter uso para um jogo, todas as plataformas têm as suas pérolas, por exemplo. Problema é saber procurar ;) Devo dizer que alguns dos melhores jogos da geração passada de consolas caseiras que joguei, englobam-se nessa categoria aliás.
     
  17. Pernas

    Pernas Power Member

    Sim, eu concordo, mas estava-me a referir ao que a Madi tinha dito.
     
  18. Romani48

    Romani48 Power Member

    Acho que há apenas uma grande coisa a referir:
    Se o fanboyismo fosse só por causa de exclusivos...

    Os exclusivos servem para os dois lados por isso esta thread não vai nos levar a nenhum tipo de dogma incontestável..
    Serve bem agora para a discussão.

    Digamos que os exclusivos acabam por ser elementos moderativos da situação.. são as armas que os fabricantes usam para chamarem consumidores..
    exemplos:
    Situação fora do mundo dos jogos:
    ipod: A Apple começou a crescer devido ao conceito que introduziram com o ipod, era algo inovador, videos, música, imagem, estilo, tudo numa embalagem.

    Situação no mundo dos jogos:
    Lançamento do GTA III: quando este saiu foi anunciado apenas para a PS2. Resultado: As pessoas compraram uma PS2.

    E este ultimo agora remete nos para a situação que a madi falou. O exclusivo deixou de ser exclusivo, e uns ficaram fulos, outros nem por isso, mas a Sony Vendeu, e por arrasto solidificou um pouco mais a sua plataforma.

    E isto é o que acontece nos dias de hoje. O uso de exclusivos é maioriáriamente para fortalecer uma plataforma.

    Se são bons? Por vezes sim, ocorre o fenomeno da optimização e temos um jogo melhorado para essa plataforma, aproveitando a melhor que qualquer outro jogo, porque a produtora só teve de pagar direitos a essa plataforma.

    Por outro lado não é, monopoliza-se o jogo, torna se algo mais importante, e o mesmo sucede à sua plataforma, aumentando os seus custos no nosso "bolso".

    Pessoalmente debater isto é como debater materias de fanatismo por uma marca...
    Eu a consolas tenho a mesma opinião que nos PCs e Sistemas operativos: Eu compro/adquiro, tudo aquilo que se encaixe comigo. Se preciso/gosto de X, é X que adquiro. Se não estiver ao meu alcanço, procuro alternativas
     
  19. camadas

    camadas Power Member

    Para ser sincero, exclusivos é que faz com que uma pessoa compre consola x, y ou z, e acho bem que eles andem por ai e que continuem por muito tempo, visto que não é estupidez, mas sim marketing, as empresas fazem dinheiro, e muito dinheiro com exclusivos.

    Vamos imaginar que não existiam exclusivos numa plantaforma, como seria ? Bom se não ouve-se, aqui em Portugal não existiria Wii nem 360, só Ps, mais nada, e depois ? Se fosse em todo o lado assim ? Bom a Ps seria cara como tudo, jogos caros como tudo e depois ? Exclusivos faz com que a concorrencia seja mais "feroz" e quem fica a ganhar com isso somos nós, como clientes.
     
  20. Crrash

    Crrash Power Member

    admito que não li os posts das outras pessoas mas vou dar a minha opinião neste tema.

    tudo deveria ser exclusivo. tudo. ou isso ou as consolas deveriam ter todas capacidades semelhantes conseguindo ler todos os jogos, tal como os leitores de dvd.

    eu imagino um mundo sem exclusivos teria dois tipos de jogos, aqueles que são iguais em todas plataformas e aqueles que em cada plataforma tem um elemento que se distingue.
    No primeiro caso é um jogo que não aproveita as capacidades diferentes de cada consola ao maximo. os jogos serão feitos de forma a que jogue em todas as consolas igual sem nenhuma ponta de inovação.
    No segundo caso voltamos a ter pessoas a queixar que uma consola tem coisas que outra não tem.

    passando isso para a situação de hoje. Por exemplo não sei se compro force unleashed para wii ou xbox. Controlos fixes ou engine fixe? mmh só posso gastar dinheiro num.
    e vê-mos o suficiente de jogos que numa plataforma perdem porque noutra não dá melhor? a PS3 sofre disso com a xbox360 e ao contrario, cada tem os seus fortes. a wii sofre disso com a ps2 e o PC sofre disso com as consolas.

    com o panorama como era na era 16 bit e 32/64 bit é que eu sentia-me feliz, porque grande parte eram exclusivos e assim eu facilmente sabia optar pela nintendo
    mesmo com PSP e DS soube logo optar pela DS porque apesar da PSP ter jogos que me interessam a DS tem melhores. e não me digam que seria melhor se as duas consolas fossem semelhantes com jogos iguais, porque os jogos na DS ganharam imenso com a consola a ser diferente da sua competição

    E é claro que pessoas se irritam por causa da perca de exclusivos, quando duas plataformas te interessam de igual modo e tens um ou dois exclusivos numa que te interessam muito, fazem-te optar por uma. E quando o tempo todo confirmam que irá continuar exclusivo mesmo até ao dia em que anunciam que já não é exclusivo, irritas-te. podia ter optado por algo mais barato ou simplesmente pensar mais.
     
    Última edição: 31 de Agosto de 2008

Partilhar esta Página